Autor Tópico: Confira as mudanças do beta do GNOME 3.6  (Lida 678 vezes)

Offline jkmsjq

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 3.345
  • Ubuntu Member
    • Ver perfil
Confira as mudanças do beta do GNOME 3.6
« Online: 30 de Agosto de 2012, 15:43 »
Após um atraso de quase uma semana, o projeto GNOME anunciou o lançamento do GNOME 3.5.90 -- o que pode ser considerado o primeiro beta do GNOME 3.6, cuja versão final esperamos para o final de setembro. A versão 3.5.90 deve trazer consigo as últimas mudanças deste ciclo de desenvolvimento já que ele anuncia o início da fase de estabilização dessa nova versão, o momento em que os desenvolvedores se concentraram principalmente em resolver falhas.

Mudanças no GNOME Shell na versão beta incluem uma nova forma de acessar a visualização de aplicativos do Shell. Um novo ícone com "nove pontos" na parte inferior do dash vai agora abrir a lista de aplicativos, eliminando o botão que antes ficava no topo da tela de Shell. A bandeja de mensagens do Shell também foi alterada. O tamanho da barra foi aumentado e agora é mais fácil de controlá-la com comandos do teclado.

O comportamento da bandeja de mensagens foi alterado para que não apareça sozinho para exibir novas notificações; usuários vão agora ter que invocá-lo manualmente toda vez, seja movendo seu mouse para canto inferior da tela ou pressionando a combinação de teclas [Super] + [M]. O desenvolvedor GNOME Matthias Clasen publicou um panorama de todas as mudanças na interface de usuário em seu blog. Para conhecer em detalhes todas as mudanças na versão beta, usuários podem ler os arquivos NEWS dos principais aplicativos do GNOME e também de outros aplicativos padrão.

Juntamente com o lançamento desse beta, o desenvolvedores estão discutindo quais recursos incorporar no GNOME 3.8 -- uma proposta sugere desistir do Fallback Mode do GNOME 3 ou ao menos melhorá-lo de forma significativa. O Fallback Mode é baseado nos componentes do GNOME 2 e como tal oferece apenas uma fração do recursos da atual geração do desktop GNOME. De acordo com uma página wiki sobre o tópico, o próprio GNOME 3 opera em muito mais sistemas graças à tecnologia LLVMpipe que permite que sistemas sem aceleração 3D joguem o processamento gráfico para a CPU. O LLVMpipe está disponível na maioria das distribuições Linux modernas.

Um problema com essa proposta é que o LLVMpipe não funciona em certas arquiteturas de processador e com o kernel BSD. Contudo, alguns desenvolvedores afirmaram que o Fallback Mode não está sendo testado o suficiente e assim apresenta um risco para o projeto. Esses desenvolvedores afirma que seria mais prudente abandonar o recurso completamente caso ele não receba mais atenção.

FONTE: Linux Magazine OnLine
LinuxUser: 548942 / Dando um tópico como resolvido
"A verdade só é agressiva a quem vive de mentiras". Autor desconhecido.
Twitter: @jeisonkertesz