Autor Tópico: Tema do Mac OS no Ubuntu  (Lida 8881 vezes)

Offline Supermouse

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 76
    • Ver perfil
Tema do Mac OS no Ubuntu
« Online: 13 de Dezembro de 2007, 00:27 »
OK pessoal.

Eu já colaborei bastante no fórum. Se não ajudando os novatos, ao menos garantindo que os trolls estejam saudáveis e bem alimentados. Mas agora eu resolvi fazer algo mais concreto. O que vocês verão aqui é o mais completo tutorial de transformação do Ubuntu para Mac OS em português.

Porém, antes de ler o tutorial, leiam isso:

1 - Eu não tenho blog, nem página. Não tenho dedicação nem conteúdo para tanto, por isso vou postar o tutorial inteiro aqui.

2 - Por isso, como ele é meio longo, eu vou quebra-lo em vários posts. Por favor, não postem nada até eu termina-lo, assim ele fica inteirnho.

3 - Eu não estou nem aí nem pros puristas que dizem que o Linux não tem que imitar outro SO e nem pros Mac FanBoys que virão dizer que isso é só uma imitação barata. Querem saber? O sistema Mac OS é uma bosque! Ele é muito bonito e tudo, mas não é nem um pouco prático de usar. E não venham me dizer que eu digo isso porque nunca usei, porque eu já usei sim, e ainda uso com uma certa frequencia no meu trabalho. Dito isso, o sistema (o sistema em funcionalidade, nao o tema) padrão do Ubuntu é o melhor que há em usabilidade, e eu não vejo razão nenhuma para substitui-lo.

4 - Levando em consideração o parágrafo acima, vocês devem estar se perguntando o porque de eu ter feito isso. Tédio. Eu estava entediado, e resolvi subir no trem de Pessoas Que Transformam o Ubuntu Num MacOS, mas resolvi fazer isso até o fim. Esse é o resultado.



Se gostaram leiam. Se não gostaram, Alt+F4 é seu amigo (ou Alt+Q).

Acho q as screens não vao funcionar porque o Picasa Web Albums e o fórum não se entendem (ou isso ou eu sou muito burro pra upar fotos)
Lembrando que essa é apenas a minha opinião, e se você discordar, você está errado.

Offline Supermouse

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 76
    • Ver perfil
Re: Tema do Mac OS no Ubuntu
« Resposta #1 Online: 13 de Dezembro de 2007, 00:28 »
1 - Instalar AWN (Avant Window Navigator)

O Avant Window Navigator é um dock muito porreta estilo o do Mac OS. Provavelmente todo mundo e mais a mãe sabe disso, e também sabe como instalar. Mas, para ficar tudo completinho, vamos colocar aqui como é que faz:

Abra um terminal (Aplicações > Acessórios > Terminal)

Abra o sources.list para adicionar os repositórios do AWN

Código: [Selecionar]
sudo gedit /etc/apt/sources.list
Adicione essas linhas no final do arquivo:

Código: [Selecionar]
deb http://download.tuxfamily.org/syzygy42/ gutsy avant-window-navigator
deb-src http://download.tuxfamily.org/syzygy42/ gutsy avant-window-navigator

Salve o arquivo e feche

Adicione a chave GPG com o comando

Código: [Selecionar]
wget http://download.tuxfamily.org/syzygy42/reacocard.asc -O- | sudo apt-key add -
Atualize os pacotes

Código: [Selecionar]
sudo apt-get update
Finalmente, instale o maldito

Código: [Selecionar]
sudo apt-get install avant-window-navigator-bzr awn-core-applets-bzr awn-core-applets-bzr
E tá aí o bicho. Próximo passo é configurar ele pra ele ficar jóinha.
Lembrando que essa é apenas a minha opinião, e se você discordar, você está errado.

Offline Supermouse

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 76
    • Ver perfil
Re: Tema do Mac OS no Ubuntu
« Resposta #2 Online: 13 de Dezembro de 2007, 00:31 »
2 - Configurando o AWN

Ok, você conseguiu usar a linha de comando, fez alterações em um arquivo de configuração e instalou um pacote de um repositório não oficial, e tudo isso no mesmo dia! Certo, isso é impressionante, mas antes de você ir se inscrever para a prova da LPI, o ideal era você testar se o programa está funcionando.

Então, vamos acionar o AWN

Entre em Aplicações > Acessórios > Avant Window Navigator

Se tudo deu certo, você deverá ver uma barrinha super bonitinha, meiga e fofucha na parte inferior do monitor, que mostra seus programas abertos.
Se você não está vendo a barrinha, você deve:

- Ter feito alguma coisa errada no passo anterior.

- Estar usando outra distribuição, ou uma versão diferente do Ubuntu.

- Estar precisando de óculos.

- Estar com o monitor queimado.

- Estar usando o painel inferior numa largura muito grande, que cobre o AWN.

"Oba tio Super, eu vi a barrinha! Já posso chamar minha família e amigos e mostrar meu super tema novo e me gabar dos meus L337 Sk1LLZ?"

Calma pequeno gafanhoto... É muito difícil que os seus amigos, ou aquele seu tio de São José do Itapetirica do Norte que viajou 300 Km só porque você ligou fiquem muito surpreendidos por uma barra preta com ícones no seu desktop. Vamos incrementar ela!

Primeiro Passo: Turbinar a barrinha!!!!

Para isso, abra as configurações do AWN. Você pode fazer isso através do menu Sistema > Preferências > Awn Manager, ou clicando com o botão direito sobre a barrinha do AWN (na barra, não em um ícone) e escolhendo Preferências.

Você verá uma janela como essa:

http://picasaweb.google.com/thesupermouse/MacUbuntu/photo#5143277244309780466

Clique na aba Aparência da barra. No primeiro item, Look, escolha 3D Look.

Com isso você deixou a barra com o efeito 3D parecido com o Leopard, e nem teve que comprar um Macintosh de 5000 reais pra isso.

O resto você pode definir como bem entender.

Bar Angle define o ângulo que a barra ficará em relação aos ícones

Bar Height define a altura da barra (na prática, ela define o tamanho dos ícones)

Icon Offset define a que distância os ícones ficarão da barra.

Se você preferir deixar no moddo bem menos emocionante Flat Bar, tudo bem. Nesse caso você só não vai ter a opção Bar Angle. Esse modo não é recomendado, e, se você não receber muitos elogios por causa dessa barra, eu nao me responsabilizo.


Segundo Passo: Adicionar funcionalidade à barrinha!

Clique na opção Applets do lado esquerdo.

Vão aparecer duas listas. A lista da esquerda são os applets ativos, e na lista da direita estão os applets disponíveis.

No momento nós temos apenas o Luncher/Taskmanager ativo, que é o applet onde ficarão os ícones dos aplicativos, e onde ficarão os ícones que farão o papel de barra de tarefas. Como os ícones de aplicativos e de tarefas são os mais importantes, a dica aqui é a seguinte: o applets aparecerão em ordem da esquerda para a direita, conforme eles vão sendo colocados na lista. Os applets mais acima ficam mais à esquerda, e os mais abaixo ficam à direita.

Os applets que eu acho mais importantes para o AWN são o menu, o places, o showdesktop, o blingswitcher e o trash (lixeira). com esses ícones nós temos as mesmas funcionalidades que o painel inferior, e até mesmo algumas do painel superior.

http://picasaweb.google.com/thesupermouse/MacUbuntu/photo#5143277244309780450

Terceiro Passo: Lançadores rápidos de aplicativos!

Você deve ter visto um item chamado Launchers nas opções da esquerda. Esse item permite que criemos lançadores, que nada mais são do que atalhos para programas que aparecerão no docker.
Na verdade a melhor função desse item é organizar esses atalhos. Para inseri-los, existe uma maneira muito mais fácil do que digitar o título, o comando e catar o ícone: basta abrir o menu aplicações do painel superior, escolher a apicação desejada, e arrasta-la até o awn. Voilá! Launcher instantâneo. Quando você tiver mais launchers, você pode mudar sua ordem no item launchers do awn manager. Eles seguem o mesmo formato dos applets.

Prontinho. Seu Docker estilo Mac OS já está pronto pro baile. Só falta o resto do desktop acompanhar...
Lembrando que essa é apenas a minha opinião, e se você discordar, você está errado.

Offline Supermouse

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 76
    • Ver perfil
Re: Tema do Mac OS no Ubuntu
« Resposta #3 Online: 13 de Dezembro de 2007, 00:32 »
3 - Fazendo o AWN inicializar automagicamente

Certo, estamos com um docker do Mac OS, mas com uma pequena diferença: usuários do Mac não precisam abrir Aplicações > Acessórios > Avant Window Navigator, ou entrar em um terminal e digitar avant-window-navigator toda vez que ligam o computador para essa pequena maravilha tecnologica da natureza (???) apareça em seus belos desktops de 20 e poucas polegadas. Eles ligam o Mac através de algum botão obscuro no teclado, esperam aquele boot fresco, ouvem uma música de inicialização bicha e pam! Tá lá o docker.

Vamos fazer igual eles? Entre em Sistema > Preferências > Sessões. Lá dentro, na aba Programas iniciais, clique em adicionar.

Na janela que abrir, coloque um nome fácil de lembrar depois e o comentário que bem entender. O importante é o comando, que deve ser avant-window-navigator (sim, com hifens e tudo). Certifique-se de que ele está marcado no quadrado de Habilitado, e feche a janela.

http://picasaweb.google.com/thesupermouse/MacUbuntu/photo#5143277244309780482

Tente deslogar e logar de novo (ou melhor ainda, reinicie o computador).

...


Pronto. Agora que você achou o tópico de novo, vamos continuar (acho q numa revisão futura eu vou avisar para a pessoa copiar tudo ou favoritar o tópico antes de reiniciar... não, acho que não vou!).

Se o AWN apareceu sem você precisar mover um músculo, beleza, estamos quase como um usuário de Mac. Só que nosso gabinete não é bonitão de metal escovado e nosso monitor é bem menor.

Com o AWN alí está tudo perfeito, certo? Errado! Tem o painel inferior aí, que, com sua feiúra inferior, inferioriza a beleza do nosso desktop. E depois, o superior AWN já está fazendo a função do inferior painel inferior. Vamos reduzi-lo a sua inferioridade e sumir com ele do mapa. Clique nele com o botão direito e escolha Excluir esse painel".

AGORA nosso desktop está se ajeitando...
Lembrando que essa é apenas a minha opinião, e se você discordar, você está errado.

Offline Supermouse

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 76
    • Ver perfil
Re: Tema do Mac OS no Ubuntu
« Resposta #4 Online: 13 de Dezembro de 2007, 00:34 »
4 - Diversão no painel superior

Agora vamos mexer no painel superior. Como o próprio nome diz, ele é muito superior ao painel inferior. Um painel superior com certeza merece ser incluido em nosso desktop superior. Mas, mesmo sendo ele superior, ainda não é assim tão superior quanto o super-mega-blaster superior painel superior de um Mac. Então, vamos melhora-lo genéticamente:

 - Instalação do Applet do Mac

YAY! Temos o painel superior do Mac agora, com sua alteração nos itens dependendo da aplicação aberta e tudo o mais. Sem precisar recompilar o GTK, sem perder horas de sono tentando fazer hacks manuais funcionar, sem stress. Só instalar e rodar. Show!

O tópico oficial do esquema é:

http://ubuntuforums.org/showthread.php?t=241868

Como ele é um monstro de mais de 120 páginas, e eu sei que muita gente aqui não tem paciência de ler nem duas páginas antes de postar alguma bobagem sem anada a ver com o tópico, vou colcar o endereço do wiki aqui:

https://wiki.ubuntu.com/global_menu#deb

Como eu sei que tem muita gente que não sabe inglês, e tem mais gente ainda que mesmo sabendo inglês tem uma preguiça imensurável de clicar em um link e pensar nas coisas por conta própria, vou colocar o passo a passo aqui:

- Baixe os pacotes para versão i386 do Ubuntu Gutsy aqui:

http://rapidshare.com/files/70248395/GutsyOSX.tar.bz2.html

- Enquanto ele está baixando, aproveite a baixe o caminhão de dependências que essa coisa tem:

Código: [Selecionar]
sudo aptitude install liborbit2-dev libgnomeui-dev libglade2-dev libbonoboui2-dev libglib2.0-dev libpango1.0-dev libatk1.0-dev libcairo2-dev libx11-dev libxext-dev libxinerama-dev libxi-dev libxrandr-dev libxcursor-dev libxfixes-dev libxcomposite-dev libxdamage-dev libcairo-directfb2 libcairo-directfb2-dev libcairo2-dev
- Baixados os pacotes e as dependências, extraia os pacotes na sua pasta home.

- Instale os pacotes, nessa ordem:

Código: [Selecionar]
sudo dpkg -i ~/GutsyOSX/applet/macmenu-applet_0.1-2_i386.deb
Código: [Selecionar]
sudo dpkg -i ~/GutsyOSX/GTK/*.deb
Código: [Selecionar]
sudo dpkg -i ~/Desktop/GutsyOSX/gnome-panel-no-arrows/*.deb
- Reinicie o seu computador


AVISO: Em nenhum momento durante esse passos devem ocorrer erros. Se algum erro ocorrer na instalação dos pacotes, NÃO REINICIE O SEU COMPUTADOR. Procure por ajuda no tópico oficial, ou aqui nesse mesmo tópico.

Com tudo instalado, é só clicar com o botão direito no painel, escolher Adicionar ao painel, e escolher o Mac Applet.

Tudo certo? Não. Nós temos aqueles três menus lá em cima, no canto esquerdo, que, apesar de serem totalmente práticos e funcionais, são feios. E não estamos procurando praticidade ou usabilidade, estamos querendo beleza. Então, clique com o botão direito em cima daqueles menus e escolha remover do painel.

Mas, não vamos ficar sem menu nenhum! Clique com o botão direito no painel superior, escolha Adicionar ao painel, desça até o fim e adicione um Menu Principal. OK! Todos aqueles menus feios, praticos e bons de usar estão agora num único ícone bem no cantinho.

http://picasaweb.google.com/thesupermouse/MacUbuntu/photo#5143277240014813138

Adicione o Mac Applet também, e organize-os na posição que você quiser (para o efeito mais Apple possivel, coloque o menu no cantinho esquerdo bem escondido, o Mac Applet logo ao lado, e deixe a área de notificação, o relógio e o Dekbar Applet do lado direito).

Agora nosso menu superior está verdadeiramente superior! Mas, não está faltando alguma coisa? Pode apostar que está! Faltam os temas. E esse será o assunto da nossa próxima sessão.
Lembrando que essa é apenas a minha opinião, e se você discordar, você está errado.

Offline Supermouse

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 76
    • Ver perfil
Re: Tema do Mac OS no Ubuntu
« Resposta #5 Online: 13 de Dezembro de 2007, 00:37 »
5 - Temas

Nenhum transformação de Ubuntu em Mac poderia ser completa sem os temas. Na verdade, muitas dessas "transformações" se tratam apenas da troca dos temas. Mas eu não estou aqui para julgar esses tutoriais mixurucas, então não vou falar mal deles. Se você quiser perder seu tempo lendo um deles, é só procurar. Basta chutar uma pedra que saem 3 ou 4 deles de baixo.

Para usar de tema, tem um pessoal muito, mas muito bacanudo paca mesmo do projeto Mac4Lin. Eles já tem os temas, os ícones, splash screen, tema de gdm, temas para firefox, temas para o awn, temas para xmms, eu acho que se você pedir eles até mandam um kit pa você pintar seu cachorro com as cores do Mac. Então, antes de ficar procurando temas por tudo, vamos simplesmente baixar o deles.

Vale lembrar que eu uso o Metacity, e não o Emerald. O Mac4Lin possui temas para o Emerald, mas como eu não o uso eu não sei como funciona. Se alguém quiser adicionar isso por fora pode ficar à vontade. Meu tutorial é para o Metacity.

O site é http://sourceforge.net/project/platformdownload.php?group_id=204373&sel_platform=4117

Baixe os arquivos Mac4Lin_v0.3.tar.gz , Mac4Lin_Icons_v0.3_for_GNOME_2.18_ONLY.tar.gz e Wallpapers_Mac4Lin_v0.3.tar.gz

Se você não quer usar os temas do Mac4Lin, azar o seu. Tem outros temas no gnome-look, mas nenhum deles tão bonito. Além disso, eu não vou ensinar como usar esses outros temas.

Nesse meio tempo, vamos sobrecarregar mais ainda nossa conexão com mais um apt-get:

Código: [Selecionar]
sudo apt-get install gnome-art usplash startupmanager
Com tudo ok, você deve ter 3 arquivos baixados: Mac4Lin_v0.3.tar.gz , Mac4Lin_Icons_v0.3_for_GNOME_2.18_ONLY.tar.gz e Wallpapers_Mac4Lin_v0.3.tar.gz .

Descompacte o Mac4Lin_v0.3.tar.gz. Vai surgir uma pasta com trocentas outras pastas dentro. Entre nessa pasta e vamos começãr a colocar o tema:

- Tema GTK: Clique com o botão direito em um ponto qualquer de sua área de trabalho. Selecione Alterar plano de fundo. Na janela que abrir, selecione a aba Tema. Abra a pasta GTK Metacity Theme. Dentro dele tem dois arquivos tar.gz. Basta arrastar os dois para dentro da janela Preferências de Aparência. Eles vão instalar automagicamente. Se o sistema pedir se você deseja usar o tema ou manter o atual, selecione manter o atual. O mesmo vale para o resto dos temas a serem aplicados. Vamos configurar tudo junto mais tarde.

- Cursores: Abra a pasta Cursors, e arraste o arquivo .tar.gz da mesma manira.

A pasta tem mais um monte de outros temas, mas eu vou dar só o básico, e deixar o prazer da descoberta de como colocar temas do xmms, firefox, pidgin e outros pra vocês.

- Ícones: Essa não tem erro. É só copiar o arquivo Mac4Lin_Icons_v0.3_for_GNOME_2.18_ONLY.tar.gzMac4Lin_Icons_v0.3_for_GNOME_2.18_ONLY.tar.gz
que você baixou para a janela.

- Wallpapers: Descompacte o arquivo Wallpapers_Mac4Lin_v0.3.tar.gz que você baixou. Dentro dele tem um monte de wallpapers. Basta arrasta-los até a janela Preferências de Aparência, na aba Planos de Fundo, e depois escolher o seu favorito.


Agora, volte até a aba Tema e clique em Personalizar.

Na aba Controles, escolha Mac4Lin_GTK ou Mac4Lin_GTK_Aqua. A única diferença é que a versão Aqua tem alguns cantos mais arredondados.

A aba cores não pode ser alterada.

Na aba controles, escolha novamente Mac4Lin_GTK ou Mac4Lin_GTK_Aqua. Poucas diferenças entre um e outro.

Na aba ícones, escolha os ícones OSX.

Na aba Cursor, escolha o modelo de cursor Mac OS X.



Fontes: Você deve ter percebido que dentro da pastona do Mac4Lin tinha uma pasta chamada fontes. Pois é, dentro dessa pasta tem um arquivo tar.gz com algumas fontes do Mac, que são bem interessantes da gente colocar. Dentro de um terminal, faça um comando mais ou menos assim:

Código: [Selecionar]
sudo tar zxvf /x/x/x/Mac4Lin_v0.3/Fonts/OSX_Fonts.tar.gz -C /usr/share/fonts/truetype
Onde a parte /x/x/x/ é o caminho de onde o arquivo está descompactado. por exemplo /home/supermouse/Mac4Lin_v0.3/Fonts/OSX_Fonts.tar.gz

Existem outras fontes do Mac que não estão no Mac4Lin também. Elas podem ser encontradas em http://www.osx-e.com/downloads/misc/macfonts.html

Baixe essas outras fontes, extraia o arquivo, com o terminal entre na pasta onde o arquivo foi extraído, e use os seguintes comandos:

 
Código: [Selecionar]
sudo cp Fonts/*.ttf /usr/share/fonts/truetype/
Código: [Selecionar]
sudo cp Fonts/*.TTF /usr/share/fonts/truetype/
Código: [Selecionar]
sudo cp Fonts/*.PFB /usr/share/fonts/type1/gsfonts/
Código: [Selecionar]
sudo cp Fonts/*.pfm /usr/share/fonts/type1/gsfonts/
Por último, mas não menos importante, vamos colocar essas novas fontes no sistema:

Código: [Selecionar]
sudo fc-cache -f -v
Código: [Selecionar]
sudo dpkg-reconfigure fontconfig(quanto sudo né? próxima revisão - nunca - vou avisar o pessoal pra abrir um terminal como root direto, usando sudo -i no terminal, pra não ter que digitar sudo toda vez)

Agora é só ir lá nas configurações de Aparência, escolher fontes, e botar as fontes favoritas. Eu prefiri colocar:

Fonte de aplicações: Aquabase 10
Fonte de documentos: Aquabase 10
Fonte da área de Trabalho: Aquabase 10
Fonte do título de janela: Apple Garamond Bold 12
Fonte de largura fixa: Bitstream Vera Sans Mono Roman 10

Na parte de renderização, as duas melhores opções são Melhores Formas ou Suavização de Subpixel.


Soms: Ufa, ta quase... Na pasta do Mac4Lin existe uma pasta de soms. Só coloca-los no sistema:

Código: [Selecionar]
sudo tar zxvf /x/x/x/Mac4Lin_v0.3/Sounds/OSX_Sounds_v0.3.tar.gz -C /usr/share/sounds
Novamente, o x/x/x é a pasta onde você descompactou o Mac4Lin. No meu caso, /home/supermouse.

Depois, é só ir em Sistema > Preferências > Som, ira para a aba Sons e escolher seus sons favoritos. Os sons do Mac estarão em /usr/share/sounds/OSX_Sounds_v0.3

Splash Screen: A Splash Screen está desativada, mas vamos coloca-la de volta no ar. Se você baixou os pacotes bonitinho como eu mandei antes, estamos prontos. Se não baixou, volte e veja como faz.
Basta irmos em Sistema > Preferências > Splash Screen. Lá dentro, marque a opção Show splash screen at startup. Depois dissso clique em install, procure a pasta GTK Splash dentro da pasta do Mac4Lin e instale os splashs um por um. depois é só escolher o seu favorito e ativa-lo.


A partir daqui estamos prontos. É possivel ainda alterar o grub e o usplash, mas é meio perigoso, entao vou ficar por aqui. Se houver interesse, depois eu posto os passos...

Resultado final:

http://picasaweb.google.com/thesupermouse/MacUbuntu/photo#5143277240014813122
Lembrando que essa é apenas a minha opinião, e se você discordar, você está errado.