Autor Tópico: Richard Stalmann no evento do Coletivo Fora do Eixo  (Lida 8065 vezes)

Offline Andreson Goveia

  • Equipe Ubuntu
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 1.985
  • Kubuntu 14.10
    • Ver perfil
Re: [Café com Ubuntu] O Ubuntu tem Spyware !
« Resposta #15 Online: 13 de Dezembro de 2012, 05:38 »
Já existe tópico sobre o assunto estou unindo

Offline Bruno Aquino

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 64
    • Ver perfil
Re: O Ubuntu tem Spyware !
« Resposta #16 Online: 13 de Dezembro de 2012, 09:53 »
Nada a ver isso gente, foi... humm... vamos dizer "FUD" por parte do Stallman (com todo respeito Sr. Stallman). Não é Spyware, ninguém está te espionando e enviando suas informações pela lente da Amazon, e se for o caso é só desativar a lente, simples assim.

Se alguém estiver tão preocupado assim, então parem de usar internet e celulares. Na hora de usar Skype, MSN e Facebook todo mundo quer, ninguém se preocupa em utilizar protocolos e formatos de arquivos proprietários (ninguém sabe como funcionam, é uma caixa preta que vc tem que confiar...), mas basta o Stallman falar da lente da Amazon que todo mundo alardeia...

Trocar de distro por causa de um negócio desse? Pára vai... aí a pessoa instala Skype, Flash, mp3, M$ Office pelo Wine, jogos em que o produtor só disponibiliza o binário, drivers da Nvidia e ATI na outra distro... e qual a diferença??? Como eu vou saber que esse monte de tralha não está me espionando? E o camarada ainda usa o Google nas suas pesquisas, de quebra.

Sugiro unir este tópico ao outro existente.

Concordo.
Ayrton Senna da Silva:  "No que diz respeito ao desempenho, ao compromisso, ao esforço, à dedicação, não existe meio termo. Ou você faz uma coisa bem-feita ou não faz."

Offline Ioca100

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.848
  • Rio,Brasil
    • Ver perfil
Re: Richard Stalmann no evento do Coletivo Fora do Eixo, HOJE!
« Resposta #17 Online: 13 de Dezembro de 2012, 10:27 »
Quem quiser tudo livre, use esta Distro, o RSM  aprova.
Usuário Linux- 449417

Offline Sergio Benjamim

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.902
    • Ver perfil
Re: Richard Stalmann no evento do Coletivo Fora do Eixo, HOJE!
« Resposta #18 Online: 13 de Dezembro de 2012, 10:43 »
Quem quiser tudo livre, use esta Distro, o RSM  aprova.

Curti a dica, mas o Slackware e Debian também não vêm com tudo livre?
É novo no Ubuntu? Já leu o Ubuntu – Guia do Iniciante 2.0 ?
Experimente o Xubuntu 14.04 !

Offline Ioca100

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.848
  • Rio,Brasil
    • Ver perfil
Re: Richard Stalmann no evento do Coletivo Fora do Eixo, HOJE!
« Resposta #19 Online: 13 de Dezembro de 2012, 10:47 »
Quem quiser tudo livre, use esta Distro, o RSM  aprova.

Curti a dica, mas o Slackware e Debian também não vêm com tudo livre?

Existe esta lista da  FSF.
Usuário Linux- 449417

Offline vinicius_aleao

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.275
    • Ver perfil
Re: Richard Stalmann no evento do Coletivo Fora do Eixo, HOJE!
« Resposta #20 Online: 13 de Dezembro de 2012, 14:21 »
Sei não, viu...

A maior parte dessa galera que faz tempestade em copo d'água aceita sem ler todos os contratos e licenças de uso do mundo virtual, da instalação de um programa proprietário à abertura de uma conta no Gmail.

Pra quem ainda não sabe: a Canonical é uma empresa, e tem que fazer por onde sobreviver no mercado. Se você não dá a mínima pra se o Ubuntu vai ou não se manter, mude de distro. Agora, se você quer (como eu) que o Ubuntu continue existindo, tem mais é que apoiar. E isso não lhe tira a possibilidade de desinstalar o serviço.

Uma prolepse: antes que digam, eu acho sim que poderia haver, na instalação, um aviso sobre o caso com a opção de desativar o serviço. Mas isso não justifica todo esse barulho. Aliás, a coisa seria, de algum modo, ilegal apenas se não houvesse um "aviso legal" no dash, disponível para qualquer um ler. Foi essa a primeira coisa que fiz quando instalei essa versão.

A pergunta é: todo esse pessoal que gosta de FUD leu o aviso legal? Lê algum aviso legal?

Offline irtigor

  • Equipe Ubuntu
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 4.344
  • Delete, delete, delete!
    • Ver perfil
Re: Richard Stalmann no evento do Coletivo Fora do Eixo, HOJE!
« Resposta #21 Online: 13 de Dezembro de 2012, 20:57 »
Curti a dica, mas o Slackware e Debian também não vêm com tudo livre?

http://www.gnu.org/distros/common-distros.html

Offline Sergio Benjamim

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.902
    • Ver perfil
Re: Richard Stalmann no evento do Coletivo Fora do Eixo, HOJE!
« Resposta #22 Online: 14 de Dezembro de 2012, 00:31 »
Curti a dica, mas o Slackware e Debian também não vêm com tudo livre?

http://www.gnu.org/distros/common-distros.html

Olha uma coisa que achei lá no site sobre o Ubuntu:

Citar
A política da marca registrada do Ubuntu proíbe a redistribuição comercial de cópias exatas do Ubuntu, negando uma liberdade importante.

O que seria uma cópia não exata? Há somente um download do Ubuntu, não tem como passar versões diferentes para os outros.
É novo no Ubuntu? Já leu o Ubuntu – Guia do Iniciante 2.0 ?
Experimente o Xubuntu 14.04 !

Offline Sergio Benjamim

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.902
    • Ver perfil
Re: Richard Stalmann no evento do Coletivo Fora do Eixo
« Resposta #23 Online: 14 de Dezembro de 2012, 01:00 »
Deem uma olhada nesse site: Blogger Claims Ubuntu’s New Shopping Lens Breaks EU Law

Dentre uma das coisas que é falada, explica-se como a lente da Amazon funciona. Ela só coleta e envia as informações que vc digita na busca do painel inicial do Unity, não é exatamente um spyware, e ainda por cima a informação não vai diretamente para a Amazon, ela passa pela Canonical. Ao desabilitar a lente, não há mais envio de textos digitados no Unity.

Acho essa lente meio furada do jeito que está. Duas coisa para se melhorar:

- Ao realizar uma busca no Unity nem sempre estou querendo comprar ou pesquisar preços na Amazon. Essa lente devia trabalhar em separado, somente no momento que eu escolhe-la explicitamente, assim como faço com a lente de músicas, documentos e etc, seria melhor tanto para a privacidade, quanto para a velocidade do Unity, pois ele não ficaria dependendo da velocidade da internet para funcionar.

- Deveria ter uma opção na instalação do sistema, de maneira semelhante ao o que ocorre com o codec de mp3, se a pessoa quisesse ter a lente, teria que escolher a opção de instalação. Do jeito que está essa lente está meio invasiva, o cara instala o Ubuntu e como todo bom usuário de computador nem notará no aviso legal, a respeito da lente, que há no painel do Unity.


Edit: Teve um cara lá no link que falou o mesmo que acabei de falar a respeito da instalação, isso à 2 meses atrás, rsrs:

Citar
They should add a new step to the installer where you are asked what lenses you might want to activate. It would be the simplest solution imho.

Acho q a Canonical vai esperar o Stallman dar mais uns chiliques e um monte de blogs fazerem FUD do Ubuntu para concertar a situação.
« Última modificação: 14 de Dezembro de 2012, 01:17 por Sergio Benjamim »
É novo no Ubuntu? Já leu o Ubuntu – Guia do Iniciante 2.0 ?
Experimente o Xubuntu 14.04 !

Offline nomade

  • O negócio não tem alma
  • Equipe Ubuntu
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 1.192
  • O negócio não tem alma
    • Ver perfil
Re: Richard Stalmann no evento do Coletivo Fora do Eixo
« Resposta #24 Online: 14 de Dezembro de 2012, 01:38 »
Numa boa, tento ao máximo usar só software livre, mas quando minha experiência é prejudicada, sem nenhum pudor utilizo software proprietário.
O exemplo mais claro disso é que ultimamente estive tentando usar só o "mesa" ao invés do driver "fglrx" AMD da minha placa de vídeo.
Está legal, o mesa tá chegando perto, porém notei que só eram identificados 256MB de minha placa de 512MB, por isso tive uma experiência bem inferior em jogos que exigem aceleração 3D. Então voltei a instalar o driver "fglrx". A diferença é gritante... infelizmente, não vou sacrificar o nível de minha diversão por uma vaidade purista.
Perco 2 pontos feliz no teste de nível de nerdice em Linux por isso... numa boa mesmo.

E sendo franco, acho muito que os fabricantes de hardware tem mais do que obrigação de fazerem seus produto funcionarem em qualquer sistema com o mesmo desempenho. Se seus softwares não são livres, paciência, pior para eles que ficam tendo mais trabalho em fazer sozinhos o que uma comunidade nível mundial contribuiria se fossem livres.
« Última modificação: 14 de Dezembro de 2012, 01:43 por nomade »
Ubuntu Studio 22.04 LTS

Offline Sergio Benjamim

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.902
    • Ver perfil
Re: Richard Stalmann no evento do Coletivo Fora do Eixo
« Resposta #25 Online: 14 de Dezembro de 2012, 02:38 »
Numa boa, tento ao máximo usar só software livre, mas quando minha experiência é prejudicada, sem nenhum pudor utilizo software proprietário.
O exemplo mais claro disso é que ultimamente estive tentando usar só o "mesa" ao invés do driver "fglrx" AMD da minha placa de vídeo.
Está legal, o mesa tá chegando perto, porém notei que só eram identificados 256MB de minha placa de 512MB, por isso tive uma experiência bem inferior em jogos que exigem aceleração 3D. Então voltei a instalar o driver "fglrx". A diferença é gritante... infelizmente, não vou sacrificar o nível de minha diversão por uma vaidade purista.
Perco 2 pontos feliz no teste de nível de nerdice em Linux por isso... numa boa mesmo.
 
E sendo franco, acho muito que os fabricantes de hardware tem mais do que obrigação de fazerem seus produto funcionarem em qualquer sistema com o mesmo desempenho. Se seus softwares não são livres, paciência, pior para eles que ficam tendo mais trabalho em fazer sozinhos o que uma comunidade nível mundial contribuiria se fossem livres.

Também tento usar só software livre, acho que é o caminho certo a se seguir. Esse negócio de fechar código vai na contra mão da evolução do saber, e é algo relativamente recente (como disse o Stallman, antigamente os programadores compartilhavam tudo). Imagina se nós não tivéssemos acesso à coisas simples, como teorema de Pitágoras ou a área de figuras geométricas, imagina se essas coisas fossem caixas pretas e vc não tivesse o direito de saber como funciona, será que teríamos tanto progresso como vimos nos últimos 100 anos? Ou imagina cada país ou região tendo que desenvolver do zero todas teorias por trás da matemática? E a medicina então? Já imaginou se tudo fosse proprietário, como seria?

É isso o que o software proprietário faz. Uma empresa desenvolve algo, se sente no direito de patentear e fechar o código, e para inibir a concorrência, não adota padrões verdadeiros, faz do jeito dela as coisas. Aí outra empresa ou comunidade tenta chegar na mesma solução, e daí vc vê um monte de gente reinventando a roda. E qual o direito de uma empresa fazer isso? As pessoas que trabalham lá certamente não conseguem viver sem se deparar com coisas livres no cotidiano: conceitos físicos e matemáticos, medicina, internet, os PC's (arquitetura PC é aberta, qualquer um pode implementar), e tantas outras coisas. E nós, usuários? Confiamos cegamente no que eles nos oferecem? E se amanhã eles quebrarem, e sumirem com a tecnologia, como ficaremos?

Fico imaginando se os EUA embargassem o Brasil nos dias atuais, como ele fez com Cuba e outros países, como ficaria nossa dependência de software? A maioria de empresas de soft são dos EUA, como o país compraria tantas e tantas licenças proprietárias? E se os EUA declarassem guerra contra nós, como saberíamos que Windows, Flash, drivers da Nvidia, Ati e outros, M$ Office, Skype e etc, estariam mandando informações cruciais para o outro lado?

É por isso que gosto do Stallman, ele vê coisas que para nós são coisas triviais e nunca irão acontecer (EUA nunca vão usar toda base instalada de software proprietário à favor, aham, sei). E também ele enxerga o lado social da coisa, não só negócios.
É novo no Ubuntu? Já leu o Ubuntu – Guia do Iniciante 2.0 ?
Experimente o Xubuntu 14.04 !

Offline Tota

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 14.982
    • Ver perfil
Re: Richard Stalmann no evento do Coletivo Fora do Eixo
« Resposta #26 Online: 14 de Dezembro de 2012, 03:19 »
Fico imaginando se os EUA embargassem o Brasil nos dias atuais, como ele fez com Cuba e outros países, como ficaria nossa dependência de software? A maioria de empresas de soft são dos EUA, como o país compraria tantas e tantas licenças proprietárias? E se os EUA declarassem guerra contra nós, como saberíamos que Windows, Flash, drivers da Nvidia, Ati e outros, M$ Office, Skype e etc, estariam mandando informações cruciais para o outro lado?

O mesmo que aconteceu no Iraque, Bosnia e Siria => mercado negro

No Iraque foi pior, pois eles importaram da Europa milhares de playStations e utilizaram partes do firmware para usar em mísseis no tempo de Saddam, tornando nulo o embargo...

Ah! E em Cuba, todos usam windows pirata. Quse como 60% aqui no Brasil que usam o mercado negro.

[]'s

Offline Sergio Benjamim

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 2.902
    • Ver perfil
Re: Richard Stalmann no evento do Coletivo Fora do Eixo
« Resposta #27 Online: 14 de Dezembro de 2012, 10:20 »
Fico imaginando se os EUA embargassem o Brasil nos dias atuais, como ele fez com Cuba e outros países, como ficaria nossa dependência de software? A maioria de empresas de soft são dos EUA, como o país compraria tantas e tantas licenças proprietárias? E se os EUA declarassem guerra contra nós, como saberíamos que Windows, Flash, drivers da Nvidia, Ati e outros, M$ Office, Skype e etc, estariam mandando informações cruciais para o outro lado?

O mesmo que aconteceu no Iraque, Bosnia e Siria => mercado negro

No Iraque foi pior, pois eles importaram da Europa milhares de playStations e utilizaram partes do firmware para usar em mísseis no tempo de Saddam, tornando nulo o embargo...

Ah! E em Cuba, todos usam windows pirata. Quse como 60% aqui no Brasil que usam o mercado negro.

[]'s

E não seria melhor utilizarem software livre? Assim desenvolveriam tecnologia no pais, não necessariamente tendo que partir do zero, e de quebra estariam menos expostos à possíveis spywares dentro de softwares proprietários. Isso sim eu vejo como mais provável de estarem sendo espionados do que utilizando a lente da Amazon.

Eu acho que é com esse tipo de coisa que temos que nos preocuparmos, e não com lente da Amazon.
É novo no Ubuntu? Já leu o Ubuntu – Guia do Iniciante 2.0 ?
Experimente o Xubuntu 14.04 !

Offline Tota

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 14.982
    • Ver perfil
Re: Richard Stalmann no evento do Coletivo Fora do Eixo
« Resposta #28 Online: 14 de Dezembro de 2012, 12:04 »
E não seria melhor utilizarem software livre? Assim desenvolveriam tecnologia no pais, não necessariamente tendo que partir do zero

Eu acho que é com esse tipo de coisa que temos que nos preocuparmos, e não com lente da Amazon.

Concordo plenamente, mas o ser humano é um animal social, todos querem ter o que o vizinho usa, se fosse diferente, não haveria moda, carros só um modelo, etc. Seria o fim das sociedades livres e capitalistas, e isto, os habitantes de Cuba, Irã, e outros sempre almejam apesar dos regimes políticos a que são submetidos.

Mas, fazer o quê né? Nós aqui do fórum fazemos a nossa parte com nossas ideologias.

[]'s

Offline irtigor

  • Equipe Ubuntu
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 4.344
  • Delete, delete, delete!
    • Ver perfil
Re: Richard Stalmann no evento do Coletivo Fora do Eixo, HOJE!
« Resposta #29 Online: 14 de Dezembro de 2012, 15:21 »
Citar
A política da marca registrada do Ubuntu proíbe a redistribuição comercial de cópias exatas do Ubuntu, negando uma liberdade importante.
O que seria uma cópia não exata? Há somente um download do Ubuntu, não tem como passar versões diferentes para os outros.

Mesmo código, mas sem as marcas registradas porque podem cobrar/vetar. Existem exemplos como o iceweasel (firefox), icedove (thunderbird) e CentOS (RHEL).