Autor Tópico: Devagar a gente chega lá  (Lida 5071 vezes)

Ricardo Lima Vieira

  • Visitante
Devagar a gente chega lá
« Online: 28 de Julho de 2015, 19:58 »
Estou aprendendo bastante, pesquisando daqui e dali, e cada vez mais consigo me livrar das necessidades do Windows, para partir para o fim do dual boot e ficar somente no Ubuntu! Ainda há muita coisa de que preciso no Windows, mas devagar vou descobrindo modos de sair dele. Por exemplo: não lembro se dissera antes, mas meu irmão fez, há anos, um programa para catalogar meus livros, e ele programou para usar no Windows (não conhece o Linux); o programa é ótimo, mas descobri - para usar no Ubuntu - o software Tellico, excelente e absolutamente customizável. Instalei também o Gimp (para uma equivalência com o MS Paint, mas todo poderoso); este serve pra eu guardar em pasta separada as capas dos livros de meu catálogo. São cerca de dois mil livros, em geral acadêmicos; vai ser trabalho hercúleo e que demandará bastante tempo, mas, segundo Lao-Tsé, "Uma longa caminhada começa com o primeiro passo". E já dei dois passos!

Até.

Offline garfo

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.023
  • Keep easy and simple.
    • Ver perfil
    • linux
Re:Devagar a gente chega lá
« Resposta #1 Online: 28 de Julho de 2015, 20:45 »
Demora mesmo. Eu levei mais de 5 anos pra mudar de vez pro linux.
« Última modificação: 28 de Julho de 2015, 21:00 por garfo »
Garfo -  linux
"Pra quê complicar? Facilidade e simplicidade é tudo!"

Offline NathanRodriguez

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 58
    • Ver perfil
    • VST Plugins Free Download
Re:Devagar a gente chega lá
« Resposta #2 Online: 28 de Julho de 2015, 21:56 »
Veja se não tem jeito de exportar/converter a base de dados do sistema que seu irmão criou pra funcionar no Linux e te poupar da recriação do mesmo.

Ricardo Lima Vieira

  • Visitante
Re:Devagar a gente chega lá
« Resposta #3 Online: 28 de Julho de 2015, 22:34 »
Veja se não tem jeito de exportar/converter a base de dados do sistema que seu irmão criou pra funcionar no Linux e te poupar da recriação do mesmo.

Ele criou usando Windows; eu não entendo de programação, mas os arquivos que estão na pasta zipada do programa são, entre outros: VBAJet32.dl_; VB5SKit.dl_; VB5DV.DL_; StdOle2.tl_; ST5UNST.EX_; SETUP.LST; SETIP.EXE; Livros.mdb; Livros.rp_; CRYSTL32.OC_... e por aí vai. Tudo grego para mim!

Eu terei paciência, e até um certo prazer em pegar livro por livro, leve o tempo que levar, pra criar a minha catalogação no Tellico. De qualquer modo valeu a dica,  amigão.


Offline Tota

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 14.982
    • Ver perfil
Re:Devagar a gente chega lá
« Resposta #4 Online: 29 de Julho de 2015, 00:28 »
Olá

Comece copiando o arquivo livros.mdb para um pendrive

Depois leia aqui => http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Utilizando-arquivos-Access-(.mdb)-no-seu-Linux

http://mdbtools.sourceforge.net/
« Última modificação: 29 de Julho de 2015, 00:35 por Tota »

Ricardo Lima Vieira

  • Visitante
Re:Devagar a gente chega lá
« Resposta #5 Online: 29 de Julho de 2015, 17:37 »
Olá

Comece copiando o arquivo livros.mdb para um pendrive

Depois leia aqui => http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Utilizando-arquivos-Access-(.mdb)-no-seu-Linux

http://mdbtools.sourceforge.net/

Ok, pesquisarei com calma daqui a alguns dias. Estou na correria de reinício de aulas, e é um sufoco. Grato pela dica!

Offline Flatac

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 169
    • Ver perfil
Re:Devagar a gente chega lá
« Resposta #6 Online: 30 de Julho de 2015, 09:31 »
Olá,

Uma outra alternativa é usando o Libre Office.

Comece no Windows, passando o arquivo Livros.mdb para o Excel.

Depois, no Linux, abra o arquivo Excel com o módulo Base do Libre Office.

As pesquisas no Base são gráficas (você não precisa conhecer SQL) e também permitem elaboração de relatórios.

Claro que será preciso pesquisa e paciência, mas isso parece que você tira de letra.

Abraço

Flavio

Ricardo Lima Vieira

  • Visitante
Re:Devagar a gente chega lá
« Resposta #7 Online: 30 de Julho de 2015, 12:43 »
Olá,

Uma outra alternativa é usando o Libre Office.

Comece no Windows, passando o arquivo Livros.mdb para o Excel.

Depois, no Linux, abra o arquivo Excel com o módulo Base do Libre Office.

As pesquisas no Base são gráficas (você não precisa conhecer SQL) e também permitem elaboração de relatórios.

Claro que será preciso pesquisa e paciência, mas isso parece que você tira de letra.

Abraço

Flavio

Pesquisarei também esta alternativa, Flávio.
Abraços.