Autor Tópico: O que te irrita no Ubuntu?  (Lida 507102 vezes)

Offline DeathDoor

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 31
    • Ver perfil
Re: O que te irrita no Ubuntu?
« Resposta #525 Online: 18 de Maio de 2014, 21:15 »
Eu tinha tentado instalar outras interfaces para ver as diferenças e com qual me daria melhor. Instalei Cinnamon e Mate e iria instalar mais, mas removi porque não funcionaram direito. Agora cansei de esperar e baixei o Mint 17 RC e instalei no pendrive para testar. Nem olhei direito mas deu para ver a diferença do Cinnamon funcionando direito.
Vai precisar de um pouco de personalização, eu gostaria de ter os menus integrados do Unity e o HUD, mas tirando isso parece mesmo que ele é mais caprichadinho. Dependendo do quanto posso trocar para ele. Sei que a Canonical não podia ousar em um LTS, porém por isso mesmo fico com expectativas mais altas para a próxima versão. Se não der nenhum salto vou ficar bastante decepcionado.

Offline Turritopsis nutricula

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 102
    • Ver perfil
Re: O que te irrita no Ubuntu?
« Resposta #526 Online: 01 de Junho de 2014, 18:28 »
Software Center. Aquilo é pesado demais e demora muito  :'( O synaptic seria excelente a gente pudesse pesquisar pelo nome do programa e não pelo nome que ele está no pacote.

Screenshotes no Synaptic nem existe mais. Absurdo.

Unity 3d. Quero a versão 2d de volta.

O gerenciador de arquivos padrão do Ubuntu. Tenho que instalar o Caja e o Nemo. O gerenciador de arquivos do windows tá cada dia pior mas o do gnome supera.

Falta do driver sisimedia. Tenho que instalar a versão do Mageia 4 pra a resolução máxima funcionar aqui.

Offline Turritopsis nutricula

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 102
    • Ver perfil
Re: O que te irrita no Ubuntu?
« Resposta #527 Online: 09 de Junho de 2014, 23:04 »
O Ubuntu, assim como a maioria das distros, exige que o usuário formate a máquina de 6 em 6 meses pra se instalar uma versão atualizada e ter pacotes atualizados. Se formata mais o Gnu/Linux do que os outros sistemas operacionais em que se pode escolher inclusive que versão do programa que se quer fica instalada. Não se pode fazer downgrades de aplicativos na maioria das distros. ArchLinux não é pra usuário normal. É pra usuário médio e o Manjaro mesmo ainda está em fase beta. O Antergos não existe nenhuma forma de usar ele como live usb install.  Pelo menos eu não consigo com nenhum programa criador de live usb.

O Mageia possui o driver sisimedia pra minha placa de vídeo, mas não é fácil como o ubuntu. O Ubuntu é fácil, mas não se pode escolher a versão do aplicativo que se instala. O driver sisimedia funciona no ubuntu através de gambiarra e não se pode fazer logoff e nem apertar ctrl+alt+F2. A única opãço válida ou é desligar ou é reiniciar.

Eu me pergunto o seguinte: Liberdade de que? Do software proprietário?

Fazer dist-upgrade de uma versão antiga do Ubuntu pra uma mais nova não é recomendado muitas vezes e não fica perfeito.

Se o CentOS tivesse a liberdade que eu me refiro e nenhuma distro até hoje tem, estaria nele por ser a distro com maior tempo de suporte.
Ainda não vejo distro rolling release sendo essas coisas.
« Última modificação: 09 de Junho de 2014, 23:21 por Turritopsis nutricula »

Offline Sergio Benjamim

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.902
    • Ver perfil
Re: O que te irrita no Ubuntu?
« Resposta #528 Online: 09 de Junho de 2014, 23:19 »
Não precisa formatar e instalar de 6 em 6 meses... é só fica na LTS... eu já fiquei muito tempo em LTS.

Placa SiS? Esqueça, use uma Intel, Nvidia ou AMD. Aceite isso.

E você está confundindo o conceito de liberdade no software livre. Vamos recapitular:

Citar
A Free Software Foundation considera um software como livre quando atende aos quatro tipos de liberdade para os usuários:

    Liberdade 0: A liberdade para executar o programa, para qualquer propósito;
    Liberdade 1: A liberdade de estudar o software;
    Liberdade 2: A liberdade de redistribuir cópias do programa de modo que você possa ajudar ao seu próximo;
    Liberdade 3: A liberdade de modificar o programa e distribuir estas modificações, de modo que toda a comunidade se beneficie.

Veja mais aqui: http://pt.wikipedia.org/wiki/Software_livre

É liberdade no uso, estudo, redistribuição e modificação. E não liberdade do que você faz ou deixou de fazer por conta de uma limitação de hardware, software, recursos humanos, interesses políticos e econômicos, ou seja lá o que for.
É novo no Ubuntu? Já leu o Ubuntu – Guia do Iniciante 2.0 ?
Experimente o Xubuntu 14.04 !

Offline Sergio Benjamim

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.902
    • Ver perfil
Re: O que te irrita no Ubuntu?
« Resposta #529 Online: 09 de Junho de 2014, 23:22 »
Quando eu vou comprar um hardware para instalar Linux, eu procuro saber se há compatibilidade boa com o pinguim. Foi assim que fiz com meu último notebook. Não adianta ficar dando murro em ponta de faca.

Empresa que não dá suporte para linux eu tento passar longe.
É novo no Ubuntu? Já leu o Ubuntu – Guia do Iniciante 2.0 ?
Experimente o Xubuntu 14.04 !

Offline Turritopsis nutricula

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 102
    • Ver perfil
Re: O que te irrita no Ubuntu?
« Resposta #530 Online: 09 de Junho de 2014, 23:25 »
Quando eu vou comprar um hardware para instalar Linux, eu procuro saber se há compatibilidade boa com o pinguim. Foi assim que fiz com meu último notebook. Não adianta ficar dando murro em ponta de faca.

Empresa que não dá suporte para linux eu tento passar longe.
Já existe suporte pra placa SiS no linux. Chama-se Sisimedia o nome do driver. Não tem aceleração 3D via hardware mas funciona. Não sei porque ainda não portaram esse driver opensource para o Ubuntu.
« Última modificação: 10 de Junho de 2014, 00:04 por Turritopsis nutricula »

Creto

  • Visitante
Re: O que te irrita no Ubuntu?
« Resposta #531 Online: 11 de Junho de 2014, 10:14 »
Já existe suporte pra placa SiS no linux. Chama-se Sisimedia o nome do driver. Não tem aceleração 3D via hardware mas funciona. Não sei porque ainda não portaram esse driver opensource para o Ubuntu.
Rapaz agora vou concordar, VOL | Para Ubuntu 12.04

E aqui no VOL | 14.04

T+
« Última modificação: 11 de Junho de 2014, 10:18 por Creto »

Offline Ro301

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 121
    • Ver perfil
Re: O que te irrita no Ubuntu?
« Resposta #532 Online: 12 de Junho de 2014, 10:07 »
A mim irrita-me ser preciso dar dois cliques no brower para selecionar o link. Também me irrita a desistalação e a instalação por modo biz tar.

Outra coisa que me irrita é ser mais complicado colocar atalhos no ambiente de trabalho.

Fora isso é perfeito :)

Offline Turritopsis nutricula

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 102
    • Ver perfil
Re: O que te irrita no Ubuntu?
« Resposta #533 Online: 13 de Junho de 2014, 22:07 »
Suporte menor para as versões LTS que não sejam Ubuntu e Kubuntu... Pelo que eu li, a Canonical suporta Ubuntu pra desktop por cinco anos, já Lubuntu e Xubuntu é só 3 anos(acho que é mais dois anos de servidor).

Offline irtigor

  • Equipe Ubuntu
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 4.344
  • Delete, delete, delete!
    • Ver perfil
Re: O que te irrita no Ubuntu?
« Resposta #534 Online: 13 de Junho de 2014, 22:49 »
Quem decide é o pessoal que mantêm, o Ubuntu tem funcionários da Canonical trabalhando, o Kubuntu é patrocinado pela Blue Systems, já o Xubuntu e Lubuntu são mantidos exclusivamente com trabalho voluntário (na ultima vez que chequei). Provavelmente o que mais pesou nessa decisão é que o gtk2 já está mais pra lá do que pra cá, e manter esse conjunto atual por 5 anos deve ser inviável.

Offline lopp

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 53
    • Ver perfil
Re: O que te irrita no Ubuntu?
« Resposta #535 Online: 18 de Julho de 2014, 17:30 »
Por que todos insistem que devemos formatar a cada atualização do Ubuntu?

Contrariamente ao que todos indicam, eu mantenho em minha máquina 2 partições com Ubuntu desde a versão 9.
A cada lançamento, ou seja em Outubro e Abril, eu atualizo, primeiro uma das versões, verifico se dá algum erro. Até agora nunca encontrei nenhum.
A partir de então, minha versão principal, de uso, passa ser a atualizada.
Quando anunciam a próxima alfa, eu pego a versão que estava congelada e começo a atualizar e a mantenho como versão de teste até o lançamento final, sempre por atualização, nunca formatando. Uma única vez, nem lembro quando, tive um probleminha mas que logo foi regularizado, por atualização de pacotes, diga-se, sem que eu necessitasse formatar a partição e instalar tudo do zero. Como ela era somente de teste, nada me aborreceu muito.

Somente agora, hoje, quando eu mantinha a versão 13.04 numa partição e estava usando a versão 13.10 como minha principal em outra partição, é que resolvi migrar para a versão 14.04. Estava recebendo notificação que não teria mais suporte. Pois bem, atualizei a mais antiga (13.04), conforme indicação do próprio sistema, primeiro para Ubuntu 13.10, e logo em seguida para Ubuntu 14.04. Está rodando normal, perfeito!!!

Por que esta insistência, quase unânime, de instalar Ubuntu do Zero, formatando?

Eu não faço atualização do SO Ubuntu a partir de formatações, sigo as instruções da Canonical, notificações do próprio sistema. ;D

Não fiquem bravos por eu estar me manifestando e discordando da formatação da partição para instalar novas versões do Ubuntu  :o :o :o

PS.: Meus arquivos de dados, tais como, músicas, vídeos, documentos, etc,  guardo-os numa partição exclusivamente para isso.
« Última modificação: 18 de Julho de 2014, 20:32 por lopp »

Offline Sergio Benjamim

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.902
    • Ver perfil
Re: O que te irrita no Ubuntu?
« Resposta #536 Online: 19 de Julho de 2014, 04:51 »
Suporte menor para as versões LTS que não sejam Ubuntu e Kubuntu... Pelo que eu li, a Canonical suporta Ubuntu pra desktop por cinco anos, já Lubuntu e Xubuntu é só 3 anos(acho que é mais dois anos de servidor).

Na verdade os componentes essenciais do sistema, como o kernel, xorg e mesa, continuam sendo atualizados durante 5 anos, e até mesmo o firefox. O que tem suporte só de 3 anos são componentes mais específicos, como elementos do xfce e lxde.

Você continua recebendo atualizações de segurança, e backport de uma coisa ou outra.

Se não está satisfeito, entre no canal irc do xubuntu por exemplo, #xubuntu, e ofereça ajuda :)

Como o Irtigor disse, essas versões são mantidas por trabalho voluntário.
É novo no Ubuntu? Já leu o Ubuntu – Guia do Iniciante 2.0 ?
Experimente o Xubuntu 14.04 !

Offline Sergio Benjamim

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.902
    • Ver perfil
Re: O que te irrita no Ubuntu?
« Resposta #537 Online: 19 de Julho de 2014, 04:52 »
Por que todos insistem que devemos formatar a cada atualização do Ubuntu?

Contrariamente ao que todos indicam, eu mantenho em minha máquina 2 partições com Ubuntu desde a versão 9.
A cada lançamento, ou seja em Outubro e Abril, eu atualizo, primeiro uma das versões, verifico se dá algum erro. Até agora nunca encontrei nenhum.

Caramba cara, você é muito sortudo :o
É novo no Ubuntu? Já leu o Ubuntu – Guia do Iniciante 2.0 ?
Experimente o Xubuntu 14.04 !

Offline hugoleal85

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 509
    • Ver perfil
    • Recanto do Tux
Re: O que te irrita no Ubuntu?
« Resposta #538 Online: 19 de Julho de 2014, 09:57 »
Por que todos insistem que devemos formatar a cada atualização do Ubuntu?

Contrariamente ao que todos indicam, eu mantenho em minha máquina 2 partições com Ubuntu desde a versão 9.
A cada lançamento, ou seja em Outubro e Abril, eu atualizo, primeiro uma das versões, verifico se dá algum erro. Até agora nunca encontrei nenhum.
A partir de então, minha versão principal, de uso, passa ser a atualizada.
Quando anunciam a próxima alfa, eu pego a versão que estava congelada e começo a atualizar e a mantenho como versão de teste até o lançamento final, sempre por atualização, nunca formatando. Uma única vez, nem lembro quando, tive um probleminha mas que logo foi regularizado, por atualização de pacotes, diga-se, sem que eu necessitasse formatar a partição e instalar tudo do zero. Como ela era somente de teste, nada me aborreceu muito.

Somente agora, hoje, quando eu mantinha a versão 13.04 numa partição e estava usando a versão 13.10 como minha principal em outra partição, é que resolvi migrar para a versão 14.04. Estava recebendo notificação que não teria mais suporte. Pois bem, atualizei a mais antiga (13.04), conforme indicação do próprio sistema, primeiro para Ubuntu 13.10, e logo em seguida para Ubuntu 14.04. Está rodando normal, perfeito!!!

Por que esta insistência, quase unânime, de instalar Ubuntu do Zero, formatando?

Eu não faço atualização do SO Ubuntu a partir de formatações, sigo as instruções da Canonical, notificações do próprio sistema. ;D

Não fiquem bravos por eu estar me manifestando e discordando da formatação da partição para instalar novas versões do Ubuntu  :o :o :o

PS.: Meus arquivos de dados, tais como, músicas, vídeos, documentos, etc,  guardo-os numa partição exclusivamente para isso.

O problema é que grande parte dos usuários, especialmente iniciantes, enchem o sistema de PPAs e pacotes de fora dos repositórios. Daí, quando realizam o upgrade, acontecem mil e um problemas e não sabem como resolvê-los.

Se o usuário só utiliza pacotes dos repositórios (e se lembra de desativar drivers gráficos proprietários antes de realizar o upgrade) as possibilidades de ocorrerem problemas são mínimas.
"Cada homem que encontro é superior a mim em alguma coisa; e nisto posso aprender dele." [Ralph W. Emerson]
Meu blog

MatheusWillder

  • Visitante
Re: O que te irrita no Ubuntu?
« Resposta #539 Online: 05 de Agosto de 2014, 17:18 »
O problema é que grande parte dos usuários, especialmente iniciantes, enchem o sistema de PPAs e pacotes de fora dos repositórios. Daí, quando realizam o upgrade, acontecem mil e um problemas e não sabem como resolvê-los.

Se o usuário só utiliza pacotes dos repositórios (e se lembra de desativar drivers gráficos proprietários antes de realizar o upgrade) as possibilidades de ocorrerem problemas são mínimas.

Acho que não estou na melhor posição de comentar sobre o assunto, mas acho interessante ressaltar que a possibilidade de personalizar o software é uma das grandes bandeiras alçadas pela comunidade.

Dito isso e aliado ao fato do Ubuntu ser designado “Linux para seres humanos”, muitos usuários são atraídos pelo fato de poder modificar o sistema ao bel prazer e, não entendendo direito o funcionamento do sistema, os usuários novatos pensam que podem instalar todo tipo de software sem problema algum, como no Windows.

E podem mesmo, mas é como eu disse, devido ao funcionamento do sistema, as chances de dá melda quebrar o sistema em uma atualização ou mesmo sem uma, são grandes.