Autor Tópico: icaza(fundador do Gnome) : contra o software livre e a favor da microsoft  (Lida 13036 vezes)

boi

  • Visitante
Re: icaza(fundador do Gnome) : contra o software livre e a favor da microsoft
« Resposta #30 Online: 13 de Dezembro de 2007, 10:10 »
Piras, o meu ambiente de desktop preferido é justamente o Gnome. É meu preferido, mas e daí? Nem por isso deixo de reconhecer as falhas dele, deixo de estar insatisfeito com os rumos que ele vem tomando, nem deixo de reconhecer as qualidades de outros ambientes gráficos. É o meu preferido, mas apenas por uma questão de gosto pessoal, analisando de uma forma mais objetiva sempre achei que o KDE é melhor.
Uma coisa que não entendo é essa relação emocional com um software. O que muda na sua ou na minha vida se o Gnome, ou o KDE ou o XFCE acabar? Por acaso não temos substitutos? No caso do Gnome, por exemplo, o XFCE é um substituto perfeito, ou talvez o Enlightenment. Será que perderíamos muita coisa ao mudar do Gnome para um desses?

Offline samuelbh

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 582
    • Ver perfil
Re: icaza(fundador do Gnome) : contra o software livre e a favor da microsoft
« Resposta #31 Online: 13 de Dezembro de 2007, 11:01 »
Esse povo anda muito pessimista pro meu gosto.

Caso exista uma possibilidade (bem remota) do gnome acabar, é logico que os desenvolvedores desse ambiente migrarão parao desenvolvimento de outros. E isso será bom para os outros.

Não ficaremos desamparados nunca, afinal lidamos com software livre, e não proprietário.
Assinatura removida pela Equipe do Fórum

Piras

  • Visitante
Re: icaza(fundador do Gnome) : contra o software livre e a favor da microsoft
« Resposta #32 Online: 14 de Dezembro de 2007, 01:42 »
Piras, o meu ambiente de desktop preferido é justamente o Gnome. É meu preferido, mas e daí? Nem por isso deixo de reconhecer as falhas dele, deixo de estar insatisfeito com os rumos que ele vem tomando, nem deixo de reconhecer as qualidades de outros ambientes gráficos. É o meu preferido, mas apenas por uma questão de gosto pessoal, analisando de uma forma mais objetiva sempre achei que o KDE é melhor.
Uma coisa que não entendo é essa relação emocional com um software. O que muda na sua ou na minha vida se o Gnome, ou o KDE ou o XFCE acabar? Por acaso não temos substitutos? No caso do Gnome, por exemplo, o XFCE é um substituto perfeito, ou talvez o Enlightenment. Será que perderíamos muita coisa ao mudar do Gnome para um desses?


Caro boi,

Relação emocional é um pouco de exagero da sua parte, pelo menos no meu caso. Se você já leu minhas posições a respeito, deve saber que não desconheço as virtudes do KDE e até elogio bastante alguns dos seus aplicativos nativos. Agora, é claro que eu sentiria falta do Gnome, sim. Afinal, estou acostumado com ele! E sentir falta não é julgá-lo insubstituível: é claro que poderia mudar para Xfce ou qualquer outro, mas mesmo assim sentiria falta do Gnome.

Há bilhões de mulheres no mundo: logo sua esposa ou namorada não é insubstituível. O que não significa dizer que você trocaria a sua esposa ou namorada por um camelo, não é? Bem, por uma Ferrari talvez nós dois caíssemos em tentação...


Offline IgorM0L

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 487
  • Lokos está morto. Vamos ressucitá-lo?
    • Ver perfil
    • Yrado.net
Re: icaza(fundador do Gnome) : contra o software livre e a favor da microsoft
« Resposta #33 Online: 15 de Dezembro de 2007, 01:33 »
Faz tempo que eu não me preocupo mais com que os fundadores falam, como se fossem donos da razão.
Um exemplo é Linus Torvalds, que disse muita coisa na mídia que não gostei, como, C++ é horrível e usada por sub-programadores! Poderia dizer que é ruim pra criar kernel pelo desempenho, mas ofender programadores! Entre muitas outras coisas.
A grande maioria começa com uma idéia de liberdade, mas depois a VAIDADE toma conta da pessoa, se alterando completamente...
parece Revolução Franceça e Robespierre.