Autor Tópico: Kernel Omnislash (Unofficial) - Aprendendo a voar sem segredos!!!  (Lida 1285847 vezes)

Offline Hqxriven

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.453
    • Ver perfil
Kernel 2.6.34-omnislash1.4.4 (como compilar e instalar em 32 e 64 bits)
« Resposta #1620 Online: 26 de Maio de 2010, 06:01 »
Kernel 2.6.34-omnislash1.4.4 - (como compilar e instalar em 32 e 64 bits)

Método ultra difícil e demorado (Saiba instalar manualmente sua placa de vídeo, pois possivelmente vai precisar) Kernel 2.6.34-omnislash1.4.4

Passo-a-passo geral (Onde se vê $ é como usuário e usarei a cor azul e # é como root e usarei a cor vermelha)

1 - Em primeiro lugar vire o root e baixe as bibliotecas de compilação mais alguns utilitários

$sudo su (depois digite a senha de usuário)

#aptitude install build-essential bin86 kernel-package libqt3-mt-dev wget libncurses5 libncurses5-dev

2 - Agora baixe a versão 2.6.34 do kernel vanilla e o patch omnislash e a configuração para o kernel

http://www.kernel.org/pub/linux/kernel/v2.6/linux-2.6.34.tar.bz2

http://code.google.com/p/kernel-omnislash/downloads/detail?name=omnislash1.4.4.zip&can=2&q=

Após baixar os arquivos...

$unzip omnislash1.4.4.zip

$md5sum linux-2.6.34.tar.bz2 configx86 configx86-64 omnislash.bz2

Veja se o resultado dos números é igual a esse:

10eebcb0178fb4540e2165bfd7efc7ad  linux-2.6.34.tar.bz2
3769b1358b069fcb8c3861cf4fa2b6c7  configx86
5d634c92ef28d2bde65e4b10f776cd31  configx86-64
cbd42eaaf44a1fd2223eb5e6a45b42b3  omnislash.bz2


3 - Copie o arquivo baixado para /usr/src para isso digite os comandos abaixo:

$su (depois digite a senha do root)

#cp linux-2.6.34.tar.bz2 omnislash.bz2 configx86 configx86-64 /usr/src

Descompactação e link simbólico

#cd /usr/src

#tar -xvjf linux-2.6.34.tar.bz2

#chmod -R a-s /usr/src/linux-2.6.34 (possivelmente será necessário usar esse comando em distribuições baseadas no debian)

#rm -rf linux && ln -s /usr/src/linux-2.6.34 linux


#cp omnislash.bz2 configx86 configx86-64 /usr/src/linux

#cd /usr/src/linux

Colocando o patch e a configuração otimizada

#bzcat omnislash.bz2 |patch -p1

Caso use a arquitetura x86 (32bits) use o comando abaixo:

#cp /usr/src/linux-2.6.34/configx86 .config && make xconfig

Caso use a arquitetura x86-64 (64 bits) use o comando abaixo:

#cp /usr/src/linux-2.6.34/configx86-64 .config && make xconfig

Customização do kernel

Chegamos ao ponto de escolher o que queremos no nosso kernel, para que ele se adapte as nossas necessidades, seja um desktop, servidor ou um laptop. Se vc sabe o que está fazendo fique a vontade, explore e customize. A configuração está com o foco em desktops por isso talvez nem seja necessário mexer.

Depois das alterações salve o arquivo e agora vamos para o próximo passo

Compilação do kernel

Digite os seguintes comandos

#make-kpkg clean

#make-kpkg --initrd --revision=x86 kernel_image kernel_headers modules_image

Caso seja um dual ou quad core use o comando abaixo para acelerar a compilação

#CONCURRENCY_LEVEL=2 make-kpkg --initrd --revision=x86 kernel_image kernel_headers modules_image

E agora é só esperar… até compilar e criar um deb. O tempo de compilação varia de 40m a 4horas.

E por último apague o link simbólico e a pasta onde houve a compilação (/usr/src/linux e /usr/src/linux-2.6.34) para instalar.

#cd /usr/src

#rm -rf /usr/src/linux

#rm -rf /usr/src/linux-2.6.34

Se vc não fizer esses comandos acima as compilações serão ligadas a pasta linux-2.6.34 ao invés do header, e este não é o método correto

#cd /usr/src

#dpkg -i linux-headers-2.6.34-omnislash1.4.4_x86_i386.deb linux-image-2.6.34-omnislash1.4.4_x86_i386.deb (É claro que se for 64 bits o nome será diferente hein)

Após a instalação é necessário criar o initrd e passar a informação ao grub

#mkinitramfs -o /boot/initrd.img-2.6.34-omnislash1.4.4 /lib/modules/2.6.34-omnislash1.4.4

Depois dê o último comando:

#update-grub

E aí dê o boot

Depois leia aqui http://ubuntuforum-br.org/index.php/topic,29799.msg377615.html#msg377615

Desfrute do novo kernel…

Como faço para removê-lo!!!

Edite o arquivo /boot/grub/grub.cfg

E apague as seguintes linhas:
Citar
menuentry 'Ubuntu, com Linux 2.6.34-omnislash1.4.4' --class ubuntu --class gnu-linux --class gnu --class os {
   recordfail
   set gfxpayload=1280x1024
   insmod ext2
   set root='(hd0,1)'
   search --no-floppy --fs-uuid --set aa3ee5ec-ec86-4242-8d6c-a86789a55c96
   linux   /boot/vmlinuz-2.6.34-omnislash1.4.4 root=UUID=aa3ee5ec-ec86-4242-8d6c-a86789a55c96 ro   quiet splash
   initrd   /boot/initrd.img-2.6.34-omnislash1.4.4
}
menuentry 'Ubuntu, com Linux 2.6.34-omnislash1.4.4 (modo de recuperação)' --class ubuntu --class gnu-linux --class gnu --class os {
   recordfail
   set gfxpayload=1280x1024
   insmod ext2
   set root='(hd0,1)'
   search --no-floppy --fs-uuid --set aa3ee5ec-ec86-4242-8d6c-a86789a55c96
   echo   'Carregando Linux 2.6.34-omnislash1.4.4 ...'
   linux   /boot/vmlinuz-2.6.34-omnislash1.4.4 root=UUID=aa3ee5ec-ec86-4242-8d6c-a86789a55c96 ro single
   echo   'Carregando ramdisk inicial ...'
   initrd   /boot/initrd.img-2.6.34-omnislash1.4.4
}

Faça um boot com o kernel normal e:

sudo aptitude remove --purge linux-headers-2.6.34-omnislash1.4.4 linux-image-2.6.34-omnislash1.4.4

O projeto Omnislash é GNU/GPL e é baseado no Zen e no Sidux Underground e o objetivo é dar a possibilidade de usar mais e melhor os recursos da sua máquina no Ubuntu

Gostaria de agradecer aos usuários Galactus, Dobrado, teseu, DiamondMax, DJ, Gatohumano, Violencia.com, Freud.jr, Buli e todos os amigos que apoiam e ajudam o omnislash!! Valeu Pessoal!!

Abraços

Hqx
« Última modificação: 02 de Agosto de 2010, 20:17 por Hqxriven »
Sem distro Linux fixa - Kernel Omnislash
Meu objetivo nesse fórum é ajudar. Sou um mero humano mas desejo sempre aprender e melhorar em tudo o que faço em minha vida. Então, por favor, quando eu postar me notifique depois

Offline galactus

  • Equipe Ubuntu
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 4.635
    • Ver perfil
Re: Kernel Omnislash (Unofficial) - Aprendendo a voar sem segredos!!!
« Resposta #1621 Online: 26 de Maio de 2010, 07:23 »
Daeee!!! 

Mais um grande Tuto!

Você sentiu necessidade de ativar o Compcache nas versões 1.3 e 1.4? Dá muita diferença?

Eu não ativei aqui não. Já que meu sistema praticamente não usa Swap! Tem RAM de sobra! Teoricamente não preciso ativar o Compcache! Mas o que você me diz?

Ubuntu  Mate 18.04 64bits

Offline Hqxriven

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.453
    • Ver perfil
Re: Kernel Omnislash (Unofficial) - Aprendendo a voar sem segredos!!!
« Resposta #1622 Online: 26 de Maio de 2010, 07:26 »
Citar
Você sentiu necessidade de ativar o Compcache nas versões 1.3 e 1.4? Dá muita diferença?

Eu não ativei aqui não. Já que meu sistema praticamente não usa Swap! Tem RAM de sobra! Teoricamente não preciso ativar o Compcache! Mas o que você me diz?

Nem ativei ainda, está tão rápido que praticamente não usa a swap, mas deixei para quem tem uma máquina mais modesta ativar...
------------------


O 1.4 veio com o CFS por padrão atendendo a pedidos e pq o gasto de bateria no BFS foi mais alto...

Tanto o 1.3 como o 1.4 estão bons, use o que preferir!!

Em testes aqui o 1.4 foi melhor que o 1.3...
« Última modificação: 26 de Maio de 2010, 07:33 por Hqxriven »
Sem distro Linux fixa - Kernel Omnislash
Meu objetivo nesse fórum é ajudar. Sou um mero humano mas desejo sempre aprender e melhorar em tudo o que faço em minha vida. Então, por favor, quando eu postar me notifique depois

Offline kaotik2003

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 6
    • Ver perfil
Re: Kernel Omnislash (Unofficial) - Aprendendo a voar sem segredos!!!
« Resposta #1623 Online: 26 de Maio de 2010, 13:27 »
Oi, segui a instalaçao dificil por ter um sistema 64 bits - Lucid Lynx Ubuntu

No entanto surgiram dois aspectos, no final ao criar o initrd verifiquei que o em /lib/modules/ o modulo presente tem o nome 2.6.33-omnislash1.3 e nao 2.6.33-omnislash1.4. Alterei o comando para 1.3 e dei boot e desta vez sem problemas.

No entanto também nao consigo activar o compcache. Mesmo depois de escrever o comando e de ir pessoalmente verificar que ele esta em /etc/modules e em /etc/fstab, quando faço boot nunca tenho /dev/ramzswap0  no /proc/swaps e so tenho a partiçao swap.

Alguma ideia de porque a versao ser a 1.3 do omniflash e de nao ter o compcache activo?

Fiz download do omniflash 1.4

Offline Hqxriven

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.453
    • Ver perfil
Re: Kernel Omnislash (Unofficial) - Aprendendo a voar sem segredos!!!
« Resposta #1624 Online: 26 de Maio de 2010, 13:45 »
Citar
No entanto surgiram dois aspectos, no final ao criar o initrd verifiquei que o em /lib/modules/ o modulo presente tem o nome 2.6.33-omnislash1.3 e nao 2.6.33-omnislash1.4. Alterei o comando para 1.3 e dei boot e desta vez sem problemas.

Obrigado pelo relato, consertado o initrd!!

Era apenas o nome do kernel que era 1.3...

Pensei que o compcache ativasse normalmente mas algo incluído no zen não está permitindo que ele funcione... (acho que pode ser o ck pois ele abomina a swap e muda o comportamento dela)

Vou tentar descobrir o pq disso e caso encontre algo, faço mudanças mas isso vai demorar.

Obrigado pela ajuda!!

« Última modificação: 26 de Maio de 2010, 15:03 por Hqxriven »
Sem distro Linux fixa - Kernel Omnislash
Meu objetivo nesse fórum é ajudar. Sou um mero humano mas desejo sempre aprender e melhorar em tudo o que faço em minha vida. Então, por favor, quando eu postar me notifique depois

Offline lipeodonto

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 28
    • Ver perfil
Re: Kernel Omnislash (Unofficial) - Aprendendo a voar sem segredos!!!
« Resposta #1625 Online: 26 de Maio de 2010, 14:57 »
Citar
Customização do kernel

Chegamos ao ponto de escolher o que queremos no nosso kernel, para que ele se adapte as nossas necessidades, seja um desktop, servidor ou um laptop. Se vc sabe o que está fazendo fique a vontade, explore e customize. A configuração está com o foco em desktops por isso talvez nem seja necessário mexer.


Como é que eu faço para customizar o kernel para a minha máquina, ou seja, como sei em que mexer na tela que se abre para isso?
O meu caso não é desktop, e sim notebook (HP Pavilion dv5-1220br: AMD Turion X2 Ultra Dual-Core, 2 GB RAM 800MHz DDR2, 160 GB HD, bluetooth e placa wireless Atheros.)

Gostaria muito de customizá-lo, mas fiz como descrito no "difícil", deixando como "Desktop", mas a máquina ficou muito lenta, e o driver ATI (ah, placa de vídeo ATI Radeon HD 3200 Graphics) não conseguiu ser instalado pelo "Drivers de hardware", como usualmente.

Grato pela atenção.

Offline HerrSchafer

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 135
  • Sempre aprendendo... isso evita o Alzhimmer!
    • Ver perfil
Re: Kernel Omnislash (Unofficial) - Aprendendo a voar sem segredos!!!
« Resposta #1626 Online: 26 de Maio de 2010, 15:18 »
Pergunta de leigo no assunto:

O 10.04 não foi bem recebido pela minha máquina (note HP Pavilion ze200 Intel Pentium M 1.6GHz, 2GB Ram, chipset intel i855, placa gráfica nao me recordo o número mas é da intel também e tem 64Mb de ram compartilhada) acredito que alguma mudança justamente no kernel faz com que ele trave durante o boot, porém, se incializo com uma opção de kernel anterior, ele roda (devagar em relação ao Karmic e ao Jaunty) normal.

A pergunta é: eu posso otimizar o kernel do Jaunty, simplesmente substituindo a versão dele nos comandos acima? O patch funciona no 2.6.28?

Obrigado
Notebook HP Pavilion g4 Ubuntu 13.04
Intel(R) Core(TM) i3 CPU M 370 @ 2.40GHz
3GB ram 500 GB hd (ext4 tunado... tks galactus!)

Offline Hqxriven

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.453
    • Ver perfil
Re: Kernel Omnislash (Unofficial) - Aprendendo a voar sem segredos!!!
« Resposta #1627 Online: 26 de Maio de 2010, 15:33 »
Citar
mas a máquina ficou muito lenta, e o driver ATI (ah, placa de vídeo ATI Radeon HD 3200 Graphics) não conseguiu ser instalado pelo "Drivers de hardware", como usualmente.

Citar
Como é que eu faço para customizar o kernel para a minha máquina, ou seja, como sei em que mexer na tela que se abre para isso?

O melhor lugar que achei que explica bem as opções foi em http://kernel-seeds.org/

Ele é um usuário do gentoo e explica as várias opções, vale a pena dar uma passada lá. Tem páginas e mais páginas mostrando por dentro do kernel e ele lança algumas configs otimizadas...

Citar
AMD Turion X2 Ultra Dual-Core, 2 GB RAM 800MHz DDR2, 160 GB HD, bluetooth e placa wireless Atheros.

Todo o problema reside em saber instalar manualmente o seu hardware... principalmente a placa de vídeo (foi a única coisa que precisei aqui)

Com certeza ficará lento se vc ficar sem o seu driver de vídeo correto instalado...

Minha configuração é parecida com a sua pois é X2 AMD (inclusive é HP também) e a diferença é que uso nvidia (que facilita na instalação e desempenho no linux -no windows a ATI é bem melhor)... Mas em breve com os novos drivers da ATI essa situação poderá se inverter.

Essa configuração não necessita de ajustes para desktop, mais para um note eu demoraria um bom tempo (leia-se dias) para fazer uma configuração para vc ter o melhor desempenho com bateria e evitar crashes (pois teria que testar bastante o tuxonice).

Aqui tem um tópico que mostra a instalação manual da ATI dê uma olhadinha:

http://ubuntuforum-br.org/index.php/topic,56594.msg321586.html#msg321586

Infelizmente ATI não é a minha praia e até falei isso para Galactus (ele também usa ATI, mas usa um driver livre se não me engano)
Sem distro Linux fixa - Kernel Omnislash
Meu objetivo nesse fórum é ajudar. Sou um mero humano mas desejo sempre aprender e melhorar em tudo o que faço em minha vida. Então, por favor, quando eu postar me notifique depois

Offline Hqxriven

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.453
    • Ver perfil
Re: Kernel Omnislash (Unofficial) - Aprendendo a voar sem segredos!!!
« Resposta #1628 Online: 26 de Maio de 2010, 15:50 »
Citar
Pergunta de leigo no assunto:

O 10.04 não foi bem recebido pela minha máquina (note HP Pavilion ze200 Intel Pentium M 1.6GHz, 2GB Ram, chipset intel i855, placa gráfica nao me recordo o número mas é da intel também e tem 64Mb de ram compartilhada) acredito que alguma mudança justamente no kernel faz com que ele trave durante o boot, porém, se incializo com uma opção de kernel anterior, ele roda (devagar em relação ao Karmic e ao Jaunty) normal.

A pergunta é: eu posso otimizar o kernel do Jaunty, simplesmente substituindo a versão dele nos comandos acima? O patch funciona no 2.6.28?

Primeiro nós temos que descobrir a origem do travamento do kernel do lucid, talvez seja o kms, acpi, etc...

Com isso vc poderia rodar um kernel recente nessa máquina

Agora vamos as perguntas:

1 - Para vc otimizar o kernel do Jaunty vc teria que acrescentar algo para melhorar a performance e retirar algo que está "atrapalhando" a performance. Isso é possível, mas como estamos falando do kernel do Jaunty vc teria que baixar os fontes dele, pensar no que iria alterar e depois recompilar.

2 - Esse patch que eu fiz não funciona para o 2.6.28 (quem dera!!!)

Sem distro Linux fixa - Kernel Omnislash
Meu objetivo nesse fórum é ajudar. Sou um mero humano mas desejo sempre aprender e melhorar em tudo o que faço em minha vida. Então, por favor, quando eu postar me notifique depois

Offline lipeodonto

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 28
    • Ver perfil
Re: Kernel Omnislash (Unofficial) - Aprendendo a voar sem segredos!!!
« Resposta #1629 Online: 26 de Maio de 2010, 17:05 »
Êta trabalhão!!! Hehe.

Rapaz, então não vou tentar mexer com isso no note não, já que vc falou que levaria dias, dirá eu!
Vou deixar para testar no desktop que, além de ser desktop, utiliza uma placa nVidia para gráficos.

Mas valeu pela explicação.
Grande abraço.

Offline Hqxriven

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.453
    • Ver perfil
Re: Kernel Omnislash (Unofficial) - Aprendendo a voar sem segredos!!!
« Resposta #1630 Online: 26 de Maio de 2010, 17:19 »
Citar
Êta trabalhão!!! Hehe.

Rapaz, então não vou tentar mexer com isso no note não, já que vc falou que levaria dias, dirá eu!
Vou deixar para testar no desktop que, além de ser desktop, utiliza uma placa nVidia para gráficos.

Mas valeu pela explicação.
Grande abraço.

Se ainda tiver instalado no note tente instalar a ATI manualmente... mas saiba que um Xorg com nice diminui um pouco o uso na bateria...

Dias pq vc demora um tempo para fazer o patch e aí altera a config e compila e aí demora um tempão e aí vc instala e testa e aí não dá certo e começa tudo denovo...

É por isso que o omnislash demora para sair...

« Última modificação: 26 de Maio de 2010, 17:21 por Hqxriven »
Sem distro Linux fixa - Kernel Omnislash
Meu objetivo nesse fórum é ajudar. Sou um mero humano mas desejo sempre aprender e melhorar em tudo o que faço em minha vida. Então, por favor, quando eu postar me notifique depois

Offline kaotik2003

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 6
    • Ver perfil
Re: Kernel Omnislash (Unofficial) - Aprendendo a voar sem segredos!!!
« Resposta #1631 Online: 26 de Maio de 2010, 17:31 »
Citar
No entanto surgiram dois aspectos, no final ao criar o initrd verifiquei que o em /lib/modules/ o modulo presente tem o nome 2.6.33-omnislash1.3 e nao 2.6.33-omnislash1.4. Alterei o comando para 1.3 e dei boot e desta vez sem problemas.

Obrigado pelo relato, consertado o initrd!!

Era apenas o nome do kernel que era 1.3...

Pensei que o compcache ativasse normalmente mas algo incluído no zen não está permitindo que ele funcione... (acho que pode ser o ck pois ele abomina a swap e muda o comportamento dela)

Vou tentar descobrir o pq disso e caso encontre algo, faço mudanças mas isso vai demorar.

Obrigado pela ajuda!!



Ora essa @Hqxriven eu é que tenho de agradecer pelo trabalho e tempo dedicado. Continua o bom trabalho.

Offline teseu

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 20
    • Ver perfil
Re: Kernel Omnislash (Unofficial) - Aprendendo a voar sem segredos!!!
« Resposta #1632 Online: 26 de Maio de 2010, 19:34 »
Ae Hqxriven, fiz tudo pelo método dificil para testar em 64 bits, mudei apenas o timer freq. Por enquanto está 100%, Parabéns :D

Offline Hqxriven

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 1.453
    • Ver perfil
Re: Kernel Omnislash (Unofficial) - Aprendendo a voar sem segredos!!!
« Resposta #1633 Online: 27 de Maio de 2010, 07:04 »
Citar
Ae Hqxriven, fiz tudo pelo método dificil para testar em 64 bits, mudei apenas o timer freq. Por enquanto está 100%, Parabéns

Só não coloca acima de 1000hz, acho insano...

-----------------------------------------
Terminei os testes de estabilidade!!
-----------------------------------------

Verifiquei que o 1.4 com CFS otimizado é mais rápido que o 1.3 com BFS e dá uma sensação de sistema mais leve. O BFS gerencia melhor muitos processos, mas em algumas máquinas se vc estiver executando um processo que exige muitos recursos e depois executar outro vc simplesmente tem um congelamento total (Eu acho que estou pegando bem pesado nos testes).

Isso é visto no PclinuxOs 2010 que usa o BFS no kernel.

Se vc tiver uma máquina bem poderosa talvez vc não veja esse bug que falei do BFS mas em máquinas mais modestas possivelmente verá.

Então usem 1.4 com CFS otimizado por enquanto...
« Última modificação: 27 de Maio de 2010, 07:07 por Hqxriven »
Sem distro Linux fixa - Kernel Omnislash
Meu objetivo nesse fórum é ajudar. Sou um mero humano mas desejo sempre aprender e melhorar em tudo o que faço em minha vida. Então, por favor, quando eu postar me notifique depois

Offline galactus

  • Equipe Ubuntu
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 4.635
    • Ver perfil
Re: Kernel Omnislash (Unofficial) - Aprendendo a voar sem segredos!!!
« Resposta #1634 Online: 27 de Maio de 2010, 07:11 »
Hqx meu caro!  Muito interessante o artigo do Fórum do Debian! Nunca que eu poderia imaginar tal "receita"!

baum....

Atendendo a pedidos e a nossa curiosidade (Hqx e eu ), resolvi liberar a "Fera" com todo o seu potencial!  ;D ;D ;D

Compilei o Omnislash 1.4 64bits, do kernel Omnislash 1.3 64bits!

Fiz as mesmas alterações no config do 1.4 que fiz no 1.3: Frequency em 1000, governor em Performance, Native Flags ativadas e retirei algumas firulas para Notebook, Infravermelho, Rádio e etc.

Mas aí usei CONCURRENCY LEVEL = 4!!!  ;)

E deixei a "Fera" em Overclock de 3.6GHz!

Eu sei, eu sei, vou falar logo....

Tempo total de compilação em F A N T A S T I C O S 13 minutos!!!! Incluindo a crianção dos debs!

Agora os "oito" núcleos foram usados em mais de 50% de sua capacidade ao mesmo tempo!  :o :o :o

Foi a primeira vez que eu vi ele fazer isso no meu sistema! E olha que eu já tinha tentando de tudo!

Agora não preciso de despertadador HQx, só de um cafezinho!  ;D  :P

Vamos as impressões gerais....


Logo após logar-se um erro do PowerManager!   :-[

Ele avisa que tem que esperar algum processo terminar e logo  prossegue!  Reiniciei várias vezes o sistema e esse erro persiste logo após logar-se. Interessante que agora isso afeta tanto o 1.4 quanto o 1.3! Desculpe por não colocar o erro completo aqui, acho que acabei esquecendo por ser de madrugada! Depois eu posto o erro completo aqui!
O tempo de boot do 1.4 é meio segundo mais lento que o 1.3!

Vamos ao ponto! O Kernel 1.4 é um pouco mais lento que o 1.3. É fácil notar a diferença quando chama-se uma aplicação, principalmente individualmente!

Além disso achei que o kernel 1.4 um pouco mais beberrão de RAM do que o 1.3 . Não logo após o Boot, mas depois de usar várias aplicações por algum tempo e fechá-las.

Então os dois pontos fortes do 1.3 frente ao 1.4 são velocidade nas aplicações individuais e consumir menos RAM.

Contudo, o kernel 1.4 gerenciou melhor carga múltiplas no sistema do que o 1.3! Foi como se eu usasse  o Mandriva 2010. Eu explico.  O kernel do Mandriva 2010 é um pouco lento no geral, mas notavelmente otimizado para altas cargas de I/O e questões multitarefas (mas nada que alguns ajustes não possam fazer milagres também, estou bootando o mandriva 2010 em 10,5 segundos no PC do trabalho).  Comecei a abrir vários programas ao mesmo tempo até chegar a um “topo” de carga. Fiz o mesmo nos dois kerneis, que seria:

Abrir o Writer, o Nautilus, o VirtualBox com o Centos 5.5, ao mesmo tempo que uso o Rhythmbox para ouvir música (sem travadas), abro o Xine, o VLC  ou o Totem para tocar vídeos e enquanto estou assistindo a um vídeo, vou navegando em pasta cheias de fotos ou filmes sem cache de ícones ou thumbnails no Nautilus!

Para completar ligo o GTK-RecordMyDesktop para ir gravando isso tudo!

Pois bem, na hora de assistir vídeos com a navegação do Nautilus em pastas com muitas fotos e filmes (com ou sem o gtk-recordMydesktop gravando e lembre-se que ainda tem o VirtualBox + Rhythmbox no lombo), o Kernel 1.4 foi mais “liso” que o 1.3!

Foi notória a falta de sincronia entre legenda e diálogo em vídeos RMVB no VLC e no Xine. A coisa só ficou “menos pior” no Totem! Isso no kernel 1.3!  No 1.4 isso não aconteceu, principalmente no Totem! O VLC tem falta de sincronia nos dois kerneis!

A máquina virtual foi nitidamente afetada pelo escalonador diferente entre os dois kerneis.

Apesar dos programas abrirem mais rapidamente no 1.3, quando a coisa apertava quem matinha o desempenho inalterado era o 1.4!

Ainda não pude fazer testes com grandes quantidades de transferências de arquivos! Mas ainda faço o teste e te falo o que foi que virou!

Só sei que é uma escolha dura! :)

Tenho usado três distros diferentes. E sou feliz com as três. Como diz na assinatura: Ubuntu 10.4 em casa, o Mandriva 2010 no trabalho e o OpenSuse 11.2 no Notebook! Fica claro para mim que as duas distros RPM procuram uma abordagem mais conservadora, focada na estabilidade e manutenção do desempenho do sistema mesmo em altas cargas de I/O!  O preço a pagar é a velocidade. Mas como eu já havia comentado com o Hqx aqui mesmo neste tópico. Muitas vezes é melhor o usuário sentir que o sistema não “engasga” de jeito nenhum do que ele ser rápido e dar umas “travadas” de vez em quando no seu uso!

Eu escolheria assim:  sistema com poucas aplicações abertas ao mesmo tempo e baixa carga de I/O = kernel 1.3 na cabeça!

Muitas aplicações abertas ao mesmo tempo e alta carga de I/O = kernel 1.4 na cabeça!

Talvez algumas modificações na compilação poderiam fazer toda a diferença no 1.3. Tais como: Frequency em 100 e governor em on demand, por exemplo.

Pelo menos foram essas as minhas impressões no meu sistema. Agora como isso tudo varia muito de sistema para sistema, é sempre bom outros foristas também relatarem suas impressões!

Era isso E estou adorando o uso dos dois kerneis!!! Só louco vai fazer essas coisas que eu faço com a máquina! Mas se é pra testar a gente testa uai!  :D
« Última modificação: 27 de Maio de 2010, 07:40 por galactus »
Ubuntu  Mate 18.04 64bits