Autor Tópico: Google Chrome OS: Parece que agora é Real.  (Lida 19567 vezes)

Offline wendelvl

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 41
    • Ver perfil
Chrome OS mira Windows e atinge Ubuntu
« Resposta #45 Online: 16 de Julho de 2009, 10:22 »
Chrome OS mira Windows e atinge Ubuntu

Imagem removida pela Equipe do Fórum
http://info.abril.com.br/imagem/fwa/1247701116358_58.jpg

Ninguém sabe se o Google Chrome OS vai conseguir desbancar o Windows. O sistema operacional, no entanto, tem tudo para prejudicar o Ubuntu.

Um dos primeiros a levantar o alerta foi o jornalista Renai LeMay, da ZDNET Australia. LeMay destacou que o Linux sofre há décadas com a fragmentação. É a mais pura verdade. Centenas de distribuições surgiram, cresceram e morreram, e uma parte do trabalho de um monte de desenvolvedores se perdeu no meio desse processo. Se desde o início todo o esforço tivesse sido concentrado em um algumas versões, o resultado seria outro – e talvez houvesse um sistema operacional livre muito mais avançado hoje.

O fato é que, nos últimos anos, o Ubuntu começou a despontar como a distribuição mais popular do mundo do pinguim. Tornou-se o mascote da comunidade do software livre, e seu desenvolvimento tem unido esforços antes dispersos. O que vai acontecer com a chegada do Chrome OS? O sistema do Google vai dividir de novo a comunidade do software livre, e o efeito “cool” de Mountain View pode atrair multidões de programadores.

A Canonical, que mantém o Ubuntu, não tem nem de longe o mesmo volume de recursos que estão depositados nos cofres de Larry Page e Sergey Brin. No quesito “marketing”, a derrota é certa. Outro problema virá da relação com os fabricantes de hardware (http://info.abril.com.br/noticias/mercado/hp-e-lenovo-ja-desenvolvem-para-chrome-os-10072009-10.shl), que já começam a embarcar desesperadamente na canoa do Google. É certo que eles vão priorizar Mountain View. Será que o Ubuntu aguentará o tranco? Vai ser difícil. Ficarão apenas os voluntários realmente engajados.

Difícil entender pro que o Google, que se diz uma empresa boazinha, não se dedicou exclusivamente a melhorar a distribuição da Canonical. Não faria todo o sentido para quem defende a paz mundial e o bem-estar de todos os usuários? Mas, pensando bem, não é tão complicado deduzir por que isso ocorreu. Forçar as pessoas a fazer tudo pela web – o objetivo final do Chrome OS – é um jeito de garantir que a fonte de dinheiro dos anúncios continue a fluir, com cada vez mais força.
« Última modificação: 18 de Julho de 2009, 15:10 por agente100gelo »
Viva o Ubuntu!!! :D

Offline agente100gelo

  • Administrador
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 4.369
  • @Ceará
    • Ver perfil
Re: Google Chrome OS: Parece que agora é Real.
« Resposta #46 Online: 16 de Julho de 2009, 11:03 »
Mensagem anterior unida ao tópico inicial.
Já existe um tópico sobre esta discussão.
Advogado e analista de sistema cearense.
Twitter: @glaydson

Offline nq6

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 35
    • Ver perfil
    • Linux ubuntu & Afins
Google Chrome OS: Perguntas Frequentes
« Resposta #47 Online: 17 de Julho de 2009, 00:49 »
Todo mundo já deve estar sabendo do lançamento mais recente do Google, o Google Chrome OS, Sistema Operacional que o Google deverá lançar em 2010. Como a informação ainda está fresquinha e muitas dúvidas deverão surgir até o sistema ser realmente revelado ao público e testado, resolvi montar uma lista de Perguntas Frequentes, muitas delas respondidas pelo pessoal do Google no dia do anúncio do Chrome OS (postado no Twitter oficial do underGoogle):

Porque um Sistema Operacional?

As pessoas passam muito mais tempo on-line que fazendo qualquer outra coisa no computador. Portanto, é preciso repensar o funcionamento dos Sistemas Operacionais, eles precisam ser mais leves e mais integrados com a Web. Como o Google não vê isso nos Sistemas Operacionais atuais, resolveu fazer o seu sistema, de código aberto e sobre o Kernel do Linux, o que o tornará gratuito e permitirá sua adaptação para qualquer dispositivo.

O Google não quer que o usuário se preocupe com configurações ou segurança do sistema, mas sim com seus dados e aplicativos, portanto, o lançamento do Chrome OS visa disponibilizar um sistema leve, transparente para o usuário e muito seguro, uma vez que a maioria das informações e aplicações estarão “na Nuvem”.

Mas como tudo isso vai funcionar?

A idéia é que, a partir da janela do seu Browser, o usuário possa acessar seus arquivos e aplicações favoritas (que estarão on-line) no caso do sistema que rodará nos Netbooks, a Janela se tornará um sistema Operacional com uma interface simples, mas que permitirá o uso das aplicações remotas de forma mais prática. O Google já vem montando a muito tempo a estrutura que deverá ser o suporte para o funcionamento do Chrome OS. Eles já possuem o Google App Engine, plataforma onde desenvolvedores podem hospedar suas aplicações de forma gratuita. Eles também já possuem o Google Gears, plug-in que permite o uso de aplicações sem a necessidade de estar conectado á internet. Além disso, eles já vem liderando as discussões que envolvem a regulamentação e uso do HTML5, que permitirá o bom funcionamento da maioria das Aplicações e permitirá o uso de recursos como geolocalização, Cache de Informações e maior facilidade na interação com Multimídia.

Mas e o Android, já não é um Sistema? Não seria mais fácil utilizar ele?

O foco dos dois sistemas é totalmente diferente, enquanto o Android é voltado para dispositivos móveis e focado na experiência do usuário em movime

nto, o Chrome OS é focado na experiência de Acessar a Internet e interagir com ela. Com o Chrome OS, as aplicações se tornarão remotas e o sistema será focado em velocidade e disponibilidade on-line das informações.

Onde esse Sistema Vai Rodar? Poderei usar no meu Notebook?

A idéia do Google é seguir a idéia do Android, deixar o sistema OpenSource e fechar parcerias com Fabricantes de Netbooks, que irão vender equipamentos com o Sistema Operacional já instalado. Ainda não há lista de parceiros veja a lista de parceiros, mas o Google está negociando com alguns fabricantes asiáticos. O foco do Chrome OS é criar um sistema Operacional muito rápido e prático, ideal para os Netbooks, porém o sistema será OpenSource, o que permitirá que qualquer pessoa o instale em seu Notebook ou Desktop. Além do mais, a maioria das aplicações será on-line, portanto, através de um navegador compatível, qualquer usuário poderá acessar de qualquer lugar seus arquivos e aplicações.

Quando ele estará disponível?

Acredita-se que até o final de 2009 os Desenvolvedores e Fabricantes tenham uma versão de testes em mãos. O sistema deverá começar a chegar ao Público no segundo semestre de 2010.
Mas e quando  chegará no Brasil?

Não há previsão. Na verdade, tudo dependerá dos fabricantes, que já viram no Brasil um mercado muito interessantes para a venda de notebooks de baixo preço.

O que o Google ganha fazendo um Sistema Operacional?

O objetivo do Google continua o mesmo: Reunir e disponibilizar o maior número que informações, atraindo público para seus serviços. Com o lançamento de um Sistema Operacional para Netbooks, o Google vê a oportunidade de levar a Web para o dia-a-dia de mais pessoas e aumentar o uso da internet em mercados emergentes, como no Brasil. Se considerarmos que hoje a penetração do Google no Brasil é de cerca de 35%, eles ainda têm uma quantidade considerável de público para levar para a internet. Quanto maior o público on-line, maior o tráfego nos serviços e na busca do Google e consequentemente mais pessoas atingidas pelo sistema de publicidade da empresa, sua principal fonte de renda.

O Chrome OS vai quebra a Microsoft e a Apple?

Não, é preciso lembrar que o foco inicial do Google é fazer um sistema simples, que dê ao usuário acesso a aplicações on-line. O foco é facilitar o uso de aplicações Web e ajudar a popularizar a Internet, principalmente em países emergentes. Softwares pesados para edição de Imagens e vídeo, por exemplo, ainda precisarão de uma máquina mais bem dotada e sistemas mais robustos. Ainda é importante lembrar que o foco do Google não se concentra nas corporações e sim o usuário final. Se o Chrome OS tomará o mercado da Apple ou Microsoft, só o tempo dirá.

Mas como confiar todas as informações ao Google?

Bem, este é um risco que você precisará correr. Mesmo assim, as informações não ficarão todas na “Nuvem”. Assim como acontece hoje com aplicações Web que utilizam o Google Gears, será possível manter as informações localmente, sem ter acesso á Internet. Assim, mesmo que você esteja sem conectividade, poderá atualizar documentos que serão automaticamente enviados para a Web assim que sua conexão de internet for restabelecida.

E os Games? Vou poder rodar Jogos pesados neste sistema do Google?

Assim como os atuais Sistemas para Netbooks, o objetivo não é o entretenimento local, através de potentes processadores gráficos capazes de executarem jogos. O objetivo dos Netbooks, e aqui se encaixa o objetivo do Google com o Chrome OS, é tornar o Sistema Operacional leve e simples para permitir facilidade no uso de aplicações on-line.

Poderei instalar  o Chrome OS na minha Geladeira?

Sim, se você for um Desenvolvedor e estiver afim de compilar uma versão para uma Geladeira que tenha o processamento mínimo exigido para rodar o Software, poderá o fazer. O Chrome OS será um sistema OpenSource. Quer dizer que qualquer desenvolvedor poderá adaptá-lo para qualquer dispositivo que ache necessário. Portanto, embora a idéia inicial seja fazer um sistema Operacional para Netbooks, variações para os mais variados dispositivos poderão aparecer. Incluindo desde notebooks, até grandes servidores, passando por Geladeiras, SetupBox e Carros. A grande vantagem é que a integração com API`s do Google certamente será muito simples, facilitando o uso de Google Maps, Gmail e todos os outros serviços do Google.

Quanto vai custar tudo isso?

Nada. Quer dizer, o software será OpenSource, o usuário irá pagar somente pela máquina. Isso deverá diminuir os preços dos Netbooks, já que muitos são vendidos com licença do Windows, que acabam elevando o preço final dos equipamentos.
http://nq6.blogspot.com/
Linux ubuntu & Afins - Um blog com muitas dicas, perfeito para quem está começando.

Offline clcampos

  • Administrador
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 10.790
  • .:: User Linux #439596 ::.
    • Ver perfil
Re: Chrome OS: fabricante do Ubuntu diz que sucesso não é garantido
« Resposta #48 Online: 17 de Julho de 2009, 08:47 »
Bem como o autor do tópico já não fala mais apenas do tema inicial (sucesso não garantido do sistema) vou unir este tópico ao outro sobre o Chrome OS.
Cristiano/Timóteo - MG
.: Como Fazer Perguntas de Forma Inteligente :.                
Com dúvida? pesquise!

Offline fatecano

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 620
    • Ver perfil
Re: Google Chrome OS: Parece que agora é Real.
« Resposta #49 Online: 19 de Julho de 2009, 18:34 »
Na minha modesta opinião de iniciante aqui: "software livre combina com liberdade e, liberdade não combina nem um pouco com monopólio."

Recentemente a revista Info Exame fez uma matéria especial sobre eles.
Fiquei totalmente surpreso ao saber que os caras sabem tanta coisa de cada usuário!  :o
Ter tantas informações minhas nas mãos de uma só empresa não me cheira muito bem.

De qualquer forma, o Ubuntu pode ganhar muito nisso tudo, pois o universo Linux ficaria em evidência.

bawlaw

  • Visitante
Re: Google Chrome OS: Parece que agora é Real.
« Resposta #50 Online: 25 de Julho de 2009, 16:09 »
 Na minha opinião também de iniciante no linux,
o google OS vai acabar sendo como os seus aplicativos online, extremamente básico faz de tudo um pouco mas nada perfeitamente, fora que estaria lhe dando diretamente com todas as informações de seus usuarios.
 Funcionará muito bem para os Netbooks, que comprei um e mal posso esperar para repassa-lo, pois nao vale a pena.

E infelizmente vai acabar sendo tratado pela massa como ja disseram aqui. Como o novissimo "Chrome OS" e não como linux.