Autor Tópico: Software livre e ecologia: ajudando a preservar  (Lida 2317 vezes)

Offline achteutis

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 343
    • Ver perfil
Software livre e ecologia: ajudando a preservar
« Online: 12 de Junho de 2008, 11:36 »
olá a todos!

notícia interessante no solinux: a relação entre o software livre e a preservação ambiental. aqui o link:

http://solunix.com.br/index.php?option=com_content&task=view&id=163&Itemid=2

ps: interessante a relação entre a fabricação de chips e peças e o uso de água. tecnologia e preservação podem andar juntos!

abraço
Toshiba Satellite m302, core 2 duo 1.83Ghz, 3G de ram, chipset intel, Ubuntu Oneiric Oncelot (11.10) 32 bits.
Netiqueta: http://pt.wikipedia.org/wiki/Netiqueta
http://oquenaoestanogibi.wordpress.com/, blog crítico de HQ, no início.

Offline d3k

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 115
    • Ver perfil
    • d3kfox
Re: Software livre e ecologia: ajudando a preservar
« Resposta #1 Online: 13 de Junho de 2008, 09:37 »
Legal. Vocês viram aquele caminhão de peças. :o
(E eu aqui precisando de um monitor novo.) rsrsrsrsrs
Blog | deviantART | Twitter | Flickr
"Pra que usar de tanta educação .. Pra destilar terceiras intenções"

Offline Bud Spencer

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 18
  • ResuLinux + Texas Flood = Sucesso!
    • Ver perfil
    • Pão de M.U.G.E.N.
Re: Software livre e ecologia: ajudando a preservar
« Resposta #2 Online: 13 de Junho de 2008, 10:17 »
Ótimo agora só faltam fazer hardware grátis.
Que tal hein?

Pena que a maioria pouco se importe pra preservação. Só querem usar o que é fácil mesmo se consumir mais energia.

Hardware Grátis já!
Removido pela Moderação.

Offline achteutis

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 343
    • Ver perfil
Re: Software livre e ecologia: ajudando a preservar
« Resposta #3 Online: 13 de Junho de 2008, 14:01 »
Ótimo agora só faltam fazer hardware grátis.
Que tal hein?

Pena que a maioria pouco se importe pra preservação. Só querem usar o que é fácil mesmo se consumir mais energia.

Hardware Grátis já!


concordo, em parte. tem que pensar no custo da fabricação. monetário também, mas principalmente ecológico. será que tem como pensar em uma nova tecnologia que pudesse não consumir (poluir) tanto? talvez tornar as coisas mais virtuais ainda seja uma saída. mas vai ser um caminho de paradoxos até chegar a um termo legal.
Toshiba Satellite m302, core 2 duo 1.83Ghz, 3G de ram, chipset intel, Ubuntu Oneiric Oncelot (11.10) 32 bits.
Netiqueta: http://pt.wikipedia.org/wiki/Netiqueta
http://oquenaoestanogibi.wordpress.com/, blog crítico de HQ, no início.