Autor Tópico: Primeiro sistema operacional 100% livre de erros está pronto  (Lida 1805 vezes)

Offline pigdin

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 723
  • Terra - Brasill - SP-Capital
    • Ver perfil
Primeiro sistema operacional 100% livre de erros está pronto
« Online: 23 de Outubro de 2009, 15:32 »
Pesquisadores australianos relataram que, pela primeira vez, conseguiram provar com rigor matemático que o núcleo principal de um sistema operacional - tecnicamente conhecido como kernel - está 100% livre de erros de programação (bugs).

Isto significa que a parte principal do sistema operacional não estará sujeito a falhas, travamentos e nem a ataques que explorem falhas de segurança, que simplesmente não existem.

http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=primeiro-sistema-operacional-100-livre-erros-esta-pronto&id=010150091020


Fiquei curioso será que é baseado no *nux ou fizeram do zero.
Desk: Phenom X3 2GB DDR II - Win 7 / Ubuntu 10.04 64 Bits
Note MUB: Core2Duo 4GB - Win7 / Ubuntu 10.04 / Bodhi Linux.
@alexpigdin

Offline Renato Krause

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 314
    • Ver perfil
Re: Primeiro sistema operacional 100% livre de erros está pronto
« Resposta #1 Online: 23 de Outubro de 2009, 16:55 »
Também tive essa curiosidade mas o que tenho a destacar é que não tenho medo em relação ao erros mas sim em relação a ganância do homem.

Offline pigdin

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 723
  • Terra - Brasill - SP-Capital
    • Ver perfil
Re: Primeiro sistema operacional 100% livre de erros está pronto
« Resposta #2 Online: 23 de Outubro de 2009, 16:58 »
Também tive essa curiosidade mas o que tenho a destacar é que não tenho medo em relação ao erros mas sim em relação a ganância do homem.

É também acho que será um sistema fechado (não livre).
Desk: Phenom X3 2GB DDR II - Win 7 / Ubuntu 10.04 64 Bits
Note MUB: Core2Duo 4GB - Win7 / Ubuntu 10.04 / Bodhi Linux.
@alexpigdin

Offline Renato Krause

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 314
    • Ver perfil
Re: Primeiro sistema operacional 100% livre de erros está pronto
« Resposta #3 Online: 23 de Outubro de 2009, 17:05 »
Caso optem por "fechar" eu não vou dar a mínima bola, pois sei que muitos hackers estão muito preocupados com o sistema que usamos. Vou continuar sempre tentando, humildemente, contribuir com o nosso sistema da maneira que eu puder.

 ;D

Offline luiscarlos

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 534
    • Ver perfil
Re: Primeiro sistema operacional 100% livre de erros está pronto
« Resposta #4 Online: 23 de Outubro de 2009, 17:12 »
A meu ver não basta usar um Sistema "aberto" também é preciso manter a mente aberta, é sempre bom conhecer coisas novas.
Para um sistema ter chance não basta ter um "kernel" perfeito, nos usuários finais somos bem rigorosos. ;D

Offline Renato Krause

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 314
    • Ver perfil
Re: Primeiro sistema operacional 100% livre de erros está pronto
« Resposta #5 Online: 23 de Outubro de 2009, 17:16 »
A meu ver não basta usar um Sistema "aberto" também é preciso manter a mente aberta [...]
(Grifo Meu)

Apoiado!

Para um sistema ter chance não basta ter um "kernel" perfeito [...]

(Temos a prova no Hurd e seu modelo assincrono)
Apoiado X 2!

Offline Supermouse

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 76
    • Ver perfil
Re: Primeiro sistema operacional 100% livre de erros está pronto
« Resposta #6 Online: 27 de Outubro de 2009, 12:04 »
Já que pelo que eu vi o pessoal comentou sem nem ler a reportagem, aqui vai um trecho importante:

"O usuário de computadores tradicionais deverá esperar um pouco antes de poder usufruir do acréscimo de segurança e confiabilidade oferecido por um sistema operacional livre de erros.

O kernel 100% correto pertence a um sistema operacional do tipo embarcado (embedded system), que roda em computadores dedicados a tarefas específicas - seu nome é Secure Embedded L4 (seL4).

A nova técnica de verificação, contudo, poderá ser utilizada no desenvolvimento de qualquer outro programa, seja um sistema operacional ou outro aplicativo qualquer."


O que eles desenvolveram, na verdade, foi uma técnica de verificação, que permitiu a eles criarem um SO 100% sem falhas. Se esse SO em si é aberto ou fechado ou não, não importa, até porque ele é para dispositivos embarcados. Na própria matéria eles dizem que isso ai vai servir pra coisas de alta precisão, como robótica, sistemas de controle de aviões, etc...

O que é interessante é que essa técnica de verificação vai poder ser usada para desenvolver programas e SOs sem erros. Mas não vai ser uma mágica. Na própria matéria eles dizem que essa técnica que eles desenvolveram permitiu a eles criarem e provarem matematicamente que o kernel não possui falhas. Isso ocupou uma equipe de 6 pessoas durante 6 anos. E eu acho que eles devem ter feito um kernel não muito grande (tem um gráfico com as funções do kernel que eles desenvolveram, e garanto que o Linux ou o kernel do Windows devem ter umas 10 vezes mais do que isso).


Agora, se eles liberarem essa técnica de verificação (não sei como funcionam as patentes para essas coisas, mas acho que eles vão liberar, já que é um trabalho científico desenvolvido numa universidade), vamos poder usá-la no Linux. Já pensaram quanta gente e quanto tempo será necessário pra isso?
Lembrando que essa é apenas a minha opinião, e se você discordar, você está errado.