Autor Tópico: indique um ou mais Livro que não seja sobre informática  (Lida 13622 vezes)

Offline KubLin

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 428
    • Ver perfil
indique um ou mais Livro que não seja sobre informática
« Online: 14 de Abril de 2006, 00:23 »
sugeri este tópico afim de indicar um ou mais livro que não seja sobre informática

foge do objetivo do Fórum mas creio que em alguns momentos precisamos nos desligar do ambiente computacional, do mundo virtual, relaxar a mente, afinal todos nós precisamos disto de vez em quando, senão vamos nos estressar por demais

indico a vocês o livro - Confissões de um Homem Sincero de Fabio Hernandez - editora Camarinha

minhas impressões: ele fala do nosso dia a dia nos relacionamentos, das alegrias e tristezas advindas de um casal, do que podemos fazer pra tornarmo-nos melhores para a companheira, entre diversas outras coisas super bacanas

sinopse do livro: Escritor barato. É assim que Fabio Hernandez se autodenomina desde que começou a publicar crônicas na revista VIP, há cinco anos. Levando-se em conta o preço da publicação na qual, mensalmente, dividiu com corações ávidos de cumplicidade seus tropeços, tristezas, glórias, aventuras e desventuras românticas, a afirmativa é verdadeira: revistas são mesmo baratas. Mas Fabio é caro, isso sim. É caro para cada homem que enxerga em seus textos as próprias dificuldades e armadilhas de ser macho hoje em dia. É caro para cada mulher que reaviva as esperanças ao notar que a sensibilidade e a compreensão - tão raras em seus namorados, companheiros, amantes - ainda existem em alguém. Que ainda existem, enfim. Esta é uma coletânea do que existe de mais marcante na trajetória do "Homem Sincero". Um roteiro em prosa que nos guia através de sua história e, de certa forma, através da história de todos os que lêem e compreendem o que é sentir (e deixar de sentir) essa coisa complicada chamada amor. (Texto de Ailin Aleixo)
fonte: http://www.lojaabril.com.br/abril/productdetail.asp?ProdId=279124

Offline Z1nhow

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 201
    • Ver perfil
indique um ou mais Livro que não seja sobre informática
« Resposta #1 Online: 14 de Abril de 2006, 04:53 »
Poderia indicar "O mundo de sofia" mais prefiro indicar "O dia do Curinga" é livro sobre filosofia, é uma hitória muito louco, só pra terem ideia, ele faz do baralho um calendário anual.

Outro livro que gostei muito foi "Assassinatos na academia brasileira de letras" autor Jô Soares, eu sempre fiquei com o pé atraz dele com relação a livros, mais é um drama muito legal.

"Quem mexeu no meu queijo" um clássico da administração, uma leitura que não dura nem 2 horas, muito interessante até ler qndo está meio indeciso nas decisões.


Todos esses podem ser encontrados na www.saraiva.com.br www.submarino.com.br

Offline Marcus VBP

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 355
  • Anuncie aqui!
    • Ver perfil
    • http://www.marcusvbp.com.br
indique um ou mais Livro que não seja sobre informática
« Resposta #2 Online: 14 de Abril de 2006, 08:16 »
pow, livros que eu tenho aqui e recomendo:

- Congo, Os devoradores de Mortos, e Mundo Perdido - ambos de michael crichton (ou algo parecido haheuha);

congo conta a historia de uma expedição à Africa q acaba topando com uns macacos desconhecidos pela ciência. existe um filme desse livro, que é uma porcaria (estou sendo bem eufemico).

 Mundo Perdido é a continuação e Jurassick Park, e também rendeu um filme. Mas o livro eh muito superior.

Os devoradores de Mortos também rendeu um filme, chamado o 13º Guerreiro, com Antonio Bandeiras. Esse livro, é baseado em uns pergaminhos do século 10, escrito por um arabe, que em uma missão, é forçado a viajar com vickings. Lah na frente, os vickings lutam com 1 povo que, se tiver existido, é a evidência de que os neanderthais sobreviveram em grupos isolados até uma época recente. esse livro possui uma semelhança muito grande com Beowuf, que é uma obra saxonica. parece-me q se o arabe escreveu a historia dele, os vickings também escreveram a deles, a seu modo.

- Neanderthal - John Darnton

Conta a historia de um grupo de cientistas que vão procurar seu professor que desapareceu numas montanhas num lugar bem longe que eu esqueci o nome, que desapareceu, procurando evidências da existência de neanderthais no dia de hoje. Nao preciso dizer o q eles encontram. muito bom o livro. parece q ele rendeu um filme que é ridiculamente ruim, mas não posso dizer com certeza pq nunca vi.

- O livro de Ouro da Mitologia - esqueci o nome do autor

é um livro que fala de mitologia em geral. bem legal pra quem gosta.

- O Macho Demoniaco - As origens da Agressividade humana - estou com preguiça de me levantar e ver o nome do autor.

é escrita por um biologo, e fala de como a agressividade do homem tem origem em suas raizes primatas. muito bom mesmo.

tenho mais coisa aqui, mas deu preguiça de escrever! ;)

Offline KubLin

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 428
    • Ver perfil
indique um ou mais Livro que não seja sobre informática
« Resposta #3 Online: 14 de Abril de 2006, 11:56 »
legal a galera estar colaborando, espero que este tópico venha de encontro com a expectativa de muitos daqui

adorei este, entre outros, do famoso escritor Roberto Shinyashiki, Heróis de Verdade - Editora Gente

minhas impressões: relata o quanto as pessoas estão preocupadas em aparentar mostrar o que nem sempre são, como intelectuias, bem de vida, entre outros.
resumindo: tentar ser o que na verdade não o são, vivem de mentirinhas

sinopse: aborda um dos principais motivos de angústia da competitiva vida moderna: a sensação de lutar intensamente e ainda assim não dar conta de tudo o que precisa ser feito. As pessoas trabalham como loucas, mas nunca conseguem o retorno desejado. Amam seus filhos, mas se sentem culpadas por não estar com eles tanto quanto gostariam. Amam o companheiro, mas não têm energia para desfrutar desse amor após uma longa jornada de trabalho. Desejam permanecer atualizadas, mas não conseguem ler os livros e as revistas que compram. É como se vivêssemos correndo sobre uma esteira ergométrica na academia: muito esforço para não chegar a lugar algum. "As pessoas querem ser super-heróis e acabam ficando superdeprimidos", diz o autor. Em "Heróis de Verdade", Roberto Shinyashiki mostra que há uma nova maneira de se posicionar perante a vida, sem deixar que as pressões e as cobranças nos dominem. Ao longo de sete capítulos, o autor explica quais são as armadilhas do mundo dos super-heróis (aqueles que vivem a ilusão de conseguir dar conta de tudo sempre) e as estratégias para desmontá- las. O livro leva o leitor a compreender e a combater suas fraquezas e a desenvolver quatro competências para ser uma estrela de brilho próprio. "Heróis de Verdade" tem a missão de conduzir a uma reflexão transformadora: podemos construir uma vida com significado, baseada nos sentimentos do coração, sem a preocupação de competir sempre. Para o autor, é possível realizar nossos sonhos, estimular as outras pessoas a também realizarem os seus e construir um mundo de paz. Com estilo de escrever simples, mas profundo, Roberto Shinyashiki vai falar ao seu coração com histórias apaixonantes, estimular o seu cérebro com idéias criativas e, principalmente, motivá-lo a agir a partir da sua alma.

fonte: http://www.livrariasaraiva.com.br/produto/produto.dll/detalhe?pro_id=186879

temp.

  • Visitante
indique um ou mais Livro que não seja sobre informática
« Resposta #4 Online: 14 de Abril de 2006, 13:14 »
Bom, não sei quanto a vocês mas eu gosto de filosofia oriental, então poderia indicar alguns livros sobre isso.

Bushido - O código do samurai
A arte cavalheiresca do arqueiro Zen
Buda - O mito e a realidade

Para quem quizer dar boas risadas recomendo:

Guia dos Mochileiros das Galáxias

E um clássico:

Os miseráveis

Yuran

  • Visitante
indique um ou mais Livro que não seja sobre informática
« Resposta #5 Online: 14 de Abril de 2006, 16:09 »
1. O cavaleiro da Esperança - Jorge Amado

relato da vida de Luis Carlos Prestes e do regime militar em sua pior fase na historia do Brasil

2. Diario de uma Mago - Paulo Coelho

Soberbo, magico, aborda a peregrinaçao de Paulo coelho no caminha de Sao tiago de compostela, extremamente filosofico, nos faz pensar na vida e nas pessoas, quem poder ler ira identificar muita coisa do dia a dia, como pensamentos, relacionamentos e coisas das mais simples as mais importantes.

Abraços!

Offline KubLin

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 428
    • Ver perfil
indique um ou mais Livro que não seja sobre informática
« Resposta #6 Online: 15 de Abril de 2006, 01:16 »
mais um....rs

O Amor Companheiro de Francisco Daudt da Veiga - Editora Sextante


minhas impressões: fala de nossa forma de relacionar-se/conviver, mostra que deve-se ser amigo de quem amamos ou gostamos.

sinopse: Este livro é sobre coisas delicadas: amor, carinho, amizade, encantamento, beleza, nostalgia, "la vita bella."
O amor companheiro pode acontecer na nossa vida por acidente, e aí tem maior risco de ser acidentado. Ou podemos nos preparar cuidadosamente para entrar nesse oceano, e assim dar mais chance à felicidade.
Espero ajudar os leitores homens a recuperar um potencial afetivo perdido na infância. E as leitoras, ajudá-las a tomar posse e desfrutar da felicidade de fazer amigas facilmente, a compreender melhor seus homens, e assim aproveitá-los mais. Francisco Daudt

"Francisco Daudt da Veiga e eu partilhamos de uma condição rara: fomos ambos objeto de um dos três ou quatro elogios que Paulo Francis proferiu em sua curta vida. Sobre Francisco disse Francis: "Afinal um analista que escreve limpo". Aqui vai um exemplo, tirado deste livro: 'Este livro fala sobre a amizade, esse verdadeiro porto seguro da nossa emoção; a única coisa que é capaz de manter um casamento feliz por décadas; a única coisa capaz de complementar, ou mesmo substituir a família no sentimento de que existe alguma retaguarda para nós; o acolhimento da nossa maior autenticidade, o descanso dos papeis sociais representados.'
Preciso dizer mais para que você leve um exemplar para você e alguns outros para seus melhores amigos?" Pedro Bial

fonte: http://www.esextante.com.br/publique/cgi/public/cgilua.exe/web/templates/htm/principal/view_0002.htm?editionsectionid=2&infoid=1130

Offline tds

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 78
    • Ver perfil
indique um ou mais Livro que não seja sobre informática
« Resposta #7 Online: 15 de Abril de 2006, 12:45 »
hm...

Jack Higghins: todos, principalmente os com o Sean Dillon
Frederick Forsyth: todos também mas 'O manipulador' se destava além do óbvio 'O dia do chacal'
Arthur Conan Doyle: Sherlock Homes quem não conhece?
Mario Puzo: O podereoso chefão - li a pouco tempo muito bom
John Grisham: todos dele mas achei 'O sócio' o melhor
Thomas Harris: Hannibal Lecter :D ... muito bom os livros
... tem tantos (deu pra perceber que gosto de estilo mistério/policial, né?)

tem o "besteirol" do Adam Douglas que é legal, Jostein Gaarder, O mundo de Sófia é muito legal também o novo dele A garota das laranjas é bom também... se for pra falar de livro eu escrevo um carta aqui :) tenho insonia então fico lendo a noite

edit: Ah... O Cirurgião da Tess Gerritsen é muito legal e Edgar Allan Poe (Assasinatos na rua morgue) é bom também comecei a ler a pouco tempo :P vou ver se compro "O dia do curinga" já tinham falado que era bom vou depois na livraria... t+

Offline axferro

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 8
    • Ver perfil
indique um ou mais Livro que não seja sobre informática
« Resposta #8 Online: 15 de Abril de 2006, 13:14 »
Citar
tem o "besteirol" do Adam Douglas que é legal



Realmente, a série "O guia do mochileiro das galáxias" é impagável  :lol:
:wq!

Offline Supermouse

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 76
    • Ver perfil
indique um ou mais Livro que não seja sobre informática
« Resposta #9 Online: 15 de Abril de 2006, 16:22 »
bom, eu sou jogador de RPG...

- O Senhor do Anéis - os 3.

Rendeu uma trilogia de filmes, não sei se vcs ja ouviram falar... é sobre um tipo dum anãozinho que tem que destruir um anel para impedir que o senhor do mal domine o mundo.

- O Hobbit.

ESSE já é menos conhecido... não rendeu filme nenhum, mas é um marco. É uma história infantil, criada por Tolkien para seus filhos. Todos elementos dele levam para uma coisa simples. Bilbo Bolseiro é um hobbit que foi escolhido pelo mago Gandalf para acompanhar uma comitiva de anões na tarefa de recuperar um antigo tesouro anão das garras de um dragão. O hobbit é definido como um "ladrão", como se fosse uma profissão (ou uma classe de RPG). O ladrão seria alguém especialista em recuperação de tesouros. A razão pela qual escolheram ele é porque um guerreiro ("classe" especializada em combates) cobra muito, e ultimamente tem sido muito dificil encontrar heróis ("classe" especializada em enfrentar monstros e salvar pessoas...). O "Um Anel" que Bilbo consegue de Gollum é apenas um anel comum de invisibilidade (esse viria depois a se tornar a peça mais importante de O Senhor dos Anéis), e uma das razões para os sumiços de Gandalf é que ele havia sido preso nas masmorras do Necromante (isso mesmo. ele era conhecido apenas como Necromante - seria mais uma classe - sem nome próprio). Na trilogia que se seguiu, esse mesmo Necromante seria mencionado como uma das encarnações de Sauron (da mesma forma que A Boca de Sauron e aquela armadura que explodiu também seriam encarnações dele. esqueçam o olho, Sauron é apenas uma presença. ele é tipo um Deus, entao nao tem nada muito fisico, como um olhao no alto de uma torre. o diretor fez assim pra dar mais emoção ao filme - se eu ja tive que suportar pessoas dizendo "ah, que lixo. nem terminou..." no final do primeiro filme, imaginem o que ia acontecer se o vilão não tivesse ao menos uma presença fisica...). Sauron também, na verdade, não é nem mencionado no Hobbit. Tudo isso só foi amadurecido/inventado no Senhor do Anéis.

- O Silmarillion.

Foi escrito depois do Senhor do Anéis, e, da mesma forma que aconteceu com a trilogia em relação ao Hobbit, amadureceu algumas idéias de O Senhor dos Anéis, além de explicar algumas coisas (como por exemplo, "quem diabos é Sauron, e porque ele é tão mal e poderoso?"). A única diferença é que, enquanto O Senhor dos Anéis se passa depois do Hobbit, O Silmerillion se passa antes de ambos. Bem antes... O Silmarillion trata sobre a criação da Terramédia, época em que os Deuses caminhavam pela terra, Valinor era um lugar do car..., e coisas do gênero. Trata também sobre as primeiras batalhas entre a Luz e a Sombra, a aliança entre humanos, elfos e anões, e porque essa foi desfeita, a razão do ódio entre elfos e anões, a ascenção de Sauron e a queda de Morgoth, etc... Muito bacana...

- Dragonlance: Dragões da Tarde de Outono, Dragões da Noite de Inverno e Dragões do Amanhecer da Primavera.

Dragonlance é um mundo de campanha de D&D, e, na minha opinião, o mais legal que tem... É também o mundo de campanha que mais tem romances escritos (são mais de 100, mas se contarmos também pequenos contos esporádicos, beiramos a casa dos milhares). infelizmente, pouquissimos foram traduzidos para português. A trilogia mencionada já é antiga, mas foi a pouco mais de um ano que foi traduzida e lançada no Brasil. Trata sobre a guerra da lança, um dos momentos mais importantes do mundo (tanto que existe um box set para AD&D antes e um depois da guerra da lança). Num mundo abandonado pleos deuses, a maligna deusa Takhisis usa a a pedra principal de um antigo templo para construir um portão de passagem entre o Abismo e a Terra. Andando livremente pelo nosso mundo, elas desperta os malignos dragões cromáticos e forja um incrivel plano para dominação mundial. Uma série de desventuras, um grupo de aventureiros procurando sinais dos deuses perdidos e alguns artefatos antigos feitos especialmente para matar dragões vão frustrar os planos dela... o mais legal dos livros é que estamos falando de pessoas comuns (certo, quase comuns) numa guerra contra milhoes de dragões, draconianos, ogres, trolls, goblins e orcs, que se uniram num verdadeiro exército. Não existe aquilo que tem no Senhor do Anéis de um grupo de 9 pessoas, das quais 4 sao hobbits inuteis, saírem dizimando hordas de orcs, que estao reunidos num exército consideravel e ficam só escondidos em Mordor... O único ataque dos orcs em SdA é um frustrado que foi feito contra a fortaleza impenetravel de Helm's Deep... Em Dragonlance, o exército draconiano domina nações, queima cidades, mata pessoas indefesas, e não é apenas o esforço separado de um bando de aventureiros que tem a sorte de serem os protagonistas da história que acaba com os planos de Takhisis. Temos nações humanas que também possuem um exército, e estão bem preocupadas com o destino do mundo (ao contrário de um certo "é problema de Gondor. não gostamos deles, entao nao vamos ajudar" q aparece em SdA...). Mais pessoas se unem aos heróis, que possuem histórias separadas, e possuimos uma verdadeira união com outros povos, nao aquela história de ir meia duzia de elfos ajudar a defender Helm's Deep e acharem que estão fazendo grande coisa...
Enfim, SdA é um clássico, e é uma história mágica, muito bem escrita e com um mundo muito bem detalhado (ao ler o livro nem há necessidade do filme. vc consegue imaginar com detalhes o cenário descrito, tamanha a riqueza da descrição). Mas Dragonlance é um épico, com dragões voando, exércitos se confrontando e bolas de fogo voando...


- As Aventuras de Tom Sawyer

Para não dizerem q eu só botei coisas relacionadas à RPG... As Aventuras de Tom Sawyer conta as peripécias de um menino que vive numa vila na beira do Mississipi. Entre outras coisas, ele testemunha um assassinato e se perde numa caverna enorme... Não preciso falar muito, só tenho uma coisa à dizer: Mark Twain é o cara...

- O Nome da Rosa

Esqueça o filme. Leia o livro.



q eu lembre é só...

tem outros, mas aí nao me lembro de nomes nem de autores...
Lembrando que essa é apenas a minha opinião, e se você discordar, você está errado.

Offline tfmoraes

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 441
    • Ver perfil
indique um ou mais Livro que não seja sobre informática
« Resposta #10 Online: 15 de Abril de 2006, 18:39 »
Crime e Castigo - Fiódor Dostoiévski.
Memórias postumas de Bras Cubas, Quincas Borba e Dom Casmurro - Machado de Assis.
Macunaíma - Mário Raul de Morais Andrade.

Offline LedStyle

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.345
    • Ver perfil
    • http://www.tuxresources.org
indique um ou mais Livro que não seja sobre informática
« Resposta #11 Online: 15 de Abril de 2006, 19:12 »
A Revolução dos Bixos (Animal Farm) por George Orwell. É uma fábula que vc encontra em qualquer cebo por menos de E$ 3,00 e lê numa sentada. Leiam o livro e ouçam o CD "Animals" do Pink Floyd traduzindo as letras.

[]s

Offline mur

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 91
    • Ver perfil
    • mur @ last.fm
indique um ou mais Livro que não seja sobre informática
« Resposta #12 Online: 16 de Abril de 2006, 17:51 »
TAZ – Zona Autônoma Temporária
Hakim Bey


O conceito de Zona Autônoma Temporária, conhecida pela sigla TAZ (Temporary Autonomous Zone) lançado por Hakim Bey torna-se cada vez mais difundido no universo do ativismo radical de esquerda. A idéia é combater o Poder criando espaços (virtuais ou não) de liberdade que surjam e desapareçam o tempo todo. A obra, lançada no final dos anos 1980, ganhou edições em dezenas de países e foi amplamente difundida na internet (com a bênção do autor, que é contra direitos autorais). Os manifestos e ensaios de Bey chamaram, ao mesmo tempo, a atenção de ativistas e autoridades. Também receberam, por sua qualidade literária, elogios entusiasmados vindos de respeitados escritores, como Allen Ginsberg, William Burroughs e Robert Anton Wilson.

-----


Um dos meus livros preferidos... acho que tem bastante em comum com o universo do linux...
Se alguém estiver interessado, possuo ele e mais um livro do Hakim Bey em PDF, é só avisar que eu mando...
AtlhonXP 2400+/Geforce 6200FX/2GB RAM DDR400/HD 80GB+250GB+500GB
Ubuntu 8.04

Offline ronaldofas

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 8
    • Ver perfil
indique um ou mais Livro que não seja sobre informática
« Resposta #13 Online: 16 de Abril de 2006, 20:23 »
1. Código Da Vinci - Dan Brown

Ótimo enredo, conta a história de um estudioso de simbologia que se envolve em uma trama de assassinato de um curado de um museu, que na verdade é o grão mestre de uma sociedade secreta que protege um segredo incrivel sobre a vida de Jesus Cristo. Muito bom acabei de ler ontém.

2. O monge e o executivo - Editora Sextante - Não lembro o nome do autor!!!

Outro bom livro que conta as experiência de um gerente de uma multinacional que passa por problemas na vida profissional e afetiva e é convidade para passar uma semana em um retiro. Chegando a este retiro ele encontra um grande homem de negócios de seu tempo que decidiu largar tudo o que construiu e virar monge, este lhe ajuda a superar as dificuldades da vida, livro de auto-ajuda com linguagem simples e muito útil, recomendo a todos!!!

Offline fabricioescalador

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 79
    • Ver perfil
indique um ou mais Livro que não seja sobre informática
« Resposta #14 Online: 17 de Abril de 2006, 13:49 »
Com Unhas e Dentes, do Sérgio Beck, é um bom manual de escalada, e também o único em português

Everest: Viagem à Montanha Abençoada, do Thomaz Brandolin (Ed. L&PM), conta a história da primeira expedição brasileira à montanha mais alta do mundo, realizada em 1992. É um capítulo importante da história do montanhismo brasileiro.

No Ar Rarefeito (Into Thin Air, Villard Books), do Jon Krakauer...muito bom esse livro

Tuching the Void (tocando o vazio) de Joe Simpson (ed. Harper and Row), conta a dramática história do acidente sofrido pelo autor durante a conquista de uma via no Peru. Depois de tentar um auto-resgate, seu companheiro Simon Yates acabou cortando a corda que unia os dois para que não caíssem ambos dentro de uma greta. ...muito bom o livro...mostrra como a amizade e o respeito são essenciais para a manutenção da VIDA!!!

e um pra diverção...

Mate-me por favor.....naum sei o autor...mas conta algumas passagens da epoca Punk, talvez a época mais punk do mundo!!!
Uai....