Autor Tópico: tratamento de imagem no Ubuntu  (Lida 13347 vezes)

Offline Flávio Portella

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 21
    • Ver perfil
tratamento de imagem no Ubuntu
« Online: 17 de Dezembro de 2009, 18:24 »
Sou bastante iniciante em Ubuntu/Linux, e tenho recorrido à ajuda do pessoal aqui do fórum para me adaptar. Me parece justo compartilhar com a comunidade algo do conhecimento que tenho de fotografia e como está sendo a minha jornada fotografica em Ubuntu/Linux.

Sou fotógrafo e cinegrafista. Um daqueles "Crashes" míticos no Windows quando estava fechando a última prancha de um foto-livro, me levou a queimar e rodar um Live-CD do 8.10 para salvar o material e concluir o trabalho. De cara já gostei da intuitividade, do "plug & play" real (mais tarde comecei a descobrir algumas lacunas, mas consigo viver com elas...) e da leveza do OS.

Fiquei algum tempo usando os dois sistemas para tratar e editar minhas imagens. Na verdade ainda usava um Photoshop no Windows, mas aos poucos ia me treinando no Gimp.

Em um dado momento reduzí a minha partição de Windows a uns 15% do HD, e montei o Photoshop 7 via Wine no Ubuntu. Aos poucos fui abandonando o Photoshop, primeiro naquelas tarefas em que ele não funcionava bem (vale lembrar que o Wine é uma gambiarra...) e comforme ia pegando traquejo no Gimp.

Em um dado momento descobrí o Huggin/Panotools, um programa basicamente de montagem de panorâmicas com múltiplas imagens, mas que vai muito além dissso: cria arquivos HDR, retifica perspectiva e distorções lineares, e tem provavelmente um dos mais eficientes sistemas de correção de aberração cromática via software do mercado. No pouco que o usei posso dizer com certeza que para montar panorâmicas o Huggin/Panotools é melhor que o Photoshop.

A questão toda do Huggin/Panotools é que tem um sistema de trabalho completamente diferente. mas quando começamos a nos entender com ele, é impressionante o que ele faz.

Recentemente descobri o Raw Therapee e estou apaixonado! Imediatamente desbancou o (muito bom) UFRaw. Tem recursos avançadíssimos, inclusive de redução de ruído, distorção linear e aberração cromática, sem falar num sistema muito prático de perfis e fila de processamento, que pode ser usado para uma espécie de "processamento em lote" com sintonia fina individual das imagens. E como ele também procesa outros formatos, não somente RAW, é excelente também para ampliar arquivos paara imagens de grande dimensões. Um aplicativo como esse é o que me faltava para desencanar da hipótese de um dia gastar uma fortuna para rodar Photoshop em Mac.

Para pequenos serviços de processamento em lote, tipo reduzir uma centena de fotos de formato 10mp para "figurinhas" 800x600, existe o Phatch. O nome é um trocadilho com Photo e batch processing. Funciona bem, mas você deve saber exatamente o que vai fazer, não da para experimentar: não tem preview (pelo menos, se tem, eu não descobrí).

E o Gimp? Uma das maiores queixas em relação ao Gimp é que ele é pouco prático para grandes fluxos de trabalho baseados em processamento em lote. Eu também sofria com isso, mas vamos prestar atenção numa coisa. O Gimp não é um programa para tratamento de grandes quantidades de imagens. Nunca pretendeu ser isso! Ele é excelente em tudo o que diz respeito a manipulação de uma imagem por vez: retoques, trabalhos em múltiplas camadas, efeitos e filtros, colagens de imagens (sim, há algumas situações em que até o Huggin/Panotools se atrapalha. E aí nada como uma estica & puxa manual no Gimp) e coisas do gênero.

E ainda descobri uma outra preciosidade, o Razor. Ele faz uma coisa só: pega uma imagem da qual você quer fazer um poster dividido em várias impressões lazer (bom, durável e barato), e o Razor cria um arquivo PDF de quantas páginas forem necessárias, já calculando margens e sobreposição das partes que você leva à gráfica.

Para quem quizer ser técnicamente ultra-rigoroso não é difícil experimentar um ICC profiler. Eu tenho instalado o LProf, mas ainda não me dei ao trabalho de partir para isso. Confesso que ainda não tenho uma compreensão muito satisfatória sobre o que é um perfil ICC. Tento trabalhar sempre num espaço sRGB, que é um perfil que tem nas câmeras e nos softwates de tratamento. Talvez eu esteja perdendo algo. A ver.

Todos os aplicativos citados acima, com exceção do Raw Therapee podem ser instalados diretamente via aquele tão polêmico sistema "foolproof" do ubuntu. O Raw Therapee pode ser baixado em http://www.rawtherapee.com/?mitem=3. Vale baixar também o excelente manual em pdf. Para instalar basta extrair e "colocar" a pasta resultante aonde você achar melhor (aí já é capaz de eu estar dizendo besteira da grossa, mas foi assim que funcionou comigo) e criar um lançador para o comando "rtstart" que será criado dentro da pasta.

Quanto ao Hugin/Panotools vale a pena dar um pulo em http://hugin.sourceforge.net/ e ler tudo, é um verdadeiro portal, muito mais que um sítio cheio de tutoriais et cetera.

Para não dizer que o meu "laboratório fotográfico" é perfeito, ainda não sei como converter modo de cores RGB(24 bits) para CMYK(32 bits). O Gimp não faz isso, mas quem procura acha. Logo haverá, com certeza, mais um elemento na "suite" Raw Therapee - Hugin - Gimp - Phatch - Razor, vamos ver.

Processamento e tratamento de imagens? Nem Windows nem Mac: Ubuntu!

abraço a todos

Offline rjbgbo

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 3.889
  • Xubuntu 18.04LTS
    • Ver perfil
    • Twitter
Re: tratamento de imagem no Ubuntu
« Resposta #1 Online: 17 de Dezembro de 2009, 18:43 »
parabéns pelo seu depoimento Flavio.
ñ posso reclamar do Gimp p/ também p/ editoração impressa.
Linux User #440843 | Ubuntu User #11469

Offline NPC

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 230
  • Bot
    • Ver perfil
Re: tratamento de imagem no Ubuntu
« Resposta #2 Online: 17 de Dezembro de 2009, 19:06 »
Bom depoimento.
Eu sempre fui daqueles que achava que o linux deixava a desejar nessa área de processamento de imagens. Agora quando surgir alguma discussão desse tipo vou indicar esse tópico.
Googling since 1999.

Offline Flávio Portella

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 21
    • Ver perfil
Re: tratamento de imagem no Ubuntu
« Resposta #3 Online: 17 de Dezembro de 2009, 19:41 »
Pois é, não deixa a desejar não.

Aliás, acabei de descobrir enquanto fazia umas reduções agora a pouco: o Phatch converte de RGB para CMYK.

Nos acabamos achando que Mac é o "bicho" para processamento de imagens só porque as pessoas vivem repetindo isso. Em relação ao Windows, o Mac é o "bicho", sim, principalmente por ser, como o nosso Ubuntu/Linux, estável.

Alguém por aí já processou gigantografias, daquelas em que entre o click do mouse e o resultado do processo deflagrado, se passa até mais de uma hora? No Windows eu nunca sabia se "depois do almoço" ia encontrar o serviço pronto ou um computador congelado ou uma tela azul. No meu modesto PC/Linux (é uma máquina pequena, processador mono nucleo e 1gb de RAM) eu sempre encontro o serviço pronto, mesmo que demore muito. Provavelmente o Mac virou lenda também por ser confiável.

E confiabilidade é o que não falta AQUI!

tudo de bom.
« Última modificação: 17 de Dezembro de 2009, 21:14 por Flávio Portella »

Offline achteutis

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 343
    • Ver perfil
Re: tratamento de imagem no Ubuntu
« Resposta #4 Online: 17 de Dezembro de 2009, 20:27 »
Foi de cara pros favoritos. A quem se interessar por tratamento de imagens e quiser se iniciar no ubuntu, seu depoimento é muito bom!! Parabéns. Nada melhor que a fala de um profissional (ou de quem entende aquilo que está procurando, e do que está tratando) pra avalizar qualquer produto.

Valeu!
Toshiba Satellite m302, core 2 duo 1.83Ghz, 3G de ram, chipset intel, Ubuntu Oneiric Oncelot (11.10) 32 bits.
Netiqueta: http://pt.wikipedia.org/wiki/Netiqueta
http://oquenaoestanogibi.wordpress.com/, blog crítico de HQ, no início.

Offline Darth Vader

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 323
    • Ver perfil
Re: tratamento de imagem no Ubuntu
« Resposta #5 Online: 17 de Dezembro de 2009, 20:35 »
Foi de cara pros favoritos.

Idem!!

Fui dar uma sacada na página do Huggin e fiquei meio atrapalhado - ele é meio complicado de compilar ou é impressão minha?
Existe outro lugar do qual eu possa baixar e instalar sem muito rodeio?
« Última modificação: 17 de Dezembro de 2009, 21:56 por Darth Vader »

Offline muzenga

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1
    • Ver perfil
Re: tratamento de imagem no Ubuntu
« Resposta #6 Online: 25 de Dezembro de 2009, 16:08 »
Procure no gerenciador de pacotes "Synaptic" procure pela palavra (panorama) vai achar na hora, se quiser instalar o "Razor" procure pela palavra (poster) o "Razor" no ubuntu é um programa que lida com Span, o nome deste que cria poster é (Posterazor) que inclusive está disponível para Windows, com o mesmo nome.

Offline Flávio Portella

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 21
    • Ver perfil
Re: tratamento de imagem no Ubuntu
« Resposta #7 Online: 04 de Janeiro de 2010, 15:07 »
Ambos, o Huggin/PanoTools e o posterRazor, se não me engano instalei através do "instalador para leigos" do próprio Ubuntu.

Offline Darth Vader

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 323
    • Ver perfil
Re: tratamento de imagem no Ubuntu
« Resposta #8 Online: 04 de Janeiro de 2010, 16:05 »
Procure no gerenciador de pacotes "Synaptic" procure pela palavra (panorama) vai achar na hora, se quiser instalar o "Razor" procure pela palavra (poster) o "Razor" no ubuntu é um programa que lida com Span, o nome deste que cria poster é (Posterazor) que inclusive está disponível para Windows, com o mesmo nome.

Consegui tmb.
O Hugin pelo sinaptic e o Posterazor pelo site do desenvolvedor, descompactei e com um clique ele já estava funcionando beleza!
Valeu.

Offline Zakay

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1
    • Ver perfil
Re: tratamento de imagem no Ubuntu
« Resposta #9 Online: 06 de Julho de 2012, 15:04 »
Olá amigos.

Achei muito interessantemente este tópico, tendo em vista que já se passou muito tempo desde que foi postado eu gostaria de saber o que mudou de lá para cá.

Bom, para mim muita coisa mudou, uma das mudanças foi que voltei a fotografar após 10 anos onde ainda fotografava com analógica sem tratamento digital algum.  Agora me deparei com uma câmera digital e inevitavelmente a pos-produção é necessária.

Também o linux mudou muito e a interação com os softwares Micro$softh ficaram mais amigáveis através do wine, programas próprios para fotografia evoluíram inclusive para Ubuntu.

Indo direto ao assunto, a questão que gostaria de levantar neste tópico é especificamente a respeito do Ligthroom da Adobe. Excelente programa para tratamento em lote de forma rápida com exportação de marca d'agua.

Mas estamos em um forum Ubuntu e a alternativa livre para o Ligthroom é o Darktable, conhecido carinhosamente por Darkroom. Alguem já usou e/ou usa este programa? Pode indicar plugins, dicas e comparativos?

Bom é isto.

Abcs.

Para a liberdade é que fomos libertos!!!

Offline adilson bts

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 355
    • Ver perfil
Re: tratamento de imagem no Ubuntu
« Resposta #10 Online: 01 de Dezembro de 2012, 11:15 »
pessoal de repente fui usar meu darktable e ele ta todo em chines... uso o ubuntu gnome remix 12.10... alguem pode me ajudar pq chines nao da pra entender...
note aspire 4710, dualcore 1,73, mobile intel grafic media acelerator 950, 2gb ram, Ultimate edition 2.6- Ubuntu 10.04