Autor Tópico: O que te irrita no Ubuntu?  (Lida 489959 vezes)

Offline irtigor

  • Equipe Ubuntu
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 4.344
  • Delete, delete, delete!
    • Ver perfil
Re: O que te irrita no Ubuntu?
« Resposta #570 Online: 27 de Abril de 2015, 16:54 »
Eu até concordo, mas fazendo a ressalva que isso é verdade somente quando nos limitamos ao uso doméstico (usuário final), a situação muda completamente (mesmo pra linux em desktop) quando falamos em outros mercados, por ex. existem vários estúdios de animação, que usam o Linux em desktop e/ou pra cluster de renderização, e as empresas que fornecem o hardware não mudam (só a atitude).

MatheusWillder

  • Visitante
Re: O que te irrita no Ubuntu?
« Resposta #571 Online: 27 de Abril de 2015, 17:47 »
Verdade irtigor, mas eu me refiro sempre ao uso doméstico, é o uso que faço do computador e onde o Windows domina o mercado faz tantos anos. Eu cheguei a levar DVD para amigo testar no modo live no computador (e gostaram muito), e hoje em dia eu simplesmente não considero ele uma escolha boa para uso doméstico. Peço desculpas por não citar os problemas que venho passando para tornar minha insatisfação mais coerente, mas esse tópico demonstra muito bem os problemas que o Ubuntu vem passando, e eu já citei alguns mais graves brevemente no tópico que passei no link da mensagem #570, apenas para citar:

Citar
[...] Pessoalmente, eu acho que a Canonical perdeu a mão com o Ubuntu, apostando no Unity como interface e após isso fazendo poucos refinamentos nele, para tornar melhor para o usuário final. Me parece que a Microsoft está mais aberta aos usuários que a Canonical, pois, após errar feio com o Windows 8, vem ouvindo os usuários para construir um sistema que eles aprovem, com o Windows 10. E é bom lembrar, também, que ela promete tornar o Windows 10 "universal", se adaptando as mais variadas plataformas, coisa que parece que era o objetivo da Canonical com o Unity, mas que parece que só será colocado em prática com o Unity 8, no Ubuntu 16.04. Vai chegar depois da Microsoft e ainda sem nenhuma garantia de sucesso, para não dizer um sucesso muito improvável, visto que a mesma coisa já vai ter sido feita por uma empresa que domina o mercado e pode dominar ainda mais no futuro próximo.