Autor Tópico: O mais urgente para o Ubuntu  (Lida 26927 vezes)

Piras

  • Visitante
O mais urgente para o Ubuntu
« Online: 03 de Fevereiro de 2007, 19:11 »
O que você acha que o Ubuntu deve incluir com maior urgência no Feisty na próxima versão?

Na minha opinião, a coisa mais urgente a incluir nas próximas versões do Ubuntu seria um configurador gráfico para o monitor. Ficar editando o o arquivo xorg.conf ou usando o dpkg-reocnfigure xserver-xorg é coisa complicada demais para um iniciante.

Offline gabriel0085

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 577
    • Ver perfil
Re: O mais urgente para o Ubuntu
« Resposta #1 Online: 03 de Fevereiro de 2007, 20:10 »
Bom tópico. Eu estava pensando que além de interessante esse tópico poderia ganhar alguma força em termos de resultados práticos:
Seria ótimo se alguém da moderação, que tenha acessos a algum escalão superior na hierarquia burocrática do ubuntu, pudesse fazer uma compilação das principais reivindicações da comunidade brasileira e expô-las no fórum gringo, que tem maior visibilidade, e ao projeto ubuntu mais diretamente. A comunidade e a qualidade do ubuntu agradecem.

-------

Vamos ao que eu acho que deveria melhorar:

(Vou postar todos os problemas que tive, e que acho que numa distribuição para seres humanos, não deveria ter tido...)
(se todos contarem aqui seus problemas, teremos uma lista enorme de reivindicações...vamos aí pessoal escrevam)



-Configurador de banda larga em modo gráfico - Quase todos usam internet, e se ubuntu é para ser fácil isso deveria ser uma prioridade.

-Um programa ao estilo gnome art - Na verdade eu preferiria que melhorassem o gnome art. Um programa só pra se trocar: Ícones, metacity, splash, GDE, wallpaper...É algo muito útil e simples de implementar.

-Suporte nativo a NTFS - Em geral o primeiro contato com ubuntu é em dual boot com windows, então também vejo isso como uma prioridade.   

-Não pedir senha para logar como padrão - Se esta é uma distribuição para usuário finais, isso seria desnecessário. Não me refiro aqui ao root-sudo que acho ótimo. Sei que é simples desabilitar, mas é por esse tipo de preocupação com pequenos detalhes que tragam conforto ao usuário que o macOSX é tão merecidamente idolatrado no mundo desktop.

-Um player de vídeo mais leve e funcional - A superioridade do gxine, do Mplayer, ou mesmo do vlc em relação ao totem é grande. Deveria ser substituído.   

-Um gerenciador de torrents decente - Compartilhamento via torrent já tornou-se essencial no mundo linux e o ubuntu deveria trazer um cliente ao menos no nível do Ktorrent. O bittorrent original e seus clones são incrivelmente pouco funcionais, e o azureus é muito pesado.


Acho que é só, se eu lembrar mais posto aqui...
     
« Última modificação: 04 de Fevereiro de 2007, 03:37 por gabriel0085 »

Offline carlosfrancoba

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 410
    • Ver perfil
Re: O mais urgente para o Ubuntu
« Resposta #2 Online: 03 de Fevereiro de 2007, 20:27 »
concordo com tudo que o gabriel disse!

Offline Lucas_Panurge

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 117
  • ^^
    • Ver perfil
    • Gentle Traveller
Re: O mais urgente para o Ubuntu
« Resposta #3 Online: 03 de Fevereiro de 2007, 20:29 »
codecs e uma distro mais leve

pq meu, não venha com essa de que se o cara quiser desempenho, q vá pro slack ou outra distro

o kurumin é mais leve q o ubuntu, mesmo usando o KDE, e é bem mais fácil de usar e tem mais programas que o Ubuntu tem.
gtalk: lucas.pan@gmail.com
icq: lucasspan
GNU/Linux User #440333

Offline gabriel0085

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 577
    • Ver perfil
Re: O mais urgente para o Ubuntu
« Resposta #4 Online: 03 de Fevereiro de 2007, 21:21 »
Eu tinha colocado no post anterior a inclusão de um painel de controle mais organizado, e um metapacote para instalação de codecs, que vinham sendo prometidos....

Mas, felizmente, acabei de ler no tópico sobre o feisty beta daqui do fórum, que ambos já foram implementados já nas primeiras versões beta...\o/....só alegria pros usuários...

Só espero que outras reivindicações urgentes da comunidade sejam postas em prática.... 
« Última modificação: 03 de Fevereiro de 2007, 21:25 por gabriel0085 »

Offline laurusfilius

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 18
    • Ver perfil
Re: O mais urgente para o Ubuntu
« Resposta #5 Online: 03 de Fevereiro de 2007, 22:03 »
Bom, aí vão algumas sujestões (ratificando as anteriores):

-Primordialmente, facilitar a instalação adequada de dois Hardwares essenciais a grande parte dos usuários: as famigeradas placas 3D e modems...

Para instalar modem, então... Meu Deus, é uma tortura. Uso internet a cabo, mas na época do modem... Só eu sei o que eu sofria... E, ao que me conste, o velho processo manual continua. Alguns scripts automatizadores das partes mais chatas poderiam ser criados... Meta-pacotes ou qualquer coisa parecida.

Quanto as placas 3D, bom, é tudo o que já disseram... Editar o xorg.conf na mão, para um usuário final, é quase a morte.

-Facilitar a instalação e reconhecimento de webcams... Algumas parecem simples, mas, a minha, até hoje não funciona. (Claro que isso independe da distribuição, mas facilitar o suporte às já existentes é um bom começo).

-Inserir um eficiente manual no sistema... Pode parecer uma sugestão idiota, mas, convenhamos, que a documentação disponível como padrão é complexa e pouco eficiente. Um sistema de tutoriais, para as principais tarefas do dia, ou até uma integração maior com vídeos on-line, no próprio site do Ubuntu, ensinando a fazer as coisas mais simples e dicas de migração poderiam auxiliar, e muito, aos newbies.

-Utilitários ADSL deveriam ser aprimorados... Talvez, um configurador gui seria uma boa pedida.

-Aprimorar o Gnome para possibilitar a "transparência de janelas", que é um item "eye candy", o qual já critiquei em outro post, mas que asseguro que passa uma sensação de modernidade sem pesar demais nos recursos da máquina. O XFCE, por exemplo, em sua edição 4.4, já trás o recurso de "transparência", sem precisar de Beryl, de Compiz, e, ainda por cima, preserva a estabilidade e a velocidade da máquina.

-Uma boa ferramenta para construção e edição de temas. Muitas vezes, queremos editar alguns atributos de visualização simples, sem precisar de temas prontos.

-Buscar uma maior velocidade de carregamento do OpenOffice.org no Ubuntu. Sei que é uma questão do próprio OpenOffice.org, mas acredito que com alguns ajustes e colaboração entre as duas equipes, seja possível construir uma boa integração entre a suite e o sistema, aumentando a performance, estabilidade e, principalmente, velocidade.

-Player de áudio com catálogo decente como padrão... Para o KDE temos o Amarok (que, me desculpem os Gnome fanatics, mas é o melhor player/catálogo de música existente para Linux, hoje... É o único que busca e cataloga TODAS as minhas músicas, em quaisquer lugares da minha /home que estejam, sem travar e apresentar problemas. Fora os recursos de letras, integração com Ipod, busca no Amazon... Não me venham com Exile ou Quod Libet, os quais já testei, e são instáveis, fracos, não catalogam todas as músicas e não tem a praticidade do Amarok). Quem sabe se aprimorassem o Exile ou o Quod Libet, ou mesmo uma solução Gnome Team para o sistema... Sinto falta disso.

-Player de vídeo decente como padrão... Há várias opções para instalação nos pacotes, mas, a opção padrão, que é testada pelos usuários temerosos no Live CD é um fiasco... Ruim, com poucos recursos, e pouco prático.

Do mesmo modo, a vinda de sites como YouTube e afins é definitiva, e o apelo dos usuários para um editor de vídeo é inexorável... Está na hora do Ubuntu estar preparado para isso e, apresentar, logo de cara, um editor de vídeos de respeito é uma boa forma de impressionar (assim como o exemplo do Amarok, não me venham com o Avidemux, que é péssimo... Serve apenas para manipular alguns atributos dos vídeos, mas não é um bom editor. Testei, outro dia, o Diva, que está em seus primeiros passos, mas que com uma boa ajuda da equipe Ubuntu, e, quem sabe, do Gnome e do Debian, poderia se tornar um potencial gigante da edição... O Gimp um dia já começou assim... :)

-Nautilus com abas... Isso faz falta. Ter que abrir o Nautilus em várias janelas, principalmente para copiar/mover arquivos é um sacrifício. Muitas vezes, a linha de comando mostra-se muito mais eficiente do que o Nautilus... Um gerenciador com abas, que possibilitasse o "drag 'n drop" entre elas, seria excelente...

-Como o painel de controle e o meta-pacote para os codecs já serão implementados, a sugestão é nula. :P

-Incluir o "Desfazer exclusão" da Lixeira... Já foi reivindicação de outros usuários, e, realmente, é algo que  faz falta... Quando a lixeira está lotada, não nos recordamos mais onde cada arquivo estava... E, aí, dificulta a boa organização.

-Melhor suporte à impressoras (principalmente Epson). Os drivers são ineficientes, não incluem opções como "trocar cartucho", "medidor de tinta" ou "limpar cabeças"... Claro que é uma questão de drivers proprietários contra OSS... Mas, vale a tentativa de negociar uma melhor integração... :)

Bom, fico por aqui nas primeiras sugestões... Breve, outras surgirão... :)

Abraços,

Lauro.
« Última modificação: 03 de Fevereiro de 2007, 22:09 por laurusfilius »
_________________________________
Linux - The future is in your hands.

Offline Lucas_Panurge

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 117
  • ^^
    • Ver perfil
    • Gentle Traveller
Re: O mais urgente para o Ubuntu
« Resposta #6 Online: 03 de Fevereiro de 2007, 22:12 »
falando nisso, como eu faço para que minhas sugestões e críticas sejam encaminhadas aos desenvolvedores do ubuntu?
gtalk: lucas.pan@gmail.com
icq: lucasspan
GNU/Linux User #440333

Offline JeffersonX

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 442
  • Linux User: #364092
    • Ver perfil
Re: O mais urgente para o Ubuntu
« Resposta #7 Online: 04 de Fevereiro de 2007, 18:07 »
Concordo com o que o Gabriel aí disse, só a parte de logar que não vejo nada demais e acho até melhor assim, principalmente em residências que mais de uma pessoa usa o micro. É muito melhor assim, mantendo os arquivos e configurações de cada um separado. E também é uma segurança. Evita que chegue qualquer pessoa e mexa no micro.
Linux Professional Institute Certified - Level 1, Novell CLA - Certified Linux Administrator, Microsoft Certified Professional - Windows Server 2003, ITIL Foundation Certified
Meu Blog: http://tibyjeffersonx.blogspot.com

Offline ins3rt c0in

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 698
    • Ver perfil
Re: O mais urgente para o Ubuntu
« Resposta #8 Online: 04 de Fevereiro de 2007, 18:26 »
Com alguns tópicos eu concordo, como um melhor suporte à webcams e configuração de adsl (no caso de conexão pppoe). Mas alguns dos pedidos são constantes e não tem possibilidades técnicas.

A Canonical não desenvolve os aplicativos para incluir na sua distribuição, ela é limitada pelos aplicativos disponibilizados pela comunidade. Ainda dentro disso ela não pode fazer uma seleção aleatória de softwares pela popularidade. O Ubuntu usa softwares correspondentes à um específico gerenciador de janelas, não seria possível a mudança do Totem, por exemplo (que eu gosto bastante), pelo mplayer, porque o mplayer não usa as bibliotecas GTK, assim como outros. Outro fator é o tempo de desenvolvimento e estabilidade do software. Acho que a velocidade de desenvolvimento não conta muito, tem muito soft quase parando vindo com o Ubuntu, infelizmente.

Muitos pedidos, alguns com bons motivos, incluem a substituição do Gaim, Rhythmbox*, Totem... Mas tudo isso esbarra nos motivos anteriores. Fora isso, está tudo disponível no menu Adicionar/Remover que não cria dificuldade nenhuma.

Minha opinião pessoal; distribuições sem padrão de softwares viram frankenstein!

Quanto à configuração do xorg, na minha opinião é um bug do Edgy, no Breezy e no Dapper eu nem sabia o que era xorg. Melhor do que um software de configuração seria que não precisasse de configuração, mas um configurador gráfico seria bem vindo.

A velha questão dos codecs. Codecs são proprietários e exigem licença, quer mais fácil que um meta pacote?

Tempo de execução do open office é complicado, acho que é uma das preocupações do desenvolvimento do Ubuntu.

Quanto ao gnome-art eu acho legal, mas num é uma falta grande, quer mais fácil que arrastar o arquivo pra janela? O que acontece é que normalmente a turma empacota o tema de modo errado.

Esse negócio de reclamarem de permissões e login também é notório. Quando alguém muda do interior pra cidade grande tem que se acostumar com muros altos. Quando a informática se tornou um ambiente perigoso você tem que ter sistemas de segurança. Você prefere permissões ou ter um antivirus, dois anti-spyware e um firewall pra se sentir seguro? Qualquer coisa que você faz na internet precisa de um cadastro, usuário e senha, qual  problema de colocar um usuário e senha nas funcões mais importantes (sudo só precisa de senha)?

* O rhythmbox poderia ser substituído pelo quod libet, claro existem players com mais recursos para gnome mas são muito novos, enquanto não alcançam a estabilidade esperada pela canonical o quod libet é o mais velhinho (não sei o tempo de desenvolvimento do banshee).
« Última modificação: 04 de Fevereiro de 2007, 18:40 por inc3rt c0in »

Offline jomafras

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.009
  • 17.04 Zesty Zapus
    • Ver perfil
Re: O mais urgente para o Ubuntu
« Resposta #9 Online: 04 de Fevereiro de 2007, 19:54 »
Que o Flash funcione no AMD64...
Será que é pedir muito?
O Ubuntu sem dúvida é a melhor Distro.
Pesquise primeiro... só depois abra um tópico.
Canal do YouTube - Blog

Offline leandrovargas

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 250
  • Ubuntu 7.04
    • Ver perfil
Re: O mais urgente para o Ubuntu
« Resposta #10 Online: 04 de Fevereiro de 2007, 21:40 »
Concordo com o SignoreBartolomeo de que ele podia ser mais leve, e pintinho, esse problema do flash é com a Adobe e não com o Ubuntu...Mas eu tambem queria o flash plugin no Amd64 também...

Vlw
SOFTWARE LIVRE, SOCIEDADE LIVRE.

Offline clcampos

  • Administrador
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 10.790
  • .:: User Linux #439596 ::.
    • Ver perfil
Re: O mais urgente para o Ubuntu
« Resposta #11 Online: 04 de Fevereiro de 2007, 23:19 »
Trabalho com muitos usuários finais, e eles tem muito problemas com disquetes. Até sei que disquete esta morrendo, mas infelizmente por aqui ainda é muito usado. Quando usavamos o Conectiva 10 era tranquilo e no ubuntu temos que instalar o submount para tornar a coisa mais transparente para o usuário, mas toda vez que tem uma atualização de kernel tudo tem que ser refeito.

É a grande reclamação que os usuários tem!!!
Cristiano/Timóteo - MG
.: Como Fazer Perguntas de Forma Inteligente :.                
Com dúvida? pesquise!

Offline celsofaf

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 254
  • Ubuntu 12.10
    • Ver perfil
Re: O mais urgente para o Ubuntu
« Resposta #12 Online: 04 de Fevereiro de 2007, 23:49 »
Minha única sugestão é quanto ao Kubuntu: trazer o Firefox instalado e como navegador principal! Parece besta, mas o único navegador que vem instalado no Kubuntu 6.10 é o próprio Konqueror. Tudo bem, ele não faz feio, mas convenhamos que "todo mundo" já está tão familiarizado com o Firefox que...

Ah sim, e isto serve para todos da família Ubuntu. Seria talvez interessante colocar na Área de Trabalho um ícone do tipo "Clique aqui para ajuda" que é, na verdade, um link para a extensa documentação online do Ubuntu voltada para usuários iniciantes.
« Última modificação: 04 de Fevereiro de 2007, 23:51 por celsofaf »
Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Offline morronix

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 14
    • Ver perfil
Re: O mais urgente para o Ubuntu
« Resposta #13 Online: 05 de Fevereiro de 2007, 00:11 »
codecs para assistir videos online(TV uol) e rádio online...pra eu conseguir isso,fiz um malabarismo desgraçado...e codecs jah instalados para todas as principais midias,como mp4...
Lucas Morronix Vicente
Linux user #399114
Ex -  Ubuntu feisty .
Fedora 6
 MINHA ASSINATURA FOI REMOVIDA POR CONTER MENSAGEM RELIGIOSA!!!!

Offline leandrovargas

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 250
  • Ubuntu 7.04
    • Ver perfil
Re: O mais urgente para o Ubuntu
« Resposta #14 Online: 05 de Fevereiro de 2007, 01:31 »
morronix, o problema dos codecs é que muitos deles não são legais em alguns países, e a filosofia do Ubuntu é um sistema só feito de software livre e formatos livres (mp3, por exemplo, não é um formato livre)...Então é impossivel de algum Ubuntu vir com os codecs,  que são de formatos não livres, já instalados..Ecom o vídeo mesma coisa...

Vlw
SOFTWARE LIVRE, SOCIEDADE LIVRE.