Autor Tópico: Microsoft está preocupada com o Ubuntu  (Lida 58469 vezes)

Offline jrobertoct

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 8
    • Ver perfil
Re: Microsoft está preocupada com o Ubuntu
« Resposta #75 Online: 21 de Abril de 2013, 14:27 »
A M$ deveria largar mão de ser besta e parar com essa mania de querer tudo pra ela, o mercado de sistemas operacionais dá muito bem pra todo mundo pegar o seu bolo sem precisar puxar o tapete dos outros.

é isso aí meu amigo, eu era fã do Bill Gates, até começar a enxergar certas coisas e de conhecer outros sistemas em Linux, GNU/Linux, e toda a filosofia e intenções... Além disso, conhecer a extrema diferença de engenharia e Sistema de Arquivo, sua segurança, leveza e rapidez que muito me impressiona do Linux. É muito diferente a eficiência, e elegância do Ubuntu e todos os sistemas em Linux. Até os que lembram, até se parecem com o Windows(R) são muito, 10 vezes melhores que o Windows(R). Melhor ou igual śo Mac-Apple.
Eu era mais um usuário massificado pela mídia e poder econômico envolvido nisso tudo. Acho o Bill Gates tão chato e besta quanto o seu sistema, que é até bonito e útil, mas que na realidade é apenas mais um programa em window, windows, e que não é o melhor, e que ele inteligentemente registrou sua identidade com o nome do tipo de programação ao seu produto, sistema, interface ou programa. Mas ele não quer, até hoje, por enquanto, baixar seus preços fazendo-o populares e mais acessíveis, já que são milhões/bilhões de usuários que utilizam o Windows(R); e mesmo que isto venha a acontecer com a Microsost e seus parceiros, não penso em retornar jamais ao ambiente Microsoft-Windows(R), nem pensar...
Abraços.

Offline Sergio Benjamim

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.902
    • Ver perfil
Re: Microsoft está preocupada com o Ubuntu
« Resposta #76 Online: 21 de Abril de 2013, 15:45 »
A M$ deveria largar mão de ser besta e parar com essa mania de querer tudo pra ela, o mercado de sistemas operacionais dá muito bem pra todo mundo pegar o seu bolo sem precisar puxar o tapete dos outros.

é isso aí meu amigo, eu era fã do Bill Gates, até começar a enxergar certas coisas e de conhecer outros sistemas em Linux, GNU/Linux, e toda a filosofia e intenções... Além disso, conhecer a extrema diferença de engenharia e Sistema de Arquivo, sua segurança, leveza e rapidez que muito me impressiona do Linux. É muito diferente a eficiência, e elegância do Ubuntu e todos os sistemas em Linux. Até os que lembram, até se parecem com o Windows(R) são muito, 10 vezes melhores que o Windows(R). Melhor ou igual śo Mac-Apple.
Eu era mais um usuário massificado pela mídia e poder econômico envolvido nisso tudo. Acho o Bill Gates tão chato e besta quanto o seu sistema, que é até bonito e útil, mas que na realidade é apenas mais um programa em window, windows, e que não é o melhor, e que ele inteligentemente registrou sua identidade com o nome do tipo de programação ao seu produto, sistema, interface ou programa. Mas ele não quer, até hoje, por enquanto, baixar seus preços fazendo-o populares e mais acessíveis, já que são milhões/bilhões de usuários que utilizam o Windows(R); e mesmo que isto venha a acontecer com a Microsost e seus parceiros, não penso em retornar jamais ao ambiente Microsoft-Windows(R), nem pensar...
Abraços.

"Eu era mais um usuário massificado pela mídia e poder econômico envolvido nisso tudo.", pois é, mas tem muita gente ainda que prefere se manter na zona de conforto, permanecer alienado, do que experimentar coisas novas, e descobrir que há melhores opções por aí.

"Mas ele não quer, até hoje, por enquanto, baixar seus preços fazendo-o populares e mais acessíveis", na verdade a M$ deixa bem acessível, a ponto de todos conseguirem piratear os softwares dela sem dificuldades (para uma empresa do porte da M$, não seria nada difícil bloquear instalações piratas). Esse foi o jeito que eles acharam para que todos usassem as soluções deles, para mim isso é uma tremenda de uma sacanagem, por que sufoca qualquer um que quiser entrar no mercado de SO's ou softwares, sejam eles de software proprietário ou software livre.

Fala sério, em um mercado que vive em função de inovações, a M$ está muito atrás, e só se mantém no mercado porque pratica monopólio e há muita inércia do sistema para mudar SO's e programas. Como a M$ perdeu o bonde dos portáteis, quem sabe isso não mude, com o crescimento do Android.
É novo no Ubuntu? Já leu o Ubuntu – Guia do Iniciante 2.0 ?
Experimente o Xubuntu 14.04 !

eliseu_carvalho

  • Visitante
Re: Microsoft está preocupada com o Ubuntu
« Resposta #77 Online: 21 de Abril de 2013, 16:45 »
tem muita gente ainda que prefere se manter na zona de conforto, permanecer alienado, do que experimentar coisas novas, e descobrir que há melhores opções por aí.

Inclusive tem muita gente que não sai do Windows XP (cujo suporte de atualizações, se não me engano, já acabou) por puro comodismo. E aqui mesmo no fórum tem gente demais que reclama das novas interfaces. Acho que lá por 2050 ainda vai ter gente preferindo Windows XP e GNOME 2.32.

a M$ deixa bem acessível, a ponto de todos conseguirem piratear os softwares dela sem dificuldades (para uma empresa do porte da M$, não seria nada difícil bloquear instalações piratas). Esse foi o jeito que eles acharam para que todos usassem as soluções deles, para mim isso é uma tremenda de uma sacanagem, por que sufoca qualquer um que quiser entrar no mercado de SO's ou softwares, sejam eles de software proprietário ou software livre.

Com tantas reclamações a respeito do Windows 8, tenho esperança de que esse monopólio acabe de uma vez.

em um mercado que vive em função de inovações, a M$ está muito atrás, e só se mantém no mercado porque pratica monopólio e há muita inércia do sistema para mudar SO's e programas. Como a M$ perdeu o bonde dos portáteis, quem sabe isso não mude, com o crescimento do Android.

A Microsoft perdeu totalmente o rumo. Como falei num outro tópico, a empresa achou que seria a líder pra sempre, mas a coisa não é bem assim.

Offline Sergio Benjamim

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.902
    • Ver perfil
Re: Microsoft está preocupada com o Ubuntu
« Resposta #78 Online: 21 de Abril de 2013, 19:32 »
tem muita gente ainda que prefere se manter na zona de conforto, permanecer alienado, do que experimentar coisas novas, e descobrir que há melhores opções por aí.

Inclusive tem muita gente que não sai do Windows XP (cujo suporte de atualizações, se não me engano, já acabou) por puro comodismo. E aqui mesmo no fórum tem gente demais que reclama das novas interfaces. Acho que lá por 2050 ainda vai ter gente preferindo Windows XP e GNOME 2.32.

a M$ deixa bem acessível, a ponto de todos conseguirem piratear os softwares dela sem dificuldades (para uma empresa do porte da M$, não seria nada difícil bloquear instalações piratas). Esse foi o jeito que eles acharam para que todos usassem as soluções deles, para mim isso é uma tremenda de uma sacanagem, por que sufoca qualquer um que quiser entrar no mercado de SO's ou softwares, sejam eles de software proprietário ou software livre.

Com tantas reclamações a respeito do Windows 8, tenho esperança de que esse monopólio acabe de uma vez.

em um mercado que vive em função de inovações, a M$ está muito atrás, e só se mantém no mercado porque pratica monopólio e há muita inércia do sistema para mudar SO's e programas. Como a M$ perdeu o bonde dos portáteis, quem sabe isso não mude, com o crescimento do Android.

A Microsoft perdeu totalmente o rumo. Como falei num outro tópico, a empresa achou que seria a líder pra sempre, mas a coisa não é bem assim.

Eu também tenho esperança de que se desfaça esse monopólio. Todo império tem seu fim. A tecnologia em TI, especificamente em desktops, ficou estagnada por anos, por conta desse monopólio, se vc pensar bem, num período de 20 anos (década de 90 e 2000) era para o desktop ter evoluído bastante, e não ficar só no desktop padrão de windows xp e 7. Só agora novas interfaces estão aparecendo, e isso é bom.

Sinceramente, eu vejo um futuro para a M$ somente na área de jogos, com o Xbox, e olhe lá.

E eu vi uma matéria um tempo atrás, e a M$ teve a oportunidade de ser a pioneira no mercado de tablets, mas por conta dos executivos cabeça fechada eles barraram a ideia (isso é muito comum dentro da M$, cortar a criatividade dos outros).

Quanto à pessoa ficar alienada na plataforma deles, eu não consigo entender, pq se vc instala um Linux no computador de alguém vai dar menos trabalho a manutenção do que se deixar um windows na máquina. Deixa na mão de gente velha ou gente que não tem nenhum interesse em aprender a mexer no sistema, e vc vai ver o sistema cheio de vírus e lento pra caramba, de tanta porcaria instalada. As pessoas acham normal sair formatando computador por aí, perder arquivos importantes por besteira e etc. Isso foi uma cultura que a M$ ajudou a alastrar.
É novo no Ubuntu? Já leu o Ubuntu – Guia do Iniciante 2.0 ?
Experimente o Xubuntu 14.04 !

eliseu_carvalho

  • Visitante
Re: Microsoft está preocupada com o Ubuntu
« Resposta #79 Online: 21 de Abril de 2013, 20:13 »
E eu vi uma matéria um tempo atrás, e a M$ teve a oportunidade de ser a pioneira no mercado de tablets, mas por conta dos executivos cabeça fechada eles barraram a ideia

Foi o mesmo artigo do tópico que eu citei na mensagem anterior. O conceito era até muito interessante: um dispositivo que funcionaria como um livro, sem "barra de tarefas", sem "ícones" nem nada, só as páginas pra serem lidas. De certa forma um "livro eletrônico". Mas aquele bando de cabeças-duras não quis... e se ferraram.

Offline garfo

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.023
  • Keep easy and simple.
    • Ver perfil
    • linux
Re: Microsoft está preocupada com o Ubuntu
« Resposta #80 Online: 21 de Abril de 2013, 21:19 »
Citar
tem muita gente que não sai do Windows XP (cujo suporte de atualizações, se não me engano, já acabou)

Ainda não acabou. O suporte a atualizações e correções de bugs para o Windows XP vai até abril de 2014. Parece piada que um sistema de 11 anos atrás ainda seja suportado por tanto tempo, mas é verdade. :o
Garfo -  linux
"Pra quê complicar? Facilidade e simplicidade é tudo!"

eliseu_carvalho

  • Visitante
Re: Microsoft está preocupada com o Ubuntu
« Resposta #81 Online: 21 de Abril de 2013, 21:22 »
Parece piada que um sistema de 11 anos atrás ainda seja suportado por tanto tempo, mas é verdade. :o

Mas o CentOS não vai até 2020?  ::)

Offline Sergio Benjamim

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.902
    • Ver perfil
Re: Microsoft está preocupada com o Ubuntu
« Resposta #82 Online: 21 de Abril de 2013, 22:05 »
Parece piada que um sistema de 11 anos atrás ainda seja suportado por tanto tempo, mas é verdade. :o

Mas o CentOS não vai até 2020?  ::)

Não dá para comparar, o CentOS, assim como outras distros voltadas à servidores, tem um foco bem diferente, que é estabilidade e longo prazo de suporte (não dá para ficar atualizando o sistema à cada 1 ano e meio).
É novo no Ubuntu? Já leu o Ubuntu – Guia do Iniciante 2.0 ?
Experimente o Xubuntu 14.04 !

Offline garfo

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.023
  • Keep easy and simple.
    • Ver perfil
    • linux
Re: Microsoft está preocupada com o Ubuntu
« Resposta #83 Online: 21 de Abril de 2013, 22:16 »
Parece piada que um sistema de 11 anos atrás ainda seja suportado por tanto tempo, mas é verdade. :o

Mas o CentOS não vai até 2020?  ::)

Olha o ano que o CentOS 6.0 foi lançado, depois olha o ano que o Windows XP foi lançado. Agora compare.  :D

Ah, o Windows 8 vai até 2023.  :o
Garfo -  linux
"Pra quê complicar? Facilidade e simplicidade é tudo!"

eliseu_carvalho

  • Visitante
Re: Microsoft está preocupada com o Ubuntu
« Resposta #84 Online: 21 de Abril de 2013, 22:42 »
Ah, o Windows 8 vai até 2023.  :o

No estado em que se encontra, duvido que alguém vá querer usar o Windows 8 até 2023  ::)
Mas enfim, enquanto a Microsoft ficou estagnada por anos e, quando foi criar alguma coisa nova, fez um bicho de 7 cabeças todo deformado, os vários Linux, além do Mac, Android, iOS etc. estão aí.
A Microsoft parece o Império Romano do software: dominou por anos e anos a fio, mas todo império cai, e assim como o Império Romano caiu, um dia o "Império Microssóftico" cairá também.

Offline garfo

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.023
  • Keep easy and simple.
    • Ver perfil
    • linux
Re: Microsoft está preocupada com o Ubuntu
« Resposta #85 Online: 21 de Abril de 2013, 23:02 »

No estado em que se encontra, duvido que alguém vá querer usar o Windows 8 até 2023  ::)

Também duvido, mas deixe-me explicar o por quê da "piada" na minha afirmação anterior: A primeira versão do CentOS (CentOS 3) foi lançada *bem depois* do Windows XP e o suporte dessa versão já foi pras cucuias (em 2010), enquanto o XP continua vivão até hoje (e continuará até abril/2014)! E pasme, pode-se usar programas atuais (firefox 20, vlc 2.0.6, Google Chrome 26.x, etc.) no Windows XP sem problemas, enquanto no CentOS 6 (a versão atual e mais nova do CentOS), o Google Chrome já perdeu o suporte e a versão do VLC vai só até a 1.1.13! Isso sem contar outros programas.

Agora analise: CentOS 6 foi lançado em 2011 e já começou a ficar velho, com programas velhos, enquanto o XPzão (lembre-se: um sistema de 2002) tá na ativa, recebendo atualizações e tudo.

Resumindo, pra entenderem de uma vez a situação: É como se pegassem o Conectiva Linux (lembram?) ou o Kurumin, dar suporte a eles até 2014, e ainda pudesse instalar última versão do Firefox, do VLC, do Gimp, do Google Chrome, do Flash tranquilamente nessas distros. Não seria bizarro?  :D


Mas enfim, enquanto a Microsoft ficou estagnada por anos e, quando foi criar alguma coisa nova, fez um bicho de 7 cabeças todo deformado, os vários Linux, além do Mac, Android, iOS etc. estão aí.
A Microsoft parece o Império Romano do software: dominou por anos e anos a fio, mas todo império cai, e assim como o Império Romano caiu, um dia o "Império Microssóftico" cairá também.

Como eu mesmo diria: "A Microsoft só chegou quando o barco "da inovação" já estava no meio do mar..."  ;D
Garfo -  linux
"Pra quê complicar? Facilidade e simplicidade é tudo!"

Offline Sergio Benjamim

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.902
    • Ver perfil
Re: Microsoft está preocupada com o Ubuntu
« Resposta #86 Online: 21 de Abril de 2013, 23:16 »
Ah, o Windows 8 vai até 2023.  :o

No estado em que se encontra, duvido que alguém vá querer usar o Windows 8 até 2023  ::)
Mas enfim, enquanto a Microsoft ficou estagnada por anos e, quando foi criar alguma coisa nova, fez um bicho de 7 cabeças todo deformado, os vários Linux, além do Mac, Android, iOS etc. estão aí.
A Microsoft parece o Império Romano do software: dominou por anos e anos a fio, mas todo império cai, e assim como o Império Romano caiu, um dia o "Império Microssóftico" cairá também.

Quando isso acontecer, se preparem, vai ser uma onda de migração gigantesca.

Ow, tem uns seres aí que até curtiram o windows 8, vai entender. E tem um monte de série televisiva fazendo merchandise desse negócio, tava assistindo Elementary e o Sherlock Holmes, o detetive mais inteligente do mundo, estava usando o windows 8 e o Internet Explorer (ahh vá, até parece que ele usaria essas porcarias, o pior é que a câmera foca no tablet nesse momento estranho). Cara, a M$ deve estar desesperada, e o pessoal só está usando o windows 8 pq é o que vem na máquina. Que venha a bancarrota dessa empresa inútil.
É novo no Ubuntu? Já leu o Ubuntu – Guia do Iniciante 2.0 ?
Experimente o Xubuntu 14.04 !

Offline Raul Liota da Rosa

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 56
    • Ver perfil
Re: Microsoft está preocupada com o Ubuntu
« Resposta #87 Online: 22 de Abril de 2013, 01:27 »
Sinceramente a Microsoft está pouco se lixando para os usuários de domésticos, o foco deles não é esse, o foco deles hoje e sempre foi o mundo corporativo, tanto é que eles investem muito nisso, e foi onde teve as grandes inovações, por exemplo eles foram um dos precursores de ter uma plataforma corporativa na nuvem, e posso dizer por experiência, o Office 365 vale muito a pena para uma corporação, nesse caso o maior concorrente deles é o Google Apps, mas o Google Apps nao tem uma integração tão grande com o sistema, apesar de ser também muito bom, mas pra uma empresa que tem suas máquinas clientes Windows, o Office 365 vale muito mais a pena. Esse é só um exemplo, mas existem outros grandes exemplos que poderia citar.

Assim como Linux é forte na questão de servidores, principalmente na parte de segurança, a Microsoft também tem seus pontos fortes. Gente vocês tem que parar pra pensar que as únicas empresa que realmente pensa em SO para usuário final são Apple e a Canonical isso sem incluir dispositivos móveis, apenas SOs para computadores.

Offline clebson

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 249
    • Ver perfil
    • Clébson Santiago Blog
Re: Microsoft está preocupada com o Ubuntu
« Resposta #88 Online: 22 de Abril de 2013, 08:50 »
Sinceramente a Microsoft está pouco se lixando para os usuários de domésticos, o foco deles não é esse, o foco deles hoje e sempre foi o mundo corporativo, tanto é que eles investem muito nisso, e foi onde teve as grandes inovações, por exemplo eles foram um dos precursores de ter uma plataforma corporativa na nuvem, e posso dizer por experiência, o Office 365 vale muito a pena para uma corporação, nesse caso o maior concorrente deles é o Google Apps, mas o Google Apps nao tem uma integração tão grande com o sistema, apesar de ser também muito bom, mas pra uma empresa que tem suas máquinas clientes Windows, o Office 365 vale muito mais a pena. Esse é só um exemplo, mas existem outros grandes exemplos que poderia citar.

Assim como Linux é forte na questão de servidores, principalmente na parte de segurança, a Microsoft também tem seus pontos fortes. Gente vocês tem que parar pra pensar que as únicas empresa que realmente pensa em SO para usuário final são Apple e a Canonical isso sem incluir dispositivos móveis, apenas SOs para computadores.

Raul disse tudo!
+1.000.000.000

Eliseu Carvalho

  • Visitante
Re: Microsoft está preocupada com o Ubuntu
« Resposta #89 Online: 22 de Abril de 2013, 10:22 »
Sinceramente a Microsoft está pouco se lixando para os usuários de domésticos, o foco deles não é esse, o foco deles hoje e sempre foi o mundo corporativo, tanto é que eles investem muito nisso, e foi onde teve as grandes inovações, por exemplo eles foram um dos precursores de ter uma plataforma corporativa na nuvem, e posso dizer por experiência, o Office 365 vale muito a pena para uma corporação, nesse caso o maior concorrente deles é o Google Apps, mas o Google Apps nao tem uma integração tão grande com o sistema, apesar de ser também muito bom, mas pra uma empresa que tem suas máquinas clientes Windows, o Office 365 vale muito mais a pena. Esse é só um exemplo, mas existem outros grandes exemplos que poderia citar.

Assim como Linux é forte na questão de servidores, principalmente na parte de segurança, a Microsoft também tem seus pontos fortes. Gente vocês tem que parar pra pensar que as únicas empresa que realmente pensa em SO para usuário final são Apple e a Canonical isso sem incluir dispositivos móveis, apenas SOs para computadores.

Então leia o artigo:

http://revistapiaui.estadao.com.br/edicao-73/questoes-tecno-empresariais/a-decada-perdida