Autor Tópico: Uma decepção chamada "Ubuntu 11.10 Oneiric Ocelot".Um relato-desabafo.  (Lida 12561 vezes)

Offline CaradeBronze

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 4
    • Ver perfil
Amigos e amigas é com muito pesar que venho expressar minha tristeza com a última versão desta distro que tanto, o Ubuntu.
De uns tempos para cá venho particularmente mordido com o Ubuntu por uma questão que eu conseguia resolver manualmente: o SO não se gravava na MBR, então, ao instalar (instalçao com cd, limpa) uma nova versão eu tinha a desagradável surpresa de ver se carregando normalmente, como se nada tivesse acontecido, o rWindows XP.
Bom, testei outras e outras distros, achei que era problema com meu hardware (um HD WDC Caviar Blue), mas graças a Deus não era, pois todas as outras funcionaram, inclusive o Kurumin 7 que me surpreendeu ao reconhecer um HD sata, mesmo com seus quase 5 anos de defasagem.
Pois bem, questão de hardware não era, então baixava a versão, gravava em cd e instalava, daí vinha todo o cerimonial de fazer gravar o Grub na MBR do disco (o WDC Caviar Blue), fiz isso manualmente até a versão 9.04, daí instalei o Kubuntu, que, veja a ironia, sendo da mesma companhia, a Canonical, seguindo a mesma filosofia e tendo o mesmo suporte, reconhecia normalmente os outros sistemas, e se instalava junto esses na mbr do disco.
Tá. Testei outros da Canonical: Lubuntu (o mais rápido e simples), o Xubuntu, o Kubuntu (como já disse) e não parei por aí:como o mundo do Linux é uma descoberta apelei para distros de outras companhias e filosofias: a Mandriva (como já citei) nunca me deu dor de cabeças, pelo contrário, ajudou-me a resolver problemas com outras distros (entre elas o Ubuntu mesmo). O Fedora foi uma supresa muito agradável, rodou bonitinho e gravou-se no grub normalmente na mbr do disco junto com o XP, o Mandriva e o Ubuntu (um tetra-boot)...
Desculpem, às vezes eu perco o foco, mas voltemos ao desabafo:
Como não gosto de muitos SO's no computador de casa (que é da família toda e só temos esse) então deixei instalado apenas o XP (para minha mãe, irmã e meu pai), o Mandriva (pois é muito, mas muito fácil mesmo mexer nas configurações de boot com seu gerenciador, além do mais, como já disse antes, ele nunca me deu problema e ainda me ajudou várias vezes a resolver de outros SO's) e o meu amado Ubuntu.
Isso funcionou até essa última versão, pois agora, com o Ubuntu 11.10, o computador simplesmente não funciona, isso mesmo:
(1) Baixei e gravei a imagem num cd do Ubuntu 11.10;
(2) Chequei a md5 e como tudo estava certo gravei a imagem em um cd (desiperdicei uma mídia, podia ter usado um pendrive mesmo, já que não ia funcionar);
(3) A instalação foi tranquila e sem qualquer imprevisto;
(4) Ao reiniciar, como já esperava, o Ubuntu não gravou um novo grub na MBR, só apareceu mesmo o que o Mandriva já gravara há algum tempo, como já esperava por isso não me incomodei, escolhi o Mandrivão e dei boot;
(5) Como o Mandriva tem um gerenciador de boot gráfico (muitíssimo fácil de usar, diga-se) abri esse gerenciador, digitei minha senha de root e fiz a configuração como sempre:
- Apaguei a antiga entrada do Ubuntu;
- WXP (como sistema principal por causa da minha família)
- Ubuntu (porque eu amo usar e respeito muito)
- Mandriva (por sempre salvar a pátria)
- Tempo de espera antes de iniciar automaticamente: 10 segundos
Salvei a nova configuração e mandei reiniciar, daí carregou a nova tela de boot, como eu já esperava, escolhi o Ubuntuzão 11.10 (eu pus o nome desse jeito); daí começou a carregar aquelas letrinhas brancas (meus olhos brilhavam de alegria), depois apareceu aquele logotipo do Ubuntu numa tela de fundo preto (meus iluminavam de alegria), depois apareceu uma tela com o papel de parede padrão dessa última versão (meu olhos saltitavam de alegria) e depois a barra lateral do Unity carregou (pronto: meus olhos brilhavam, iluminavam, dançavam e saltitavam de alegria)...
Tamanha foi a minha decepção quando ao mexer o mouse vi que o ponteiro não se movia, ficou lá imóvel. Se trata de um mouse comum da Clone, não é usb.
Em seguida tentei uns comandos quaisquer com o teclado e percebi que este também não funcionava. Apertei Numlock pra ver se acendia e ela também não respondeu, depois Capslock e também não, é como se eu não tivesse teclado. Se trata de um teclado comum da Multilaser que não é usb.
Daí, ainda com esperança de usar esse novo Ubuntu, reiniciei e reiniciei o PC umas 3-4 vezes, tudo do mesmo carregava normalmente até a barra lateral do Unity e só, não passava daí.
Minha irmã que me viu instalando o Ubuntu, usuária fanática dos SO's de Bill Gates ainda disse:
" - Bem feito, vc fica pegando essas porcarias de graça!"
Só não a xinguei de filha da p#*% porque a mãe dela também é a minha.
Bom, aí fica meu relato e mer desabafo:
Venho usando o Ubuntu desde que firquei órfão do Kurumin, ele foi bem por uns tempos, daí começou as vaciladas da MBR do disco, até aí tudo bem, eu me virava, mas agora ele nem sequer funcionou, não passa de uma área de trabalho congelada no meu monitor.
É a primeira vez desde de 2007 que eu relamente penso em abandonar essa distro, nunca havia me ocorrido isso antes...
Penso seriamente em ficar de vez apenas com o Mandrivão (uso esse último o de 2011) que apesar do seu 1,6 de ISO e 11 GB em disco depois de instalado, jamais ousou me deecepcionar, mesmo com o passar dos anos e com suas novas versões...
Pensei seriamente em usar o Kubuntu com Gnome instalado, mas depois caí na real: é um absurdo eu ficar me desdobrando por causa de distro que não funciona corretamente. Se for o caso de usar distro com Gnome, prefiro apelar logo para o Fedora (que rodou perfeitamente aqui).
Bom galera, desculpem o tamanho dos texto, mas como disse no texto isso é um relato-desabafo.
Ainda estou um tanto perdido e chateado, ainda não sei o que fazer (afinal 5 anos em uma única distro não é pouca coisa não).
Qualquer observação, idéia ou conselho serão bem-vindos.
Se vc leu este texto até aqui, muito obrigado pela paciência e
Abraços e abraços a todos.
Fiquem com Deus.

Offline matheussssss

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 6
    • Ver perfil
Re: Uma decepção chamada "Ubuntu 11.10 Oneiric Ocelot".Um relato-desabafo.
« Resposta #1 Online: 10 de Janeiro de 2012, 11:13 »
Bem vindo ao clube!
usei ubuntu até o 10.04
tenho esperança de um dia voltar a usá-lo, mas as poucas vezes que tentei, desisti logo de cara.
fui usuário fanático do Ubuntu mas ele não tem mais cara de Linux.

Hoje em dia utilizo Mandriva (que já havia utilizado antes do Ubuntu) e/ou Debian.

clodoaldops

  • Visitante
Re: Uma decepção chamada "Ubuntu 11.10 Oneiric Ocelot".Um relato-desabafo.
« Resposta #2 Online: 11 de Janeiro de 2012, 15:08 »
-não tenho queixas
-ubuntu-11.10 funcionando sem problemas em 3 makinas: desktop(DC+4gb), infoway-w7645(Dc+2gb/ram) e infoway-w7535(Core-i3 +2gb/ram)

Offline garfo

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.023
  • Keep easy and simple.
    • Ver perfil
    • linux
Re: Uma decepção chamada "Ubuntu 11.10 Oneiric Ocelot".Um relato-desabafo.
« Resposta #3 Online: 11 de Janeiro de 2012, 15:50 »
Citar
" - Bem feito, vc fica pegando essas porcarias de graça!"

Heheheh...

Cara, é melhor deixar só o Windows XP nessa máquina, pois como você disse ela é usada por toda a família. Deixe pra ficar instalando distros Linux quando tiver seu próprio computador, aí você poderá fuçar nele a vontade e instalar quantas distros quiser.
Garfo -  linux
"Pra quê complicar? Facilidade e simplicidade é tudo!"

Offline jorge505

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 430
  • Ubuntu 12.10
    • Ver perfil
    • Tutoriais GIMP
Re: Uma decepção chamada "Ubuntu 11.10 Oneiric Ocelot".Um relato-desabafo.
« Resposta #4 Online: 11 de Janeiro de 2012, 15:59 »
Dá uma olhada: Um Gubuntu chamado Freezy Linux
É um Ubuntu com Gnome 3.2  :)

Offline Henrique1977

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 236
    • Ver perfil
Re: Uma decepção chamada "Ubuntu 11.10 Oneiric Ocelot".Um relato-desabafo.
« Resposta #5 Online: 11 de Janeiro de 2012, 18:14 »
Bom,  estou  aqui  com  o  Ubuntu 11.10  sem  problema  algum.

Citar
Minha irmã que me viu instalando o Ubuntu, usuária fanática dos SO's de Bill Gates ainda disse:
" - Bem feito, vc fica pegando essas porcarias de graça!"
Só não a xinguei de filha da p#*% porque a mãe dela também é a minha.

Tenha  calma  com  a  garota,  pois  ela  é  sua  irmã.  Um  dia  ela  pode  ver  o  quanto  o  linux  é  bom  e  querer  usar  o  linux. O  jeito é  ter  paciência  com  os  usuários  de  windows,  e  com  calma  ir  mostrando  como  se  pode  fazer  às  mesmas  coisas  que  se  faz  no  windows  no  linux.
"O Estado não é a solução, é o problema.  Ronald Reagan"
Você  que  é  iniciante  não  esqueça  de  ler  isso:  http://ubuntuforum-br.org/index.php/topic,90314.0.html

Offline alevian

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 261
    • Ver perfil
Re: Uma decepção chamada "Ubuntu 11.10 Oneiric Ocelot".Um relato-desabafo.
« Resposta #6 Online: 12 de Janeiro de 2012, 00:44 »
Mandrivão salva pátria foi ótimo!

Mas não consegui fazê-lo conviver com o Ubuntu no notebook... deixei o marronzinho...

O Mandriva é muito bom, a comunidade é ótima, mas diante de tantos comentários sobre crise de gestão, temos que conhecer outras opções. De qualquer forma, tá na máquina virtual, sem uso, e no desktop. Pretendo também experimentar o Mageia.

Cheguei a tentar o Debian - um sonho - mas travava na navegação. Acreditam?

Quanto ao Unity, estou esperando a edição LTS.

E, enquanto isso, o 10.04 roda muito bem...

Na verdade, até agora não entendi essa restrição. Penso que o Ubuntu deveria manter a opção do GNOME e trabalhar paralelamente com o Unity.

Se eu não me der bem quando instalar, experimentarei também o Mint.

Linux User 586375

Offline CaradeBronze

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 4
    • Ver perfil
Re: Uma decepção chamada "Ubuntu 11.10 Oneiric Ocelot".Um relato-desabafo.
« Resposta #7 Online: 13 de Janeiro de 2012, 01:37 »
-não tenho queixas
-ubuntu-11.10 funcionando sem problemas em 3 makinas: desktop(DC+4gb), infoway-w7645(Dc+2gb/ram) e infoway-w7535(Core-i3 +2gb/ram)
Sim amigo: mas vc não acha que o Ubuntu por ser uma distro de escala mundial não devia deixar esse tipo de coisa acontecer: o seu SO funciona em algumas máquinas enquanto em outras não?
Por que o Mandrivão Salva Pátria (como disse um usuário abaixo) funciona em todas as máquinas enquanto o Ubuntu 11.10 funciona em algumas enquanto em outras não?

Offline CaradeBronze

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 4
    • Ver perfil
Re: Uma decepção chamada "Ubuntu 11.10 Oneiric Ocelot".Um relato-desabafo.
« Resposta #8 Online: 13 de Janeiro de 2012, 01:39 »
Citar
" - Bem feito, vc fica pegando essas porcarias de graça!"

Heheheh...

Cara, é melhor deixar só o Windows XP nessa máquina, pois como você disse ela é usada por toda a família. Deixe pra ficar instalando distros Linux quando tiver seu próprio computador, aí você poderá fuçar nele a vontade e instalar quantas distros quiser.
Eu tento, mas me aventurar no Linux é mais forte do que eu.Não consigo resistir.
Fazendo isso já me envolvi em cada enrascada que vc nem imagina, principalmente com os PC's do meu serviço.

Offline CaradeBronze

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 4
    • Ver perfil
Re: Uma decepção chamada "Ubuntu 11.10 Oneiric Ocelot".Um relato-desabafo.
« Resposta #9 Online: 13 de Janeiro de 2012, 01:43 »
Dá uma olhada: Um Gubuntu chamado Freezy Linux
É um Ubuntu com Gnome 3.2  :)
Ih! Agora é tarde:
Já optei pelo Debian Squeeze, é só a gente usar um tema modernoso-modernista e ele não perde em nada para as distros mais pesadas... a diferença é que ele não trava de jeito nenhum.
Vai aí uma dica: Debian Squeeze com Gnome como Gerenciador gráfico, daí vc baixa um tema bem legal e fica uma "magavilha"!!!

Offline CaradeBronze

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 4
    • Ver perfil
Re: Uma decepção chamada "Ubuntu 11.10 Oneiric Ocelot".Um relato-desabafo.
« Resposta #10 Online: 13 de Janeiro de 2012, 01:45 »
Bom,  estou  aqui  com  o  Ubuntu 11.10  sem  problema  algum.

Citar
Minha irmã que me viu instalando o Ubuntu, usuária fanática dos SO's de Bill Gates ainda disse:
" - Bem feito, vc fica pegando essas porcarias de graça!"
Só não a xinguei de filha da p#*% porque a mãe dela também é a minha.

Tenha  calma  com  a  garota,  pois  ela  é  sua  irmã.  Um  dia  ela  pode  ver  o  quanto  o  linux  é  bom  e  querer  usar  o  linux. O  jeito é  ter  paciência  com  os  usuários  de  windows,  e  com  calma  ir  mostrando  como  se  pode  fazer  às  mesmas  coisas  que  se  faz  no  windows  no  linux.
Mas eu tive, acabei engolindo o sapo quietinho. Se bem que, o que se pode esperar dessas adolescentes que vive de Restart, Rebeldes e Justin Bieber?

Offline CaradeBronze

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 4
    • Ver perfil
Re: Uma decepção chamada "Ubuntu 11.10 Oneiric Ocelot".Um relato-desabafo.
« Resposta #11 Online: 13 de Janeiro de 2012, 01:48 »
Mandrivão salva pátria foi ótimo!

Mas não consegui fazê-lo conviver com o Ubuntu no notebook... deixei o marronzinho...

O Mandriva é muito bom, a comunidade é ótima, mas diante de tantos comentários sobre crise de gestão, temos que conhecer outras opções. De qualquer forma, tá na máquina virtual, sem uso, e no desktop. Pretendo também experimentar o Mageia.

Cheguei a tentar o Debian - um sonho - mas travava na navegação. Acreditam?

Quanto ao Unity, estou esperando a edição LTS.

E, enquanto isso, o 10.04 roda muito bem...

Na verdade, até agora não entendi essa restrição. Penso que o Ubuntu deveria manter a opção do GNOME e trabalhar paralelamente com o Unity.

Se eu não me der bem quando instalar, experimentarei também o Mint.


Com relação ao Mandrivão-Salva-Pátria parece que fizeram uma parceria com uma empresa russa o que tornará a distro ainda mais conhecida internacionalmente...
Quanto ao Debian adotei ele agora, mas vou esperar a LTS do 11.10 (sem muitas expectativas).
 - "Na verdade, até agora não entendi essa restrição. Penso que o Ubuntu deveria manter a opção do GNOME e trabalhar paralelamente com o Unity." -
Concordo em gênero, número e grau.

Offline Sérgio Rabelo

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 185
  • Kubuntu 13.10 - 64bit
    • Ver perfil
Re: Uma decepção chamada "Ubuntu 11.10 Oneiric Ocelot".Um relato-desabafo.
« Resposta #12 Online: 13 de Janeiro de 2012, 09:02 »
Sim amigo: mas vc não acha que o Ubuntu por ser uma distro de escala mundial não devia deixar esse tipo de coisa acontecer: o seu SO funciona em algumas máquinas enquanto em outras não?
Por que o Mandrivão Salva Pátria (como disse um usuário abaixo) funciona em todas as máquinas enquanto o Ubuntu 11.10 funciona em algumas enquanto em outras não?
Concordo com você amigo, em numero gênero e grau, o Ubuntu não funciona na minha maquina, e isso de eu instala-lo ele abrir e travar tudo aconteceu comigo igualzinho, mas pelo que eu me lembro foi pelo modo que eu gravei o cd ou no pen drive, eu baixei ele em dvd eu acho e instalei de novo ou usei o criador de disco de inicialização do próprio live cd do kubuntu "esse nunca me abandonou" e funcionou, isso pode ser problema no disco de instalação mesmo, agora é triste você aquele antigo lema de que o computador é para todos e ver a Unity só rodar em alguns hardwares, pois o meu não tem nada de fraco, e o live cd é 3 vezes mais veloz que o sistema instalado...

Offline hugoleal85

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 509
    • Ver perfil
    • Recanto do Tux
Re: Uma decepção chamada "Ubuntu 11.10 Oneiric Ocelot".Um relato-desabafo.
« Resposta #13 Online: 30 de Janeiro de 2012, 09:22 »
Bom,  estou  aqui  com  o  Ubuntu 11.10  sem  problema  algum.

Citar
Minha irmã que me viu instalando o Ubuntu, usuária fanática dos SO's de Bill Gates ainda disse:
" - Bem feito, vc fica pegando essas porcarias de graça!"
Só não a xinguei de filha da p#*% porque a mãe dela também é a minha.

Tenha  calma  com  a  garota,  pois  ela  é  sua  irmã.  Um  dia  ela  pode  ver  o  quanto  o  linux  é  bom  e  querer  usar  o  linux. O  jeito é  ter  paciência  com  os  usuários  de  windows,  e  com  calma  ir  mostrando  como  se  pode  fazer  às  mesmas  coisas  que  se  faz  no  windows  no  linux.

Aqui todos utilizam Linux. A patroa reclamou um pouquinho no início mas hoje utiliza tranquilamente. Já as crianças se adaptaram sem problema algum. Comece mostrando a sus irmã uma distro com instalação mais completa ou próxima do windows (BigLinux ou Mint) ou dê uma mexida no Ubuntu para que fique assim, e daí apresente-o a ela novamente. Lembre-se de falar das vantagens (sem vírus, sem tela azul, estabilidade, etc...). Foi o que fiz aqui e hoje todos utilizam software-livre sem sentir nenhuma falta do Windows.
"Cada homem que encontro é superior a mim em alguma coisa; e nisto posso aprender dele." [Ralph W. Emerson]
Meu blog

phillipehugo

  • Visitante
Re: Uma decepção chamada "Ubuntu 11.10 Oneiric Ocelot".Um relato-desabafo.
« Resposta #14 Online: 30 de Janeiro de 2012, 10:47 »
Consegui rodar tranquilo o 11.10 x64 super rápido (até pouco tempo usava o x32, por que pensava que o video radeon dava pau por culpa da versão) unity 3d tá bom, mantendo atualizado fica tudo maneiro e leve. Só entro no win7 pra jogar Battlefield 3 ou algum parecido.