Autor Tópico: Ubuntu Edge é o primeiro smartphone da Canonical  (Lida 58240 vezes)

Offline Ioca100

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.848
  • Rio,Brasil
    • Ver perfil
Re: Ubuntu Edge é o primeiro smartphone da Canonical
« Resposta #120 Online: 22 de Agosto de 2013, 12:36 »
Pelo que andei lendo, valeu pela propaganda gratuita, no mundo todo a marca Ubuntu foi exposta.Vamos ver se não colocam outro projeto com o preço menor.
Usuário Linux- 449417

Offline haereticus

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 975
  • Xubuntu 12.04.2 x64
    • Ver perfil
Re: Ubuntu Edge é o primeiro smartphone da Canonical
« Resposta #121 Online: 22 de Agosto de 2013, 15:29 »
Se fosse a canonical demitiria toda equipe de marketing que ficou com este projeto fracassado, que desde meus posts anteriores já o mencionava como "Já nasceu morto".

Ao invés de criar um aparelho junto com o sistema operacional era mais prático fechar acordo com fabricantes de aparelhos já no mercado que vez por outra lançam sistemas proprietários e ao invés colocar o sistema da canonical.
Notebook: Samsung 305E4A-BD1 - AMD A6-3420M (Quad Core) @2.4GHz - Radeon™ 6520G 512MB - 8GB - HD 500GB - 14” LED HD - HDMI - Bluetooth - Webcam 1.3 HD - Base CoolerMaster Notepal Ergostand - Mouse X7 Oscar 750bk 3200dpi.

Sony Xperia L - Android 4.1.2

Darcamo

  • Visitante
Re: Ubuntu Edge é o primeiro smartphone da Canonical
« Resposta #122 Online: 23 de Agosto de 2013, 23:14 »
Não é assim tão fácil fechar acordo com fabricantes de aparelhos quando se quer fabricar algo bem diferente. Um artigo bem interessante, mas não relacionado com diretamente com o Ubuntu Edge é
http://www.cultofandroid.com/38115/why-google-is-such-a-great-hardware-company/

O autor do artigo perguntou a um executivo da Motorola porque depois que a Motorola foi comprada pelo Google ela ficou mais "radical", colocando alguns atributos no Moto X que provavelmente não colocaria se não tivesse sido comprada pelo Google. São coisas que a Motorola já vinha desenvolvendo com ou sem Google, então porque só agora? Acho que a resposta do executivo da Motorola também ajuda a esclarecer a importância da Canonical ter proposto o Ubuntu Edge. Ele diz que os riscos são altos e leva muito tempo para colocar um telefone no mercado e que visto que eles não sabem como o mercado vai mudar nesse tempo então eles frequentemente eles escolhem não fazer coisas que podem ser fantásticas para os usuários. Fabricar demais um produto que não faça sucesso pode ter efeito devastador nas finanças de uma empresa de hardware, mesmo que você acredite que é um produto excelente (mesmo produtos excelentes nem sempre são um sucesso).

É aí que entra a importância da Canonical ter proposto o Ubuntu Edge e tentado financiá-lo com crowdfunding. Valeu pela propaganda sim, claro, mas também pela Canonical ter tido a oportunidade de negociar com fornecedores e mostrar a demanda por um aparelho como o Edge. Tudo isso serve também de aprendizado, que sem dúvida nenhuma será importante no futuro. Talvez não tenhamos o Edge agora, mas tudo tem que ter um começo e esse foi um bom começo.

Creto

  • Visitante
Re: Ubuntu Edge é o primeiro smartphone da Canonical
« Resposta #123 Online: 24 de Agosto de 2013, 07:25 »
É mais ou menos como li em um artigo (que não consegui achar no momento) que devido ao grande número de usuários e facilidades que fez o Android ser o que é hoje em dia o ubuntu edge chegou muito tarde.
E diga-se de passagem com os valores citados mais acima pelo "garfo" que eventualmente seriam repassados ao consumidor, não houve grande diferencial, então o usuário prefere continuar onde esta, que já há onde se encontre smartphone com android com preços razoáveis.

T+