Autor Tópico: Desmitificando o 64-bits  (Lida 32117 vezes)

Offline haereticus

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 975
  • Xubuntu 12.04.2 x64
    • Ver perfil
Re: Desmitificando o 64-bits
« Resposta #90 Online: 10 de Maio de 2013, 13:26 »
Depende do equipamento, um dual core é 32bits na minha opinião.

Eu uso desde 2009 x64 e não troco mais por arquiteturas defasadas como a x32.

Está enganado, um processador 64bit existe desde 21 de abril de 2003, era um AMD Opteron single core. 64 bit não tem nada a ver com ser single, dual, triple, quad, six, octa... etc.

Se um computador possui 2gb ou menos vá de 32bit, se tiver acima de 4gb é obrigatório instalar a versão 64bits do SO.


Muito errado seu entendimento no contexto geral. E ainda entendeu erradamente o que escrevi. Você pegou a conversa que tive com outro colega do forum e o bonde andando.

Eu falei que um processador que possua um dual core pra baixo deverá se utilizar de um 32bits por causa de sua capacidade de processamento, que na época que foi lançado e até hoje quem tem este processador não se utilizará de aplicativos "pesados" ou jogos.

Quando me referi que usava desde 2009 foi quando eu comprei minha máquina que tinha um processador compativel (x64) e não ano de fabricação de processadores do gênero.

Outro engano seu é que tem sim x64 haver com a quantidade de núcleos fisicos ou virtuais de um processador, bem como o seu acesso a leitura de dados na execução de programas e a divisão dos cores para agilizar, operar algum aplicativo, e não tem nada haver com 1,2,3,4 ou mais gigas de ram. A principal característica do AMD64 é a disponibilidade de registros 64-bit de uso geral, ou seja, Rax, rbx etc, operações de número inteiro 64-bit aritméticas e lógicas, e endereços virtuais 64-bit.

Há processadores de um núcleo que possuia arquitetura x64 e rodava sistemas sim.

Você nunca vai instalar um sistema operacional x64 em um processador sem tal suporte, é desabilitado diretamente de fábrica e não há no mundo quem consiga ao menos dar o boot de instalação caso você force instalar um sistema x64 em processador x32.

---

Segunda parte do entendimento errôneo, memória ram não tem nada haver, mais completamente nada haver com a arquitetura de processamento de dados (x86 - x32 ou x64).

Eu posso muito bem usar um i7 com arquitetura de x64 com 1giga de ram se me convir.

---

Acho que o pensamento seu se baseou na leitura de memória que em x32 vai até 3,5gb ou usando a gambiarra do kernel pae aumenta tal capacidade de leitura.

---

Sobre o tópico : o que está sendo discutido é a efetividade do uso de um sistema operacional com arquitetura de x64 e se seu uso é realmente efetivo para as atuais aplicações lançadas no mercado em comparação com os sistemas operacionais x32.

---

« Última modificação: 10 de Maio de 2013, 13:39 por haereticus »
Notebook: Samsung 305E4A-BD1 - AMD A6-3420M (Quad Core) @2.4GHz - Radeon™ 6520G 512MB - 8GB - HD 500GB - 14” LED HD - HDMI - Bluetooth - Webcam 1.3 HD - Base CoolerMaster Notepal Ergostand - Mouse X7 Oscar 750bk 3200dpi.

Sony Xperia L - Android 4.1.2

Offline nomade

  • Equipe Ubuntu
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 1.170
  • O negócio não tem alma
    • Ver perfil
Re: Desmitificando o 64-bits
« Resposta #91 Online: 11 de Maio de 2013, 00:50 »
Acho que o pensamento seu se baseou na leitura de memória que em x32 vai até 3,5gb ou usando a gambiarra do kernel pae aumenta tal capacidade de leitura.
Só uma observação:
Kernel PAE não é gambiarra. O suporte PAE está incluso no Kernel desde a versão 2.3.23. Nesse momento, qualquer um que esteja usando Ubuntu 32bits está usando Kernel PAE.
« Última modificação: 11 de Maio de 2013, 00:52 por nomade »
Rodando Ubuntu Studio 19.10 com: AMD Ryzen 5 2600 3.4GHz/ Gigabyte A320M-S2H/ 8GB 2400MHz DDR4/ Radeon R7 260X 2GB GDDR5

Offline Renan Rischiotto

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.888
    • Ver perfil
Re: Desmitificando o 64-bits
« Resposta #92 Online: 11 de Maio de 2013, 21:26 »
Instalei o Ubuntu 12.04 64 bits aqui e está rodando belezinha...
Então eu acho que era a versão 13.04 mesmo que está bugada na arquitetura 64 bits ou é porque eu não tinha verificado o md5 da imagem ISO, vai ver estava corrompida...eu aprendi a pouco tempo que deve-se fazer isso quando se baixa sistemas operacionais e acho que também arquivos grandes...no Windows tinha que baixar programa pra fazer isso...aliás....pra tudo tinha que baixar programa...no linux é só ver no terminal...muito mais prático!

Offline jkmsjq

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 3.345
  • Ubuntu Member
    • Ver perfil
Re: Desmitificando o 64-bits
« Resposta #93 Online: 11 de Maio de 2013, 21:29 »
@Renan Rischiotto

Estou usando o Xubuntu 13.04 64 bits no meu notebook e ele está rodando liso... :D
LinuxUser: 548942 / Dando um tópico como resolvido
"A verdade só é agressiva a quem vive de mentiras". Autor desconhecido.
Twitter: @jeisonkertesz

Offline Renan Rischiotto

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.888
    • Ver perfil
Re: Desmitificando o 64-bits
« Resposta #94 Online: 11 de Maio de 2013, 21:33 »
Cara, eu não gostei nada daquelas interfaces lxde e xfce, mas são realmente mais leves, por isso estou no Unity mesmo...
O gnome3 é bem legal também, mas acho que só fica bom mesmo no Debian...

Offline nomade

  • Equipe Ubuntu
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 1.170
  • O negócio não tem alma
    • Ver perfil
Re: Desmitificando o 64-bits
« Resposta #95 Online: 16 de Maio de 2013, 20:30 »
Nesse momento, rodando, redondíssimo, o Ubuntu 12.04 64bits num Celeron(R) CPU E3200 2.40GHz × 2, com 985,6 Mb de Ram.
Abrindo 5 abas no navegador firefox, com vídeo do youtube em 2 abas e fazendo conversão de um arquivo de vídeo com o devede.

Pra quem diz que não dá... fica aí meu depoimento.
« Última modificação: 17 de Maio de 2013, 12:30 por nomade »
Rodando Ubuntu Studio 19.10 com: AMD Ryzen 5 2600 3.4GHz/ Gigabyte A320M-S2H/ 8GB 2400MHz DDR4/ Radeon R7 260X 2GB GDDR5

Offline jkmsjq

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 3.345
  • Ubuntu Member
    • Ver perfil
Re: Desmitificando o 64-bits
« Resposta #96 Online: 16 de Maio de 2013, 20:51 »
A relação 64 bits é simples:

Processador compatível (64bits) = Core i3 para cima (modelos da Intel, não conheço muito os da AMD)
Sistema Operacional compatível = necessariamente 64bits
Aplicativos Compatível = editores de imagens, editores de vídeos, editores de áudio, editores/renderizadores 3D, cálculos matemáticos avançados, ou seja, aplicativos de uso profissional!
Memória RAM = quanto mais melhor (claro)

Para uso comum, não se sentirá a mínima diferença entre um sistema 32 bits e um 64 bits, malmente em compactação/descompactação de arquivos e transferência de arquivos entre dispositivos.
LinuxUser: 548942 / Dando um tópico como resolvido
"A verdade só é agressiva a quem vive de mentiras". Autor desconhecido.
Twitter: @jeisonkertesz

Offline carlos.bagiston

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 39
    • Ver perfil
Re: Desmitificando o 64-bits
« Resposta #97 Online: 12 de Junho de 2013, 12:54 »
Testei aqui com um live usb, e mesmo assim o sistema só reconheceu 3,20 G com o Ubuntu 64 bits, acho que o problema é minha placa mãe que já é velinha, mesmo a bios só reconhece 3,4 e o restante diz que fica num cache uma coisa assim.

PS: "Vou talvez dar chute aqui".
                            Muitas vezes, quando processador suporta 64 bits, ele é mais veloz na hora de resolver seus cálculos, mas se acaso você não tiver uma placa mãe boa, você perdera a velocidade pois estará limitado a placa mãe, por isso penso que as vezes não fica tão boa a instalação com 64 bits.
                            Portanto se você não tiver um conjunto bom, não adianta nada ter um ótimo processador, pois ficara limitado por algum outro hardware, quando em 2007 eu montei o meu escolhi a dedo, tanto que deu certo e até hoje ele não me deixou na mão, a não ser as fontes genéricas que foram pro saco, a minha GIGABYTE GA-945GMA-DS2 está até hoje rodando bem, mas está no seu limite, afinal tem um bom processador e uma boa placa de video, e a memória ram no seu limite de 4 gigas, mesmo assim ela só reconhece 3,2 gb como falei antes.

PS2: Instalei aqui a versão de 64 bits do Ubuntu 12.04, a diferença de consumo de memória é pouca, quando termina de dar boot ele consome +/- 480mb e o de 32 bits consumia 320 mb aproximadamente, eu também abro várias abas nos navegadores e por enquanto está liso.
                            Em suma, não adianta gastar 2mil num processador e colocá-lo numa placa mãe de 200 pila que não vai rolar. O conjunto sim faz a diferença.
                             Pra mim já tá na hora de montar um novo desktop, já sei mais ou menos quanto preciso, vai demorar um pouco ainda, mas quando eu monto um pc é pra durar pelo menos uns 5 anos, esse meu tem 5 anos de uso, com devidos upgrades durante o tempo. Por isso reforço se comprares uma placa mãe boa, depois é só ir fazendo pequenos upgrade durante esse tempo. Ah se a minha fosse compatível com 45mn ainda daria pra comprar um processador um pouco melhor, mas infelismente só aceita 65mn. ??? ??? ???
« Última modificação: 12 de Junho de 2013, 17:28 por carlos.bagiston »
PC Intel® Core i3 2100 @ 3.10GHz × 2; Radeon R7 250; 8 GB ram; 2,5 T B HD, rodando: Windows 7, Ubuntu 14.04.

Offline haereticus

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 975
  • Xubuntu 12.04.2 x64
    • Ver perfil
Re: Desmitificando o 64-bits
« Resposta #98 Online: 12 de Junho de 2013, 18:01 »
Este tópico poderia ser fixado, ainda tem gente em 2013 pensando em 32 bits.
Notebook: Samsung 305E4A-BD1 - AMD A6-3420M (Quad Core) @2.4GHz - Radeon™ 6520G 512MB - 8GB - HD 500GB - 14” LED HD - HDMI - Bluetooth - Webcam 1.3 HD - Base CoolerMaster Notepal Ergostand - Mouse X7 Oscar 750bk 3200dpi.

Sony Xperia L - Android 4.1.2

Offline Renan Rischiotto

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.888
    • Ver perfil
Re: Desmitificando o 64-bits
« Resposta #99 Online: 12 de Junho de 2013, 18:15 »
Este tópico poderia ser fixado, ainda tem gente em 2013 pensando em 32 bits.

+1

Offline Sergio Benjamim

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.902
    • Ver perfil
Re: Desmitificando o 64-bits
« Resposta #100 Online: 12 de Junho de 2013, 18:21 »
Este tópico poderia ser fixado, ainda tem gente em 2013 pensando em 32 bits.

+1

+2
É novo no Ubuntu? Já leu o Ubuntu – Guia do Iniciante 2.0 ?
Experimente o Xubuntu 14.04 !

Offline Arthur Bernardes

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 4.692
    • Ver perfil
Re: Desmitificando o 64-bits
« Resposta #101 Online: 12 de Junho de 2013, 19:18 »
Eu, com meu Pentium 4, com 2 GB de RAM ainda penso, aliás, ainda uso o 32 Bits.

E se eu tiver esse PC funcionando em 2030 ainda, eu vou usar 32 Bits.  ;D ;D

Eliseu Carvalho

  • Visitante
Re: Desmitificando o 64-bits
« Resposta #102 Online: 13 de Junho de 2013, 11:11 »
Eu, com meu Pentium 4, com 2 GB de RAM ainda penso, aliás, ainda uso o 32 Bits.

E se eu tiver esse PC funcionando em 2030 ainda, eu vou usar 32 Bits.  ;D ;D

Hm... Tá na hora de conseguir um PC novo, não?

Offline Renan Rischiotto

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.888
    • Ver perfil
Re: Desmitificando o 64-bits
« Resposta #103 Online: 13 de Junho de 2013, 11:35 »
Eu com meu Dual Core, 2GB de RAM, uso 64 bits  ;D

Offline Arthur Bernardes

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 4.692
    • Ver perfil
Re: Desmitificando o 64-bits
« Resposta #104 Online: 13 de Junho de 2013, 14:14 »
Hm... Tá na hora de conseguir um PC novo, não?

Eu já tenho, tenho 2 Notebook's que estão na assinatura, mas uso o meu desktop só para internet e músicas mesmo.

E não largo dele enquanto ele funcionar, se ele estragar de vez, largo dele, caso não, estou usando. :)