Autor Tópico: Instalando um SSD e transpondo o Ubuntu pro novo drive [Macbook Pro 7,1|16.04]  (Lida 22814 vezes)

Offline druidaobelix

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 5.554
    • Ver perfil
Re:Instalando um SSD e transpondo o Ubuntu pro novo drive [Macbook Pro 7,1|16.04]
« Resposta #15 Online: 20 de Novembro de 2016, 19:21 »
Esse aqui da Seagate também é muito legal, faz uma analogia com o que chamam de "15 squares puzzle" (quebra-cabeças de números) para tentar explicar o conceito, além disso conceitua muito bem e esclarece de uma forma simples a diferença entre a forma de funcionamento de um HDD e um SSD.

Essa é uma informação importante existente no artigo:

"In practice, an SSD’s performance begins to decline after it reaches about 50% full."

(Na prática, o desempenho de um SSD começa a diminuir depois que ele atinge cerca de 50% de sua capacidade total de armazenamento.)

Esse artigo já não é tão enfático quanto a manter apenas os 7% de over-provisioning, da leitura resulta um certo tom de que mais é melhor.


SSD Over-Provisioning And Its Benefits

http://www.seagate.com/br/pt/tech-insights/ssd-over-provisioning-benefits-master-ti/
www.arredondar.org.br
Vencedor Desafio de Impacto Social Google 2016!
Você também pode participar e fazer a diferença.

Offline druidaobelix

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 5.554
    • Ver perfil
Re:Instalando um SSD e transpondo o Ubuntu pro novo drive [Macbook Pro 7,1|16.04]
« Resposta #16 Online: 20 de Novembro de 2016, 19:39 »
Bem, fazendo um resumo sobre o over-provisioning (OP) é muito importante levar em consideração a espécie de uso efetivo dos trabalhos realilzados no computador e consequente utilização concreta do disco. Para a imensa maioria das pessoas deixar com vem de fábrica, apenas com os 7%, parece ser adequado.

Entretanto, se o uso do caso concreto indica uma alta taxa de manipulação de dados no disco, então esse valor pode e deve ser aumentado.

Você disse a um certo ponto que usa para trabalhos gráficos, então, apenas ilustrando a questão, se todo dia se faz a renderização de arquivos de 40GB, que corresponde a 1/5 da capacidade do SSD, parece mesmo melhor aumentar o OP para os 28% mencionados pelos fabricantes, pois muito rapidamente todas as células terão sido ocupadas.

Também de uma forma conservadora, nada impede deixar inicialmente um espaço maior reservado e ao longo do tempo, em razão da utilização real, incorporar ou não aquele espaço de OP deixado inicialmente.

www.arredondar.org.br
Vencedor Desafio de Impacto Social Google 2016!
Você também pode participar e fazer a diferença.

Offline edbucker

  • Revisando a vida constantemente.
  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 67
  • Tente ao contrário pois do passado o que aprendeu?
    • Ver perfil
Re:Instalando um SSD e transpondo o Ubuntu pro novo drive [Macbook Pro 7,1|16.04]
« Resposta #17 Online: 20 de Novembro de 2016, 22:08 »

Tudo indica que sim, que está setado para AHCI, porém não conheço o específico setup desse modelo, então, por via das dúvidas, confirme também olhando diretamente no setup da máquina.


Eu ainda não sei como verificar o setup da minha maquina. Estou pesquisando aqui.

Citar
Vamos conhecer um pouco melhor sua máquina, instale o pacote inxi.

Instalado e funcionando. Eis os resultados:

$ inxi -FxZ
System:    Host: Gaspar Kernel: 4.4.0-47-generic x86_64 (64 bit gcc: 5.4.0)
           Desktop: Unity 7.4.0 (Gtk 3.18.9-1ubuntu3.1)
           Distro: Ubuntu 16.04 xenial
Machine:   System: Apple product: MacBookPro7 1 v: 1.0
           Mobo: Apple model: Mac-F222BEC8
           Bios: Apple v: MBP71.88Z.0039.B0E.1111071400 date: 11/07/11
CPU:       Dual core Intel Core2 Duo P8600 (-MCP-) cache: 3072 KB
           flags: (lm nx sse sse2 sse3 sse4_1 ssse3 vmx) bmips: 9556
           clock speeds: max: 2394 MHz 1: 1862 MHz 2: 798 MHz
Graphics:  Card: NVIDIA MCP89 [GeForce 320M] bus-ID: 04:00.0
           Display Server: X.Org 1.18.4 drivers: nouveau (unloaded: fbdev,vesa)
           Resolution: 1280x800@60.22hz
           GLX Renderer: Gallium 0.4 on NVAF
           GLX Version: 3.0 Mesa 11.2.0 Direct Rendering: Yes
Audio:     Card NVIDIA MCP89 High Definition Audio
           driver: snd_hda_intel bus-ID: 00:08.0
           Sound: Advanced Linux Sound Architecture v: k4.4.0-47-generic
Network:   Card-1: Broadcom BCM4322 802.11a/b/g/n Wireless LAN Controller
           driver: wl bus-ID: 02:00.0
           IF: wlp2s0 state: down mac: f8:1e:df:ec:b2:53
           Card-2: Broadcom NetXtreme BCM5764M Gigabit Ethernet PCIe
           driver: tg3 v: 3.137 bus-ID: 03:00.0
           IF: enp3s0 state: up speed: 1000 Mbps duplex: full
           mac: 58:b0:35:ef:6d:66
Drives:    HDD Total Size: 1000.2GB (5.3% used)
           ID-1: /dev/sda model: SAMSUNG_HN size: 1000.2GB
Partition: ID-1: / size: 909G used: 42G (5%) fs: ext4 dev: /dev/dm-0
           ID-2: /boot size: 473M used: 114M (26%) fs: ext2 dev: /dev/sda2
           ID-3: swap-1 size: 8.32GB used: 0.00GB (0%) fs: swap dev: /dev/dm-1
RAID:      No RAID devices: /proc/mdstat, md_mod kernel module present
Sensors:   System Temperatures: cpu: 71.0C mobo: N/A gpu: 77.0
           Fan Speeds (in rpm): cpu: N/A
Info:      Processes: 230 Uptime: 8:54 Memory: 1796.5/7726.3MB
           Init: systemd runlevel: 5 Gcc sys: 5.4.0
           Client: Shell (bash 4.3.461) inxi: 2.2.35

E o comando
$ sudo lshw -c display
  *-display               
       descrição: VGA compatible controller
       produto: MCP89 [GeForce 320M]
       fabricante: NVIDIA Corporation
       ID físico: 0
       informações do barramento: pci@0000:04:00.0
       versão: a2

Como eu disse, tenho a impressão de que esse tipo de informação era muito maquiado no OS X. Também não sei se quem é consumidor Apple comum se interessa, então não é de se estranhar.
A placa de vídeo tá rodando pelo driver que vem no Ubuntu mesmo. Tentei realizar a instalação do NVIDEA próprio lá na primeira instalação e perdi o display. Nem conseguia abrir o terminal na inicialização pra reverter a treta, daí reinstalei. Portanto, nem vou mexer com isso. Tá funcionando, então tá bom.  ::)

E sim, eu havia dito sobre manter uma parte em branco no SSD baseado num artigo que li falando justamente sobre o Over Provisioning, mas a sua explicação foi muito esclarecedora. Creio que não vou me atrever a mexer em muita coisa e deixar tudo no padrão. Meu SSD provavelmente já é destes que vêm preparados para tal.
Amanhã vou ler os artigos que separou para mim nos teus outros posts. Muito obrigado pelo material.

Citar
Você disse a um certo ponto que usa para trabalhos gráficos, então, apenas ilustrando a questão, se todo dia se faz a renderização de arquivos de 40GB, que corresponde a 1/5 da capacidade do SSD, parece mesmo melhor aumentar o OP para os 28% mencionados pelos fabricantes, pois muito rapidamente todas as células terão sido ocupadas.

Sim, faço algumas coisas do gênero, mas não são frequentes e nem me recordo de ter trabalhado com um arquivo deste tamanho no último ano. Então, acho que estou tranquilo quanto a isso.

Citar
Também de uma forma conservadora, nada impede deixar inicialmente um espaço maior reservado e ao longo do tempo, em razão da utilização real, incorporar ou não aquele espaço de OP deixado inicialmente.

É bem isso que vai acontecer. Um SSD de 240GB pra alojar um sistema que ocupa o quê? Nem um quarto disso, eu acho.

Citar
Um detalhe importante que havia esquecido: ao receber a unidade SSD, **antes** de iniciar seu uso, certifique-se se há alguma atualização de firmware por parte do fabricante.
Bem lembrado. Preciso ver isso mesmo.

No geral, estou bem mais tranquilo com relação a instalação e utilização. Vou fazer mesmo um backup legal dos meus arquivos, anotar as configurações e instalar de novo do zero. Vou ter que me virar com a placa de rede wireless que é o que mais dá trabalho no computador até agora, mas, fora isso, nenhuma dor de cabeça.

Novamente druidaobelix, muito obrigado por toda sua ajuda e seu tempo em me prover tantas informações pra esse projeto. Vou correr atrás disso tudo a partir de amanhã e conforme for progredindo, informo aqui.


Macbook Pro 13" 7,1 2010 [Intel® Core™2 Duo CPU P8600 @ 2.40GHz × 2 | 8 GB Ram DDR 3 SODIMM 1066Mhz | HDD 1TB Samsung SATA 7200 rpm | Gallium 0.4 on NVAF | VRAM 256 MB]
Ubuntu Xenial 16.04 [
kernel 4.4.0-47-generic | 64-bit ]

Offline edbucker

  • Revisando a vida constantemente.
  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 67
  • Tente ao contrário pois do passado o que aprendeu?
    • Ver perfil
Re:Instalando um SSD e transpondo o Ubuntu pro novo drive [Macbook Pro 7,1|16.04]
« Resposta #18 Online: 21 de Novembro de 2016, 15:50 »
Hoje eu descobri uma ferramenta de backup que parece ser muito útil, o Systemback. http://www.diolinux.com.br/2013/06/como-instalar-o-systemback-no-ubuntu.html
Aparentemente, o aplicativo é capaz de realizar o backup do sistema e reinstalá-lo posteriormente em outros discos, ou seja, também serve para transpor o que se tem no meu HDD de 1TB pro SSD novo. Vou ler a documentação dele pra procurar por erros.

druidaobelix, tenho duas coisas pra te perguntar:
A primeira é referente à verificação de AHCI. Lá no meu outro post, trouxe o indicativo de que o modo está ativado em meu HD, através do comando $ lspci, no entanto, você me sugeriu uma dupla confirmação no setup. Acontece que eu não consigo encontrar nada sobre como acessar tal setup em meu computador. Sei que maquinas que rodam com UEFI não têm aquela janela feito o BIOS (no máximo uma simulação, o que não é o caso do Macbook Pro), então não estou procurando por isso. Mas também não consegui entender o que seria o tal "setup". Desculpe a pergunta leiga.

A segunda é sobre o firmware do Solid State Drive. Já sei o modelo de meu, um SDSSDA-240G-G26 e, pelo que eu entendi, existe uma ferramenta feita pela própria marca que realiza essa atualização (conforme pode ser visto nesse artigo: http://www.storagereview.com/how_to_upgrade_sandisk_ssd_firmware), no entanto, a ferramenta roda no Windows e obviamente interage com SSDs instalados. Você sabe como funciona o procedimento no Linux?

Li os artigos que você me passou e já entendo melhor o conceito de OP, além de ter me decidido por manter a sua sugestão e ir no padrão.

Ansioso pra receber o caddy e poder instalar... Mas só após o backup, claro.  ::)
Macbook Pro 13" 7,1 2010 [Intel® Core™2 Duo CPU P8600 @ 2.40GHz × 2 | 8 GB Ram DDR 3 SODIMM 1066Mhz | HDD 1TB Samsung SATA 7200 rpm | Gallium 0.4 on NVAF | VRAM 256 MB]
Ubuntu Xenial 16.04 [
kernel 4.4.0-47-generic | 64-bit ]

Offline druidaobelix

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 5.554
    • Ver perfil
Re:Instalando um SSD e transpondo o Ubuntu pro novo drive [Macbook Pro 7,1|16.04]
« Resposta #19 Online: 22 de Novembro de 2016, 02:57 »
[...] referente à verificação de AHCI. Lá no meu outro post, trouxe o indicativo de que o modo está ativado em meu HD, através do comando $ lspci, no entanto, você me sugeriu uma dupla confirmação no setup. Acontece que eu não consigo encontrar nada sobre como acessar tal setup em meu computador. Sei que maquinas que rodam com UEFI não têm aquela janela feito o BIOS (no máximo uma simulação, o que não é o caso do Macbook Pro), então não estou procurando por isso. Mas também não consegui entender o que seria o tal "setup". Desculpe a pergunta leiga.

O tal "setup" é exatamente a janela do convencional BIOS, que representa o firmware da máquina e é configurável. No tipo UEFI é exatamente a mesma coisa.
Nos computadores PC em geral o acesso se dá acionando a tecla DEL durante o P.O.S.T (=as rotinas iniciais de verificação do hardware), conforme a marca ou modelo o acesso é acionando a tecla F2 ou coisa parecida.

Talvez não haja isso no MacBook, o que é incrível, mas na Apple certamente não existir esse acesso é sim possível.

Voltando objetivamente ao AHCI, traga o resultado desse comando:

Código: [Selecionar]
dmesg | grep -i ahci
www.arredondar.org.br
Vencedor Desafio de Impacto Social Google 2016!
Você também pode participar e fazer a diferença.

Offline druidaobelix

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 5.554
    • Ver perfil
Re:Instalando um SSD e transpondo o Ubuntu pro novo drive [Macbook Pro 7,1|16.04]
« Resposta #20 Online: 22 de Novembro de 2016, 03:10 »
Li os artigos que você me passou e já entendo melhor o conceito de OP, além de ter me decidido por manter a sua sugestão e ir no padrão.

Voltando à questão do OP e sendo conservador, ao receber o SSD faria inicialmente o particionamento de apenas 200GB, deixando o final do disco sem particionar.

Nada impede que posteriormente, chegando-se a uma conclusão diversa, se venha a aumentar o tamanho usado no disco, então de forma conservadora inicial faria dessa forma, dos 240GB deixe os 40GB no final do disco sem particionar, ao menos por enquanto.

Ainda é necessário estudar melhor para essa específica marca SanDisk a questão do uso do hdparm (o que ainda não tive tempo).

Ainda não cheguei a uma conclusão se é realmente a mesma coisa apenas deixar uma área final sem particionar ou fazer isso de forma ativa usando o hdparm, como sugere aquele artigo da própria SanDisk.

Preciso reler melhor o artigo, o que fiz muito rapidamente, mas faltou tempo.


www.arredondar.org.br
Vencedor Desafio de Impacto Social Google 2016!
Você também pode participar e fazer a diferença.

Offline druidaobelix

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 5.554
    • Ver perfil
Re:Instalando um SSD e transpondo o Ubuntu pro novo drive [Macbook Pro 7,1|16.04]
« Resposta #21 Online: 22 de Novembro de 2016, 03:34 »
A segunda é sobre o firmware do Solid State Drive. Já sei o modelo de meu, um SDSSDA-240G-G26 e, pelo que eu entendi, existe uma ferramenta feita pela própria marca que realiza essa atualização (conforme pode ser visto nesse artigo: http://www.storagereview.com/how_to_upgrade_sandisk_ssd_firmware), no entanto, a ferramenta roda no Windows e obviamente interage com SSDs instalados. Você sabe como funciona o procedimento no Linux?

Quanto à questão do SSD Toolkit para atualização do firmware, note que a forma adotada, segundo o link, é através de um USB bootável (bootable USB flash drive), ou seja, uma imagem gravada no pendrive (por analogia, da mesma forma como se faz um live-iso para o Linux).

O programa não é para Windows porque isso encerraria um paradoxo para quem só tem um único disco, que é o que ele diz no artigo que você referencia. Se tenho o Windows instalado e vou fazer uma atualização do firmware que destrói o conteúdo, iria destruir também o Windows instalado, daí o paradoxo, então a forma adotada é vir "por fora" de qualquer sistema operacional através de um pendrive bootável.

O link do artigo está quebrado, dando erro, e por consequêcia não deu ainda para achar o software propriamente dito toolkit), talvez ele seja um iso, se for então a partir de um Linux instalado fica fácil.

Note que esse website que você indicou é bom, porém para qualquer coisa relacionada ao firmware é essencial usar diretamente as instruções do próprio fabricante, website do fabricante, até porque o artigo do site é de 2013 e não sei se isso está ainda valendo para o SanDisk atual, questão de ver.

Mas amanhã estudamos em maiores detalhes isso.

www.arredondar.org.br
Vencedor Desafio de Impacto Social Google 2016!
Você também pode participar e fazer a diferença.

Offline edbucker

  • Revisando a vida constantemente.
  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 67
  • Tente ao contrário pois do passado o que aprendeu?
    • Ver perfil
Re:Instalando um SSD e transpondo o Ubuntu pro novo drive [Macbook Pro 7,1|16.04]
« Resposta #22 Online: 22 de Novembro de 2016, 03:54 »
Quanta coisa. Preciso ler isso tudo, mas só amanhã.

Agora estou aqui sofrendo com minhas redes. Estava tentando ajeitar o wl e quase que danei tudo.
Enfim, deu tempo de fazer isso.


Citar
Voltando objetivamente ao AHCI, traga o resultado desse comando:

Código: [Selecionar]

dmesg | grep -i ahci

$ dmesg | grep -i ahci
[    0.000000] ACPI: SSDT 0x00000000BF957000 00023A (v01 APPLE  SataAhci 00001000 INTL 20061109)
[    2.530960] ahci 0000:00:0a.0: version 3.0
[    2.531337] ahci 0000:00:0a.0: AHCI 0001.0300 32 slots 2 ports 3 Gbps 0x3 impl SATA mode
[    2.531341] ahci 0000:00:0a.0: flags: 64bit ncq sntf pm led pio slum part apst
[    2.537092] scsi host0: ahci
[    2.542271] scsi host2: ahci


Creio que não tenha mesmo um menu setup na Apple, mas isso parece confirmar o modo AHCI.

Amanhã eu prometo que volto com novidades nos outros assuntos.
 Talvez precise formatar a maquina e, se for o caso, aproveito pra zerar o LVM.

Novamente, obrigado pela sua atenção. Preciso melhorar a minha e entender melhor os artigos que você me trouxe.

Boa noite, meu caro. Até amanhã
Macbook Pro 13" 7,1 2010 [Intel® Core™2 Duo CPU P8600 @ 2.40GHz × 2 | 8 GB Ram DDR 3 SODIMM 1066Mhz | HDD 1TB Samsung SATA 7200 rpm | Gallium 0.4 on NVAF | VRAM 256 MB]
Ubuntu Xenial 16.04 [
kernel 4.4.0-47-generic | 64-bit ]

Offline druidaobelix

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 5.554
    • Ver perfil
Re:Instalando um SSD e transpondo o Ubuntu pro novo drive [Macbook Pro 7,1|16.04]
« Resposta #23 Online: 22 de Novembro de 2016, 04:00 »
Diretamente no site do fabricante já está dizendo que o software é para Windows.

Agora não dá pra ler extensivamente como deve ser feito, deixe marcar o site aqui para não ter que procurar outra vez.

SanDisk SSD Dashboard Support Information

http://kb.sandisk.com/app/answers/detail/a_id/15108/

www.arredondar.org.br
Vencedor Desafio de Impacto Social Google 2016!
Você também pode participar e fazer a diferença.

Offline edbucker

  • Revisando a vida constantemente.
  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 67
  • Tente ao contrário pois do passado o que aprendeu?
    • Ver perfil
Re:Instalando um SSD e transpondo o Ubuntu pro novo drive [Macbook Pro 7,1|16.04]
« Resposta #24 Online: 22 de Novembro de 2016, 20:48 »
Diretamente no site do fabricante já está dizendo que o software é para Windows.

Agora não dá pra ler extensivamente como deve ser feito, deixe marcar o site aqui para não ter que procurar outra vez.

SanDisk SSD Dashboard Support Information

http://kb.sandisk.com/app/answers/detail/a_id/15108/



Eu tenho a impressão de que já li esse link e foi por causa dele que eu me confundi antes, achando que o Tool funcionava no Windows. Bom, eu até tenho uma maquina com W10, mas não vejo como instalar o SSD nela pra atualizar o firmware. Impraticável.

Caro druidaobelix, peço desculpas, mas hoje não tive tempo de ler os materiais que me disponibilizou. Precisei formatar minha maquina e reconfigurar a coisa toda. Problema na placa de rede sem fio, que agora nem funciona mais.

A boa notícia é que eu consegui reinstalar o sistema sem o LVM, conforme havia dito ontem.
Vou resolver umas coisas aqui e logo mais retorno pro computador pra ler os materiais.

Um abraço
Macbook Pro 13" 7,1 2010 [Intel® Core™2 Duo CPU P8600 @ 2.40GHz × 2 | 8 GB Ram DDR 3 SODIMM 1066Mhz | HDD 1TB Samsung SATA 7200 rpm | Gallium 0.4 on NVAF | VRAM 256 MB]
Ubuntu Xenial 16.04 [
kernel 4.4.0-47-generic | 64-bit ]

Offline druidaobelix

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 5.554
    • Ver perfil
Re:Instalando um SSD e transpondo o Ubuntu pro novo drive [Macbook Pro 7,1|16.04]
« Resposta #25 Online: 23 de Novembro de 2016, 04:16 »
Citar
Bom, eu até tenho uma maquina com W10 [...]


Então ficou fácil, pois instala o executável (.exe) nessa máquina Windows e a partir dela gera um pendrive ou cdrom bootável, depois é só iniciar por ele.

Na máquina Windows faz o download do instalador e instala o software (que nessa máquina obviamente não irá identificar nada, só servirá para gerar o pendrive/cdrom bootável):

SanDisk SS Dashboard Installer

http://downloads.sandisk.com/Dashboard/SanDiskSSDDashboardSetup.exe


Depois para criar o pendrive/cdrom bootável veja:

SanDisk SSD Dashboard User Manual

http://downloads.sandisk.com/downloads/um/ssddashboard-um-en.pdf

Na página 15:
Create Bootable USB drive

ou adiante na página 17:
Create Bootable CD/DVD

Leva jeito que seria possível fazer também usando apenas o Wine ou uma VM (máquina virtual), mas aí só testando mesmo para ver se de fato dá certo.
« Última modificação: 23 de Novembro de 2016, 14:23 por druidaobelix »
www.arredondar.org.br
Vencedor Desafio de Impacto Social Google 2016!
Você também pode participar e fazer a diferença.

Offline edbucker

  • Revisando a vida constantemente.
  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 67
  • Tente ao contrário pois do passado o que aprendeu?
    • Ver perfil
Re:Instalando um SSD e transpondo o Ubuntu pro novo drive [Macbook Pro 7,1|16.04]
« Resposta #26 Online: 23 de Novembro de 2016, 15:54 »
Citar
Bom, eu até tenho uma maquina com W10 [...]


Então ficou fácil, pois instala o executável (.exe) nessa máquina Windows e a partir dela gera um pendrive ou cdrom bootável, depois é só iniciar por ele.

Na máquina Windows faz o download do instalador e instala o software (que nessa máquina obviamente não irá identificar nada, só servirá para gerar o pendrive/cdrom bootável):

SanDisk SS Dashboard Installer

http://downloads.sandisk.com/Dashboard/SanDiskSSDDashboardSetup.exe


Depois para criar o pendrive/cdrom bootável veja:

SanDisk SSD Dashboard User Manual

http://downloads.sandisk.com/downloads/um/ssddashboard-um-en.pdf

Na página 15:
Create Bootable USB drive

ou adiante na página 17:
Create Bootable CD/DVD

Leva jeito que seria possível fazer também usando apenas o Wine ou uma VM (máquina virtual), mas aí só testando mesmo para ver se de fato dá certo.

Poxa vida, eu tinha entendido errado!  :-[ Sim, fica bem mais fácil mesmo. Nunca consegui usar o Wine direito.  :P

Vou baixar assim que chegar em casa. Obrigado, druidaobelix!
Macbook Pro 13" 7,1 2010 [Intel® Core™2 Duo CPU P8600 @ 2.40GHz × 2 | 8 GB Ram DDR 3 SODIMM 1066Mhz | HDD 1TB Samsung SATA 7200 rpm | Gallium 0.4 on NVAF | VRAM 256 MB]
Ubuntu Xenial 16.04 [
kernel 4.4.0-47-generic | 64-bit ]

Offline edbucker

  • Revisando a vida constantemente.
  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 67
  • Tente ao contrário pois do passado o que aprendeu?
    • Ver perfil
Re:Instalando um SSD e transpondo o Ubuntu pro novo drive [Macbook Pro 7,1|16.04]
« Resposta #27 Online: 24 de Novembro de 2016, 16:09 »
Boas novas: chegou o caddy pra instalar o SSD!

Finalmente, depois de uma certa ansiedade, o negócio foi entregue em minha residência. Estou empolgado.

Tomei a manhã de hoje inteira lendo os artigos dispostos pelo druidaobelix e já tenho mais ou menos certo o procedimento a ser tomado, dividindo-o em duas partes.

A parte física, que é inteiramente comigo. Abrir o Macbook Pro, remover os cabos e a bateria, que provavelmente obstrui a remoção do Superdrive CD/DVD, e instalar o caddy com o SSD montado e ligado nele. É um procedimento até simples que eu já vi sendo feito na minha frente por outros colegas na agência em que eu trabalhava.
Preciso averiguar a necessidade de upgrade no firmware do SSD, que, conforme a sugestão do druidaobelix, deve ser feito ANTES da instalação do sistema. Já estou com o SanDisk SSD Dashboard instalado em minha maquina com o Windows e vou ver como criar o USB bootável que vai realizar o procedimento, mas também tenho que ver se o firmware que já vem no SSD não é o mais atual. Outra coisa, devido a necessidade de se realizar o upgrade antes da instalação do sistema, penso em proceder da seguinte forma:
Instalar o SSD no caddy em meu Macbook e ligar o computador. Ver se o sistema o reconhece e/ou me joga pro Ubuntu direto. Em todo caso, é apenas um teste de que tudo correu bem. Então realizo o boot pelo USB e *cruzo os dedos* pra que o EFI não complique nada, o USB seja lido e que, se preciso, o firmware seja atualizado. Daí sim, religo a maquina, faço novamente o teste de sistema pra ver se o SSD está reconhecível e só aí parto pro Live USB do Ubuntu e instalo o sistema no SSD.

Agora, a parte "virtual", que é onde eu mais precisava de ajuda, surpreendentemente me parece mais clara do que nunca.
Depois de uma longa conversa com o druidaobelix, resolvi acatar a sugestão final de deixar 40Gb no final do SSD sem particionar, pra que assim, no futuro, haja a possibilidade de se expandir o que está particionado no caso de decidir por não "aumentar" o Over Provisioning. Certo, quanto à isso, também fiz os testes indicados por ele pra ter certeza de que meu HDD de 1TB já instalado está em modo AHCI. $ dmesg | grep -i ahci foi o último comando sobre o assunto.
Enfim, o particionamento não vai sair muito do comum, já que não pretendo alterar a tabela de fato. Apenas irei remover o Swap se este for sugerido pro SSD, caso não seja, vou deixar como está e apenas reservar aqueles 40Gb não particionados.
Ainda sobre o swap, vou fazer como ficou descrito neste tópico: uma partição de 8Gb reservada, mas fora do fstab. Neste assunto, vou precisar de ajuda. Consigo desativar a partição do fstab pelo Gparted mesmo ou preciso editar o arquivo?

Uma única dúvida que me resta sobre essa parte é se na prática seria mais sensato formatar o HDD de 1TB primeiro, evitando assim conflitos no GRUB depois que instalar o sistema no SSD, ou se posso deixar pra fazer isso depois pelo Gparted.
Lembrando que já tenho dois backups diferentes do meu atual sistema: um pelo Aptik, com configurações, pacotes e outros detalhes, e outro pelo Simple Backup, cuja a intenção é mesmo salvar os arquivos que tenho em meu /home.
Mais cedo comentei sobre o Systemback, mas confesso que não fui muito com a cara do aplicativo. Nada intuitivo e travando muito.

Bom, esse é o plano A. Na falta de um B, vou esperar pra fazer tudo isso amanhã. Até porquê, hoje é aniversário meu com minha mulher e não dá pra ficar colado no computador enquanto ela espera o dia ir se esvair.  :)

No mais, retorno amanhã, ou de madrugada  ::), pra contar novidades.
Macbook Pro 13" 7,1 2010 [Intel® Core™2 Duo CPU P8600 @ 2.40GHz × 2 | 8 GB Ram DDR 3 SODIMM 1066Mhz | HDD 1TB Samsung SATA 7200 rpm | Gallium 0.4 on NVAF | VRAM 256 MB]
Ubuntu Xenial 16.04 [
kernel 4.4.0-47-generic | 64-bit ]

Offline edbucker

  • Revisando a vida constantemente.
  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 67
  • Tente ao contrário pois do passado o que aprendeu?
    • Ver perfil
Re:Instalando um SSD e transpondo o Ubuntu pro novo drive [Macbook Pro 7,1|16.04]
« Resposta #28 Online: 24 de Novembro de 2016, 16:23 »
Voltei antes mesmo do que pensava.  :o

Com o SanDisk SSD Dashboard aberto no Win 10 aqui. Não tenho a opção de criar o USB de atualização porque o computador não reconheceu nenhum SSD. Ao que parece, essa é só uma alternativa à atualização direto no programa.  :-\
Também não encontro mais o SSD Toolkit pra baixar. Acho que foi substituído por esse.

Miou o firmware upgrade.
Macbook Pro 13" 7,1 2010 [Intel® Core™2 Duo CPU P8600 @ 2.40GHz × 2 | 8 GB Ram DDR 3 SODIMM 1066Mhz | HDD 1TB Samsung SATA 7200 rpm | Gallium 0.4 on NVAF | VRAM 256 MB]
Ubuntu Xenial 16.04 [
kernel 4.4.0-47-generic | 64-bit ]

Offline druidaobelix

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 5.554
    • Ver perfil
Re:Instalando um SSD e transpondo o Ubuntu pro novo drive [Macbook Pro 7,1|16.04]
« Resposta #29 Online: 24 de Novembro de 2016, 16:30 »
Citar
Ainda sobre o swap, vou fazer como ficou descrito neste tópico: uma partição de 8Gb reservada, mas fora do fstab. Neste assunto, vou precisar de ajuda. Consigo desativar a partição do fstab pelo Gparted mesmo ou preciso editar o arquivo?

Crie a partição swap (se é que já não existe) no hd comum (1TB), ou também tanto faz, se já não existir lá, pode fazer isso depois, não muda nada.

O que interessa é **não** ter partição swap no SSD.

Se já existir uma partição swap no segundo disco (hd comum) e você fizer a instalação do sistema no SSD com esse segundo disco também plugado, o que irá acontecer é que o sistema irá reconhecer a existência de uma partição swap e irá acrescentar uma linha no /etc/fstab, mais ou menos dessa forma (só um exemplo, dados de sdb e uuid obviamente serão diferentes):

# swap was on /dev/sdb3 during installation
UUID=2884786d-4740-4e2c-b0e1-96d2d8644001 none            swap    sw              0       0

Então, se for esse o caso, depois de tudo instalado e funcionando você simplesmente vai lá no fstab e coloca um # (tralha) no início da linha e isso inutiliza que ela seja executada durante a inicialização.

sudo gedit /etc/fstab

#UUID=2884786d-4740-4e2c-b0e1-96d2d8644001 none            swap    sw              0       0

Se ainda não existir partição swap no disco comum, então essa linha sequer existirá no fstab (e querendo, depois pode ser tranquilamente criado)

Se fizer a instalação com o disco comum desplugado, idem.

Se existir e fizer com o disco comum plugado, deixe correr normalmente, depois de tudo instalado apenas inutilize como dito acima.

Toca em frente que depois acertamos os detalhes.
« Última modificação: 24 de Novembro de 2016, 16:32 por druidaobelix »
www.arredondar.org.br
Vencedor Desafio de Impacto Social Google 2016!
Você também pode participar e fazer a diferença.