Autor Tópico: Microsoft está preocupada com o Ubuntu  (Lida 59411 vezes)

Offline musinet

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 279
    • Ver perfil
Re: Microsoft está preocupada com o Ubuntu
« Resposta #60 Online: 16 de Setembro de 2009, 17:42 »
Isso sem falar no Microsoft PowerShell, uma tentativa de deixar a tela de comando mais parecida com um console linux. Inclusive testei vários comandos  em sintaxe Unix e funcionaram tranquilo (por exemplo, ls em vez de dir, clear em vez de cls, etc). Também verifiquei que ao listar arquivos (usando ls ou dir, sem parâmetros) ele retorna o equivalente ao ls -l e coloca um mnemônico de permissões do arquivo similar (mas mais simples) ao do Linux (drwxrwxrwx). Será que é para tornar o Windows mais palatável aos adoradores do console?

Offline wildner

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 193
    • Ver perfil
Re: Microsoft está preocupada com o Ubuntu
« Resposta #61 Online: 16 de Setembro de 2009, 19:07 »
Adoro o Ubuntu e só uso este SO em casa, mas estamos longe de incomodar o Windows. Naturalmente o Windows está perdendo mercado agora que tem outros SO de qualidade, mas o Ubuntu a cada versão perde oportunidades de crescer e aparecer de uma vez. Nesses anos de Vista foi a oportunidade de ouro, todos detestavam o Vista e achavam o mesmo pesado, mas o Ubuntu o que fez? Fez mudanças a conta gotas, na verdade a Canonical depende muito de outras instituições como o Openoffice, Gnome, Kde, Mozilla, Debian, enfim, eles estão mexendo com o mundo opensource e investindo o que podem, mas perdem por não depender deles alguns projetos essências para o Desktop.

Agora com o lançamento do Windows 7 é que as coisas vão ficar mais complicadas, o sistema parece ser leve, estável, "bonito" e tem a simpatia de 90% das pessoas, além das compatibilidades e jogos do mundo dos softwares. 

Se a Canonical quiser ganhar mercado e assustar o Windows terá que fazer muito mais do que está fazendo, enquanto isso passaremos de 10 milhoes de usuários para 20 milhoes, que legal dobraremos, mas quantos bilhoes usam Windows?

Este tipo de tópico é legal para debatermos este assunto, mas me preocupa esta falsa ideia de que assustamos, de que somos os melhores, de que o sistema é imbatível, na verdade o Ubuntu é um ótimo SO que mais pessoas deveriam conhecer, mas lembrem-se que temos muitas limitações e muito a desenvolver principalmente em interface de usuario(polidez, ferramentas administrativas graficas),  aplicativos comerciais, drives de perifericos etc.

Portanto eles estão querendo se prevenir por que eles são competentes, mas não é por que tem medo.

Offline mickeyknox

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 87
  • Restam menos de 3200 tigres livres no mundo!
    • Ver perfil
    • Guido Nietmann - Consultoria em Internet
Re: Microsoft está preocupada com o Ubuntu
« Resposta #62 Online: 16 de Setembro de 2009, 22:18 »
Pessoalmente acho que as grandes empresas já perceberam que estamos a beira de uma época de computação em nuvem, onde qualquer dispositivo que se tiver acessará a grande rede. Sua geladeira pedirá leite quando ele acabar, o supermercado o entregará no dia seguinte. Sua casa chamará a polícia pela internet em caso de invasão ou algo suspeito, e já enviará imagens de todas as cameras instaladas no sistema de segurança. 

Nesse âmbito, ganhará o S.O. mais verśatil, ou melhor, os S.O.s, porque uma vez que seus dados sejam acessíveis de qualquer lugar numa rede praticamente onipresente, não haverá tanta exigencia do Sistema Operacional. Conectou, navegou direito, é seguro? SERVE! Roda em fogões, geladeiras, máqunas de lavar roupa e cestas de lixo? Perfeito. Nesse ponto o Linux tem vantagens competetivas, a meu ver, especialmente no segmento móvel, que deve ditar o futuro dos S.O.s muito em breve.
Pentium IV 3.2 Prescott 2gb ram DDR 400 ATI 9200 256mb Seagate 160gb Maxtor 80gb + 22" LG Windão Pentium IV 2.8ht 2gb ram DDR400 Geforce 6200LE 256MB Seagate 250gb SATA Maxtor 160gb SATA 17" LG e mais uma ou outra..

Offline musinet

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 279
    • Ver perfil
Re: Microsoft está preocupada com o Ubuntu
« Resposta #63 Online: 16 de Setembro de 2009, 22:28 »
Um ponto desse comentário é que o sistema operacional não tem toda essa importância. Concordo! Quem usa o computador não quer saber do SO, mas sim do resultado que consegue obter através dos aplicativos que, por alguma obra do acaso, o SO permite que rodem... O resto é história pra quem gosta de escovar bits e puxar cabos. Que me desculpem os TIzeiros, mas é isso aí... 99% do planeta quer usar o computador, ao invés de debulhá-lo...

E viva a Canonical, que descobriu isso antes que o Linux morresse...

Offline mickeyknox

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 87
  • Restam menos de 3200 tigres livres no mundo!
    • Ver perfil
    • Guido Nietmann - Consultoria em Internet
Re: Microsoft está preocupada com o Ubuntu
« Resposta #64 Online: 17 de Setembro de 2009, 16:46 »
Sabe o que acho mais gozado? As vezes tenho a impressão de que a grande maioria de usuários do Linux fica feliz da vida em usar um sistema operacional "feito só pra quem manja do assunto", ao invés de tentar ao máximo facilitar o acesso a ele a todos os usuários, e simplificar a vida daqueles que a querem mais simples. Claro que quem sabe o que tá fazendo quer compilar os próprios programas, mas pra quem apenas usa o computador, quanto mais fácil melhor.

 Eu acho que por mais que se crie interfaces que simplifiquem a vida do usuário final, o Linux, pela própria filosofia Open Source sempre terá como fazer as coisas da forma mais complexa (e geralmente melhor), já que sempre haverá acesso do usuário avançado a qualquer parte do S.O.

Usuário comum não quer mexer em configuração avançada, geralmente já se assusta se mudarmos o papel de parede ou o ponteiro do mouse. Só que quanto mais usuário comum por aí usar Linux, melhor pro mundo Linux em geral. Como vocês esperam que pequenas empresas instalem Linux em seus terminais, sem noção de que isso não é tãããão impossível quanto dizem por aí? O cara usa windows em casa, po! E vive ouvindo por aí "linux é coisa de técnico, de quem manja, blablabla".

Mostre a ele o quanto os aplicativos para Linux são maduros, que existem soluções prontas e gratuitas para uma série de itens que nem existem para windows. Expliquem a ele e demonstrem, como o custo de manutenção será mais baixo a longo prazo. Que ele não terá problema com vírus, e raramente, hackers. Olha só, dá até pra usar home-banking razoavelmente tranquilo!

É isso que nós, que defendemos o uso do open-source, temos que fazer: Mostrar pros usuários que Linux não é coisa de técnico. Que dá pra ele usar em casa na boa. Que ele vai falar por msn, mandar e-mail, fazer planilha, desenho, o raio que o parte como faria no Windows, muitas vezes melhor (outras não). Teu amigo tá com dificuldade? Vai lá, instala pra ele, mostra como faz. Cansei de ver gente quase desistir de linux porque não conseguiu habilitar efeitos 3d, mesmo numa nVidia da vida. O quase ficou porque sempre vou lá, e dou um jeito de resolver o problema pra pessoa.

1 mês depois disso geralmente temos mais um defensor fervoroso do open source no mundo, livre de virus, clicando feliz em todo e-mail que diz "clique aqui", mesmo sabendo que é virus de windows. hehehehe

Ps: Soltarei rojões no dia em que a Canonical mudar esse tema human horroroso cor laranja-cor-de-cocô-de-regdoll (só quem tem um desses gatos pra saber, a cor é igual e também fede pra diabos) vai me ajudar pra caramba a convencer meus conhecidos a partir pro Open Source. Por enquanto ando recomendando uma distro Ubuntu-based chamada Linux Mint, que tem se mostrado show de bola! Aqui ainda tô de Ubuntu, mas vou partir pro Mint já na próxima atualização do Ubuntu (a do Mint parece que sai junto). Recomendo o Mint!

Segue a explicação sobre ele da Wikipedia:

Linux Mint é uma distribuição de Linux baseada no Ubuntu, com o qual é totalmente compatível e partilha os mesmos repositórios. Diferencia-se do Ubuntu por incluir drivers e codecs proprietários por padrão e por alguns recursos que permitem fazer em modo gráfico configurações que no Ubuntu são feitas de modo texto. Utiliza por padrão o desktop Gnome modificado, com um menu no painel inferior junto à barra de tarefas, similar ao menu K do KDE. O propósito da distribuição é providenciar um sistema Linux que funcione "out-of-the-box"; isto é, esteja pronto para uso assim que terminar a instalação. Dessa maneira, o único trabalho do usuário será o de personalizar a aparência, se desejar, e instalar programas extra, caso necessite. A concepção da interface de usuário é um pouco diferente, incluindo:

    * Uma interface de usuário distintos e semi-independentes, incluindo um melhorado do gerenciador de boot, layout do desktop, temas de gráficos, e menu exclusivo.
    * Um forte foco em plena funcionalidade (por exemplo: drivers de WiFi íncluídos, plugins completos para reproduzir formatos de mídia, resolução de tela automaticamente definido, etc. O Mint também inclui o Adobe Flash Player para que os utilizadores possam ver sites como YouTube, sem ter que instalar qualquer outra coisa.
    * As ferramentas do Mint, correspondem a uma coleção de utilitários de sistema cuja utilidade é tornar o sistema de gestão e administração mais fácil para usuários finais.

O ciclo de lançamentos do Linux Mint é irregular e utiliza uma numeração sem casas decimais (p. ex.: "Linux Mint 7", em comparação com "Ubuntu 9.04"). Os nomes-código são em geral nomes de mulheres -- a versão atual, baseada no Ubuntu 9.04 (Jaunty Jackalope) recebeu o nome de "Gloria".






Pentium IV 3.2 Prescott 2gb ram DDR 400 ATI 9200 256mb Seagate 160gb Maxtor 80gb + 22" LG Windão Pentium IV 2.8ht 2gb ram DDR400 Geforce 6200LE 256MB Seagate 250gb SATA Maxtor 160gb SATA 17" LG e mais uma ou outra..

Offline Ioca100

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.848
  • Rio,Brasil
    • Ver perfil
Re: Microsoft está preocupada com o Ubuntu
« Resposta #65 Online: 17 de Setembro de 2009, 16:59 »
"Ps: Soltarei rojões no dia em que a Canonical mudar esse tema human horroroso cor laranja-cor-de-cocô-de-regdoll"
Existe o tema Dust que é muito legal, usei aqui por algum tempo.
Usuário Linux- 449417

Offline Zericardo

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 23
    • Ver perfil
Re: Microsoft está preocupada com o Ubuntu
« Resposta #66 Online: 17 de Setembro de 2009, 18:52 »
Acompanho ha muitos anos esta briga toda,antes usei Kurumim ,durante muitos anos e nos foruns perdia-se mais tempo xingando Bill Gates do que resolvendo realmente os problemas da distrô,hoje mais de 10 anos a mesma confusão e não se chega a lugar algum,minha sugestaõ ,eu ja to me aposentando to com 52 anos de idade e 35 de contribuição,mas eu gostaria que estes garotos que ai estão,mudem sua filiosofia,vejam o Linux(qualquer distrô,pois não tem lógica ficar dizendo que o Red Hat é melhor que Debian e assim por diante,enquanto isto Tio Bill sorri),mas vamos la vejam o Linux como um sistema comercial no qual pode-se ganhar dinheiro e ao mesmo tempo criar uma cultura digital para evitar a exclusão digital ,que sera prejudicial para todos ,vejam um exemplo para nós;a India ,um país com tradiçõs milenares ,castas,preconceitos,exclusão de cidadãos da sociedade,conseguiu superar tudo isto e tornar-se uma referencia em Software no mundo.
Aqui no Brasil não temos questões culturais,barreiras religiosas e nada,só temos falta de educação,mas sabemos que a Internet pode acabar com este atraso cultural em uma geração,o resto é só fazer eu faço uma proposta simples antes das eleições nós deveriamos saber quem são politicos que defendem ou irão defender nossas bandeiras ou seja Software Livre ,Inclusão Digital,deveriamos propor que eles viessem nos foruns apresentar propostas para que consigam votos entre a comunidade Linux,ainda temos tempo para tirar este atraso e Software Livre ainda é uma area pouco explorada no Mundo,ainda temos espaço para dominar esta area.
"Não confunda vitórias com sucesso,nem derrotas com fracasso,pois muitas vezes na vida de um perdedor tem algumas vitórias e na vida de um vencedor a algumas derrotas.A diferença é que enquanto o perdedor se acomoda na vitória ,o vencedor cresce nas derrotas."

Offline wildner

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 193
    • Ver perfil
Re: Microsoft está preocupada com o Ubuntu
« Resposta #67 Online: 17 de Setembro de 2009, 20:09 »
O problema não está apenas no marron sem graça, o sistema e os aplicativos tem que ter mais harmonia, design bonito e funcional.  Também não adianta ter um sistema bunitinho mas que não funcione. Parece que o Mint vem complementando o trabalho do Ubuntu, mas mesmo assim poucas pessoas usam o Mint.
Ou seja para o Linux e o mundo opensource só resta trabalhar, trabalhar e tentar estar sempre a frente inovando, facilitando a vida de quem usa o software até ganhar a confiança e simpatia de mais usuários e passar a ter mais representatividade.

Offline clcampos

  • Administrador
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 10.790
  • .:: User Linux #439596 ::.
    • Ver perfil
Re: Microsoft está preocupada com o Ubuntu
« Resposta #68 Online: 20 de Setembro de 2009, 18:51 »
Vamos voltar ao assunto do tópico?

"Microsoft está preocupada com o Ubuntu"

Podem discutir por exemplo esse assunto aqui: Microsoft passando treinamento "anti-Linux"
Cristiano/Timóteo - MG
.: Como Fazer Perguntas de Forma Inteligente :.                
Com dúvida? pesquise!

Offline wildner

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 193
    • Ver perfil
Re: Microsoft está preocupada com o Ubuntu
« Resposta #69 Online: 20 de Setembro de 2009, 20:56 »
Zericardo;

Entendo a sua decepção, mas por questão de organização o tópico tem que seguir as regras.

Não podemos mudar o assunto pois imagine que muitas pessoas pesquisam assuntos e quando entram para se interar descobrem que ao invés de falar do medo da Microsoft o tópico só fala de politica e outras coisas que podem até estar relacionada indiretamente mas que não tem nada a ver com o tópico original, então fica uma má impressão do tópico.

Não sou moderador, mas os moderadores fazem um belo serviço de organização e não podemos sair criticando os mesmo, pois eles trabalham duro para que tenhamos um dos melhores Foruns que já pude fazer parte.

Abs

Offline Zericardo

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 23
    • Ver perfil
Re: Microsoft está preocupada com o Ubuntu
« Resposta #70 Online: 21 de Setembro de 2009, 10:11 »
Wildner,não estou decepcionado não,só que eu levantei uma questão que tem tudo á ver,veja sabe como a Microsoft chegou aonde ela esta,apoiando politicos,legalmente ou ilegalmente ,para que votassem leis que fosse boa para eles,tipo ate ha algum tempo havia sites do Governo Federal ,que só abria com um Navegador !!,hoje  isto mudou muito mas ainda tem muitas empresas do Governo que só se utliza do Software Proprietario,então eu acho muito bom a Microsoft estar com medo do Ubuntu ,pois é uma luta de Davi e Golias,então eu gostaria que nós usassemos as estrategias deles para pelo menos arranhar o Monopolio,veja bem o que beneficia  o Windows no Brasil? Pirataria,se tivessemos leis duras contra Pirataria,as pessoas seriam orientadas a utilizar Ubuntu e outras distrôs,então as empresas que usam softwares Piratas,teriam que partir para S.L.,gerando uma economia e criando um mercado de trabalho enorme,veja pq eu tenho certeza que a Microsoft deve estar morrendo de medo do Ubuntu,agora o que é necessario isto sim é abrirmos nossas cabeças e não nos fecharmos em um grupo que tudo sabe tudo vê e não importa a opinião de ninguem!!
"Não confunda vitórias com sucesso,nem derrotas com fracasso,pois muitas vezes na vida de um perdedor tem algumas vitórias e na vida de um vencedor a algumas derrotas.A diferença é que enquanto o perdedor se acomoda na vitória ,o vencedor cresce nas derrotas."

Offline mickeyknox

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 87
  • Restam menos de 3200 tigres livres no mundo!
    • Ver perfil
    • Guido Nietmann - Consultoria em Internet
Re: Microsoft está preocupada com o Ubuntu
« Resposta #71 Online: 22 de Setembro de 2009, 04:05 »
Pirataria pode dar prejuizo pra algumas empresas... mas no caso da MS, pirataria é estratégia de marketing. Deixa o cidadão usar um pirata em casa, e adivinha o que ele poe na empresa? Um original igualzinho o pirata que ele te em casa. .)
Pentium IV 3.2 Prescott 2gb ram DDR 400 ATI 9200 256mb Seagate 160gb Maxtor 80gb + 22" LG Windão Pentium IV 2.8ht 2gb ram DDR400 Geforce 6200LE 256MB Seagate 250gb SATA Maxtor 160gb SATA 17" LG e mais uma ou outra..

Offline clcampos

  • Administrador
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 10.790
  • .:: User Linux #439596 ::.
    • Ver perfil
Re: Microsoft está preocupada com o Ubuntu
« Resposta #72 Online: 23 de Setembro de 2009, 14:02 »
Por favor, apenas assunto relativo a "Microsoft está preocupada com o Ubuntu".

Nada de avaliação de candidatos, políticos que apoiam SL, ou mesmo sites de concurso público que são melhores vistos do IE.

A sim, para evitar a possibilidade de trancar o tópico devido ao assunto eu desmembrei as mensagens em questão. Espero que não tenha algum problema.
Cristiano/Timóteo - MG
.: Como Fazer Perguntas de Forma Inteligente :.                
Com dúvida? pesquise!

Offline musinet

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 279
    • Ver perfil
Re: Microsoft está preocupada com o Ubuntu
« Resposta #73 Online: 23 de Setembro de 2009, 14:11 »
Acredito que a Microsoft esteja, sim, preocupada com o Linux. Se não estivesse, não gastaria tanto dinheiro em campanhas que mostram ao mercado que o TCO de um projeto Linux é maior que o TCO de um projeto Microsoft. E esse é um discurso recorrente da MS. Outro motivo que me faz pensar dessa forma é o fato da MS não investir um centavo sequer em compatibilizar o IE para Linux.

Mas não creio que seja apenas o Ubuntu a torar o sono dos executivos da MS. É a soma de todos os Linux (brincando com o título do filme "A Soma de Todos os Medos). O Ubuntu apenas se destaca como uma distribuição "fácil" e, portanto, candidata a roubar usuários do Windows mais rapidamente. Ms acredito que essa distro que tanto amamos é apenas uma precursora de uma tendência de humanização do Linux, haja vista a proliferação do Mint e outros.

Abs.
Cassiano

Offline mickeyknox

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 87
  • Restam menos de 3200 tigres livres no mundo!
    • Ver perfil
    • Guido Nietmann - Consultoria em Internet
Re: Microsoft está preocupada com o Ubuntu
« Resposta #74 Online: 26 de Setembro de 2009, 18:58 »
Na verdade, é uma questão mais relativa do que parece... junto ao usuário final, a MS domina de longe...mas pensando em mercado de servidores, aí o Linux anda mordendo muita fatia de mercado por aí...
Pentium IV 3.2 Prescott 2gb ram DDR 400 ATI 9200 256mb Seagate 160gb Maxtor 80gb + 22" LG Windão Pentium IV 2.8ht 2gb ram DDR400 Geforce 6200LE 256MB Seagate 250gb SATA Maxtor 160gb SATA 17" LG e mais uma ou outra..