Fórum Ubuntu Linux - PT
23 de Novembro de 2014, 17:49 *
Olá, Visitante. Faça o login ou registre-se.
Perdeu o seu e-mail de ativação?

Login com nome de usuário, senha e duração da sessão
Notícias: Atenção usuários de email com anti-spam (Uol e Bol).
 
   Home   Ajuda Regras Pesquisa Login Registre-se  
Anúncios
Páginas: 1 [2] 3   Ir para o fundo
  Imprimir  
Autor Tópico: Tradução para línguas indígenas?  (Lida 203007 vezes)
leandro.miranda
Usuário Ubuntu
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 104

Vivendo, Aprendendo e Repassando!


Ver Perfil
« Responder #15 em: 07 de Fevereiro de 2008, 18:34 »

Caro amigo,

Excelente idéia de traduzir o ubuntu pra novas linguas... existe sim um recurso que a comunidade do ubuntu-br usa pra traduzir em pt-br, mais acredito que vai dar um trabalhão, alguns amigos aqui no forum as vezes dizem besteira de ser impossível, huahuauhauha!

Mais não e impossível não, da pra fazer, porem vai dar muito trabalho, pois são muitas linhas a serem traduzidas e revisadas. Mais com uma equipe treinada para tal tarefa e sintonizada alguns dias isso é resolvido.
Registrado

Obrigado,

Ass. Leandro Miranda
mrbin
Usuário Ubuntu
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 229


preto, branco e vermelho. tradição dos paulistas.


Ver Perfil WWW
« Responder #16 em: 08 de Fevereiro de 2008, 09:31 »

É isso aí mrbin, falou bem, só não se pode deixar de citar que nem todos os povos indígenas ainda estão nessa harmonia, como já ouvi um pajé reclamar, os jovens (índios) de  hoje só querem saber de tênis de marca... ou seja, essa tal harmonia não existe mais para a maioria dos povos indígenas. Os próprios fulni-ô vivem praticamente na cidade (Águas Belas, PE), é o último povo do nordeste que ainda conserva a sua língua, devido à concepção deles de que a língua faz parte da alma daquele povo.

Voltando ao tópico, encontrei um grupo que está reensinando aos índios a língua perdida, o Tupi, creio que poderei contribuir para o desenvolvimento da inclusão digital na língua deles. Piscada

Sim. E isso não significa que estão "finalmente entrando na modernidade" ou "evoluindo" para uma "cultura mais avançada". É esse o ponto que eu quis abordar.
Registrado

Ubuntu user nº 4141
felipeborges
Usuário Ubuntu
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 652



Ver Perfil WWW
« Responder #17 em: 08 de Fevereiro de 2008, 15:16 »

É incrível como existe ignorância e preconceito contra os povos nativos do nosso continente. Esses povos vivem de maneira muito mais sustentável e inteligente do que a nossa sociedade, voraz consumidora de energia e recursos naturais. Não subestimem a inteligência e a força da cultura desses povos. Um dia poderemos ter neles um exemplo de avanço e inteligência.

Agora, aos que acham que "moderno" é deixar o pc ligado o dia todo fazendo download enquanto assiste TV, tomar banho fervendo de meia hora, deixar a luz acesa mais do que o necessário, além de não dar a mínima pro destino do lixo que produz, é hora de rever seus conceitos.

Falou bonito.

Antes de formar opinião, devemos nos aprofundar mais nos costumes da etnia que nos referimos.
Registrado

Meu blog sobre GNU/Linux
Debian Lenny e Gentoo.
dhiegospector3k
Usuário Ubuntu
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 164

a sociedade é feita de inteligentes, e ignorantes.


Ver Perfil
« Responder #18 em: 13 de Fevereiro de 2008, 23:58 »

eu gostei da ideia
não devimos excluir os indios, nação que foi a primeira que ocupou o Brasil antes de nossos amigos portugueses Piscada

todos nós somos iguais mediante de cor,etnia,crença,ou raça.

[]'s
Registrado

Assinatura fora das regras. Removida por agente100gelo.
buscator
Usuário Ubuntu
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 13


Ver Perfil
« Responder #19 em: 09 de Setembro de 2008, 17:48 »

Olá,
   Achei a proposta bastante interessante, pois, a proposta do Gnu/Linux cai como uma luva em iniciativas como essa. Ao que parece, já existe tradução do ubuntu e outras distros para outros povos tradicionais/indígenas como os Aimaras e Quechuas da Bolívia e os Mapuches do Chile. Mas tradução de distro pra língua indígena no Brasil nunca ouvi falar, e várias delas já estão descritas e têm gramática. Nada sei da língua Fulni-ô e da inclusão digital entre esse grupo indígena, mas gostaria de acompanhar a iniciativa, se possível até ajudar.

Abraços,
Buscator
Registrado

Laptop Acer Aspire 7720-6763 Intel Core 2 Duo T5250 | Mobile Intel GraphicsMedia Accelerator X3100 252MB | 2,5GB Ram DDR2 | LCD 17' WXGA+Acer CrystalBrite | 250GB HDD | DVD-Super Multi double layer | 802.11a/b/g | Nobreak APC 600 UPS.
JowCG
Usuário Ubuntu
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 19


Ver Perfil
« Responder #20 em: 25 de Fevereiro de 2009, 17:44 »

É interessante, se você tiver conhecimento para traduzir, faça, com certeza vai ser útil, depois de pronto alguem vai ver e vai achar interessante e provavelmente será utilizado em projetos de inclusão digital aos povos dessa língua, coisa bem típica do Linux isso, já que uma das grandes vantagens que eu vejo é cada um poder usar da maneiro como preferir e com o seu idioma.

Um exemplo é que o Ubuntu tem tradução para Esperanto, que não é uma língua oficial de nenhum país e deve ter bastante gente que usa, já que existe alguns programas nesse idioma também.
Registrado
Madrigal
Usuário Ubuntu
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 815



Ver Perfil
« Responder #21 em: 07 de Março de 2009, 21:32 »

Um exemplo é que o Ubuntu tem tradução para Esperanto, que não é uma língua oficial de nenhum país e deve ter bastante gente que usa, já que existe alguns programas nesse idioma também.

Eu mesmo domino o Esperanto e uso com freqüência o Ubuntu neste idioma.

Quanto ao Iatê dos Fulni-ôs, acabei largando mão já que não senti campo fértio para isso, infelizmente o iatê vai acabar morrendo, pois praticamente todos os jovens estão preferindo falar em português.
Registrado
almufadado
Usuário Ubuntu
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 5



Ver Perfil
« Responder #22 em: 11 de Dezembro de 2009, 21:20 »

e como se traduz hardware e software para português?

Acho que você não teve consciência total do que escreveu ....

Reparou que você aplicou duas palavras de origem inglesa na sua frase em Português ?

O indígena não conseguir dizê-las também ?

E agora repare  que os ingleses pegaram um palavra muito antiga e que quer literalmente dizer ferramentas/ferragens (no uso tradicional) ou ainda mais literal e simplesmente "utilidades duras/rijas" ...

E se perguntar a um red-neck do texas "onde é loja de hardware mais próxima" (where is the nearest hardware store ?) ele o vai enviar para a "loja de ferragens e ferramentas" ? Sem Graça Sem Graça Sem Graça Sem Graça

Quanto ao post original, se achar que é viável e existe interesse em algum grupo ou comunidade por que não propõe isso à directamente à comunidade Ubuntu ?


Registrado

P5 Core 2 Duo-Asus P5KSE-Nvidia Gforce 6800GT 512DDR-4 GB DDR2 1066 Hyperx-2.2TB-SB Audigy2 com Ubuntu 9.10 /Distros/Windows XP + P4 3.2 GHZ-Asus P4LD2-Nvidia Gforce 4500-2 GB DDR800-500 GB-Ubuntu 9.10/Windows 98/2k-XP-Vista-7 + Celeron 2.6GHz-Asus P4-1GB-220GB + Portatil P M 1.5GHz- Ubuntu 9.10
Iuri_VHC
Usuário Ubuntu
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 38



Ver Perfil
« Responder #23 em: 13 de Dezembro de 2009, 23:35 »

axo dificil que tenha,talvez pq o publico seja pequeno,se tratando de outras nações
mas se tiver,tenho que dar os parabens,ate pq deve ser um trabalho muito dificil,sendo que seja dificil recrutar pessoal para isso

Registrado


Madrigal
Usuário Ubuntu
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 815



Ver Perfil
« Responder #24 em: 19 de Dezembro de 2009, 10:06 »

Acho difícil que tenha,talvez pq o público seja pequeno,se tratando de outras nações
mas se tiver,tenho que dar os parabéns,ate pq deve ser um trabalho muito difícil,sendo que seja difícil recrutar pessoal para isso

Valeu, pretendo futuramente fazer uma pós na área de defesa de línguas minoritárias, vou tentar encaixar este tema, sobre os programas livres em alguma parte.
Registrado
eaxgrande
Usuário Ubuntu
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 490


"Todo homem, por natureza, quer saber"


Ver Perfil
« Responder #25 em: 22 de Outubro de 2011, 11:39 »

Olá madrigal,  

Estou sendo avisado aqui de que se trata de um tópico antigo. Mesmo assim vou responder.

Saiba que considero sua iniciativa simplesmente louvável. Parabéns.

Tomara que eventuais críticas ou comentários irônicos não tenham feito você desistir do seu plano.

Faço votos de que você encontre ajuda. Nesse momento lamento ainda ser um simples usuário iniciante. Como gostaria de seu um "fera" nessas horas, só pra poder te ajudar. Talvez um dia...

Normalmente prezo por uma participação cordata entre integrantes do fórum.

Essa é a primeira vez que realmente senti raiva de algo que lí aqui.

Citar
Eu sinceramente acho isso difícil. Como seria possível traduzir software e hardware para linguagem indigena? Acho que na época deles isso não existia...rsrs
Zangado

Odeio quando as pessoas são tratadas com falta de consideração.

Acredito que seja possível sim, traduzir para linguas indígenas, nem que seja uma a uma e demore 50 anos! Duvidar disso é duvidar da própria tecnologia.

E duvidar que um indígena seja capaz de compreender um novo signo linguístico, cuja única diferença estaria no significante e não no significado é no mínimo duvidar do ser humano. Me sinto insultado, por você.

Te desejo toda sorte do mundo ao menos por ter tido essa boa intenção.

E se no momento você esta trabalhando nisso, desejo todo sucesso do mundo.

Tudo de bom.

Elton

Registrado

Linux User #563757  Ubuntu User #33892
Ubuntu 10.04 Lucid Lynx
Madrigal
Usuário Ubuntu
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 815



Ver Perfil
« Responder #26 em: 24 de Outubro de 2011, 18:57 »

Saiba que considero sua iniciativa simplesmente louvável. Parabéns.

Valeu! Não tenho mais contato com o Yatê, mas ainda gostaria de aprender uma língua indígena e me dedicar ao projeto.

Tudo de bom!
Registrado
eaxgrande
Usuário Ubuntu
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 490


"Todo homem, por natureza, quer saber"


Ver Perfil
« Responder #27 em: 24 de Outubro de 2011, 22:09 »

 Sorridente
Pra você também.
Registrado

Linux User #563757  Ubuntu User #33892
Ubuntu 10.04 Lucid Lynx
Tupã
Usuário Ubuntu
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 1



Ver Perfil
« Responder #28 em: 06 de Março de 2012, 20:53 »

Amigo,

você teve uma boa ideia, os nossos irmãos indígenas não podem ser excluídos.
Registrado
Madrigal
Usuário Ubuntu
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 815



Ver Perfil
« Responder #29 em: 08 de Março de 2012, 15:10 »

Valeu Tupã, no momento tou aprendendo o tupi clássico, e quero aprender o guarani moderno também.
Registrado
Páginas: 1 [2] 3   Ir para o topo
  Imprimir  
 
Ir para:  

Powered by MySQL Powered by PHP Tema desenvolvido por FaBMak e n3t0
Powered by SMF 1.1.19 | SMF © 2006-2009, Simple Machines
© 2014 Canonical Ltd. Ubuntu e Canonical são marcas registradas da Canonical Ltd.
XHTML 1.0 válido! CSS válido!