Autor Tópico: Fstab : trocando em miúdos  (Lida 46929 vezes)

Offline jomafras

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.009
  • 17.04 Zesty Zapus
    • Ver perfil
Fstab : trocando em miúdos
« Online: 30 de Dezembro de 2007, 01:16 »
Literalmente, FSTAB = (File System Table) = (Tabela de Sistemas de Arquivos).

É um arquivo de texto que se localiza dentro de Sistema de Arquivos, na pasta /etc.
É tão importante que todo mundo precisa pelo menos tomar conhecimento dele.
O arquivo é lido na inicialização do sistema e é quem diz ao sistema o que montar, onde montar e os parâmetros de montagem.
Permite configurar o sistema para montar partições, cdroms, disquetes e compartilhamentos de rede durante o boot.
O arquivo /etc/fstab possui os parâmetros sobre as partições que são lidos pelo comando mount.
Cada linha é responsável por um ponto de montagem. É através do /etc/fstab que o sistema é capaz de acessar as suas partições e seus dispositivos como o seu CD-ROM por exemplo.
É um dos arquivos essenciais para o funcionamento do sistema. Qualquer mudança nesse arquivo poderá colocar o Sistema de Arquivos em pane e, você poderá perder a inicialização do seu SO de modo que, antes de qualquer alteração, é preciso fazer uma cópia de segurança. Caso haja qualquer problema vc recupera o backup :

Código: [Selecionar]
sudo cp /etc/fstab /etc/fstab_backup
Para acessar esse arquivo :
1- Pelo Nautilus :
   Locais > Computador > Sistema de Arquivo > etc > fstab.
2- Pelo comando cat no terminal :
  
Código: [Selecionar]
sudo cat /etc/fstab
Para alterá-lo :
3-(não esqueça do backup), o caminho clássico é o do Terminal, editando o arquivo e salvando a modificação :

Código: [Selecionar]
sudo gedit /etc/fstab  
Usando qualquer uma das 3 opções o fstab aparecerá dessa maneira (uso o Gutsy, 64 bits e tudo que aí está foi configurado pelo próprio Ubunbtu, não mexi em nada):


# /etc/fstab: static file system information.
#
#  -- This file has been automaticly generated by ntfs-config --
#
# <file system> <mount point>   <type>  <options>       <dump>  <pass>

proc /proc proc defaults 0 0
# Entry for /dev/hda5 :
UUID=0a43436a-a534-42f7-a06f-b3e825ffc102 / ext3 defaults,errors=remount-ro 0 1
# Entry for /dev/hda1 :
UUID=32E83D1CE83CE031 /media/hda1 ntfs-3g defaults,locale=pt_BR.UTF-8 0 1
# Entry for /dev/hda2 :
UUID=988853A788538324 /media/hda2 ntfs-3g defaults,locale=pt_BR.UTF-8 0 1
# Entry for /dev/hda6 :
UUID=f4e2e684-4b4f-4fe9-9d88-31152c1146d0 none swap sw 0 0
/dev/hdd /media/cdrom0 udf,iso9660 user,noauto,exec 0 0
/dev/fd0 /media/floppy0 auto rw,user,noauto,exec 0 0



Significado das 6 colunas :


<file system>       <mount point>        <type>          <options>             <dump>               <pass>



1- <file system> = Partição    
    Ex.:        /dev/hda1 ou a UUID    
                 /dev/hda5 ou a UUID  
                 A UUID da partição vc descobre com o comando blkid.
 
2-  <mount point> = Ponto de montagem = local onde vc montou a partição                                                
    Ex.:        /media/hda1
                 /
                 /media/hda2
                 /home

3- <type> =  sistema de arquivos  
    Ex.:        Ext3
                 ReiserFs
                 NTFS
                 Fat32
                 nfs

4- <options> = Opções de montagem


Opção                                                  Descrição


auto           Habilita a montagem automática do dispositivo (o sistema irá montar o
                  disco/partição, no boot).
noauto       Desabilita que o dispositivo seja montado na inicialização (usada para disquetes e
                  cd-roms, para que não sejam montados sem que haja discos neles).
                  Defaut = auto

ro               Monta o sistema de arquivos somente como leitura (read-only).
rw              Monta o sistema de arquivos para leitura e escrita (read-write).
                  Defaul = rw

exec            Especifica que o sistema de arquivos será montado com permissão de execução de arquivos.
noexec        Desabilita a execução de arquivos.
                   Default = exec

user            Possibilita que qualquer usuário monte o dispositivo.
nouser         Somente o superusuário(root) pode montar e desmontar.
                   Default = nouser

sync            Habilita a tranferência de dados síncrona no dispositivo.
async           Habilita a transferência de dados assíncrona no dispositivo.
                   Explicando melhor, diz como o sistema deve proceder quando tem que escrever no disco, se  
                   deve guardar em memória primeiro, aguardar confirmação e, então escrever ou se escreve    
                   diretamente (fisicamente) no disco/partição/disquete.
                   Default = async
             
suid             Permite o uso dos bits de configuração de identificação do usuário - suid e, do grupo -
                   sgid.          
nosuid          Não permite o uso dos bits de configuração de identificação do usuário e do grupo.
          
                   Explicando melhor :
                   Cada arquivo/diretório do sistema está alocado a um usuário (dono) e a um grupo. Isto
                   significa que um arquivo está associado a um UID (user identify) e a um GID (group identify).
                   O UID e o GID são inicialmente herdados do usuário que cria o arquivo. O root é o único
                   usuário do sistema que tem acesso a todos os arquivos e diretórios de todos os usuários.
                   SUID é uma permissão especial de execução de um arquivo ou de acesso a um diretório.
                   Por exemplo, se o root possui um programa SUID, esse programa executará com privilégios
                   de root, mesmo que tenha sido inicializado por um usuário comum. Caso esta permissão seja
                   dada ao grupo do arquivo ou diretório, este tipo de permissão é conhecido como SGID.
                   Default = suid
                    
dev              Interpreta dispositivos especiais de blocos ou caracteres no sistema de arquivos.
nodev          Não interpreta caracteres ou dispositivos especiais.
                   Para entender melhor : quando vc digita o comando ls -l para listar um diretório e suas
                   permissões as linhas que que normalmente aparecem são :
                   -rw-r--r-- 1 ("-" do início da linha, significa arquivo).
                   drwxr-xr-x 2 ("d" significa diretório).
                   A opção dev ou nodev é aplicada quando no início da linha aparecerem as letras b e c :
                   b = arquivo de bloco
                   c = arquivo especial de caracteres
                   Default = dev

atime            Faz com que o sistema atualize as propriedades dos arquivos quando eles são
                   acessados.
noatime       Faz com que o sistema não atualize as propriedades dos arquivos quando eles são
                   acessados mas, apenas quando são alterados, o que melhora bastante o desempenho.
                   Default = atime

notail          Desabilita o agrupamento de arquivos, o que causa um certo desperdício de espaço em
                   disco, mas melhora o desempenho. (usada em reiserfs).


defaults        Configura as opções de montagem como auto, rw, exec, nouser, async, suid , dev
                         e, atime.



Outras opções : para montagem de partições vFat, NTFS e outras :

uid               As partições FAT e NTFS, não trabalham com permissões de arquivo e, quando forem
                    montadas estarão com o root como dono dos arquivos. Assim você como um usuário normal
                    não terá as permissões necessárias. Com essa opção você pode mudar o dono do arquivo
                    usando a uid do seu usuário.
gid               É a mesma função da opção acima, só que faz isso com o grupo.
                    Para encontrar o UID e GID : digite id no terminal ou acesse o arquivo /etc/passwd.
                      
umask          Significa máscara do usuário e, serve para indicar quais serão as permissões dos
                    arquivos, já que os sistemas Fat e NTFS não tem sistema de permissões.
                    umask=000 dá permissão total ao dono, ao grupo e aos outros usuários.
          
                    Para entender melhor essas 3 opções é bom conferir sobre permissões de arquivos e
                    diretórios.
                    Alguns links : http://focalinux.cipsga.org.br/guia/iniciante/ch-perm.html
                                       http://www.vivaolinux.com.br/artigos/verArtigo.php?codigo=1541&pagina=1
                                       http://www.uniriotec.br/~morganna/guia/umask.html
                                       http://www.vivaolinux.com.br/artigos/verArtigo.php?codigo=5648&pagina=1

5- <dump>  = backup
              O comando dump consulta o arquivo etc/fstab para saber quais sistemas de arquivos devem ser copiados.
              Se for 1 ele faz o backup se for 0 ele assumirá que o sistema de arquivos não precisa ser copiado.

6- <pass>  = checagem de disco
             Determina se o dispositivo deve ou não ser checado na inicialização do sistema pelo fsck. Se for 0 o sistema
             de arquivos não será checado,
             Nesse campo você deve colocar a ordem em que os sistemas de arquivos serão verificados durante o boot.
             A partição raiz ( / ), sempre como 1, e os outros sistemas de arquivos devem ter esse campo a partir de 2
             fazendo seqüência de acordo com o número de partições que você quiser montar.
             Obs.: para partições Windows (Fat, NTFS) a melhor opção é  0 (não checar).

             Fontes de consulta :
                   man fstab
                   man mount
                   http://www.vivaolinux.com.br/artigos/verArtigo.php?codigo=4037&pagina=3
                   http://alexandreazoth.wordpress.com/2007/09/13/fstab/
                   http://www.vivaolinux.com.br/artigos/verArtigo.php?codigo=5404  
                   http://www.bestlinux.com.br/index.php?option=com_content&task=view&id=
                   http://www.guiadohardware.net/artigos/editando-fstab/
                   http://www.gentoo.org/doc/pt_br/handbook/handbook-x86.xml?part=1&chap=8

                  A pretensão desse tópico é ser apenas mais uma fonte de pesquisa do Fórum, principalmente
                  para os iniciantes.
                  Aqueles que quiserem contestar alguma coisa que não concordarem ou mesmo, acrescentar
                  algo que achem importante, estejam a vontade.
« Última modificação: 22 de Junho de 2010, 18:02 por pintinho »
O Ubuntu sem dúvida é a melhor Distro.
Pesquise primeiro... só depois abra um tópico.
Canal do YouTube - Blog

Offline clcampos

  • Administrador
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 10.790
  • .:: User Linux #439596 ::.
    • Ver perfil
Re: Fstab : trocando em miúdos
« Resposta #1 Online: 30 de Dezembro de 2007, 01:47 »
Parabéns pelo tópico pintinho, pois ele e excelente e super necessário aqui!

Sempre que eu preciso mexer no fstab e tenho uma dúvida eu uso o link abaixo, que você listou como sua 3a. fonte de pesquisa (no final da mensagem), eu particularmente acho ele ótimo.

FSTAB - Sua função e parâmetros

O mais importante para mim foi a página 3, que explica sobre a coluna 4 do fstab.

[]'s

Cristiano
Cristiano/Timóteo - MG
.: Como Fazer Perguntas de Forma Inteligente :.                
Com dúvida? pesquise!

Offline s4suk3

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 78
    • Ver perfil
Re: Fstab : trocando em miúdos
« Resposta #2 Online: 31 de Dezembro de 2007, 13:03 »
Pior que eu conheço o tar Alexandre Azoth, eu que instalei o Arch Linux na casa dele hahaha
Coincidências :P

Por sinal, muito bom o tópico ;D
Pentium 4 2.8ghz - 512 RAM DDR 400Mhz -  2 HDs 20gb 7200rpm IDE - Radeon 9200 PRO 128/64 - Arch Linux 2007.09 "Core Dump"
-
Humor, Linux, Software Livre e o resto :P
http://sryche.wordpress.com

Offline jomafras

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.009
  • 17.04 Zesty Zapus
    • Ver perfil
Re: Fstab : trocando em miúdos
« Resposta #3 Online: 01 de Janeiro de 2008, 23:20 »
Parabéns pelo tópico pintinho, pois ele e excelente e super necessário aqui!

Sempre que eu preciso mexer no fstab e tenho uma dúvida eu uso o link abaixo, que você listou como sua 3a. fonte de pesquisa (no final da mensagem), eu particularmente acho ele ótimo.

FSTAB - Sua função e parâmetros

O mais importante para mim foi a página 3, que explica sobre a coluna 4 do fstab.

[]'s



Cristiano

Valeu, clcampos
Eu sei que vc é craque no assunto e, por isso já me sinto bem de ter feito o tópico.
O Ubuntu sem dúvida é a melhor Distro.
Pesquise primeiro... só depois abra um tópico.
Canal do YouTube - Blog

Offline jomafras

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.009
  • 17.04 Zesty Zapus
    • Ver perfil
Re: Fstab : trocando em miúdos
« Resposta #4 Online: 01 de Janeiro de 2008, 23:24 »
Pior que eu conheço o tar Alexandre Azoth, eu que instalei o Arch Linux na casa dele hahaha
Coincidências :P

Por sinal, muito bom o tópico ;D

Valeu aí cara...
O Ubuntu sem dúvida é a melhor Distro.
Pesquise primeiro... só depois abra um tópico.
Canal do YouTube - Blog

Offline pinduvoz

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.494
    • Ver perfil
Re: Fstab : trocando em miúdos
« Resposta #5 Online: 02 de Janeiro de 2008, 00:44 »
Belo tópico, pintinho. Parabéns!

Só um acréscimo, que eu já coloquei em algum tópico aqui do Fórum (só não lembro onde).

Se vc. tem partições Windows marcadas para checagem pelo fsck na última coluna, o boot gráfico do Ubuntu vira texto. Então, já que o Windows pode perfeitamente cuidar das suas próprias partições, a opção "0" na coluna "pass" (a última) é a melhor opção.

[] e, mais uma vez, parabéns.
:: Linux Registered User nº 439378 ::

Offline jomafras

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.009
  • 17.04 Zesty Zapus
    • Ver perfil
Re: Fstab : trocando em miúdos
« Resposta #6 Online: 02 de Janeiro de 2008, 23:10 »
Belo tópico, pintinho. Parabéns!

Só um acréscimo, que eu já coloquei em algum tópico aqui do Fórum (só não lembro onde).

Se vc. tem partições Windows marcadas para checagem pelo fsck na última coluna, o boot gráfico do Ubuntu vira texto. Então, já que o Windows pode perfeitamente cuidar das suas próprias partições, a opção "0" na coluna "pass" (a última) é a melhor opção.

[] e, mais uma vez, parabéns.

Valeu pinduvoz,
Obrigado!
Gostaria de colocar lá esse seu acréscimo...como vc sugere que eu faça?
O Ubuntu sem dúvida é a melhor Distro.
Pesquise primeiro... só depois abra um tópico.
Canal do YouTube - Blog

Offline pinduvoz

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.494
    • Ver perfil
Re: Fstab : trocando em miúdos
« Resposta #7 Online: 03 de Janeiro de 2008, 04:31 »
Fique à vontade, Pintinho. Coloque como vc. quiser.

[].
:: Linux Registered User nº 439378 ::

Offline jomafras

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.009
  • 17.04 Zesty Zapus
    • Ver perfil
Re: Fstab : trocando em miúdos
« Resposta #8 Online: 03 de Janeiro de 2008, 07:56 »
OK. Já mudei.
Obrigado pela dica.
O Ubuntu sem dúvida é a melhor Distro.
Pesquise primeiro... só depois abra um tópico.
Canal do YouTube - Blog

Offline Hqxriven

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.455
    • Ver perfil
Re: Fstab : trocando em miúdos
« Resposta #9 Online: 04 de Janeiro de 2008, 06:13 »
Muito show!!!

Bem explicado, ficou muito fácil de entender!!!

Parabéns!!!

Hqx
Sem distro Linux fixa - Kernel Omnislash
Meu objetivo nesse fórum é ajudar. Sou um mero humano mas desejo sempre aprender e melhorar em tudo o que faço em minha vida. Então, por favor, quando eu postar me notifique depois

Offline zoroastro

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 615
  • Membro de Honra
    • Ver perfil
Re: Fstab : trocando em miúdos
« Resposta #10 Online: 05 de Janeiro de 2008, 18:30 »
Parabens!! Eu estava procurando um tutorial e achei um recem-escrito! valeu :)


Muito bom! parabens mesmo!!

muito explicativo!!

Offline jomafras

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.009
  • 17.04 Zesty Zapus
    • Ver perfil
Re: Fstab : trocando em miúdos
« Resposta #11 Online: 06 de Janeiro de 2008, 20:45 »
Muito show!!!

Bem explicado, ficou muito fácil de entender!!!

Parabéns!!!

Hqx

Obrigado!!!
O Ubuntu sem dúvida é a melhor Distro.
Pesquise primeiro... só depois abra um tópico.
Canal do YouTube - Blog

Offline jomafras

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.009
  • 17.04 Zesty Zapus
    • Ver perfil
Re: Fstab : trocando em miúdos
« Resposta #12 Online: 06 de Janeiro de 2008, 20:47 »
Parabens!! Eu estava procurando um tutorial e achei um recem-escrito! valeu :)


Muito bom! parabens mesmo!!

muito explicativo!!

Valeu cara...
O Ubuntu sem dúvida é a melhor Distro.
Pesquise primeiro... só depois abra um tópico.
Canal do YouTube - Blog

Offline zoroastro

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 615
  • Membro de Honra
    • Ver perfil
Re: Fstab : trocando em miúdos
« Resposta #13 Online: 16 de Janeiro de 2008, 23:59 »
up!

Offline clcampos

  • Administrador
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 10.790
  • .:: User Linux #439596 ::.
    • Ver perfil
Re: Fstab : trocando em miúdos
« Resposta #14 Online: 17 de Janeiro de 2008, 00:26 »
up!

"up!" o que zoroastro?

Até procurei um problema seu aqui mas não achei... fiquei na dúvida.

[]'s

Cristiano
Cristiano/Timóteo - MG
.: Como Fazer Perguntas de Forma Inteligente :.                
Com dúvida? pesquise!