Autor Tópico: Padrões abertos de documentos passam a ser obrigatórios no governo húngaro  (Lida 1647 vezes)

Offline Cálcio

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 213
  • Ubuntu 14.04
    • Ver perfil
As organizações públicas da Hungria passarão a utilizar padrões abertos nos seus documentos eletrônicos a partir de abril. A decisão ministerial foi dada no dia 23 de dezembro de 2011 e vale para toda a administração húngara. Em dezembro, o governo decidiu também pelo fim da compra de licenças de pacotes de escritório proprietários para as escolas públicas.

A deliberação orienta que os órgãos públicos devem salvar seus documentos de texto, planilha e apresentação apenas em formatos regulamentados por organizações internacionais de padronização. Os órgãos devem estar aptos a enviar, receber e disponibilizar os documentos em formatos abertos.

Exceto o ministério da Defesa, todos os ministérios deverão fazer a sua transição para padrões abertos até o final de março. A informação foi publicada na última segunda-feira em diversos no sites de notícias especializados em TI da Hungria. Vilmos Vályi-Nagy, Subsecretário de Estado para Tecnologia de Informação, explicou que as instituições estão cientes da mudança e diversas delas já se prepararam com antecedência nos últimos meses.

O uso de padrões abertos será acompanhado pela utilização de aplicativos de código aberto. Caso as organizações públicas optem pelo contrário, deverão explicar as razões técnicas e econômicas para a utilização de ferramentas de escritório proprietárias.

Nas escolas, o governo decidiu não renovar seu contrato de licenciamento de pacotes proprietários. Em nota publicada pelo site Tisztaszoftver, especializado em legalização de software,o Ministério da Educação comunicou que “está convencido de que as necessidades das instituições de ensino podem ser satisfeitas usando softwares livres e de código aberto”.

O contrato de licenciamento em vigor acaba no dia 1.º de março. A não renovação desse contrato já havia sido discutida em 2011 no entanto, naquele momento, o ministério decidiu pela sua prorrogação.

fonte: http://www.opendocument.com.br/project-updates

Offline jkmsjq

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 3.343
  • Ubuntu Member
    • Ver perfil
Re: Padrões abertos de documentos passam a ser obrigatórios no governo húngaro
« Resposta #1 Online: 05 de Janeiro de 2012, 18:23 »
Isso tudo devido a um tal de Viktor Orban que quer a todo custo modificar a Constituição húngara e poder instituir a ditadura no país. Com essa medida tenta a toda maneira tirar a influência capitalista (representada pela Microsoft) do cotidiano do povo. Ao final do coreto, pode ser uma medida positiva com uma intenção negativa.

Para maiores detalhes, leia http://www.ionline.pt/mundo/nova-constituicao-governo-budapeste-abre-portas-ditadura
LinuxUser: 548942 / Dando um tópico como resolvido
"A verdade só é agressiva a quem vive de mentiras". Autor desconhecido.
Twitter: @jeisonkertesz