Autor Tópico: Usuando o Ubuntu como thin client para Windows Terminal Server  (Lida 4779 vezes)

Offline edson_dinho

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1
    • Ver perfil
Usuando o Ubuntu como thin client para Windows Terminal Server
« Online: 01 de Maio de 2009, 15:40 »
Boa tarde Amigos,

Bom, sou novo em Linux e sinceramente não manjo nada! Sou MCP do Windows 2003 Server e do Windows XP e estou querendo aprender mais sobre Linux, tanto para integração com Windows como para implementação e suporte Linux (quem tiver algumas dicas ou materiais eu agradeço).
Bom, vamos a duvida do fórum: Eu tenho um cliente que possui um Servidor Windows 2003 Server configurado como servidor de Terminal Server e atualmente as estações de trabalho utilizadas para conexão remota no servidor (terminais burros) são Windows XP, gostaria de instalar nessas estações clients o Linux para ser usado como thin-Client de uma forma que ao iniciar o computador client ele já execute a tela do remote computer para que os usuários não tenham nenhum controle na estação, isso é possível? Alguém poderia me ajudar?
Caso não seja possível e gostaria de criar um usuário restrito que não tenha acesso a nada apenas as aplicações que eu (administrador) defina. (se as duas opções forem possíveis eu gostaria uma de uma ajuda com elas).
De todas as distribuições do Linux que testei a que gostei mais foi a Ubuntu e também me pareceu ser a que tem mais suporte, caso haja alguma outra distribuição melhor para este fim agradeço.

Obrigado a todos.
Edson.

Offline asrezende

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1
    • Ver perfil
Re: Usuando o Ubuntu como thin client para Windows Terminal Server
« Resposta #1 Online: 15 de Setembro de 2009, 08:31 »
Seu problema e muito fácil de se resolver, vc vai precisar instalar alguns programas, mas são bem leves e da pra instalar com o apt-get.
eu uso aqui o kubuntu 6 ou 8, mas tanto faz...


Vamos às instalações e configurações:

Configuração de Teclado
 
O primeiro passo é abrir a pasta keymaps, localizada na linha de commando a seguir:

cd /usr/share/rdesktop/keymaps

 Copia-se o arquivo pt-br através do comando:

cp pt-br abnt2

Altera-se o arquivo abnt2:

vim abnt2

Deve-se adiconar 10 antes do número 416 em Map(3ª linha do arquivo abnt2), ficando assim:

map 0x10416

 Após feito isto, é só adicionar a linha de comando do teclado abnt2 no arquivo tomahawk que fica no diretório “/usr/Bin/tomahawk.sh”:

                -k abnt2

Instalação de Impressora via HTTP
 
Primeiramente antes de adicionar uma impressora via HTTP, deve-se instalar a mesma no Linux, aperte Alt+F2, digite o nome "printers" >> Adicionar impressoras e finaliza.

Para se fazer a instalação de uma impressora via HTTP, deve-se logar como administrador no servidor, ir em: adicionar impressoras, conectar-se a uma impressora na internet ou em uma rede doméstica, ou seja, a mesma deve ser adicionada via url, como mostra a linha de comando a seguir:

                http://<ip_maquina_localiza_impressora>:631/printers/<nome_impressora>

Obs: Para se obter o nome da impressora corretamente, é só digitar através de um navegador o ip da máquina onde se encontra a impressora, pois através do comando, irá ser feito o acesso ao servidor de impressão instalado na própria máquina. E também o ip da máquina onde se encontra a impressora necessariamente tem que ser estático.

No caso de não funcionamento da impressora quando tenta achar a mesma pelo browser, vá no linux, logado como root altere os arquivos:

vim /etc/cups/cups.d/browse.conf

        Neste caso a linha do browse altere de off para on.

vim /etc/cups/cups.d/ports.conf

        Adicione a linha de comando: Listen <IP_máquina_impressora:631>

 Reinicie o serviço cups

        /etc/init.d/cupsys restart

Configuração do Servidor
 
Caso ao instalar programas com o apt-get der algum erro, temos duas soluções:

Primeiramente deve-se exportar o proxy através da seguinte linha de comando (se usado):

export http_proxy=http://usuario:senha@000.000.0.000:porta

Ou entao deve-se descomentar todas as linhas iniciadas por “deb” no arquivo:

vim /etc/apt/source.list

 
O próximo passo é fazer a instalação dos aplicativos: kdm, blackbox e rdesktop como mostram as linhas a seguir:

apt-get install kdm

apt-get install blackbox

apt-get install rdesktop

Fazer login no sistema alterando a inicialização para o blackbox.

 Acessar o diretório a seguir:

vim /etc/kde3/kdm/kdmrc

 Descomentar as seguintes linhas do arquivo:

                AutoLoginEnable= true

                AutoLoginAgain=true

                AutoLoginUser=<nome_usuário> (no caso, “deinfo”)

                AutoLoginPass=<senha_root>

                AllowRootLogin=true (neste caso deve-se mudar de false para                    true)

Fazer a alocação do kde.desktop através do comando:

                locate kde.desktop

 

Alterar o arquivo blackbox.desktop:

                vim /usr/share/xsessions/blackbox.desktop

 

Alterar as linhas exec e  try exec, como mostra as linhas a seguir:

exec=/home/usuario/.bbstart.sh

try exec=/home/usuario/.bbstart.sh

 OBS: .bbstart.sh e um arquivo de autoinicialização criado para executar um outro arquivo com os comandos do acesso remoto e montar os dispositivos usb e de cd.

Cria-se o arquivo .bbstart.sh dentro do diretório /home/usuario e adiciona o conteúdo como mostra a 2ª linha a seguir:

                vim .bbstart.sh

                /usr/bin/blackbox.sh & /usr/bin/tomahawk.sh

OBS: tomahawk.sh e o nome do arquivo que executa os comandos de conexão e montagem e o nome e so uma analogia ao nome do servidor, pode-se usar qualquer nome de sua preferencia.

Neste momento deve-se criar o arquivo tomahawk.sh(dentro do diretório “/etc/bin”) e adicionar conteúdo no mesmo:

                vim tomahawk.sh

                rdesktop IP_do_server –a 16 –r disk:USB=/media/USB –r disk:cdrom=/misc/cd –f
OBS: -a 16 (processamento de imagem, nao utilizar maior), -r disk (montagem e remontagem dos dispositivos), -f (fullscreen)

 Alterando a permissão para os arquivos .bbstart.sh e tomahawk.sh:

                chmod 755 /home/deinfo/.bbstart.sh

                chmod 755 /usr/bin/tomahawk.sh


Instalação do driver USB
 

Instalação do pacote USB:

apt-get install usbmount

 Alterando o arquivo de configuração USB:

                vim /etc/usbmount/usbmount.conf

                adicionar vfat em filesystems

 
Alterar as permissões para escrita no USB:

                vim /etc/passwd

                usuario:x:1000:1000 (alterar 1000 para 0)

 
    II.            Instalação do driver de CD-ROM
 

Instala-se o pacote autofs:

                apt-get install autofs

 Alterar o arquivo auto.master que localiza-se dentro do diretório /etc:

                vim /etc/auto.master

                descomenta a linha /misc e altera o tempo para 10

 
Altera o arquivo group dentro do diretório /etc adicionando o nome de usuário na frente de users:

                vim /etc/group

                users:x:100:usuario

 
a.       Composição dos arquivos necessários, caso alterações de cd-rom não funcione:
 
auto.misc

cd                           –fstype=iso9660, RO, nosuid, nodev                     :/dev/cdrom

 auto.master

/misc                    /etc/auto.misc                 --timeout=10

tomahawk.sh

-r disk:cdrom= /misc/cd

/etc/fstab

/dev/hdd            /media/cdrom0                              udf, iso9660, users, auto             0             0

 

/etc/sysctl.conf

dev.cdrom.lock=0 (adicionar esta linha ao arquivo)