Autor Tópico: Novos recursos no Gmail  (Lida 7363 vezes)

Offline CGaldino

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 193
  • O conhecimento liberta.
    • Ver perfil
    • Infosucata
Re: Novos recursos no Gmail
« Resposta #30 Online: 22 de Novembro de 2008, 13:40 »
Yzarc, concordo muito contigo contudo observe:

Tirei isso deste site: http://www.w3counter.com/globalstats.php
Operating Systems
1    Windows XP    73.80%
2    Windows Vista    12.14%
3    Mac OS X    5.33%
4    Windows 2000    2.33%
5    Linux            2.09%
6    Windows 2003    0.72%
7    Windows 98    0.62%
8    Windows ME    0.25%
9    SymbianOS    0.10%
10    WAP    0.03%

Pelo que vi parece que a estimativa é parcimoniosa com o resultado de outras pesquisas (ex: http://marketshare.hitslink.com/report.aspx?qprid=8 ) onde o número de usuários windows bate nos 90%. Acho que a causa de nossas amarguras é justamente não ter m mente que a Microsoft é uma empresa (e quem faz administração ai deve entender as consequencias disso melhor do que eu!) ela tem objetivos claros, investimento de muito $$, estratégias para conquistar o mercado (dominar seria mais apropriado) e usou de métodos contestáveis para se constituir em uma empresa monopolizadora do mercado. Sim é um monopólio. Por outro lado GNU/Linux estamos falando de organizações autônomas, as que tem finalidades lucrativas lançam mão de métodos que as permitem atingir seus objetivos, outras estão  felizes com a fatia de mercado que as convém! Ao mesmo tempo não há um objetivo mercadológico traçado por um detentor de capital para dominar o mercado!

Penso que sair da faixa de menos de 1% para chegar até, sendo otimista, uns 20% demandaria muito planejamento estratégico e financeiro... (pode até ser que neste sentido uma Canonical da vida chegue lá um dia) mas vejam os números pessoal é um objetivo que requer um esforço escomunal.  Vendo estes números pergunto, se você fosse fabricante de software iria investir $$ para porta-lo para um SO que detém menos de 1% do mercado? Sinceramente, duvido.

O que eu acho é que temos que curtir a onda do SL temos os softwares desenvolvidos pelas comunidades... neste sentido podemos melhorar aos poucos, sem nenhuma pretensão de abocanhar uma faixa de mercado, buscar um ambiente altruísta, cada vez mais colaborativo. Divulgar entre os amigos em casa os sistemas GNU/Linux. Apoiarmos nas iniciativas do governo que promovem (bem ou mal) o software livre. Acho que o simples fato da manutenção ou do pouco incremento no número de usuários já é de se comemorar!

Ah! Isso já tá mandando um tira-gosto e uma caipirinha!!
 :)
ABS!!!
@conradopreto Linux user #440560 / Ubuntu user #11411 /