Autor Tópico: Windows é quem manda?  (Lida 11317 vezes)

Offline jkmsjq

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 3.343
  • Ubuntu Member
    • Ver perfil
Re: Windows é quem manda?
« Resposta #30 Online: 03 de Dezembro de 2010, 18:37 »
Até onde eu consigo perceber, a situação continua a mesma.
Digo, se você pensar em pessoas que usavam o linux e voltaram pro windows depois do 7, eu sinceramente não conheço nenhum caso assim.
E se pensar em pessoas que poderiam usar o linux depois de encheram o saco do windows, mas que depois do 7 mudaram de idéia e continuaram firmes no sistema da microsoft, o que posso dizer é que o gráfico de adoção do linux continua mais ou menos o mesmo (pelo menos considerando os números que eu leio por aí em sites que falam sobre isso).

A única queda que houve foi em relação aos netbooks.
Fora isso, tudo continua a mesma coisa.
Linux popular nos servidores e nos desktops aquela turminha de sempre com a adoção entre 1% e 2% e crescendo.

Windows ficou mais sofisticado, no entanto ficou mais caro e com mais recursos anti-pirataria. É provável que as próximas versões sejam mais sofisticadas, mais caras e mais seguras (contra pirataria).
Linux ficou mais acessível e desde 2007 mais ou menos muitas empresas passaram a adotar (governo do brasil, dell, accer, hp, etc). é provável também que as próximas versões fiquem ainda mais acessíveis e portanto adotado por mais pessoas.

Com isso dá pra deduzir mais ou menos o futuro dele.

Olhando por esse lado tem procedência... mas sem querer puxar a discussão para o q vou falar agora... o q axo q realmente dificulta a aceitação do Linux/GNU por parte maior da população em geral é o tal do terminal... acredito que inclusive qdo aqui no fórum mesmo as dúvidas começarem a serem tiradas utilizando-se o Synaptic ou a Aptitude... ahahahahahah... axo que vai dar uma reviravolta e tanto... e coitadinha da M$crosoft... q se segure...!!!  :D


O dia que o Linux não der mais atenção ou perder o terminal eu vou usar Windows... O terminal é extamente o que o Linux tem de melhor.

Olá Safetec... me refiro ao ambiente gráfico apenas para usuários novatos (bem iniciantes mesmo...!!!), mas com o tempo é claro que a prática demonstra a maior viabilidade e usabilidade do terminal... mas continuo defendendo esclarecimentos para iniciantes via ambiente gráfico, no que for possível...!!!

Valeu...

Fui...

Até mais...!!!
LinuxUser: 548942 / Dando um tópico como resolvido
"A verdade só é agressiva a quem vive de mentiras". Autor desconhecido.
Twitter: @jeisonkertesz

Safetec

  • Visitante
Re: Windows é quem manda?
« Resposta #31 Online: 06 de Dezembro de 2010, 15:35 »
Até onde eu consigo perceber, a situação continua a mesma.
Digo, se você pensar em pessoas que usavam o linux e voltaram pro windows depois do 7, eu sinceramente não conheço nenhum caso assim.
E se pensar em pessoas que poderiam usar o linux depois de encheram o saco do windows, mas que depois do 7 mudaram de idéia e continuaram firmes no sistema da microsoft, o que posso dizer é que o gráfico de adoção do linux continua mais ou menos o mesmo (pelo menos considerando os números que eu leio por aí em sites que falam sobre isso).

A única queda que houve foi em relação aos netbooks.
Fora isso, tudo continua a mesma coisa.
Linux popular nos servidores e nos desktops aquela turminha de sempre com a adoção entre 1% e 2% e crescendo.

Windows ficou mais sofisticado, no entanto ficou mais caro e com mais recursos anti-pirataria. É provável que as próximas versões sejam mais sofisticadas, mais caras e mais seguras (contra pirataria).
Linux ficou mais acessível e desde 2007 mais ou menos muitas empresas passaram a adotar (governo do brasil, dell, accer, hp, etc). é provável também que as próximas versões fiquem ainda mais acessíveis e portanto adotado por mais pessoas.

Com isso dá pra deduzir mais ou menos o futuro dele.

Olhando por esse lado tem procedência... mas sem querer puxar a discussão para o q vou falar agora... o q axo q realmente dificulta a aceitação do Linux/GNU por parte maior da população em geral é o tal do terminal... acredito que inclusive qdo aqui no fórum mesmo as dúvidas começarem a serem tiradas utilizando-se o Synaptic ou a Aptitude... ahahahahahah... axo que vai dar uma reviravolta e tanto... e coitadinha da M$crosoft... q se segure...!!!  :D


O dia que o Linux não der mais atenção ou perder o terminal eu vou usar Windows... O terminal é extamente o que o Linux tem de melhor.

Olá Safetec... me refiro ao ambiente gráfico apenas para usuários novatos (bem iniciantes mesmo...!!!), mas com o tempo é claro que a prática demonstra a maior viabilidade e usabilidade do terminal... mas continuo defendendo esclarecimentos para iniciantes via ambiente gráfico, no que for possível...!!!

Valeu...

Fui...

Até mais...!!!


Entendido e de acordo..


Valeu

Offline vallard

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 26
    • Ver perfil
Re: Windows é quem manda?
« Resposta #32 Online: 07 de Dezembro de 2010, 04:17 »
Sinseramente não me importo com isso.

Acho que o vale mesmo, é usar um OS que lhe agrada ao invés de ficar nessa de "Qual é o melhor", o melhor é aquele que agrada ao usuário, simples assim.

Ubuntu tem pontos positivos e negativos, Windows também. Por isso uso os 2, especificamente, uso-os naquilo em que são melhores, aproveitando os pontos positivos de cada um dos mesmos. =P

Offline wildner

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 193
    • Ver perfil
Re: Windows é quem manda?
« Resposta #33 Online: 07 de Dezembro de 2010, 11:30 »
Com certeza o Windows manda mesmo! Não tem ninguém que peite os caras pra valer.

E tudo por incompetência dos desenvolvedores do Linux.  Quando a MS lançou o Vista ela atirou no próprio pé. Se a galera do Linux fosse mais organizada e com um objetivo em comum, com certeza eles teriam usado a oportunidade que a MS os deu. Mas não foi isso que aconteceu, agora com o Win7 as coisas serão mais difíceis.
O Linux é ótimo, é uma boa opção para quem não quer usar softwares piratas, mas tem muitas deficiências em muitas aéreas.
O Ubuntu deu um chacoalha no mundo Linux e olhem como a popularidade aumentou, mas não é o suficiente. A Canonical depende demais de desenvolvedores como a Gnome e Kde e de desenvolvedores de softwares.  Estou me sentindo meio orfão, pois com o Gnome 3 estou feliz com a expectativa de novos recursos, mas com a interface estou triste, o Wayland que a Canonical quer desenvolver não sei nada a respeito, só sei que a Nvidia não vai dar suporte, já estou começando a utilizar o Kde através do Opensuse, pois o Kubuntu não tem suporte da Canonical, mas a Novel foi vendida, Ou seja, a MS está bombardeando o Linux e as coisas já não eram boas, e agora como serão? Se ficarem no ritmo que estão, ou seja, a passos de tartaruga não vejo muito futuro no Linux.

Galera estou desabafando pois, faz muitos anos que somente uso Linux em meu PC, mas o desenvolvimento é tão lento e tenho tantos problemas, que quando olho para o futuro fico triste, gostaria muito que o Linux desse um belo upgrade e se equivalesse e superasse o sistema da MS em tudo.

Offline jkmsjq

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 3.343
  • Ubuntu Member
    • Ver perfil
Re: Windows é quem manda?
« Resposta #34 Online: 07 de Dezembro de 2010, 16:15 »
Com certeza o Windows manda mesmo! Não tem ninguém que peite os caras pra valer.

E tudo por incompetência dos desenvolvedores do Linux.  Quando a MS lançou o Vista ela atirou no próprio pé. Se a galera do Linux fosse mais organizada e com um objetivo em comum, com certeza eles teriam usado a oportunidade que a MS os deu. Mas não foi isso que aconteceu, agora com o Win7 as coisas serão mais difíceis.
O Linux é ótimo, é uma boa opção para quem não quer usar softwares piratas, mas tem muitas deficiências em muitas aéreas.
O Ubuntu deu um chacoalha no mundo Linux e olhem como a popularidade aumentou, mas não é o suficiente. A Canonical depende demais de desenvolvedores como a Gnome e Kde e de desenvolvedores de softwares.  Estou me sentindo meio orfão, pois com o Gnome 3 estou feliz com a expectativa de novos recursos, mas com a interface estou triste, o Wayland que a Canonical quer desenvolver não sei nada a respeito, só sei que a Nvidia não vai dar suporte, já estou começando a utilizar o Kde através do Opensuse, pois o Kubuntu não tem suporte da Canonical, mas a Novel foi vendida, Ou seja, a MS está bombardeando o Linux e as coisas já não eram boas, e agora como serão? Se ficarem no ritmo que estão, ou seja, a passos de tartaruga não vejo muito futuro no Linux.

Galera estou desabafando pois, faz muitos anos que somente uso Linux em meu PC, mas o desenvolvimento é tão lento e tenho tantos problemas, que quando olho para o futuro fico triste, gostaria muito que o Linux desse um belo upgrade e se equivalesse e superasse o sistema da MS em tudo.

Compreendo suas angústias wildner, porque acredito que seja compartilhada por cada um que utiliza o Linux/GNU por opção e/ou filosofia. Mas não podemos comparar a estrutura tecnológica que a Micro$oft possui com a estrutura tecnológica que o Linux/GNU tem, seria até uma covardia... Eu sempre prefiro ter que ficar batendo cabeça para resolver os problemas que sempre aparecem no Ubuntu do que ter que ficar atrelado a politicagem apregoada pelo Sr. Bill Gates, com todo o discurso escravocrata que eles possui... Apesar do "atraso" ou da falta de maturidade do S.O. prefiro a liberdade com todos os problemas do que a escravidão.

Só o fato de você utilizar o Linux/GNU, difundir para outras pessoas estimulando-as a utilizar também, mostrando os pontos positivos e a evolução que ele vai apresentar, já será a melhor forma de estar ajudando a aperfeiçoar o S.O.

Então recomendo que tenha um pouquinho mais de calma e paciência que um dia chegaremos a ser iguais ou até melhores do que eles... quem sabe...!!!

Valeu...

Fui...

Até mais...!!!
LinuxUser: 548942 / Dando um tópico como resolvido
"A verdade só é agressiva a quem vive de mentiras". Autor desconhecido.
Twitter: @jeisonkertesz

Offline wildner

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 193
    • Ver perfil
Re: Windows é quem manda?
« Resposta #35 Online: 07 de Dezembro de 2010, 22:44 »
Caro jkmsjq

É a filosofia da liberdade que me motiva, mas as vezes fico muito chateado quando cada comunidade vai para um lado e acabam não indo a lugar nenhum. As vezes fico chateado por haver 15 projetos de player e não haver nenhum realmente perfeito, há muitos bons, mas com tantos projetos e gente trabalhando por que será que não sai um pelo menos que seja "perfeito".  Mas o problema não é só grana, o problema é a bagunça do software livre, a morosidade, não tenho pena de quem trabalha com software livre, alias acho que a morosidade é uma forma deles ganharem dinheiro. Veja o Firefox, só foi começar a perder terreno e as atualizações começaram a ser mais constantes, eles tiveram que rever a morosidade e acelerar os trabalhos, ou seja, tem que ter sempre alguém empurrando, o problema é que não são todos os projetos que dão dinheiro e não são todos os projetos que tem alguém competindo para que a morosidade fosse posta de lado. 

Acho que todos nós que usamos software livre não podemos aceitar bagulhos feios e com falta de funcionalidades só pelo motivo de ser gratuito, se alguém quiser fazer boa ação ou ganhar dinheiro com software livre que faça direito e nós entregue produtos de qualidade. Estou dando um grito de indignação, o mundo precisa de opções mas queremos opções de qualidade.

Vou continuar minha luta, defendendo o software livre e a liberdade, mas com certeza espero usar bons produtos, mas espero mesmo é que não demore mais uma década para que o Linux se equivale aos softwares proprietários.

Offline jfulber

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 58
  • Caraguatatuba-SP-Brasil-Litoral Norte
    • Ver perfil
Re: Windows é quem manda?
« Resposta #36 Online: 08 de Dezembro de 2010, 11:18 »
Caro jkmsjq

É a filosofia da liberdade que me motiva, mas as vezes fico muito chateado quando cada comunidade vai para um lado e acabam não indo a lugar nenhum. As vezes fico chateado por haver 15 projetos de player e não haver nenhum realmente perfeito, há muitos bons, mas com tantos projetos e gente trabalhando por que será que não sai um pelo menos que seja "perfeito".  Mas o problema não é só grana, o problema é a bagunça do software livre, a morosidade, não tenho pena de quem trabalha com software livre, alias acho que a morosidade é uma forma deles ganharem dinheiro. Veja o Firefox, só foi começar a perder terreno e as atualizações começaram a ser mais constantes, eles tiveram que rever a morosidade e acelerar os trabalhos, ou seja, tem que ter sempre alguém empurrando, o problema é que não são todos os projetos que dão dinheiro e não são todos os projetos que tem alguém competindo para que a morosidade fosse posta de lado. 

Acho que todos nós que usamos software livre não podemos aceitar bagulhos feios e com falta de funcionalidades só pelo motivo de ser gratuito, se alguém quiser fazer boa ação ou ganhar dinheiro com software livre que faça direito e nós entregue produtos de qualidade. Estou dando um grito de indignação, o mundo precisa de opções mas queremos opções de qualidade.

Vou continuar minha luta, defendendo o software livre e a liberdade, mas com certeza espero usar bons produtos, mas espero mesmo é que não demore mais uma década para que o Linux se equivale aos softwares proprietários.

Olá wildner,
Concordo com seu pensamento, mas na minha opinião existem muitos softwares pagos que são cheios de problemas, as vezes piores que os gratuitos problemáticos. A perfeição não é para a nossa geração, quem sabe daqui uns 1000 anos.
Fui......
Testando Ubuntu 10.10 - 64 bits

Offline jkmsjq

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 3.343
  • Ubuntu Member
    • Ver perfil
Re: Windows é quem manda?
« Resposta #37 Online: 08 de Dezembro de 2010, 13:38 »
Caro jkmsjq

É a filosofia da liberdade que me motiva, mas as vezes fico muito chateado quando cada comunidade vai para um lado e acabam não indo a lugar nenhum. As vezes fico chateado por haver 15 projetos de player e não haver nenhum realmente perfeito, há muitos bons, mas com tantos projetos e gente trabalhando por que será que não sai um pelo menos que seja "perfeito".  Mas o problema não é só grana, o problema é a bagunça do software livre, a morosidade, não tenho pena de quem trabalha com software livre, alias acho que a morosidade é uma forma deles ganharem dinheiro. Veja o Firefox, só foi começar a perder terreno e as atualizações começaram a ser mais constantes, eles tiveram que rever a morosidade e acelerar os trabalhos, ou seja, tem que ter sempre alguém empurrando, o problema é que não são todos os projetos que dão dinheiro e não são todos os projetos que tem alguém competindo para que a morosidade fosse posta de lado. 

Acho que todos nós que usamos software livre não podemos aceitar bagulhos feios e com falta de funcionalidades só pelo motivo de ser gratuito, se alguém quiser fazer boa ação ou ganhar dinheiro com software livre que faça direito e nós entregue produtos de qualidade. Estou dando um grito de indignação, o mundo precisa de opções mas queremos opções de qualidade.

Vou continuar minha luta, defendendo o software livre e a liberdade, mas com certeza espero usar bons produtos, mas espero mesmo é que não demore mais uma década para que o Linux se equivale aos softwares proprietários.

Olá wildner,
Concordo com seu pensamento, mas na minha opinião existem muitos softwares pagos que são cheios de problemas, as vezes piores que os gratuitos problemáticos. A perfeição não é para a nossa geração, quem sabe daqui uns 1000 anos.
Fui......

Você ta certo jfulber, mas a "perfeição" ela não existe em nenhum programa, software, aplicativo, S.O. ou qualquer coisa criada pelo ser humano... e sabe por quê...??? porque o ser humano é falho e tudo o que ele cria também é falho, por isso que o software livre é tão poderoso... os erros que uma pessoa ou uma equipe de pessoas criaram pode ser corrigido por uma outra pessoa ou equipe de pessoas e essas informações são compartilhadas por todos... essa é a filosofia do Ubuntu: "Sou o que sou pelo que nós somos."...

Mesmos os melhores softwares e aplicativos proprietários eles tem suas falhas e limitações, isso devido a diversos fatores entre eles, avanços tecnológicos, conhecimentos teóricos, necessidades práticas e/ou ecnomômicas, demanda profissional... mas volto a dizer, o que diferencia qualquer S.O. proprietário de um open source é justamente a estrutura tecnológica ser infinitamente maior e também os recursos humanos contratados por salários atrativos, no dia que o GNU/Linux chegar nesse mesmo patamar aí sim pode-se comparar um ao outro (e eu aposto todas as minhas fichas no Linux/GNU)...!!!

Fui...

Valeu...

Até mais...!!!
LinuxUser: 548942 / Dando um tópico como resolvido
"A verdade só é agressiva a quem vive de mentiras". Autor desconhecido.
Twitter: @jeisonkertesz

Offline Adriano R.N.

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.095
    • Ver perfil
Re: Windows é quem manda?
« Resposta #38 Online: 09 de Dezembro de 2010, 01:20 »
Curiosamente falam tanto da suposta qualidade dos software proprietários e erroneamente dão créditos a microsoft, isso não é justo.
Leio algumas pessoas reclamando do Gimp, pior é que usam o photoshop para comparar, porém, os mesmos não reclamam do fato da empresa não desenvolver o aplicativo para gnu/linux.

Nosso complexo de vira-latas não nos permite reconhecer a qualidade do que temos, um software livre será sempre melhor que um proprietário, pura e simplesmente porque ele permite o crescimento coletivo. Qual a vantagem de um poderoso autocad restrito a apenas uma empresa? Todos viramos reféns.

O saber é universal, não pode existir donos, não dá para aceitarmos esse tipo de lógica que gera dependência do coletivo.

Vejamos o caso do Skype, muito bom programa, porém, restrito em alguns países por divergências políticas. Como pode aceitarmos como algo ético uma empresa querer determinar o que um povo pode ou não ter acesso?

Sempre que leio alguém reclamar do openoffice e falar maravilhas do msoffice (pirata possivelmente), fico indignado, o proprietário trava infinitamente mais que o livre, é inseguro, evitou dialogar com outros formatos, custa um absurdo, não permite o desenvolvimento coletivo.... apesar de tudo isso o broffice é quem apanha.

Se o GNU/Linux irá dominar o mercado de desktop eu duvido, porém, uma vez que saí da caverna não voltarei para ela. Sou um homem livre e não aceito que empresa nenhuma diga o que e como devo usar um programa. Não não estou a serviço das ferramentas são elas que estão a meu serviço.

A melhor forma de colaborarmos com o desenvolvimento é usando os softwares livres.
Boa sorte e Muito AXÉ!!!

Safetec

  • Visitante
Re: Windows é quem manda?
« Resposta #39 Online: 09 de Dezembro de 2010, 08:54 »
Curiosamente falam tanto da suposta qualidade dos software proprietários e erroneamente dão créditos a microsoft, isso não é justo.
Leio algumas pessoas reclamando do Gimp, pior é que usam o photoshop para comparar, porém, os mesmos não reclamam do fato da empresa não desenvolver o aplicativo para gnu/linux.

Nosso complexo de vira-latas não nos permite reconhecer a qualidade do que temos, um software livre será sempre melhor que um proprietário, pura e simplesmente porque ele permite o crescimento coletivo. Qual a vantagem de um poderoso autocad restrito a apenas uma empresa? Todos viramos reféns.

O saber é universal, não pode existir donos, não dá para aceitarmos esse tipo de lógica que gera dependência do coletivo.

Vejamos o caso do Skype, muito bom programa, porém, restrito em alguns países por divergências políticas. Como pode aceitarmos como algo ético uma empresa querer determinar o que um povo pode ou não ter acesso?

Sempre que leio alguém reclamar do openoffice e falar maravilhas do msoffice (pirata possivelmente), fico indignado, o proprietário trava infinitamente mais que o livre, é inseguro, evitou dialogar com outros formatos, custa um absurdo, não permite o desenvolvimento coletivo.... apesar de tudo isso o broffice é quem apanha.

Se o GNU/Linux irá dominar o mercado de desktop eu duvido, porém, uma vez que saí da caverna não voltarei para ela. Sou um homem livre e não aceito que empresa nenhuma diga o que e como devo usar um programa. Não não estou a serviço das ferramentas são elas que estão a meu serviço.

A melhor forma de colaborarmos com o desenvolvimento é usando os softwares livres.

Respeito sua opnião mas considero extremista e bem fora da realidade. Falando sobre o caso do Skype, alguém é obrigado a usar? Existe algum software livre similar e a altura? O discurso ideologicamente está perfeito porém tecnicamente está fora da realidade. Esse negócio de tudo tem que ser livre eu já consegui deduzir que é muito bom porém quando tem alguém que precisa dar de comer ao filho e aí sim é que o bicho pega.... E não me venha dizer que existem N formas de se ganhar dinheiro com software livre que os casos de sucesso nesse sentido são poucos. Poxa porque se acha tão errado que a pessoa trabalhe e queira cobrar por isso? Eu realmente não entendo é como se o cara fosse um demônio. A quantidade de software livre com excessão do linux que o considero bem maduro em termos de sistema operacional atingir qualidade tão quanto ou superior ao software pago é  irrisória. Acredito que se a pessoa quer algo na qual muitos trabalharam por isso, nada mais justo que pagar por isso. Isso não impede que desenvolvedores por hobby contribuam com algo para que se crie algo similar e ultilizável. Eu sou da opnião que software livre deveria ser para uso doméstico, se a pessoa usar isso para ganhar dinheiro também deveria pagar pelo que usa.

Offline irtigor

  • Equipe Ubuntu
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 4.344
  • Delete, delete, delete!
    • Ver perfil
Re: Windows é quem manda?
« Resposta #40 Online: 09 de Dezembro de 2010, 13:11 »
Safetec você, como muitos, confunde software livre com software gratuito, e o resto... são especulações sem nenhuma base.

Obs: Já perceberam que esse tópico é um desserviço? Que o autor não se manifestou depois de criar? O cara, provavelmente, estava afim de tumultuar...

Offline platao

  • Equipe Ubuntu
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 5.052
    • Ver perfil
Re: Windows é quem manda?
« Resposta #41 Online: 09 de Dezembro de 2010, 13:52 »
Sem comentarios.....o autor do topico;

José Ninguém
Mensagens:    0 (0 por dia)
Posição:    Usuário Ubuntu
Data de Registro:    27 de Novembro de 2010, 15:21
Última visita:    27 de Novembro de 2010, 17:05


Ou seja postou e nao apareceu mais, nem para saber e contribuir com sua opiniao ou duvida.
\\\\\\\\Apostilas Dicas e Guias do Ubuntu\\\\\\\\\> http://ubuntuforum-br.org/index.php/topic,79368.msg440997.html#msg440997

Offline wildner

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 193
    • Ver perfil
Re: Windows é quem manda?
« Resposta #42 Online: 09 de Dezembro de 2010, 17:48 »
Não acho que o tópico seja ruim.

Apesar de muitos apimentarem as discussões acho que devemos sim apontar os defeitos do Linux.  É somente assim que podemos saber se ele realmente está evoluindo a contento.

Não acho que os usuários de software livre devem ser passivos a aceitar sem reclamar os aplicativos disponíveis apenas pelo fato de serem livres e gratuitos.  Mas não me interpretem mal, alguns me dirão, e "vc contribui", claro da minha forma e acredito que mesmo que não tenhamos contribuído é importante querer um SL melhor.

Gosto do Linux e de muitos aplicativos e gostaria que eles fossem melhores, mais do que isso gostaria que não demorassem tanto para melhorar.

No mais paz no tópico e Linux no Coração.

Offline Ioca100

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.848
  • Rio,Brasil
    • Ver perfil
Re: Windows é quem manda?
« Resposta #43 Online: 09 de Dezembro de 2010, 18:39 »
Sem comentarios.....o autor do topico;

José Ninguém
Mensagens:    0 (0 por dia)
Posição:    Usuário Ubuntu
Data de Registro:    27 de Novembro de 2010, 15:21
Última visita:    27 de Novembro de 2010, 17:05


Ou seja postou e nao apareceu mais, nem para saber e contribuir com sua opiniao ou duvida.



É mais um  Max da vida, que aparece aqui só para trollar.
Usuário Linux- 449417

Offline bred81

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 971
  • HAN?!
    • Ver perfil
Re: Windows é quem manda?
« Resposta #44 Online: 09 de Dezembro de 2010, 18:42 »
Sem comentarios.....o autor do topico;

José Ninguém
Mensagens:    0 (0 por dia)
Posição:    Usuário Ubuntu
Data de Registro:    27 de Novembro de 2010, 15:21
Última visita:    27 de Novembro de 2010, 17:05


Ou seja postou e nao apareceu mais, nem para saber e contribuir com sua opiniao ou duvida.



É mais um  Max da vida, que aparece aqui só para trollar.
Pra trolar:
http://www.youtube.com/watch?v=iwGFalTRHDA
O que o Mario foi fazer no pscicólogo?
- Ele estava passando por uma fase difícil...