Autor Tópico: Ubuntu: o software do ano, segundo os leitores da INFO  (Lida 1685 vezes)

Offline absolut1983

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 72
    • Ver perfil
Ubuntu: o software do ano, segundo os leitores da INFO
« Online: 24 de Novembro de 2006, 20:44 »
   Ao contrário do que muitos pensam, a INFO tem dado mais atenção ao Linux. Seja no plantão, no podcast, nos blogs e mesmo nas páginas da revista, o penguim conquista espaço dia a dia.

   A consagração veio com o prêmio de destaque do ano para o Ubuntu na categoria "Software".

   Parabéns à Canonical e à nossa comunidade, pois estou certo de que sem essa o Ubuntu não teria tanta força no Brasil.

P.S.: O Ubuntu também venceu na categoria "Sistema Operacional de Servidor". Excelente, mas há algo estranho: o terceiro colocado é o Windows Mobile 5.0 (?).
« Última modificação: 24 de Novembro de 2006, 20:55 por absolut1983 »
Acer Aspire 5051 / AMD Turion 64, 14.1", ATI Radeon Xpress 1100, 120GB HDD, 4GB DDR2 / Karmic Koala 64 bits

Offline zohguy

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 89
  • Encontro minha paz na rebeldia.
    • Ver perfil
    • Zohguy_Saiyajin
Re: Ubuntu: o software do ano, segundo os leitores da INFO
« Resposta #1 Online: 24 de Novembro de 2006, 21:16 »
Não podia ser diferente... Ubuntu r0x!
Quanto ao Windows Mobile acho até justificável... Existem os celulares com Windows Mobile, existem os celulares com o sistema operacional da Palm e existem todos os demais celulares com alguma coisa que chamam de sistema operacional mas é completamente alienígena.
Pessoalmente eu acho que o da Palm é bem superior, pois é mais antigo e conta com um número enorme de aplicações gratúitas para serem baixadas e instaladas, sem depender das operadoras. Porém o Windows Mobile está se popularizando mais rápido, por contar com hardware superior e o óbvio lobby gigantesco da MS.
Celular ainda é uma área não tão explorada quanto deveria em termos de computação móvel. Eu me surpreendo como as pessoas realmente gastam dinheiro baixando músicas através das operadoras, ao invés de copiá-las direto do computador. Vejo as pessoas pagando para baixar uma versão mp3 de baixíssima qualidade, de músicas pops... Mas todo o esquema comercial dos celulares foi feito voltado para isso: os aparelhos geralmente são vendidos sem os cabos para conectar com o computador e sem o software. Esse tipo de coisa... Bastante absurda, mas enquanto tiver pato pra entrar nesse esquema, as empresas de celular vão continuar explorando isso.