Autor Tópico: O Unity vs. Configurações ao gosto do usuário.  (Lida 4009 vezes)

Offline JoaoDamasceno.ufc

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.241
    • Ver perfil
O Unity vs. Configurações ao gosto do usuário.
« Online: 27 de Abril de 2013, 09:35 »
Desde o lançamento do Unity, é muito comum vermos em diversos fóruns e comentários de páginas da internet a crítica de que com o Unity é quase impossível que possamos efetuar mudanças significativas no comportamento do sistema. Ok, não discordo, porém, recentemente me veio a seguinte dúvida: Se o Linux (Ubuntu) é um sistema livre (é?) de código aberto (é?) então porque ninguém desenvolve programas que possam realizar as mudanças que qualquer usuário que deseje aplicar em seu sistema os tenha simplesmente os adquirindo via alguma página com um PPA? Porque aquele pessoal que desenvolveu o recurso de "minimizar em um click" as janelas abertas, clicando no ícone do Dash, simplesmente desapareceu? Tudo bem, eu sei que a Canonical não quer esses recursos, porém, se o cara escreve um determinado programa e o oferece via "PPA" (por exemplo) ainda assim, a Canonical tem como impedir que ele "funcione" em seu sistema?! É isso?
De outro modo, os programadores não tem como desenvolver programas que atuem como um "gestor de configurações" e que sendo assim, possam mexer e muito no Unity? Por exemplo, colocar a barra do Dash embaixo, fazer com que seu tamanho seja menor que o "32", inserir efeitos e comportamentos diversos, etc. se a pessoa sabe programas e conhece o sistema (evidentemente) ela não tem meios de fazer esses programas funcionarem não? e assim, os distribuir para todo mundo?

Offline NBPX

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 179
    • Ver perfil
Re: O Unity vs. Configurações ao gosto do usuário.
« Resposta #1 Online: 27 de Abril de 2013, 10:04 »
Esse é um dos pontos fracos da Unity. Embora isto torne o sistema mais simples, o que é bom para o usuário comum, até certo ponto, também torna o sistema mais engessado.

Eu por exemplo estou tentando criar um tema novo para Unity porque o Radiance é muito feio e o Ambience é muito escuro e porque não gosto de laranja. No entanto estou fazendo isso no braço editando o css e as imagens do tema por falta de aplicações dedicadas. O problema é que tenho pouco tempo disponível.

Até existem ferramentas para modificar o Ubuntu, como o Unity Tweak Tool do Ubuntu 13.04, mas dão um suporte limitado a modificações. Por exemplo, ele permite que você adicione o botão de minimizar todas as janelas no lançador. Outra coisa interessante que dá para fazer com ele é ativar algumas ações ao mover o mouse para um canto da tela, como mostrar as áreas de trabalho ou janelas abertas. É uma ferramenta oficial do Ubuntu. O Unity Tweak Tool também é melhor que o Gerenciador do Compiz Config que é uma ferramenta não oficial mas que não é tão segura e é desorganizada e difícil de usar.

Uma das coisas mais irritantes é o lançado fixo do lado esquerdo. Uma alternativa é instalar e configurar um dock para que se comporte como o lançador e deixar o lançador propriamente dito oculto e sendo ativado ao passar o mouse no canto superior esquerdo da tela.


Talvez existam motivos para não se poder colocar ícones menores que 32 no lançador. No Kubuntu eu podia fazer isso mas o resultado era bizarro...

« Última modificação: 27 de Abril de 2013, 11:24 por NBPX »

Eliseu Carvalho

  • Visitante
Re: O Unity vs. Configurações ao gosto do usuário.
« Resposta #2 Online: 27 de Abril de 2013, 10:14 »
Até onde eu sei é possível auto-ocultar a barra lateral do Unity e também é possível usar novos temas GTK 2 e 3.

Offline EdvaldoSCruz

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.327
  • Deus é bom e JESUS CRISTO é o filho dEle.(Jo14:23)
    • Ver perfil
Re: O Unity vs. Configurações ao gosto do usuário.
« Resposta #3 Online: 27 de Abril de 2013, 10:16 »
Desde o lançamento do Unity, é muito comum vermos em diversos fóruns e comentários de páginas da internet a crítica de que com o Unity é quase impossível que possamos efetuar mudanças significativas no comportamento do sistema. Ok, não discordo, porém, recentemente me veio a seguinte dúvida: Se o Linux (Ubuntu) é um sistema livre (é?) de código aberto (é?) então porque ninguém desenvolve programas que possam realizar as mudanças que qualquer usuário que deseje aplicar em seu sistema os tenha simplesmente os adquirindo via alguma página com um PPA? Porque aquele pessoal que desenvolveu o recurso de "minimizar em um click" as janelas abertas, clicando no ícone do Dash, simplesmente desapareceu? Tudo bem, eu sei que a Canonical não quer esses recursos, porém, se o cara escreve um determinado programa e o oferece via "PPA" (por exemplo) ainda assim, a Canonical tem como impedir que ele "funcione" em seu sistema?! É isso?
De outro modo, os programadores não tem como desenvolver programas que atuem como um "gestor de configurações" e que sendo assim, possam mexer e muito no Unity? Por exemplo, colocar a barra do Dash embaixo, fazer com que seu tamanho seja menor que o "32", inserir efeitos e comportamentos diversos, etc. se a pessoa sabe programas e conhece o sistema (evidentemente) ela não tem meios de fazer esses programas funcionarem não? e assim, os distribuir para todo mundo?

Mesmo sendo um sistema livre, há regras que devemos respeitar e cumprir, sem questionamentos.

A mesma coisa e com você srº JoaoDamasceno.ufc . Já imaginou você sendo livre 100% em fazer o que quiser, e querer colocar as suas pernas no lugar dos seus braços e vise-versa hein  ???

Seria uma coisa bizarra para a maioria né  ;D

O mesmo acontece com o sistema livre denominado Linux

Há regras, respeito com responsabilidades que todos devem seguir, senão viraria uma bagunça só.  :o

Para quem lê, entenda.
« Última modificação: 27 de Abril de 2013, 10:18 por EdvaldoSCruz »
Ignorância é não aceitar e não submeter-se a CRISTO JESUS.
Para os Iniciantes, como eu, links de solucionar problemas rapidamente.

Eliseu Carvalho

  • Visitante
Re: O Unity vs. Configurações ao gosto do usuário.
« Resposta #4 Online: 27 de Abril de 2013, 10:23 »
Edvaldo, acho que tu pegou o bonde andando...

Offline JoaoDamasceno.ufc

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.241
    • Ver perfil
Re: O Unity vs. Configurações ao gosto do usuário.
« Resposta #5 Online: 27 de Abril de 2013, 10:29 »
Tudo bem Evaldo, você tem é razão mesmo.

Eu é que pensando em termos de "ser um sistema livre e de código aberto", mesmo tendo regras, ainda assim, seria possível programas aquilo que gostaríamos de ter no nosso sistema e... problema resolvido. Porém, infelizmente, creio que não seja assim tão simples, o que é uma pena.

É que eu não sei programas e fico pensando que se eu soubesse, criaria meio mundo de modificações e implementações no meu Ubuntu a ponto de torná-lo um verdadeiro espetáculo. Porém, lendo outros posts podre o tema, percebo que não é saber programas e ter tempo não. O que sinto é que a Canonical impõe muitas limitações, que acabam resultando em barreiras para a criação e o desenvolvimento independentes.

Minha observação é que o Ubuntu é sim o melhor sistema Linux (a melhor distribuição) porém, pelos meus 7 anos de uso dessa plataforma, creio que ela poderia ser muito mais "tudo de bom" do que o que já é.

P.S - Recentemente trabalhei muito com o Windows 7 e o 8. Rapaz... meu Deus... é ruim, mais ruim demais, muito mal feito, absurdamente pesado, complexo e impressionante a quantidade de programas que em um navegar pela internet não mais do que por suas horas, já infesta seu micro com "toolbars" e meio mundo de coisas que você não faz nem ideia de onde vieram. Programas que se instalam por demanda, ou seja, você instala um só programa e no "pacote" vem mais dois ou três que de uma forma geral só enchem o saco e transformam sua página inicial na que eles querem. E para remover isso? a amigo... se prepare viu.

Offline JoaoDamasceno.ufc

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.241
    • Ver perfil
Re: O Unity vs. Configurações ao gosto do usuário.
« Resposta #6 Online: 27 de Abril de 2013, 10:33 »
Realmente Eliseu, ainda é possível modificarmos muitas coisas no Unity inserindo recursos de outros programas como as "Docks" porém, o sentimento que eu tenho é que é um negócio meio "gambiarra",  "um esquema...", "um truque"... Ou seja, queria mesmo que muito do que fazemos usando esses programas já viessem no "Configurações do Sistema".

Te juro que ultimamente até tenho receio de que com mais algum tempo (não muito) a Canonical venha a criar coisas que até impeçam de vez esses docks e outros recursos mais (o Ubuntu Tweak, por exemplo) de funcionarem... rsrsrs...

Eliseu Carvalho

  • Visitante
Re: O Unity vs. Configurações ao gosto do usuário.
« Resposta #7 Online: 27 de Abril de 2013, 10:41 »
Te juro que ultimamente até tenho receio de que com mais algum tempo (não muito) a Canonical venha a criar coisas que até impeçam de vez esses docks e outros recursos mais (o Ubuntu Tweak, por exemplo) de funcionarem... rsrsrs...

Isso definitivamente não vai acontecer.

Offline adiaswin

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 979
    • Ver perfil
Re: O Unity vs. Configurações ao gosto do usuário.
« Resposta #8 Online: 27 de Abril de 2013, 10:46 »
ola

sinceramente este e um problema dos sistemas operacionais proprietarios

e triste que a canonical criou o unity para não ser totalmente personalizavel

eu troquei de unity para o mate por causa dos modos de personalizar a interface

o unity eu teria de fazer alguma gambiarra e no mate isso e nativo

ou seja o mate e totalmente personalizavel.

ja o unity ele foi criado para os usuarios leigos

ubuntu 12.04

Offline JoaoDamasceno.ufc

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.241
    • Ver perfil
Re: O Unity vs. Configurações ao gosto do usuário.
« Resposta #9 Online: 27 de Abril de 2013, 10:49 »
Bem, de qualquer forma, andando meio chateado com os rumos dados pela Canonical com o Ubuntu/Unity, resolvi me arriscar no ElementaryOS e no Mint.

Rapaz, não vai absolutamente nada de especial nesses sistemas. No Mint ao menos creio que seja realmente amigável para o pessoal que está querendo sair do Windows ou ao menos "ver como é esse negócio de Linux". Obs. Eu acho o Mint muito feio sim mais muito feio mesmo, e eles falam de "elegância"... rs... Já o ElementaryOS, não consigo ver nada dessas mil maravilhas que andam falando desse sistema que por sinal, parece nunca sair da fase de testes.

Já o Windows... sinceramente... não vou comentar.

Offline adiaswin

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 979
    • Ver perfil
Re: O Unity vs. Configurações ao gosto do usuário.
« Resposta #10 Online: 27 de Abril de 2013, 10:58 »
Bem, de qualquer forma, andando meio chateado com os rumos dados pela Canonical com o Ubuntu/Unity, resolvi me arriscar no ElementaryOS e no Mint.

Rapaz, não vai absolutamente nada de especial nesses sistemas. No Mint ao menos creio que seja realmente amigável para o pessoal que está querendo sair do Windows ou ao menos "ver como é esse negócio de Linux". Obs. Eu acho o Mint muito feio sim mais muito feio mesmo, e eles falam de "elegância"... rs... Já o ElementaryOS, não consigo ver nada dessas mil maravilhas que andam falando desse sistema que por sinal, parece nunca sair da fase de testes.

Já o Windows... sinceramente... não vou comentar.
ola

as variaveis do ubuntu não foram feitas para serem personalizadas a fundo

se quer personalização verdadeira vai para uma distro parruda

o archlinux por exemplo ele e extremamente personalizavel

você faz o que quiser com a distro.
ubuntu 12.04

Eliseu Carvalho

  • Visitante
Re: O Unity vs. Configurações ao gosto do usuário.
« Resposta #11 Online: 27 de Abril de 2013, 11:09 »
o archlinux por exemplo ele e extremamente personalizavel

você faz o que quiser com a distro.

Mas também é muito mais complicado pra um iniciante, assim como o Gentoo e o Slackware (esse então, só tendo LPI ou sendo um especialista em análise de sistemas pra usar, pois não conheço mais difícil...).

Offline NBPX

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 179
    • Ver perfil
Re: O Unity vs. Configurações ao gosto do usuário.
« Resposta #12 Online: 27 de Abril de 2013, 11:29 »
Desde o lançamento do Unity, é muito comum vermos em diversos fóruns e comentários de páginas da internet a crítica de que com o Unity é quase impossível que possamos efetuar mudanças significativas no comportamento do sistema. Ok, não discordo, porém, recentemente me veio a seguinte dúvida: Se o Linux (Ubuntu) é um sistema livre (é?) de código aberto (é?) então porque ninguém desenvolve programas que possam realizar as mudanças que qualquer usuário que deseje aplicar em seu sistema os tenha simplesmente os adquirindo via alguma página com um PPA? Porque aquele pessoal que desenvolveu o recurso de "minimizar em um click" as janelas abertas, clicando no ícone do Dash, simplesmente desapareceu? Tudo bem, eu sei que a Canonical não quer esses recursos, porém, se o cara escreve um determinado programa e o oferece via "PPA" (por exemplo) ainda assim, a Canonical tem como impedir que ele "funcione" em seu sistema?! É isso?
De outro modo, os programadores não tem como desenvolver programas que atuem como um "gestor de configurações" e que sendo assim, possam mexer e muito no Unity? Por exemplo, colocar a barra do Dash embaixo, fazer com que seu tamanho seja menor que o "32", inserir efeitos e comportamentos diversos, etc. se a pessoa sabe programas e conhece o sistema (evidentemente) ela não tem meios de fazer esses programas funcionarem não? e assim, os distribuir para todo mundo?

Mesmo sendo um sistema livre, há regras que devemos respeitar e cumprir, sem questionamentos.

A mesma coisa e com você srº JoaoDamasceno.ufc . Já imaginou você sendo livre 100% em fazer o que quiser, e querer colocar as suas pernas no lugar dos seus braços e vise-versa hein  ???

Seria uma coisa bizarra para a maioria né  ;D

O mesmo acontece com o sistema livre denominado Linux

Há regras, respeito com responsabilidades que todos devem seguir, senão viraria uma bagunça só.  :o

Para quem lê, entenda.

Não acho que seja bem isso. A Unity é engessada mesmo. As regras são restritivas demais. E é possível modificá-la mais do que é permitido atualmente pelas ferramentas oficiais sem prejudicar o sistema. O problema é a falta de suporte a tais modificações.

Tem certas coisas que são básicas como poder mudar a posição do lançador mas não são possíveis na Unity.

Certas coisas até são possíveis de fazer e eu não chamaria de gambiarra, mas seriam muito mais fáceis se fossem nativas.

« Última modificação: 27 de Abril de 2013, 11:37 por NBPX »

Offline JoaoDamasceno.ufc

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.241
    • Ver perfil
Re: O Unity vs. Configurações ao gosto do usuário.
« Resposta #13 Online: 27 de Abril de 2013, 11:43 »
Também verificando distribuições como as citadas: Archlinux... Gentoo... Slackware... (e algumas outras mais).

Porém... rapaz, é incrível como essas distribuições são desafiadoras, acho que foi até por isso que eu gostei...rs... É notável como é complexo o processo de fazer praticamente qualquer coisa nessas distros. Creio que depois que você fizer tudo da forma que você deseja que funcione, que se comporte, aí amigo, você terá uma distro simplesmente inigualável, até porque será verdadeiramente "a sua cara", ou seja, com todos os pormenores que você deseja.

Só que não nos iludamos. Pra chegar nesse momento você terá que ter enfrentado uma verdadeira batalha de proporções apreciáveis, e o tempo dedicado a tal processo certamente será bastante grande, o que me faz questionar se na minha profissão de advogado, realmente faz sentido dedicar tanto tempo "lutando", "quebrado cabeça", "mandando um milhão de mensagens para dezenas de fóruns (muitos deles nada amigáveis)", para que eu tenha um sistema "a minha cara", "do jeito que eu sempre sonhei", "como eu quero..."?! 

O que posso lhes dizer é que o universo Linux é encantador, envolvente demais. É minha diversão estar aqui, poder ajudar alguém no processo de migração, na busca por programas compatíveis com aqueles que o usuário utilizava na outra plataforma, etc etc. Só desejo que essa plataforma "software livre" cresça e cresça muito mais. E sei que eu colaboro de alguma forma para esse crescimento.

clodoaldops

  • Visitante
Re: O Unity vs. Configurações ao gosto do usuário.
« Resposta #14 Online: 27 de Abril de 2013, 12:34 »
Minha filosofia é simples!
Se eu não gosto do Unity e de suas limitações , eu uso kde, xfce ou lxde
Se eu não gosto do Ubuntu e de seus bugs, eu  uso Fedora, Mageia, Suse, Sabayon ou qualquer outra distro disponível no DW
Só não vejo motivo p/ eu reclamar de um SO que  eu não pago e que eu não ajudo no desenvolvimento!

Esta é minha opinião!