Autor Tópico: Ubuntu, um sistema operacional interessante - reportagem do Jornal do Comercio  (Lida 3284 vezes)

Offline chlferreira

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 69
    • Ver perfil
    • Carnivoro Sem Dentes
É o Ubuntu esta virando noticia segue o link da reportagem do Jornal do Comercio.
http://jc.uol.com.br/2007/05/04/not_138168.php

[]s

Carlos Ferreira

Offline clcampos

  • Administrador
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 10.790
  • .:: User Linux #439596 ::.
    • Ver perfil
Re: Ubuntu, um sistema operacional interessante - reportagem do Jornal do Come
« Resposta #1 Online: 07 de Maio de 2007, 15:34 »
Muito bom o texto...
Cristiano/Timóteo - MG
.: Como Fazer Perguntas de Forma Inteligente :.                
Com dúvida? pesquise!

Offline samuelbh

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 582
    • Ver perfil
Re: Ubuntu, um sistema operacional interessante - reportagem do Jornal do Come
« Resposta #2 Online: 07 de Maio de 2007, 18:53 »
Só faltou citar o nosso amado fórum...
Assinatura removida pela Equipe do Fórum

Offline nq6

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 35
    • Ver perfil
    • Linux ubuntu & Afins
Re: Ubuntu, um sistema operacional interessante - reportagem do Jornal do Come
« Resposta #3 Online: 07 de Maio de 2007, 19:04 »
Texto muito bom tem que estar aqui!

Ubuntu, um sistema operacional interessante


JOSÉ CARLOS CAVALCANTI é professor de Economia da UFPE e ex-Secretário Executivo de Tecnologia, Inovação e Ensino Superior de Pernambuco

Você já ouviu falar do Ubuntu? Nunca ouviu? O Ubuntu é um sistema operacional que está dando o que falar!

Aposto que certamente já ouviu falar do Linux, aquele sistema operacional de código aberto e livre que pretendeu desafiar o sistema Windows, da Microsoft!  Pois bem, o Linux emergiu com essa fama de desbancar o Windows, no entanto é difícil de usar. Mas isso foi até o Ubuntu surgir!

O Ubuntu é um sistema operacional de código aberto, livre e completo, com processador de textos, web browser, aplicações em planilhas, e leitor de arquivos pdf, é elegante, seguro, e intuitivo.  E isso tudo graças ao empreendedor sul-africano Mark Shutleworth.

Ele vendeu sua empresa de segurança digital VeriSign por meio bilhão de dólares, e, a partir de então, andou torrando dinheiro por aí com coisas como uma viagem espacial na espaçonave Soyuz até a Estação Espacial Internacional.

Depois ele tomou algumas lições de cozinha e tentou atuar em encontros online. Em seguida, ele decidiu salvar o mundo do Windows. Com isso, ele já investiu US$ 25 milhões no projeto, contratou programadores topo-de-linha em software-livre e negociou com fabricantes de computadores para que estes passassem a vender PCs com Ubuntu pré-instalado.

Ele garante que os geeks - nome dado a uma classe de pessoas fascinadas por conhecimento ou imaginação - do primeiro mundo não serão os únicos beneficiados. Ele está enviando o Ubuntu, traduzido para 35 línguas, para qualquer um que solicitar, em qualquer lugar do mundo. Basta acessar o site www.ubuntu.com.

O Ubuntu é patrocinado pela Canonical Ltd (dirigida por Mark Shuttleworth) e o seu nome deriva do conceito sul africano Ubuntu (pronuncia-se /ùbúntú/ - u-BÚN-tu; IPA: /uˈbuntu/) — diretamente traduzido como "humanidade para com os outros".

Diferencia-se do Debian (que é simultaneamente o nome de uma distribuição não comercial livre - gratuita e de código fonte aberto - do GNU/Linux, amplamente utilizada, e de um grupo de voluntários que o mantêm à volta do mundo) por ser lançado semestralmente, por disponibilizar suporte técnico nos 18 meses seguintes ao lançamento de cada versão (em inglês) e pela filosofia em torno de sua concepção, uso e distribuição.


Segundo o Wikipedia, a proposta do Ubuntu é oferecer um sistema operacional/operativo que qualquer pessoa possa utilizar sem dificuldades, independente de nacionalidade, nível de conhecimento ou limitações físicas.

A distribuição deve ser constituída totalmente de software gratuito e livre, além de isenta de qualquer taxa. Atualmente uma organização cuida para que cópias sejam remetidas em CDs para todo o mundo sem custos.  No Brasil várias comunidades já se organizaram para tratar do Ubuntu e para disseminar o seu uso através de sites como:


- Planeta Ubuntu
- UbuntuBrasil 

Ou em blogs como o Meyer, ou mesmo em encontros, como o deste link.

Existem algumas características básicas que atraem a atenção no Ubuntu:

a) novas versões dele são lançadas com um intervalo aproximado de um mês após o lançamento do GNOME (nome que os desenvolvedores de software livre dão para o acrônimo GNU Network Object Model Environment, que é um ambiente gráfico desktop gratuito e livre para sistemas UNIX)

b) um dos principais focos do Ubuntu é a usabilidade;

c) acessibilidade e internacionalização, permitindo a utilização do sistema pelo maior número de pessoas possível;

d) vem com diversos programas pré-instalados que atendem funcionalidades básicas, entre os quais estão a suíte de aplicativos OpenOffice.org, o navegador de Internet Firefox, e o editor de imagens GIMP (aplicativos já populares). Programas para visualizar conteúdos multimídia, clientes de e-mail e jogos simples completam a distribuição básica;

e) todas as versões do Ubuntu são disponibilizadas sem custo adicional.

Ainda é muito cedo para se fazer projeções sobre a sustentabilidade de longo-prazo do Ubuntu. Há muito que se avançar em questões meramente culturais, como a adaptação dos usuários a estes tipos de sistemas operacionais e às suas aplicações, mas fundamentalmente com relação à viabilidade econômica dos modelos de negócios que possam surgir a partir da sua disseminação.

Uma coisa é certa: o Ubuntu tem uma mensagem doce e eficiente, de origem, que "toca lá no fundo" do bolso dos usuários dos países em desenvolvimento - tão cansados de pagar tão caro por tantas licenças de software (aos desenvolvidos), ou de ter recorrer aos sistemas pirateados...
http://nq6.blogspot.com/
Linux ubuntu & Afins - Um blog com muitas dicas, perfeito para quem está começando.

Offline Tuxtu

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 33
    • Ver perfil
Re: Ubuntu, um sistema operacional interessante - reportagem do Jornal do Come
« Resposta #4 Online: 07 de Maio de 2007, 19:58 »
Falou tudo!

Até eu fiquei com vontade de baixar denovo o .ISO do Ubuntu de tão convencido que fiquei.
Interessante que não deixou aquela imagem de Windows superior... isso que achei mais legal, um texto descritivo com os pingos nos i's...
Temos muito o que agradecer à Canonical, especialmente os programadores empenhados em nos disponibilizar esse S.O tão bom!
Avatar removido por ultrapassar o limite regulamentado nas regras do fórum
Padrão de Pacotes no linux é INDISPENSÁVEL! junte-se a nós
http://ubuntuforum-br.org/index.php/topic,25549.0.html
o crescimento do linux depende deste padrão,apóie você também!