Autor Tópico: No linux, se quiser usar distritos diferentes tem que reaprender?  (Lida 4171 vezes)

Offline kifirefox

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 3
    • Ver perfil
1 parece que se tratando de linux, existem vários distritos, ou seja. você pode aprender a mexer com ubuntu, mas não sabe mexer no open suse.
isso pode acabar dificultando as coisas?

 

2 se já é difícil aprender a usar o ubuntu, então para que querer usar o slackware, que é considerado um dos linux mais difícil de mexer.

 

3 alguém já sentiu muita diferente entre um distrito e o outro? em aprender?

4 tem tendência de aprender a usar só um distrito? pois distritos diferentes podem ser muito diferentes de mexer, aprender, ver, etc?

 

5 se usa uma variação de um distrito, se consegue usar todas as variações do ubuntu, por ser tudo filho do mesmo pai? por ser tudo variação do mesmo distrito?


 

6 por que pessoas só usam um distrito em especial? tem gente que usa o ubuntu, e outros o mint. e parecem que eles se odeiam. tem até comunidade separada, forum de mint e forum de ubuntu. sendo que ambos foram baseados no debian.


7 tem gente que só sabe mexer no ubuntu e outras só no mint?

 

8 distribuições universais para se mexer. tem versões que pode ser modificadas e o visual diferente. mas os programas são os mesmos e por isso fica fácil de se mexer em praticamente qualquer linux?
pelo menos para um usuário medio ou avançado?

Offline Renan Rischiotto

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.888
    • Ver perfil
Re:No linux, se quiser usar distritos diferentes tem que reaprender?
« Resposta #1 Online: 05 de Abril de 2016, 05:05 »
- As distros são diferentes, se forem do mesmo "pai" são semelhantes. Mas se não, são mais diferentes, mas nada absurdo, muda só algumas coisas, isso pro usuário comum.

- O Ubuntu não é difícil de aprender, claro, na minha opinião. Pois quem têm tempo pode pesquisar na internet sobre como o sistema funciona. Linux é melhor pra quem gosta de comandos, de aprender sobre um S.O; pois para usar Linux você obrigatoriamente vai precisar do terminal para algo eventualmente.

Quanto aos vários fórums eu também acho estranho, porque todo mundo que usa Linux tem aquela simpatia radiante, mas fica cada um no seu fórum e não falam de outra distro (já aconteceu comigo, pedi ajuda aqui no fórum quando eu estava usando Debian, e meu tópico foi movido pra quarentena). Fazer o quê né...
« Última modificação: 05 de Abril de 2016, 05:07 por Tonka »

Offline nomade

  • Equipe Ubuntu
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 1.171
  • O negócio não tem alma
    • Ver perfil
Re:No linux, se quiser usar distritos diferentes tem que reaprender?
« Resposta #2 Online: 05 de Abril de 2016, 07:54 »
kifirefox, não são distritos, são distros mesmo. É uma abreviação de distribuition, ou distribuição e não distrito, ok?

Abraço
Rodando Ubuntu Studio 20.10 KDE com: AMD Ryzen 5 2600 3.4GHz/ Gigabyte A320M-S2H/ 8GB 2400MHz DDR4/ Radeon R7 260X 2GB GDDR5

Offline kifirefox

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 3
    • Ver perfil
Re:No linux, se quiser usar distritos diferentes tem que reaprender?
« Resposta #3 Online: 05 de Abril de 2016, 08:53 »
...


- As distros são diferentes, se forem do mesmo "pai" são semelhantes. Mas se não, são mais diferentes, mas nada absurdo, muda só algumas coisas, isso pro usuário comum.

do mesmo pai são mais semelhantes,
mas distritos de pais diferentes são mais diferentes na configuração e visual da interface



- O Ubuntu não é difícil de aprender, claro, na minha opinião. Pois quem têm tempo pode pesquisar na internet sobre como o sistema funciona. Linux é melhor pra quem gosta de comandos, de aprender sobre um S.O; pois para usar Linux você obrigatoriamente vai precisar do terminal para algo eventualmente.


não é tão facil, e distritos diferentes podem ser diferentes e tem que aprender sobre cada distrito.
então usar só um?

Quanto aos vários fórums eu também acho estranho, porque todo mundo que usa Linux tem aquela simpatia radiante, mas fica cada um no seu fórum e não falam de outra distro (já aconteceu comigo, pedi ajuda aqui no fórum quando eu estava usando Debian, e meu tópico foi movido pra quarentena). Fazer o quê né...

pessoal de um distrito não gosta do outro distrito. não entendo sobre isso, penso que linux é tudo igual. pelo menos para quem é usuario vê linux como tudo igual

no geral alguem me responda as minhas perguntas inicias, e não só de comentários.


kifirefox, não são distritos, são distros mesmo. É uma abreviação de distribuition, ou distribuição e não distrito, ok?

Abraço

valeu a correção, é distribuições de Linux. mas respondam a minha pergunta inicial com detalhes e comentarios sobre a versão que foi facil de aprender. ou versões baseadas na mesma distribuição que foi facil.

Offline ozin

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 57
    • Ver perfil
Re:No linux, se quiser usar distritos diferentes tem que reaprender?
« Resposta #4 Online: 05 de Abril de 2016, 10:48 »
Olá kifirefox, vou tentar responder suas perguntas, apesar de ser com uma visão de usuário também, mas pelo tempo de linux, acredito que posso te ajudar... vamos lá!

1 parece que se tratando de linux, existem várias distros, ou seja. você pode aprender a mexer com ubuntu, mas não sabe mexer no open suse. isso pode acabar dificultando as coisas?
Depende, todos eles tem o mesmo kernel do linux (não a mesma versão) e por isso levam o nome de Linux. Cada distro é desenvolvida para uma finalidade específica. O ubuntu por exemplo, é desenvolvido para usuários finais, então não necessita instalar vários drivers e tudo o mais manualmente na hora de instalação. O que não quer dizer que por causa disso ele seja pior ou melhor que uma distro mais difícil.
 

2 se já é difícil aprender a usar o ubuntu, então para que querer usar o slackware, que é considerado um dos linux mais difícil de mexer.
Na verdade, utilizar o linux não é difícil, ele é só diferente (Se você lembrar no começo do aprendizado de windows, também não foi fácil). Vejo que a maior dificuldade dos usuários é entender a árvore de diretórios do linux, que é diferente da do windows, por exemplo. No windows temos o C: e tudo fica dentro dele, com acesso a todos os arquivos e diretórios (inclusive do sistema). Já no Linux, temos o /, e tudo fica dentro dele. Porém ao contrário do windows, algumas pastas e arquivos só são permitidos acessar ou até mesmo ler, se você for usuário root (super usuário) ou seja, sem a senha do administrador, você nada faz. Sem contar que alguns arquivos você deve ir ao terminal e editar o arquivos "na unha", isso diminui a probabilidade de um usuário leigo fazer cagada e estragar o sistema.
E sobre usar o Slack ou outra distribuição mais difícil... É como falei anteriormente, o slack tem um foco diferente do ubuntu ou de outras distros. Utilizar o Slack pode ser bom se você quer aprender mais a fundo sobre o linux. Geralmente desenvolvedores ou que faz faculdade de TI tem mais interesse em linux mais "difíceis" pois eles precisam aprender na prática como funciona as "entranhas" do sistema operacional e o que é necessário para modificá-lo para fazer seu software funcionar.


3 alguém já sentiu muita diferente entre um distrito e o outro? em aprender?
Olha, quando eu era mais novo eu mexia e testava várias distros. Eu tinha tempo e paciência para aprender e mexer e te falo, depois que tu consegue compreender o sistema, o que muda são poucas coisas. Alguns comandos que são diferentes e alguns arquivos que estão em outras pastas, mas a lógica de utilização do sistema é a mesma. Claro que existem distros que não vem nada configurado, tu vai ter que configurar tudo o que você tem no seu computador, manualmente, porém os fóruns estão aí pra isso! ;)


4 tem tendência de aprender a usar só uma distrito? pois distros diferentes podem ser muito diferentes de mexer, aprender, ver, etc?
Acredito que já respondi essa em outras perguntas, mas a tendência de mexer em distros diferentes vai do teu interesse em conhecer mais sobre linux ou não... Simples assim.
Nenhuma distro é "muito" diferente, cada uma tem suas particularidades. Outra coisa interessante é que o MacOS é parecido com linux também (ao menos eu achei) na árvore de arquivos.
 

5 se usa uma variação de uma distro, se consegue usar todas as variações do ubuntu, por ser tudo filho do mesmo pai? por ser tudo variação da mesma distro?
Pode se dizer que sim, pois os sistemas derivados de uma distro, tendem a ser bem parecidos. Ao menos os comandos são os mesmos, o que facilita um monte.


6 por que pessoas só usam um distrito em especial? tem gente que usa o ubuntu, e outros o mint. e parecem que eles se odeiam. tem até comunidade separada, forum de mint e forum de ubuntu. sendo que ambos foram baseados no debian.
Isso é algo que realmente nunca entendi, mas na minha simples opinião, é mais briga de egos do que qualquer outra coisa. (E diga-se de passagem é a coisa mais imbecil do mundo)
Na verdade a criação de uma variação de distro se dá quando alguém tem a ideia de fazer algo diferente que o desenvolvedor oficial da distro . Então cria-se um fork dessa distro (variação de um projeto) e coloca outro nome e assim ele segue um caminho muito próximo do sistema "pai", porém com algumas particularidades. É o caso do Mint e do Ubuntu, tu consegue tranquilamente utilizar os 2, sem maiores problemas, apesar de ter algumas coisas diferentes entre eles.
A parte dos usuários de distros se odiarem acredito que é quase como "time de futebol", um sempre tem o melhor time que o outro e querem impor seu ponto de vista.. É bem babaca isso pois quem  sai perdendo é a própria comunidade linux.
Porém eu vejo sim a necessidade de ter fóruns diferentes entre as distros, pois aí quando eu preciso de uma informação sobre o ubuntu e alguém do redhat responde, pode ser que não dê muito certo devido a diferença entre as distros. Tendo fóruns separados a informação se organiza melhor (eu vejo assim).

7 tem gente que só sabe mexer no ubuntu e outras só no mint?
Não sei, mas acredito que não, pois como as distros são bem parecidas, quem mexe em uma consegue mexer em outra.


8 distribuições universais para se mexer. tem versões que pode ser modificadas e o visual diferente. mas os programas são os mesmos e por isso fica fácil de se mexer em praticamente qualquer linux?
pelo menos para um usuário medio ou avançado?

Sim, como falei anteriormente, as distribuições linux se diferem em algumas coisas, porém a lógica do sistema é a mesma, para um usuário intermediário e avançado, o visual e as formas como são feitas pelos sistemas pouco importam, pois se você não gosta de um visual, você desinstala ele e instala o da sua preferência. É essa a liberdade que o linux proporciona. Liberdade de escolher o que você quer e como você quer e modificar o linux do seu jeito, redistribuir o que você fez sem ser considerado "pirata". Claro que para isso você deve ter um conhecimento maior do que usuário básico, mas se alguém se interessar, com estudo e persistência, conseguirá modificar e até mesmo criar uma distro com as características que ele quer.
Espero que possa ter ajudado!
Abraços 

Offline garfo

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.024
  • Keep easy and simple.
    • Ver perfil
    • linux
Re:No linux, se quiser usar distritos diferentes tem que reaprender?
« Resposta #5 Online: 05 de Abril de 2016, 10:51 »
Citar
1 parece que se tratando de linux, existem vários distritos, ou seja. você pode aprender a mexer com ubuntu, mas não sabe mexer no open suse.
isso pode acabar dificultando as coisas?

Sim. Principalmente se o usuário for novo. Por isso sou totalmente a favor da padronização.

 
Citar
2 se já é difícil aprender a usar o ubuntu, então para que querer usar o slackware, que é considerado um dos linux mais difícil de mexer.

Masoquismo, ou seja, amor por dificultar as coisas e sofrer com o terminal.

 
Citar
3 alguém já sentiu muita diferente entre um distrito e o outro? em aprender?

Sim, várias vezes. Usar distros que usam pacotes rpm e depois usar uma que usa deb. Usar unity e depois usar Kde, usar gnome e depois usar cinnamon... São coisas complicadas de se acostumar.

Citar
4 tem tendência de aprender a usar só um distrito? pois distritos diferentes podem ser muito diferentes de mexer, aprender, ver, etc?

Sim, só uso distros baseadas no debian.

 
Citar
5 se usa uma variação de um distrito, se consegue usar todas as variações do ubuntu, por ser tudo filho do mesmo pai? por ser tudo variação do mesmo distrito?

Isso. O debian é um exemplo disso, pai de muitas distros.

 
Citar
6 por que pessoas só usam um distrito em especial? tem gente que usa o ubuntu, e outros o mint. e parecem que eles se odeiam. tem até comunidade separada, forum de mint e forum de ubuntu. sendo que ambos foram baseados no debian.

É igual time de futebol. Você não quer que um usuário de uma distro X denigra a imagem da distro que você usa. É um jogo de egos pra falar a verdade, se o cara não usa a sua distro favorita ele é ignorante, burro e chato.

Citar
7 tem gente que só sabe mexer no ubuntu e outras só no mint?

Sim, claro.

Citar
8 distribuições universais para se mexer. tem versões que pode ser modificadas e o visual diferente. mas os programas são os mesmos e por isso fica fácil de se mexer em praticamente qualquer linux?
pelo menos para um usuário medio ou avançado?

Sim, tem. O archlinux é assim, tu modifica o que quiser na hora da instalação. Essa distro vem "seca" pra você ir montando-a do jeito que quiser. Deve ter outras também, geralmente esse tipo de distro que dá liberdade para o usuário modificar quase tudo vêm em modo texto.
Garfo -  linux
"Pra quê complicar? Facilidade e simplicidade é tudo!"

paulobenedito

  • Visitante
Re:No linux, se quiser usar distritos diferentes tem que reaprender?
« Resposta #6 Online: 05 de Abril de 2016, 13:27 »
Bem, vou resumir o que li e acho para mim do GNU/Linux e uma distro (distribuição):

- Não sofro com o terminal desde que comecei
- Pelo citado acima, é gratificante ter uma curva de aprendizado onde me dê um mínimo controle ao sistema e ter a documentação toda a mão para que eu possa me aventurar nesse aprendizado.
- No começo é difícil, sim um pouco até que a gente lê, lê mais um pouco e continua a leitura ;)

(Já usei do Slackware ao Gentoo, que esta última não entendo o porque fora a curva de aprendizado se usa kkkkk)

T+

Offline nomade

  • Equipe Ubuntu
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 1.171
  • O negócio não tem alma
    • Ver perfil
Re:No linux, se quiser usar distritos diferentes tem que reaprender?
« Resposta #7 Online: 17 de Abril de 2016, 10:19 »
Citar
1 parece que se tratando de linux, existem vários distritos, ou seja. você pode aprender a mexer com ubuntu, mas não sabe mexer no open suse.
isso pode acabar dificultando as coisas?

Sim. Principalmente se o usuário for novo. Por isso sou totalmente a favor da padronização.

 
Citar
2 se já é difícil aprender a usar o ubuntu, então para que querer usar o slackware, que é considerado um dos linux mais difícil de mexer.

Masoquismo, ou seja, amor por dificultar as coisas e sofrer com o terminal.

 
Citar
3 alguém já sentiu muita diferente entre um distrito e o outro? em aprender?

Sim, várias vezes. Usar distros que usam pacotes rpm e depois usar uma que usa deb. Usar unity e depois usar Kde, usar gnome e depois usar cinnamon... São coisas complicadas de se acostumar.

Citar
4 tem tendência de aprender a usar só um distrito? pois distritos diferentes podem ser muito diferentes de mexer, aprender, ver, etc?

Sim, só uso distros baseadas no debian.

 
Citar
5 se usa uma variação de um distrito, se consegue usar todas as variações do ubuntu, por ser tudo filho do mesmo pai? por ser tudo variação do mesmo distrito?

Isso. O debian é um exemplo disso, pai de muitas distros.

 
Citar
6 por que pessoas só usam um distrito em especial? tem gente que usa o ubuntu, e outros o mint. e parecem que eles se odeiam. tem até comunidade separada, forum de mint e forum de ubuntu. sendo que ambos foram baseados no debian.

É igual time de futebol. Você não quer que um usuário de uma distro X denigra a imagem da distro que você usa. É um jogo de egos pra falar a verdade, se o cara não usa a sua distro favorita ele é ignorante, burro e chato.

Citar
7 tem gente que só sabe mexer no ubuntu e outras só no mint?

Sim, claro.

Citar
8 distribuições universais para se mexer. tem versões que pode ser modificadas e o visual diferente. mas os programas são os mesmos e por isso fica fácil de se mexer em praticamente qualquer linux?
pelo menos para um usuário medio ou avançado?

Sim, tem. O archlinux é assim, tu modifica o que quiser na hora da instalação. Essa distro vem "seca" pra você ir montando-a do jeito que quiser. Deve ter outras também, geralmente esse tipo de distro que dá liberdade para o usuário modificar quase tudo vêm em modo texto.

Mano, você tem uma visão muito pessimista do mundo Linux
Rodando Ubuntu Studio 20.10 KDE com: AMD Ryzen 5 2600 3.4GHz/ Gigabyte A320M-S2H/ 8GB 2400MHz DDR4/ Radeon R7 260X 2GB GDDR5