Autor Tópico: Casamento com o Windows, traição e separação  (Lida 1637 vezes)

LeandroTelesRocha

  • Visitante
Casamento com o Windows, traição e separação
« Online: 06 de Maio de 2012, 01:46 »
Um dia, nosso personagem fictício conheceu o Windows 95, namorou com o Windows 98 e se casou com o Windows XP. Era uma norte-americana loira, muito bonita, de olhos verdes... bem bonitinha. Mas o casamento não deu certo... o Windows XP tinha crises de TPM, chorava muito, dava pau, dava chilique e pedia dinheiro para instalar um software antivírus no computador. Além disso, só queria saber de software original...

Nosso personagem prometeu fidelidade ao Microsoft Office, que fazia parte do Windows, apesar de ser vendido separado, até conhecer o Open Office, uma prima pobre do Windows. E como todo homem, nosso amigo traiu o Windows. O casamento estava em crise.

Então nosso personagem conheceu outra mulher, uma mulata Sul-Africana, muito gostosa, chamada Ubuntu, da família Linux. Nosso amigo já não achava mais o Windows XP tão bonito...

E assim terminou um casamento de 15 anos.

Offline garfo

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.024
  • Keep easy and simple.
    • Ver perfil
    • linux
Re: Casamento com o Windows, traição e separação
« Resposta #1 Online: 06 de Maio de 2012, 08:47 »
Gostei do jeito da historinha :D , aqui vai a minha versão:

Casei pela primeira vez com o Windows, loirona gostosa e carinhosa, mas me separei alguns anos depois, por causa umas crises no relacionamento. Andei pegando algumas durante os anos de separado (Kurumin, Fedora, Opensuse, CentOS, Slackware...), mas estava cansado dessa vida de solteiro baladeiro. Então casei pela segunda vez com Ubuntu, uma mulata africana até que jeitosinha, boazuda e tal; mas me irritava o modo como ela me tratava: uma hora era todo amores, outra hora não queria nem dar um oi pra mim, era meio instável psicologicamente, sem falar que a cada 6 meses mudava completamente o visual, eu não a reconhecia mais! E ela mudava não para melhor, mas para pior. Por fim, dando um basta nisso tudo, resolvi me separar. Eu a amava, mas não havia outro jeito, a separação era a única opção.

Fiquei alguns dias perdido, sozinho, indo de bar em bar tentando arranjar um sentido para minha vida, até que em uma danceteria onde fui a contragosto (um amigo me convidou), encontrei uma branquinha magrinha de cabelos curtinhos, muito bonita (até pensei que era modelo internacional). Me interessei naquele olhar e já fui me apresentando, ela se chamava JoliOS e era bem amigável e simpática. Dançamos um pouco e depois a levei pra casa dela. Daí meus amigos, foi só amores! Ela é linda! Olhos verdes e pele bem branquinha. Com o tempo a paixão foi crescendo e resolvemos namorar, e estamos a alguns meses juntos, e parece que a cada dia que a olho, mais a amo. Será que vai rolar um terceiro casamento?  ;D
Garfo -  linux
"Pra quê complicar? Facilidade e simplicidade é tudo!"

Offline abdo

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 345
  • Vasco / O Sentimento não para - Ilha do Governador
    • Ver perfil
    • Guia Ilha do Governador
Re: Casamento com o Windows, traição e separação
« Resposta #2 Online: 06 de Maio de 2012, 11:22 »
bom a minha versão é esta aí.

Perdi minha virgindade com aquela mulher de vida fácil, que sai com todo mundo... a windows, vadiazinha que transmite virus pra todos que se aventuram com ela

depois descobri que existiam milhares de mulheres que não eram tao fáceis, mas eram muito interessantes, e a primeira destas mulheres foi a Mandrake

Depois me apaixonei por uma indiazinha brasileira com nome de criança (kurumin)

Mas, galinha que só, andei pulando de galho em galho e conheci muitas outras, biglinux, slitax, dreamlinux, kalango, peppermint, mint, zorin, caixa mágica, debian, fedora, open suse, vector linux,  e muitas mais até mesmo uma assim meio diferente, chamada ghostBSD, mas lembrem-se ela é diferente mas não é travesti.

Finalmente descobri uma família muito boa, chamasse Ubuntu, mas não fiquei com sua matriarca não, preferi uma de suas filhas mais novas  a Lubuntu, e estou com ela até hoje...

mas como já disse galinha que só... até quando?

abcs
abdo
« Última modificação: 06 de Maio de 2012, 11:54 por abdo »
Digo não a pirataria. Uso Linux
linuxuser #535930 | ubuntuuser #33887
http://s19.postimage.org/ys9n31xib/userbar.png

Offline Henrique1977

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 236
    • Ver perfil
Re: Casamento com o Windows, traição e separação
« Resposta #3 Online: 06 de Maio de 2012, 14:51 »
Bom,  então  lá  vai  a  minha  versão.  Só  devo  informar  que  ainda  nem  cheguei  a  casar,  só  foi  namoro  e  mais  namoro.
Bom,  começou  assim.
Em  1994  conheci  uma  garota  meio  estanha,  mas  que  era  a  garota  que  se dizia  a  mais  linda  de  todas,  a  3.1.  Fiquei  com  ela  uns  10  anos,  ainda  que  era  difícil  nos  últimos  anos  a  encontrar  para  namoro,  pois  ela  estava  muito  doente. 
Depois  me  apareceu  uma  tal  de  windows  98,  mas  essa  era  problemática.  Tinha  horas  que  só  ficava  empurrada  e  brigando  comigo.  O  namoro  só  durou  de 2005  a  2007.
 Também  fiquei  sabendo  de  uma  tal  de  Kurumin,  Só  que  nunca  acabamos  nos  encontrando  para  o  namoro.  Tempos  depois  fiquei  sabendo  que  já  tinha  partido.  Que  pena!  Era  uma  indiazinha  muito  bonita  que  nunca  cheguei  a  conhecer  e  a  namorar.
Depois  apareceu  a  Windows  XP.  Só  que  nesse  período  fiquei  sabendo  de  algumas  outras,  mas  a  XP  ficou  com  ciúmes.  Também  fiquei  sabendo  de  uma  tal  de  Kurumin, 
  E  no  fim  eu já  estava  a  paquerar  a  Ubuntu.
Aí  apareceu  a  Win 7,  essa  foi  a  de  menos  tempo.  Ela  é  que  queria  me  namorar.  Mas,  não  fui  muito  com  a  cara  dela,  apesar  de  ter  ficado  um  pouco  namorando  com  ela.
Após  isso,  comecei  a  namorar  uma  garota  africana  chamada  Ubuntu  que  eu  já  paquerava,  e  em  seguida,  uma  loirinha,  de  olhos  azuis,  muito  bonitinha  e  linda,  me  conquistou:  a  Big Linux.  E  agora, fico  em  dúvida:  com  qual  me  casar?  Ambas  só  ficam  me  chamando  no  Grub.  E  isso,  sem  contar  que  têm  umas  outras  que  querem  me  namorarem.  Assim  não  dá. Um  coração  dividido  não  é  fácil!   E  até  agora  não  consegui  ainda  me  casar. 
Atenciosamente,  Henrique1977.
"O Estado não é a solução, é o problema.  Ronald Reagan"
Você  que  é  iniciante  não  esqueça  de  ler  isso:  http://ubuntuforum-br.org/index.php/topic,90314.0.html

Offline selvaking

  • Equipe Ubuntu
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 1.087
  • Parque Anchieta - Rio de Janeiro - RJ
    • Ver perfil
Re: Casamento com o Windows, traição e separação
« Resposta #4 Online: 06 de Maio de 2012, 16:47 »
Minha versão!!

Fui obrigado a conhecer uma menina pelos meus pais.
Era uma verdadeira vagabunda. tinha que ser paga, mas eu usufruia dos seus serviços de graça. Ela era facinha. facinha!
Ela se chamava msdos 6.22 e usava uma peruca loira chamada windows 3.11.
Não foi paixão a primeira vista, já que era obrigado a corteja-la e ela nunca me retribuia.
Logo em seguida conheci sua irmã mais nova, chamada windows 95.
Ela me atraiu de cara, mas infelizmente, tinha muitos defeitos que só foram sanados quando já estava mais velha.
Eu já meio nostálgico por ter experimentado a porta dos fundos da irmã msdos 6.22, invadia a porta dos fundos desta irmã tbm.
Assim que a Windows 95 chegou a idade do Release 2, fiquei indignado quando me apresentaram uma irmã mais nova que sabia fazer as mesmas coisas.
E tinha que pagar caro se quisesse em troca da outra, mas como a outra, Eu comecei a usufruir sem pagar nada.
Nesta mesma época conheci uma menina que não precisei pagar nada. se chamava Conectiva Red Hat Linux Marumbi 2.0. Ela era de graça. Não era vagabunda. Vc só tinha que aprender a doma-la.
Sim. Ela era mais xucra que potro selvagem. E pra usufrui-la, deixei de ser menino e me tornei homem.
Tive que aprender muito mais pra tentar seduzi-la. Mas ela não caia nos meus encantos.
E eu voltaei a biscate antiga.
Não experimentei a biscate Millenium Edition. Ela não me deixava entrar pela porta dos fundos. E cá entre nós. Eu a achei um aborto da Natureza.
Não demorou muito e apareceu a biscate Windows XP.
Não encontrei nada de sobrenatural nela. Ela até era a cara da Windows 95 OSR2 ou Windows 98.
Mas como tbm usufruia dela de graça, não reclamei muito.
Usufruia de graça, mas sabia que ela nunca seria minha. Ela cobrava muito caro qualquer envolvimento.
Felizmente aprendi a conquistar algumas mulheres que não cobravam, mas exigiam muito.
Experimentei a Conectiva linux 3, 4 e 4.2, 5.0, 6.0. Kurumin 7, NG, knoppix, Debian 3, Red Hat, Mandriva, opensuse, slackware.
Vi muitas mulheres morrerem e muitas nascerem.
E todas com a mesma filosofia. Não cobro nada, vc só tem que me decifrar. Era uma verdadeira esfinge.
Fui apresentado pelos meus pais a menina chamada ubuntu. Não gostei. Achei de inicio que ela queria ser fácil como as meninas Windows.
Mas diferente destas meninas, ela não cobrava nada. Vc podia decifra-la como as outras meninas mais livres.
Passei a conhece-la e vi que ela não era nem bonitinha demais, nem ordinária.
Se vc a conhecesse, ela seria poderosa como qualquer menina livre.
Ela não morre de ciúmes de nenhuma outra menina, aliás até deixa espaço se vc quiser para qualquer outra menina livre ou até menina que cobra até os olhos da cara.
Eu já não quero nenhum potro selvagem e nem meninas que cobram os olhos da cara.
Meninas para um possível casamento teem de ter pedigree.
Não pode ser filhas de QQ pai.
O pai e a mãe devem ter casa própria, e uma entidade sem fins lucrativos para manter a filha.


Porrrrrrra! O texto ficou grande pra Car.....
Deixem de ler esta coisa e vão papirar suas "esposas" pois elas merecem.
Dê-me um computador com o Tux que movo o mundo!

Linux User #323049

eliseu_carvalho

  • Visitante
Re: Casamento com o Windows, traição e separação
« Resposta #5 Online: 06 de Maio de 2012, 17:54 »
A minha história é a mais curta e grossa de todas: depois de uns 10 anos sendo obrigado a conviver com uma mulherzinha chata e rebelde chamada Windows, mandei-a embora e conheci uma belíssima e simpática africana chamada Ubuntu em abril de 2008. Namoramos por um tempo, tivemos nossas crises, mas... noivamos em outubro de 2010 e casamos em abril de 2011. Nosso casamento já dura um ano e é muito feliz  8)

Offline abdo

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 345
  • Vasco / O Sentimento não para - Ilha do Governador
    • Ver perfil
    • Guia Ilha do Governador
Re: Casamento com o Windows, traição e separação
« Resposta #6 Online: 06 de Maio de 2012, 18:30 »
Pô Eliseu

Faltou um tico de molho picante neste teu romance

abcs
abdo
« Última modificação: 06 de Maio de 2012, 19:54 por abdo »
Digo não a pirataria. Uso Linux
linuxuser #535930 | ubuntuuser #33887
http://s19.postimage.org/ys9n31xib/userbar.png

Offline Henrique1977

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 236
    • Ver perfil
Re: Casamento com o Windows, traição e separação
« Resposta #7 Online: 06 de Maio de 2012, 19:02 »
Ô,  Eliseu,  poderia  ter  dado  um  desenvolvimento  mais  romanceado  nesta  história.
Atenciosamente,  Henrique1977.
"O Estado não é a solução, é o problema.  Ronald Reagan"
Você  que  é  iniciante  não  esqueça  de  ler  isso:  http://ubuntuforum-br.org/index.php/topic,90314.0.html

eliseu_carvalho

  • Visitante
Re: Casamento com o Windows, traição e separação
« Resposta #8 Online: 06 de Maio de 2012, 19:05 »
Pô Eliseu

Faltou um tico de molho picante neste teu romance

abcs
abdo

Ô,  Eliseu,  poderia  ter  dado  um  desenvolvimento  mais  romanceado  nesta  história.
Atenciosamente,  Henrique1977.

É que eu sou assim mesmo, simples e prático  8)
« Última modificação: 06 de Maio de 2012, 19:09 por eliseu_carvalho »

clodoaldops

  • Visitante
Re: Casamento com o Windows, traição e separação
« Resposta #9 Online: 06 de Maio de 2012, 19:15 »
Conheci uma gata em 1997 chamada windows.
Me encantei e me casei com ela.
Mas os anos se passaram e a monotonia tomou conta da relação.
Em 2008 fui tomado por uma paixão arrebatador por uma afrodescendente que culminou com o termino daquela relação de mais de 10 anos.
E até hoje somos felizes vivendo uma relação aberta com outras gatinnhas de sua familia sem gdes problemas (suse, fefe e mint)

Offline abdo

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 345
  • Vasco / O Sentimento não para - Ilha do Governador
    • Ver perfil
    • Guia Ilha do Governador
Re: Casamento com o Windows, traição e separação
« Resposta #10 Online: 06 de Maio de 2012, 19:52 »
Valeu Clodoaldops
Citar
E até hoje somos felizes vivendo uma relação aberta com outras gatinnhas de sua familia sem gdes problemas (suse, fefe e mint)
Ahh... isto é uma relação aberta, e eu pensando que eu era galinha!

abcs
abd0


Digo não a pirataria. Uso Linux
linuxuser #535930 | ubuntuuser #33887
http://s19.postimage.org/ys9n31xib/userbar.png