Autor Tópico: Telecentros de SP: Debate mostra superioridade do Software Livre  (Lida 2842 vezes)

Offline GuilhermeMachado

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 43
    • Ver perfil
Telecentros de SP: Debate mostra superioridade do Software Livre
« Online: 11 de Dezembro de 2007, 17:58 »
Telecentros de SP: Debate mostra superioridade do Software Livre
Por Sergio Amadeu

O Movimento Nossa São Paulo promoveu, ONTEM, dia 10 de dezembro, um debate sobre o uso de Software Livre nos Telecentros de São Paulo. Em outubro, a Prefeitura Municipal e a Microsoft assinaram um protocolo de intenções. O protocolo mais parece uma peça de marketing para o monopólio mundial de software divulgar que conseguirá retirar o GNU/Linux dos telecentros.

O debate foi coordenado por Odilon Guedes e contou com a participação de Waldemar Junqueira Ferreira Neto, Coordenador Geral de Inclusão Digital da Prefeitura, e eu que fui responsável pela implantação do software livre nos Telecentros de São Paulo.

Waldemar Ferreira disse que não iria colocar windows nos telecentros. Falou que pensava colocar uma máquina com dual boot para poder utilizar um software proprietário para deficientes visuais. Disse que era democrático dar mais de uma opção aos usuários.

Alertei que a micro$oft sempre tentou retirar o software livre dos telecentros de São Paulo que atendem mais de 400 mil pessoas na periferia da maior cidade do país. Os telecentros funcionam desde 2001 com GNU/Linux, OpenOffice e Gnome, entre outros softwares livres. É a maior rede municipal de inclusão digital da América Latina. Quando estava implantando o software livre na rede, o monopólio disse que não iria funcionar, que as pessoas perderiam oportunidades de emprego e outras afirmações intimidatórias. Nada disso aconteceu. Várias vezes enquanto a rede windows da prefeitura caia, a rede dos telecentros continuava funcionando. Mais estável, mais barata, mais segura. Depois de sete anos, os telecentros mostram a força do software livre. Sensacional.

Falei para o Waldemar que esta história do windows garantir empregabilidade é papo furado. Hj em SP existem milhares de usuários avançados de micro$oft que estão desempregadas. Empregos existem para quem sabe tecnologias abertas, PHP, Java, Python, Perl, adminstração de redes Linux. Os empregos estão no mundo das tecnologias estáveis porque as empresas estão caminhando para as soluções abertas e livres. Outra coisa: muitos jovens talentosos da periferia, aprenderam a mexer e remexer no GNU/Linux e outros softwares livres porque tiveram acesso ao seu código-fonte aberto. Hojhe estão muito bem empregados. Sofware livre ajuda a desenvolver pesoas autonomas.

Entre outras coisas, disse ao Waldemar que era um absurdo falar em fazer um centro de reciclagem e recondicionamento de computadores com a micro$oft. Onde já se viu colocar o Windows Vista para rodar em máquinas recicladas! Piada. O Vista não roda em máquinas de última geração. Ele precisa de mais de 2 Gbs. Bom, chegou uma hora, o Waldemar disse que o Vista não poderia jamais ser colocado para manter o esquema que montei na Prefeitura (um servidor e 20 máquinas sem HD), pois teria que comprar vinte estações muito caras.

Um programador da platéia foi ao microfone e perguntou: "alguém aqui tem dúvida sobre a superioridade técnica do software livre nos telecentros em relação ao windows?" Os técnicos da prefeitura que lá estavam e o próprio Waldemar disseram de pronto que NÃO.

Ah! Quando comecei a falar disse que colocar dual boot além de não ser democrático era desnecessário, instável e visava apenas pagar licenças para a micro$oft. Deixei bem claro que quem garante democracia em SP é a rede GNU/Linux dos telecentros. Ela dá opções aos cidadãos. Mostrei que o "papinho da livre escolha" que a micro$oft divulga é uma falácia. Onde existe monopólio não há liberdade de escolha. O poder púbico usando GNU/Linux começa a quebrar este processo monopolizador e de aprisionamento dos usuários.

Uma confissão: na verdade eu uso dual boot... uso GNU/Linux e FreeBSD.

http://samadeu.blogspot.com/
"O destino dos homens é a liberdade"
Vinícius de Moraes

Piras

  • Visitante
Re: Telecentros de SP: Debate mostra superioridade do Software Livre
« Resposta #1 Online: 12 de Dezembro de 2007, 00:57 »
Sei de fonte segura que este movimento parcial de migração para o Windows está sendo patrocinado diretamente pela Secretaria, sem contar com nenhum amparo técnico por parte dos funcionários da Coordenadoria de Inclusão Digital, responsável pelos telecentros.

Sou obrigado a reconhecer que esta pressão em favor do Windows existe desde o início da atual administração, pois há um forte preconceito contra o software livre por parte de alguns setores do PSDB. E não se trata apenas da associação entre software livre e o PT: isto é apenas desculpa. O preconceito contra o software livre é mais profundo, filosófico mesmo e lembra os piores argumentos da Microsoft contra o Linux.

A Coordenadoria pode acabar perdendo alguns de seus funcionários mais reponsáveis e brilhantes por conta dos preconceitos tucanos contra o Linux.

Offline edempoa

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 17
    • Ver perfil
Re: Telecentros de SP: Debate mostra superioridade do Software Livre
« Resposta #2 Online: 12 de Dezembro de 2007, 09:12 »
Se ele tivesse 1/5 da vontade que ele tem para esculachar a Microsoft usada para planejar uma migração inteligente no governo já estaria de bom tamanho.

Offline samuelbh

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 582
    • Ver perfil
Re: Telecentros de SP: Debate mostra superioridade do Software Livre
« Resposta #3 Online: 12 de Dezembro de 2007, 09:46 »
Eu acho um erro ligar Software Livre ou ser contra ele a um partido político. Software Livre não tem nada a ver com partido político, e se Lula e o PT começaram a investir nisso agora, é porque perceberam que era uma solução tecnicamente melhor e mais barata. Seguiram apenas a lógica do mercado.

Por exemplo, o governo de MG é PSDB e as secretarias do governo usam Openoffice.
Assinatura removida pela Equipe do Fórum

Offline edempoa

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 17
    • Ver perfil
Re: Telecentros de SP: Debate mostra superioridade do Software Livre
« Resposta #4 Online: 12 de Dezembro de 2007, 10:09 »
O problema não é exatamente o que usar, mas como fazer a migração.

A migração no Governo Federal é simplesmente estúpida. Estão simplesmente tirando o MS Office das máquinas, substituindo por BrOffice e o usuário só recebe um grande "te vira!". Isso que muitas das máquinas usadas nos órgãos do governo nem tem capacidade de rodar o BrOffice com um desempenho aceitável.

Garanto que para uma política teoricamente pró-SL, o governo tem contribuído em muito para criar a impressão de que SL é uma porcaria que só serve para economizar e nada mais, uma alternativa para quando não se tem dinheiro para pagar pelos softwares que são realmente bons. Uma grande contradição.

alexcosta67

  • Visitante
Re: Telecentros de SP: Debate mostra superioridade do Software Livre
« Resposta #5 Online: 12 de Dezembro de 2007, 10:35 »
Sei de fonte segura que este movimento parcial de migração para o Windows está sendo patrocinado diretamente pela Secretaria, sem contar com nenhum amparo técnico por parte dos funcionários da Coordenadoria de Inclusão Digital, responsável pelos telecentros.

Piras,
Qual secretaria?
Sei também de fonte segura que o tal protocolo acordo não é só para os telecentros, é para toda a Prefeitura de SP, isso já informei em outro tópico sobre o assunto.


Sou obrigado a reconhecer que esta pressão em favor do Windows existe desde o início da atual administração, pois há um forte preconceito contra o software livre por parte de alguns setores do PSDB. E não se trata apenas da associação entre software livre e o PT: isto é apenas desculpa. O preconceito contra o software livre é mais profundo, filosófico mesmo e lembra os piores argumentos da Microsoft contra o Linux.

A Coordenadoria pode acabar perdendo alguns de seus funcionários mais reponsáveis e brilhantes por conta dos preconceitos tucanos contra o Linux.

Apesar de parecer politização do assunto, é a realidade.

O problema não é exatamente o que usar, mas como fazer a migração.

A migração no Governo Federal é simplesmente estúpida. Estão simplesmente tirando o MS Office das máquinas, substituindo por BrOffice e o usuário só recebe um grande "te vira!". Isso que muitas das máquinas usadas nos órgãos do governo nem tem capacidade de rodar o BrOffice com um desempenho aceitável.

Garanto que para uma política teoricamente pró-SL, o governo tem contribuído em muito para criar a impressão de que SL é uma porcaria que só serve para economizar e nada mais, uma alternativa para quando não se tem dinheiro para pagar pelos softwares que são realmente bons. Uma grande contradição.

Concordo, realmente isso "queima o filme" do SL.
==================================================================
Os telecentros são a ponta do Iceberg, o diferencial é que lá já existe o SL implantado e funcionando bem.
Sendo o acordo para toda a prefeitura (aqui roda o windows 2000 e XP); já está sendo feita a substituição das máquinas com 128 de ram por máquinas Positivo com 512.
Estas novas máquinas não conseguirão rodar o Vista, então a vida útil delas será curta.
Imaginem o custo disso.
Apenas no meu setor devem haver de 40 a 50 máquinas.
Quantas haveriam em toda a PMSP?

Espero que a comunidade continue de olhos abertos e exija a apresentação do contrato com a MS, pois isso é de interesse público.

Abraços a todos.

Offline GuilhermeMachado

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 43
    • Ver perfil
Re: Telecentros de SP: Debate mostra superioridade do Software Livre
« Resposta #6 Online: 12 de Dezembro de 2007, 10:45 »
Olá pessoal,

Concordo com vocês em não vincular software livre ou qualquer outra iniciativa que traga benefícios ao Brasil a determinado político. O que me surpreende é que não mais nossos representantes podem tomar decisões unilaterais sem questionar e ouvir nossa opinião. Tenho notado que qualquer ação da Microsft para tentar recuperar o monopólio que haviam conseguido sempre há uma rápida e pronta reação da população.

Ao menos eu e mais alguns amigos mesmo não morando em SP, nos posicionamos e questionamos a estranha decisão adotada nos Telecentros cobrando explicações pelo envio de emails . Acredito que esse debate tenha surgido justamente pela pressão popular e também acredito que temos muito mais força que um dia sonhamos imaginar.

Se lembram do caso da Receita Federal que iria adquirir cerca de R$40.000.000 (milhões) em licenças do Microsoft Office? Bem, um amigo  leu a sentença da justiça cancelando o leilão e ficou espantado com o corpo técnico que auxiliou o juiz a definir o caso. Esse corpo técnico foi tão claro em contra-argumentar cada justificativa para o uso do software proprietário, que tal documento com a conclusão deveria ser leitura obrigatória para toda a comunidade.

O pessoal técnico que auxiliou o juiz está de parabéns pela clareza e objetividade nas justificativas apoiando o uso de software livre.

Espero que possam realizar a leitura, o link é o seguinte:
http://ufa.eng.br/TC022.814.2007.3-1.pdf


"Seja você a mudança que quer ver no mundo."
Ghandi

Grande abraço,
Guilherme Machado
Curitiba / Pr / Brasil
« Última modificação: 12 de Dezembro de 2007, 12:20 por GuilhermeMachado »
"O destino dos homens é a liberdade"
Vinícius de Moraes

Offline samuelbh

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 582
    • Ver perfil
Re: Telecentros de SP: Debate mostra superioridade do Software Livre
« Resposta #7 Online: 12 de Dezembro de 2007, 11:57 »
Obrigado pelo link, Guilherme.
Assinatura removida pela Equipe do Fórum

Offline golfinho

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 78
    • Ver perfil
Re: Telecentros de SP: Debate mostra superioridade do Software Livre
« Resposta #8 Online: 12 de Dezembro de 2007, 17:10 »
Não duvido que os politicos querem essa parceria com a microsoft pq dessa forma ele podem arrecadar fundos da propria empresa....

quem garante q cada um a favor da microsoft num tá levando uns 50.000 pro bolso?


força pro software livre! contra o monopolia e a corrupção!

Offline vinicius_aleao

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.275
    • Ver perfil
Re: Telecentros de SP: Debate mostra superioridade do Software Livre
« Resposta #9 Online: 12 de Dezembro de 2007, 17:48 »
A própria Microsoft admitiu que filiais estavam oferecendo dinheiro aos órgãos de normas técnicas e padronização de países europeus para que votassem a favor do OOXML da ISO. Agora imagine o que não ocorre nos bastidores...

Piras

  • Visitante
Re: Telecentros de SP: Debate mostra superioridade do Software Livre
« Resposta #10 Online: 13 de Dezembro de 2007, 03:25 »
Citar
Piras,
Qual secretaria?
Sei também de fonte segura que o tal protocolo acordo não é só para os telecentros, é para toda a Prefeitura de SP, isso já informei em outro tópico sobre o assunto.

Caro alex,

A fonte em questão referia-se somente as pressões que tem recaído sobre a Coordenadoria de Inclusão Digital, responsável pelos telecentros. E a Pasta a qual está subordinada a Coordenadoria é a Secretaria de Participação e Parcerias. Não sei exatamente qual foi o momento em que a Secretaria passou a exercer tais pressões, pois ela teve três titulares durante a gestão Serra/Kassab. Mas o certo é que da Coordenadoria é que não têm partido estes petardos contra o software livre.


*-*-*-*-*


Caro samuel,

Você tem toda razão: não se deve partidarizar a questão. E a questão, como eu mesmo escrevi, é que a partidarização neste caso é só de fachada, uma desculpa para se associar o software livre ao inimigo partidário e assim "fazer negócio" mais facilmente.

Há muita gente racional no PSDB que também simpatiza com o software livre, se não pela filosofia, ao menos por uma questão de custo/benefício ou pelo menos de segurança. Mas fazer do SL "coisa de petista" termina sendo uma forma eficaz de enganar os militantes mais radicais e até alguns políticos menos informados e assim prestar melhores serviços ao software proprietário.

Ocioso dizer que nossas "esclarecidas" lideranças empresariais já caíram nessa mesma conversa fiada há muito tempo. Como diz o ditado, "em terra de cego quem tem um olho é rei".


Caro samuel,


alexcosta67

  • Visitante
Re: Telecentros de SP: Debate mostra superioridade do Software Livre
« Resposta #11 Online: 13 de Dezembro de 2007, 10:22 »
Piras,

Obrigado por esclarecer.

abraços.