Autor Tópico: Alguns Diretórios e suas Utilidades no Sistema  (Lida 8916 vezes)

Offline zoroastro

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 615
  • Membro de Honra
    • Ver perfil
Alguns Diretórios e suas Utilidades no Sistema
« Online: 26 de Dezembro de 2007, 11:51 »
Sei que muitos já conhecem a estrutura básica dos diretórios no linux mas vou postar uma pequena dica que achei interessante.

Peguei isto no tópico que foi respondido pela última vez a mais de 120 dias, e que acho útil dar uma "subida no tópico criado pelo membro Chucknoris.

Estas pastas se chamam de Hierarquia Padrão do Sistema de Arquivos (FHS - Filesystem Hierarchy Standard), e é o padrão de diretórios base adotados pela maioria das distribuições GNU/Linux. Cada diretório serve a um propósito, e são divididos entre os que devem existir na partição raiz (/) e os que podem ser pontos de montagem para outras partições ou dispositivos.

/bin - É o diretório onde ficam armazenados os arquivos executáveis que podem ser executados por qualquer usuário do sistema;

/boot - É o diretório que contem a imagem do Kernel Linux e os arquivos de boot do sistema, bem como o gerenciador de boot que você usa em sua máquina. Esta pasta deve ser estudada com especial atenção, pois qualquer alteração feita indevidamente em seu conteúdo pode comprometer a inicialização do sistema. É dentro desse diretório que se localiza o grub (gerenciador de boot utilizado pela grande maioria dos usuários de distribuições GNU/Linux atuais);

/cdrom - Não é propriamente um diretório, mas sim um link para o diretório /media/cdrom (ponto de montagem do dispositivo leitor de CD/DVD da máquina;

/dev - É o diretório que contém os device drivers de que falei no segundo post do blog (introdução ao sistema GNU/Linux), ou seja, contém os arquivos que servem de ligação com os dispositivos de hardware da máquina;

/etc - É o diretório que contém quase todos os arquivos de configuração do sistema operacional GNU/Linux.

/home - Como o próprio nome já diz, é a “casa” do usuário dentro do sistema. Ou melhor, eu chamaria de condomínio dos usuários no sistema, já que dentro dele estão os subdiretórios individuais dos usuários do sistema, onde se encontram todas configurações e documentos pessoais de cada usuário. Ele é a base para os diretórios próprios de cada usuário. Se o seu nome de usuário no sistema é abigobaldo, por exemplo, seu diretório pessoal é /home/abigobaldo . Cabe ressaltar que ao logar-se no sistema, você pode acessar seu diretório pessoal no terminal simplesmente com o comando cd ~ , já que o sistema interpreta o ~ (tio) como /home/seudiretóriopessoal;

/initrd - Este diretório é utilizado pelo Kernel Linux durante o boot como um HD virtual criado na memória RAM da máquina (um RAM disk);

/lib - Neste diretório estão os módulos e libraries (bibliotecas) do Kernel Linux utilizadas durante o boot do sistema e também utilizadas por arquivos executáveis do sistema após o boot.

/lost+found - Este diretório pode não estar presente na sua máquina se você procurar por ele agora, e isso é um bom sinal. Esse diretório é criado apenas quando sistemas que utilizam filesystems jornalados (leia mais a respeito no post de Introdução ao sistema GNU/Linux) tem que fazer uma recuperação de filesystem após um problema (normalmente desligamento abrupto da máquina por queda de energia). É nesse diretório que são colocados os arquivos que puderam ser encontrados e recuperados após um problema com o filesystem, porém, eles são colocados lá sem seu nome original, que possuíam antes da falha.

/media - É o diretório base de todos os mount-points (pontos de montagem) de mídias removíveis do sistema, tais como disquetes, HDs USB portáteis, Pendrives e CDs;

/mnt - É um outro diretório base de pontos de montagem, porém para este existe a convenção de se montar dispositivos fixos da máquina nele, como seu HD interno, por exemplo. Mas nada impede que você monte uma mídia removível ou até mesmo um diretório qualquer de outra máquina da sua rede local neste diretório;

/opt - Se verificar o conteúdo deste diretório, MUITO provavelmente ele estará vazio. A idéia inicial deste diretório era armazenar programas que não fizessem parte da distribuição GNU/Linux instalada em seu sistema, porém, esse método de separação quase não é utilizado;

/proc - Não é bem um diretório. Trata-se de um filesystem virtual, cheio de arquivos virtuais, que na verdade são apenas referências dinâmicas dos procedures (procedimentos) do Kernel Linux, que são alteradas constantemente durante a utilização do sistema;

/root - O diretório do mandachuva… do big boss do sistema. Esse é o diretório do superusuário do sistema (pode chamar de administrador se quiser, mas não perto de mim, pois me lembra do termo usado por outro sisteminha (semi)operacional proprietário do qual não gosto muito ;-)). O único usuário do sistema com permissão para realizar qualquer modificação no sistema. Aí você me pergunta: “Mas gmazk, se é uma pasta de usuário, porque não está dentro de /home ?”. E eu explico: conforme você vai ver na minha próxima publicação (a respeito de planejamento do particionamento da maquina e instalação do sistema), é conveniente durante a instalação do sistema, determinar que o diretório /home seja montado em uma partição separada da partição principal (onde estão os demais diretórios do sistema). Se o diretório root estivesse nessa partição separada (dentro de /home) e ocorresse com essa partição, o que costumo chamar de um “momento PUTZ… ferrou!”, a pasta /root também estaria inacessível, e como você já sabe, certas coisas só podem ser feitas no sistema pelo usuário root… Então você não poderia, por exemplo, inicializar o sistema para realizar uma recuperação nessa partição;

/sbin - O nome vem de System BINnaries. Este diretório, assim como o /bin, armazena arquivos executáveis, porém nele ficam os executáveis relacionados com a manutenção e administração do sistema, sendo que a grande maioria deles só podem ser executados pelo superusuário (root), salvos alguns casos, como o ifconfig, por exemplo, que pode ser executado por outros usuários, porém com a especificação completa de localização (ou seja, incluindo o endereço completo - /sbin/ifconfig) já que nas variáveis de PATH (variável que indica ao sistema onde procurar por arquivos cujos endereços completos não são especificados pelo usuário no momento da execução do comando) dos usuários comuns não estão os diretórios /sbin e /usr/sbin;

/srv - É um diretório que sofre do mesmo problema de esquecimento e solidão que o diretório opt, pois não é utilizado nunca… A idéia inicial era usá-lo para armazenar dados que seriam disponibilizados por qualquer programa servidor que você utilizasse no sistema, mas foi outra idéia que “não pegou”;

/sys - O nome vem do sysfs (sys filesystem). É o diretório usado pelo Kernel Linux para manter dados atualizados sobre os dispositivos de hardware da máquina (não confunda, não é a mesma coisa que /dev, já que no /dev estão arquivos que servem de ligação com os dispositivos, e não informações sobre eles);

/tmp - É um diretório utilizado pelo sistema para armazenar informações temporárias, que são apagadas quando você reinicia o sistema. Portanto, não arrisque colocar sua pasta de documentos profissionais ai dentro ;-) ;

/usr - É o diretório que armazena todos os dados “não críticos” (entenda-se não essenciais para o funcionamento da base do sistema) do sistema operacional. Ele também contem arquivos executáveis nos subdiretórios /usr/bin e /usr/sbin, porém, não são arquivos necessários para uma inicialização mínima do sistema num momento “putz… ferrou!”, e por isso, podem ser armazenados nestes diretórios. O termo usr não vem de users como muitos pensam, mas sim de Unix Shared Resources (Recursos Compartilhados Unix);

/var - Este diretório armazena os dados VARiáveis do sistema (não confunda com dados temporários do /tmp pois estes não são apagados a cada inicialização do sistema). Dentro deste diretório estão todos os logs do sistema (no subdiretório /var/log), assim como o spool de impressoras do sistema. Caso você tenha um WebServer ou um MailServer ativo em seu sistema, é dentro do diretório /var que vão ficar os dados acessíveis. Por exemplo, se você instalar o servidor web Apache2, as páginas que serão disponibilizadas (servidas) pelo programa estarão em /var/www.

Fonte da fonte : http://multiversolinux.com/2007/07/13/estrutura-basica-de-diretorios-no-gnulinux/

eu acabei de aprender o que lost+found, pois a energia da minha casa acabou de dar um piquezinho, reiniciando..  :-\
« Última modificação: 28 de Dezembro de 2007, 12:56 por zoroastro »

Offline dhiegospector3k

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 164
  • a sociedade é feita de inteligentes, e ignorantes.
    • Ver perfil
Re: Alguns Diretórios e suas Utilidades no Sistema
« Resposta #1 Online: 28 de Dezembro de 2007, 10:44 »
muito boa a explicação!!!!!!! colega zoroastro

boom ano novo p/ vc

abraço;
Assinatura fora das regras. Removida por agente100gelo.

arlei

  • Visitante
Re: Alguns Diretórios e suas Utilidades no Sistema
« Resposta #2 Online: 28 de Dezembro de 2007, 11:25 »
Complementando o interessante tópico do amigo zoroastro.

Isso chama-se Hierarquia Padrão do Sistema de Arquivos (FHS - Filesystem Hierarchy Standard), e é o padrão de diretórios base adotados pela maioria das distribuições GNU/Linux. Cada diretório serve a um propósito, e são divididos entre os que devem existir na partição raiz (/) e os que podem ser pontos de montagem para outras partições ou dispositivos.

Consulte aqui para maiores detalhes.

T+
Arlei

Offline zoroastro

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 615
  • Membro de Honra
    • Ver perfil
Re: Alguns Diretórios e suas Utilidades no Sistema
« Resposta #3 Online: 28 de Dezembro de 2007, 12:57 »
valeu Arlei! add ao psot inicial!
« Última modificação: 28 de Dezembro de 2007, 13:01 por zoroastro »

Offline new-ub

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1
    • Ver perfil
Re: Alguns Diretórios e suas Utilidades no Sistema
« Resposta #4 Online: 08 de Janeiro de 2008, 00:52 »
Caro zoroastro,
Tudo que vier na forma de tutorial ou conceito, vale apenas ficar em topico atualizado, já que ainda falta muita gente para chegar no forum e, como eu, não "saca" nada de linux.

Beleza... continua atualizando.
[]'s
idgpol

Offline zoroastro

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 615
  • Membro de Honra
    • Ver perfil
Re: Alguns Diretórios e suas Utilidades no Sistema
« Resposta #5 Online: 08 de Janeiro de 2008, 01:14 »
 ;)

seja mto bem vindo!!

Offline edjen

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 183
  • Toda mudança gera resistência.
    • Ver perfil
Re: Alguns Diretórios e suas Utilidades no Sistema
« Resposta #6 Online: 08 de Janeiro de 2008, 01:22 »
Deveria ficar fixo em "iniciantes" quando se está começando no linux é dificil até achar a "home"....rsrsrsrs !

                                                 Boa lembrança. Parabéns
GNULinux = Asus P5K-E = Intel Q9450 = Quadro 400 = 3 Hd 80Gb Samsung + Hd 500Gb Seagate = 8Gb RAM DDR2 OCZ 1066 mhz