Autor Tópico: Netbook assombrado: Inserção "fantasmagórica" do sinal de igual (=)  (Lida 393 vezes)

Offline pcinone

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2
    • Ver perfil
Olá, estou a um bom tempo com um estranho problema. Estou sendo "assombrado" pelo sinal de igual (=), que de repente aparece do nada, dentro de uma janela, em uma sequência sem fim (============), como se alguém estivesse pressionando a tecla de "=". Este sinal também aparece as vezes em campos para preenchimento, tal como a janela de endereços dos navegadores e janelas para inserir termos de busca. Durante o boot do sistema, este sinal também aparece nas telas de inicialização, de forma sequenciada (============).
Quando isso acontece, a janela contendo os sinais ====== fica em primeiro plano, impedindo o acesso a outras janelas.
Para eliminar esses sinais, tenho que clicar continuamente dentro desta janela-fantasma e pressionar continuamente a tecla backspace, até apagar todos os sinais, então clicar fora da janela, só então ela desaparece.
Será que é algum tipo de vírus de Linux? Ou bug no sistema?

Meu netbook é um MOBO WHITE 1050, Intel Atom N270 1.6 GHz, 1536 MB de RAM, Lubuntu 16.04.3 LTS.


Offline agente100gelo

  • Administrador
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 4.310
  • @Ceará
    • Ver perfil
Re:Netbook assombrado: Inserção "fantasmagórica" do sinal de igual (=)
« Resposta #1 Online: 13 de Janeiro de 2018, 11:47 »
Está mais com cara de problema no seu teclado.

As teclas do seu netbook são de fácil remoção? Eu tiraria a tecla "=" pra ver se tem algum problema de encaixe.
Advogado e analista de sistema cearense.
Twitter: @glaydson

Offline pcinone

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2
    • Ver perfil
Re:Netbook assombrado: Inserção "fantasmagórica" do sinal de igual (=)
« Resposta #2 Online: 13 de Janeiro de 2018, 13:52 »
Desmontei o teclado, limpei, removi a tecla de "=", soprei, cutuquei, pus de volta, montei tudo de novo. Mas o problema persiste. Pode ser mesmo algum curto-circuito nesta tecla. Vou ter que aturar esse bug  ::). Valeu