Autor Tópico: Como criar atalhos para pastas e arquivos no Ubuntu 20.04?  (Lida 3896 vezes)

Offline iTzPastor

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1
    • Ver perfil
Como criar atalhos para pastas e arquivos no Ubuntu 20.04?
« Online: 20 de Junho de 2020, 15:25 »
Olá, sou relativamente novo no Ubuntu e não consegui encontrar uma forma de criar atalhos para arquivos e pastas para minha área de trabalho.
Por exemplo, tenho um arquivo .txt no meu HD externo e para não ser preciso abrir 200 pastas até chegar no arquivo sempre que for abri-lo gostaria de criar um atalho (que ficará na minha área de trabalho) para tal finalidade. Isso é possível?

Offline FaBMak

  • Administrador
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 724
    • Ver perfil
    • fabmak://website
Re:Como criar atalhos para pastas e arquivos no Ubuntu 20.04?
« Resposta #1 Online: 21 de Junho de 2020, 16:02 »
Para criar o atalho, selecione o arquivo/pasta e segure Control + Shift e com o mouse, arraste pra baixo. Vai criar um atalho na pasta atual. Daí vc pode mover pra onde quiser.

Normalmente no Gnome, o Desktop é limpo. Pra ativar as pastas/arquivos vc pode usar a extensão:
https://extensions.gnome.org/extension/2452/desktop-icons/
"Não creias impossível o que apenas improvável parece". (Shakespeare)
fabmak://website | http://twitter.com/fabmak

Offline mrufino

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 7
    • Ver perfil
Re:Como criar atalhos para pastas e arquivos no Ubuntu 20.04?
« Resposta #2 Online: 13 de Abril de 2021, 10:43 »
Jesus Christ!
É patético que o sistema não permita criar atalhos como antes, simplesmente arrastando a pasta para o local desejado com ctrl+shift. Ter que criar primeiramente o atalho na própria pasta e depois duplicar o atalho no lugar de destino é o ó do borogodó. Prá que simplificar se tudo pode ser mais difícil?

Offline CelticWarrior

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 278
    • Ver perfil
    • CHANGAN Auto
Re:Como criar atalhos para pastas e arquivos no Ubuntu 20.04?
« Resposta #3 Online: 13 de Abril de 2021, 11:06 »
Jesus Christ!
É patético que o sistema não permita criar atalhos como antes, simplesmente arrastando a pasta para o local desejado com ctrl+shift. Ter que criar primeiramente o atalho na própria pasta e depois duplicar o atalho no lugar de destino é o ó do borogodó. Prá que simplificar se tudo pode ser mais difícil?

O que é realmente patético é ver como um velho 'hack' no Windows se tornou parte do workflow de tata gente por esse mundo fora.

A possibilidade de criar ficheiros, pastas, atalhos, etc. no ambiente de trabalho e, principalmente o "arrastar e soltar" é uma consequência direta da forma como o Windows geria e gere o ambiente de trabalho no modo gráfico. Não é nem nunca foi parte intencional do design em nenhum SO, nem sequer no MacOS que faz uso intensivo dos recursos gráficos para gerir o próprio sistema.

Que os programadores do Gnome tentem agora evitar essa situação tem a ver com a sua mui própria e mui controversa  filosofia de como é suposto que as coisas funcionem mas também - e a razão fundamental - tem a ver com recentes alterações (melhorias, enfim. modernização) necessárias ao ambiente Gnome e que incluem, entre tantas outras menos visíveis mas muito importantes, a alteração à forma de gestão tradicional (e tremendamente antiquada) efetuada pelo próprio gestor de ficheiros nativo (Nautilus/Files) para um processo próprio. ad hoc.

Usuários devem, portanto, finalmente adotar as boas práticas de uso do SO e seu ambiente gráfico e deixar de colocar tudo e mais alguma coisa no ambiente de trabalho.