Autor Tópico: Formatar pen drive no Kubuntu  (Lida 21061 vezes)

lcquerido

  • Visitante
Re: Formatar pen drive no Kubuntu
« Resposta #15 Online: 13 de Maio de 2011, 08:06 »
Citar
Porque não posso arrastar a barra de tarefas para os quatro cantos da tela...
Cara, mas tanto no Gnome como no KDE dá para mudar a posição do painel. Primeiramente desbloqueie os Widgets, depois clique no ícone do Plasma no painel, (que é aquele "pé torto" no canto direito), aí clique em Borda da Tela e arraste para o canto que quiser, até mais ... :-D

Vou ver se deixei passar alguma coisa, mas seria muito mais simples e intuitivo, clicar na barra e ter a opção desbloquear barra, bloquear barra, etc. Mania que esta turma tem de querer reinventar a roda. Widgest? ìcones ou botões não tem o mesmo sentido?
Mais é um clique para bloquear e um para desbloquear, isso não é simples??
Não, não é. Primeiro que a barra não fica totalmente bloqueada por padrão. Daí a barra sumiu. Tive que ir por tentativa e erro para a barra aparecer, e ela foi aparecer no topo da tela. Tive que remover e depois que descobri que para aparecer na em baixo, tem que clicar na parte de baixo e pedir uma nova barra.
Claro que isso não é nada demais, questão de aprender o desktop diferente. Mas coisas siumples com identificar atalhos e formatar pendrive continua chato

Offline Yaakov Bourne

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 91
  • "A conquista do difícil torna os homens fortes".
    • Ver perfil
    • hyarmenadan.deviantart
Re: Formatar pen drive no Kubuntu
« Resposta #16 Online: 16 de Maio de 2011, 17:36 »
Olha aí pessoal, quem puder votar na ideia de uma forma mais prática de se formatar pendrives no KDE, fica aí o post do KDE Brainstorm sobre o assunto http://forum.kde.org/brainstorm.php#idea95107
Lembrando que quanto mais votado, maior é a chance da ideia se tornar realidade.
Colaborem, divulgem etc!  ;D
Yaakov Bourne.

Offline rodrigo

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 57
    • Ver perfil
Re: Formatar pen drive no Kubuntu
« Resposta #17 Online: 07 de Abril de 2012, 22:27 »
concordo com os camaradas não é nenhum bicho de sete cabeças se adaptar ao sistema linux como um todo (KDE, GNOME). Entretanto, tornar os sistemas mais intuitivos também não mataria ninguém.

Na minha opinião os desenvolvedores devem pensar os sistemas operacionais linux focados nos usuários finais, pois quanto mais usuários migrarem para o linux mais sera o numero de softwares compatíveis com o Linux.

Assim as empresas serão obrigadas a disponibilizar softwares, drives e dispositivos compatíveis com o linux. Então talvez seja possível jogar (games) no linux sem a necessidade do wine ou qualquer outro "armengo", que no meu caso nunca da certo.