Autor Tópico: (daw)digital audio workstation  (Lida 2887 vezes)

Offline teofilho

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1
    • Ver perfil
(daw)digital audio workstation
« Online: 08 de Abril de 2014, 13:25 »
ola pessoal estou com duvidas com a compatibilidade do S.O. em ralação aos sistemas (daw) não encontrei nada esclarecedor na net ainda, estou pensando em instalar o  13.10 gostaria de um luz sobre esse assunto, pelo que sei as maiorias das (daw's) profissionais só tem versões for WIN, ou MAC. sei que os sistema MAC e baseado no Unix. então teria compatibilidade total?

link do CUBASE(daw) http://www.steinbergbrasil.com.br/produtos/cubase/cubase-downloads-menu-principal
link do PRO TOOLS(daw) http://www.avid.com/BR/products/Pro-Tools-Software/Specifications

Offline Tota

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 14.982
    • Ver perfil
Re: (daw)digital audio workstation
« Resposta #1 Online: 08 de Abril de 2014, 13:39 »
Ola

Linux é um acrônimo para => Linux is not Unix

Assim, se funciona no Mac pode não funcionar no Linux

Procurei por daw no google e logo no inicio encontrei => http://linuxmusicians.com/viewtopic.php?f=4&t=11430

Veja se o ardour serve a seus propósitos.

Se deseja utilizar softwares profissionais e pagos (bem pagos) faça com a maioria dos profissionais, compre um mac e instale os softwares nele. Os Mac são muito bons para este propósito. Eu mesmo utilizo um Mac para minhas produções caseiras.

[]'s e boa sorte

Offline Renan Rischiotto

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.888
    • Ver perfil
Re: (daw)digital audio workstation
« Resposta #2 Online: 08 de Abril de 2014, 22:13 »
Linux não é Linus + Unix?

Offline irtigor

  • Equipe Ubuntu
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 4.344
  • Delete, delete, delete!
    • Ver perfil
Re: (daw)digital audio workstation
« Resposta #3 Online: 25 de Abril de 2014, 01:42 »
A historia oficial é que o nome era (na verdade foi por um tempo) pra ser Freax, Linus até tinha pensado em Linux mas achava que soaria muito egocêntrico, só que o responsável pelo servidor ftp que o Linus usou não gostou do nome Freax e renomeou (sem consentimento) pra Linux, e assim ficou.