Autor Tópico: Windows: caminhando para o Open Source  (Lida 2324 vezes)

Offline glaubergoncalves

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 511
  • Ubuntu User # 10537
    • Ver perfil
Windows: caminhando para o Open Source
« Online: 04 de Fevereiro de 2009, 22:19 »
Um post recente no Slashdot traz menção de um artigo escrito por Charles Babcock no Information Week, onde ele sugere que para sobreviver o Windows terá que abrir seu código "pelo menos em algum grau" (tradução livre). Continuando, refere que a Microsoft terá que abrir mão da receita gerada por seu S.O. e concentrar suas vendas em produtos que trabalham sobre o sistema e lhes rendem mais, como o Office ou o SQL Server.

Fico pensando como se dará essa transição, mas pelo que percebo observando, a Microsoft vai se direcionar mais e mais para o Cloud Computing, oferecendo seu S.O. online (e, quiçá, Open Source) e agregando sobre ele serviços pagos relacionados ao Office ou ao SQL Server, por exemplo. Claro que essa transição não se dará da noite para o dia, até porque atualmente um sistema que rode 100% online é utopia, e talvez sempre seja, penso mais em um sistema que apesar de não ser todo on dependerá em larga escala da rede para ser funcional. No mais, uma das principais características da tão falada e hipeada "Web 2.0" é justamente o maior nível de interação e controle sobre o que é produzido por quem usa a rede. Nesse sentido, vejo o Open Source como um caminho natural.

Fontes: Slashdot, Information Week.

Offline glaubergoncalves

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 511
  • Ubuntu User # 10537
    • Ver perfil
Re: Windows: caminhando para o Open Source
« Resposta #1 Online: 05 de Fevereiro de 2009, 14:02 »
Pra quem quiser acompanhar, há uma discussão sobre o assunto no Meio Bit.

Offline rjbgbo

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 3.889
  • Xubuntu 18.04LTS
    • Ver perfil
    • Twitter
Re: Windows: caminhando para o Open Source
« Resposta #2 Online: 05 de Fevereiro de 2009, 20:32 »
Glauber, a tempos qdo vi uma entrevista do pres. da IBM no Brasil, c/ ele abordando a vantagem do SL p/ a agilização de um mundo mais globalizado num todo; venho também acreditando no futuro do SL.
Agora, qto a Microsoft guinar p/ tal, e outras empresas?
Bom meios, vão ter que ser usados p/ fazer $$$$ no mundo do SL, e ñ será somente suporte.
Linux User #440843 | Ubuntu User #11469

Offline glaubergoncalves

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 511
  • Ubuntu User # 10537
    • Ver perfil
Re: Windows: caminhando para o Open Source
« Resposta #3 Online: 05 de Fevereiro de 2009, 21:06 »
Bom meios, vão ter que ser usados p/ fazer $$$$ no mundo do SL, e ñ será somente suporte.

Vou falar sobre isso depois, em outro tópico, porque o assunto em questão merece um espaço só pra ele. ;)

Offline mrbin

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 229
    • Ver perfil
    • somnium
Re: Windows: caminhando para o Open Source
« Resposta #4 Online: 05 de Fevereiro de 2009, 21:32 »
De fato, o Office é o maior produto da Microsoft hoje em dia. Por mais que o Openoffice esteja evoluindo, a versão 2007 deu um banho em tudo o que era pacote de escritório, incluindo sua versão 2003.
Aposto que muita gente usaria o MS Office se a MS lançasse uma versão pra Linux. Eu sou uma dessas pessoas, nada melhor do que garantir compatibilidade no trabalho e nas pesquisas.
Agora, o Windows está naufragando, mas não nessa velocidade que todos dizem. Uso o Windows Vista e, à parte uma coisinha ou outra, ele funciona muito bem. Como eu falei uma vez a um amigo, o maior problema do Windows, pra mim, é quando dá problema. No Linux, é só usar os forums da comunidade e o Google que sempre vai ter alguém disposto a te ajudar e com conhecimento pra isso. Se dá problema no Windows, a gente tem que ficar filtrando as milhares de páginas que a gente acha com um único post na thread, o da dúvida do cidadão. E invariavelmente, a pergunta está mal formulada, com um português horrível e sem nenhum comentário de ninguém disposto a ajudar.
Mas na questão usabilidade, o sistema perfeito é aquele que atende às suas necessidades.
Acredito que, se essa Web 2.0 vingar, o SO vai ser só perfumaria.

Como li por aí, eu sou um tanto retrógrado nesse ponto. Gosto do software no hardware. hehe.
Ubuntu user nº 4141
Since 2004

Offline glaubergoncalves

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 511
  • Ubuntu User # 10537
    • Ver perfil
Re: Windows: caminhando para o Open Source
« Resposta #5 Online: 05 de Fevereiro de 2009, 21:48 »
Como li por aí, eu sou um tanto retrógrado nesse ponto. Gosto do software no hardware. hehe.
Pra falar a verdade eu também sou meio conservador nesse ponto...

Offline Olasimbo

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 37
    • Ver perfil
Re: Windows: caminhando para o Open Source
« Resposta #6 Online: 05 de Fevereiro de 2009, 23:01 »
No mais, uma das principais características da tão falada e hipeada "Web 2.0" é justamente o maior nível de interação e controle sobre o que é produzido por quem usa a rede. Nesse sentido, vejo o Open Source como um caminho natural.

Olha, sinto decepcioná-lo mas o que o Cloud Computing mais vai trazer é um maior nível de controle sobre quem usa a rede... Quanto mais se entrar no Cloud Computing, mais se vai dar espaço para que sua privacidade seja violada e para que seus dados e respectivos cruzamentos vão parar em mãos de poucos...

Offline glaubergoncalves

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 511
  • Ubuntu User # 10537
    • Ver perfil
Re: Windows: caminhando para o Open Source
« Resposta #7 Online: 05 de Fevereiro de 2009, 23:10 »
No mais, uma das principais características da tão falada e hipeada "Web 2.0" é justamente o maior nível de interação e controle sobre o que é produzido por quem usa a rede. Nesse sentido, vejo o Open Source como um caminho natural.

Olha, sinto decepcioná-lo mas o que o Cloud Computing mais vai trazer é um maior nível de controle sobre quem usa a rede... Quanto mais se entrar no Cloud Computing, mais se vai dar espaço para que sua privacidade seja violada e para que seus dados e respectivos cruzamentos vão parar em mãos de poucos...


Quando falei em maior interação com o conteúdo e Web 2.0 me referi mais a iniciativas como a Wikipédia do que o Cloud Computing. Foi pelas razões que tu apontou que eu disse ser um pouco conservador quando se trata de ter todo o meu conteúdo on.