Fórum Ubuntu Linux - PT
18 de Setembro de 2014, 02:38 *
Olá, Visitante. Faça o login ou registre-se.
Perdeu o seu e-mail de ativação?

Login com nome de usuário, senha e duração da sessão
Notícias: Atualização no plugin de busca para Firefox e Internet Explorer.
 
   Home   Ajuda Regras Pesquisa Login Registre-se  
Anúncios
Páginas: 1 ... 3 4 [5] 6   Ir para o fundo
  Imprimir  
Autor Tópico: Português versus Brasileiro  (Lida 71325 vezes)
Tonux
Usuário Ubuntu
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 116


Ver Perfil
« Responder #60 em: 19 de Setembro de 2009, 22:11 »

Sinto-me melhor quando digo mouse e nunca digo rato, assim como site e não sítio, aqui no Brasil ,nós usamos no sentido que vocês lusos usam o termo quinta, o sítio aqui tem frutas, campo de futebol, piscina etc, como que vou dizer que isto é um endereço eletrônico(site)?
Outro exemplo é o fato, aqui significa um acontecimento, aí é um terno(roupa masculina) que para vocês é facto, falando nisso ,camisola, golo, aqui é camiseta, gol e nós somos pentacampeões mundiais de balípodo, hehehe, digo futebol.
O negócio é complicado, mas a padronização da escrita eu aprovo.

Olá Ioca100

Se disser 'mouse', 'site', palavras inglesas, está bem; como está bem 'rato', palavra portuguesa. O que eu quero dizer é que se deve evitar aportuguesar palavras estrangeiras, se houver sinónimos correspondentes no Português em geral. Dei o exemplo de 'deletar' e 'ecrã', palavras aportuguesadas que devem ser evitadas. Quanto a 'sítio', aqui em Portugal, o sentido é de localização ou localidade, lugar, de um modo geral, que pode ser também uma quinta, uma casa, etc..
Quanto a facto/fato, a disparidade é grande, devido a terem significados diferentes em PT_PT e PT_BR. Agora, camisola/camiseta, gol/golo, não são assim tão diferentes. Bem, 'balípodo'...essa eu não conhecia Virando os olhos. Quererá dizer pé na bola? (tradução à letra de 'football'?). Aqui em Portugal também se diz muito 'jogar à bola ou jogo da bola', que é o mesmo que futebol (palavra aportuguesada de 'football'). Nos EUA, já se diz 'soccer' para significar o futebol que nós jogamos, porque o 'football' deles é diferente, fazendo lembrar um tipo de rugby (ou raguebi, termo aportuguesado) mais violento.
Se contactarmos mais uns com os outros, estas pequenas diferenças não vão ser problema.

Um abraço.
« Última modificação: 20 de Setembro de 2009, 21:45 por Tonux » Registrado
Ioca100
Equipe Ubuntu
Usuário Ubuntu
*****
Deslogado Deslogado

Mensagens: 2.854

Rio,Brasil


Ver Perfil
« Responder #61 em: 20 de Setembro de 2009, 15:13 »

Fala Tonux, veja o que encontrei : "A palavra “balípodo” foi proposta por defensores da lusofonia como alternativa ao anglicismo da palavra “futebol” "
Registrado

Usuário Linux- 449417
vinicius_aleao
Usuário Ubuntu
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 1.274



Ver Perfil
« Responder #62 em: 20 de Setembro de 2009, 15:42 »

Fala Tonux, veja o que encontrei : "A palavra “balípodo” foi proposta por defensores da lusofonia como alternativa ao anglicismo da palavra “futebol” "


Exagero sem medida. A língua escolhe seus próprios caminhos, ninguém pode obrigar ninguém a falar dessa ou daquela maneira...
Registrado
Ioca100
Equipe Ubuntu
Usuário Ubuntu
*****
Deslogado Deslogado

Mensagens: 2.854

Rio,Brasil


Ver Perfil
« Responder #63 em: 09 de Março de 2010, 10:11 »

"Dei o exemplo de 'deletar' e 'ecrã', palavras aportuguesadas que devem ser evitadas."
delete - é interessante de se observar como uma palavra, às vezes, migra ao longo dos séculos, de um idioma para outro, por caminhos tortuosos. O verbo delete vem do latim delere (apagar) e passou do francês para o inglês no século 15. No português, acabou derivando no adjetivo indelével (que não dá para apagar), e, finalmente agora, no virar do milênio, a palavra deletar, na forma de verbo e com seu sentido original, reaparece no português proveniente do inglês.
Fonte: http://www.sk.com.br/sk-hist.html
Registrado

Usuário Linux- 449417
vinicius_aleao
Usuário Ubuntu
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 1.274



Ver Perfil
« Responder #64 em: 09 de Março de 2010, 12:37 »

Foi o que eu disse: a língua faz seus caminhos. Muita gente briga para banir anglicismo, mas vão fazer o quê diante de uma ocorrência dessas? Além do mais, as pessoas acham que banir anglicismo é banir o domínio cultural norte-americano, o que é uma falácia. A língua é apenas consequência, são necessárias outras políticas para diminuir essa supremacia ideológica (como a valorização da cultura e indústria nacionais e aumento de impostos para importação, por exemplo). Sem contar que ninguém percebe que qualquer palavra estrangeira acaba por se integrar no sistema da língua, funcionando realmente como uma palavra nativa. O próprio "delete" (em inglês) vira "deletar" aqui, adquirindo todo o esquema de conjugação verbal do português.
Registrado
Madrigal
Usuário Ubuntu
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 815



Ver Perfil
« Responder #65 em: 14 de Março de 2010, 23:13 »

No mês passado passei dois dias em Lisboa, tive algumas surpresas pois parecia que a cada frase que eu dizia ou ouvia, havia alguma palavra que não se usava em Portugal, como quando fui ao Mc Donald's e pedi um canudo, mas lá se diz palhinha.  Lingua

O interessante é que os portugueses parecem nos entender 100%, provavelmente por terem contato com o português brasileiro, seja por música ou novelas, mas como aqui no Brasil praticamente não há nada vindo de Portugal, temos essas dificuldades.

Achei interessante também que lá se diz metro (paroxítona), em vez de metrô, é capaz que aqui no Brasil a forma oxítona veio da palavra em francês.
Registrado
Polaco
Usuário Ubuntu
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 526



Ver Perfil
« Responder #66 em: 15 de Março de 2010, 01:41 »

Tópico meio antigo, mas dei uma lida nos posts, interessantes as opiniões, nós brasileiros como já disseram, embora tenhamos sido parte de Portugal, a séculos perdemos este contato, eu pessoalmente mesmo morando numa cidade fundada por portugueses, praticamente não tenho contato com idioma de lá, não temos programas de TV, filmes, livros, não tenho contato com nenhum cidadâo português, enfim... a influência do idioma europeu é pouca ou nenhuma para mim e acredito que a maioria dos brasileiros também esteja nesta mesma situação.

Acredito que daí venha o "estranhamento" para com termos lusitanos do idioma, o que não é o caso de Portugal acredito, há imigração de brasileiros pra lá, e infelizmente vocês importam nossas novelas e programas de TV, digo infelizmente porque isso é o pior da nossa cultura.  Virando os olhos

Quanto ao acordo ortográfico eu sempre fui contra, se unificarão algumas regras e não as palavras e termos utilizados, qual é a diferença? material escrito ainda em alguns casos terá que ser traduzido para o bom entendimento, o que na prática é o que já acontece hoje.
Registrado

Ubuntu 10.04 x64 @ Dell Optiplex 740
rdl_auth
Usuário Ubuntu
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 35



Ver Perfil WWW
« Responder #67 em: 03 de Julho de 2010, 16:57 »

sem querer ser ofensivo mais tem mais brasileiros do que portugueses no mundo então logicamente a lingua mais falada e mais ouvida é o portugues do Brasil, não é a questão de não se esforçar é a questão de quanto mais pratico e popular é a lingua mais é aceita, eu acho dificil falar com sutaque de portugues de portugual, eu vivi com portugueses quando morava no Japão e mesmo assim não consegui falar como eles (com o sutaque e o "modo de falar" ) desculpe mais essa é minha visão  Triste
Registrado

Olá pessoal vim me apresentar, sou Daniel (rdl_auth), um dos Membros do forum do Ubuntu, espero muito poder ajudar vocês. Bom forum a todas e todos .
livre1
Usuário Ubuntu
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 650


Ver Perfil
« Responder #68 em: 04 de Julho de 2010, 11:56 »

Tem alguns grupos por ae que estão sugerindo a criação de um idioma unico no mundo  Sem Graça




Mais além disso eles querem: Governo unico, moeda unica, religião unica...




Eu sempre gosto de variedade, e quando tiver um unico governo neste mundo uma unica lingua eu prefiro não estár aqui...




Sobre a questão dos brasileiros terem problemas de se adaptar ao português de Portugual, eu acredito que são a minoria, e são aqueles que tem "preguiça" provavelmente.





Registrado
Polaco
Usuário Ubuntu
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 526



Ver Perfil
« Responder #69 em: 05 de Julho de 2010, 10:17 »

Tem alguns grupos por ae que estão sugerindo a criação de um idioma unico no mundo  Sem Graça




Mais além disso eles querem: Governo unico, moeda unica, religião unica...




Eu sempre gosto de variedade, e quando tiver um unico governo neste mundo uma unica lingua eu prefiro não estár aqui...




Sobre a questão dos brasileiros terem problemas de se adaptar ao português de Portugual, eu acredito que são a minoria, e são aqueles que tem "preguiça" provavelmente.







Moeda única informalmente já existe, qual é o país / pessoa que não aceita dólares? e quanto ao idioma, povos distantes desenvolvem maneiras diferentes de falar, mesmo que em determinado momento unificássemos, com o tempo o cada lugar desenvolveria a sua maneira de falar, o latim é a maior prova disso, os idiomas falados hoje (espanhol, português, francês, romeno, italiano, etc.) que descendem dele, são incompreensíveis em maior ou menor grau entre si.
Registrado

Ubuntu 10.04 x64 @ Dell Optiplex 740
vinicius_aleao
Usuário Ubuntu
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 1.274



Ver Perfil
« Responder #70 em: 05 de Julho de 2010, 11:31 »

Tem alguns grupos por ae que estão sugerindo a criação de um idioma unico no mundo  Sem Graça

Mais além disso eles querem: Governo unico, moeda unica, religião unica...

Eu sempre gosto de variedade, e quando tiver um unico governo neste mundo uma unica lingua eu prefiro não estár aqui...

Sobre a questão dos brasileiros terem problemas de se adaptar ao português de Portugual, eu acredito que são a minoria, e são aqueles que tem "preguiça" provavelmente.

Moeda única informalmente já existe, qual é o país / pessoa que não aceita dólares? e quanto ao idioma, povos distantes desenvolvem maneiras diferentes de falar, mesmo que em determinado momento unificássemos, com o tempo o cada lugar desenvolveria a sua maneira de falar, o latim é a maior prova disso, os idiomas falados hoje (espanhol, português, francês, romeno, italiano, etc.) que descendem dele, são incompreensíveis em maior ou menor grau entre si.

Acho que bastaria um mês para que se percebessem mudanças muito significativas no falar desses povos distantes, considerando a situação que você imaginou aí.
Registrado
livre1
Usuário Ubuntu
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 650


Ver Perfil
« Responder #71 em: 10 de Julho de 2010, 14:20 »

Bom se derem uma procurada no Google por exemplo vão ver alguns grupos que dizem que querem uma moeda unica, idioma unico...




Tem até um site de uns cara que falam isto aqui no Brasil.




Registrado
lina
Usuário Ubuntu
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 3


Ver Perfil
« Responder #72 em: 20 de Julho de 2010, 06:01 »

Eu pessoalmente não sou nada a favor do acordo ortográfico. Acho que cada um tem a sua forma de escrever e de falar e isso é suficiente. Acho que essa ideia é um tanto descabida, não estão à espera que pessoas que durante toda a vida escreveram correctamente de determinada forma vão agora ser obrigadas a mudar ou a "dar erros". Para mim é impensável, como portuguesa não me consigo ver a escrever facto sem c, por exemplo. E acho que para o PT_BR também deve ser complicada a adaptação.
É bem mais interessante aprender novas palavras/significados uns com os outros do que uniformizar tudo. E na verdade, nós acabmos por nos entender sem grandes problemas e muitas risadas  Piscada
Registrado
vinicius_aleao
Usuário Ubuntu
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 1.274



Ver Perfil
« Responder #73 em: 20 de Julho de 2010, 09:26 »

A adaptação só é ruim para quem já está alfabetizado, mas não para quem ainda está por se alfabetizar. Pensando especificamente nesse último público, veremos que a reforma trouxe simplificações benéficas, que facilitarão o aprendizado.

Quanto a facto/fato, realmente acho que deveriam ter mantido as duas formas. Foi uma senhora sacanagem com os portugueses.
Registrado
Madrigal
Usuário Ubuntu
*
Deslogado Deslogado

Mensagens: 815



Ver Perfil
« Responder #74 em: 08 de Março de 2012, 15:12 »

Mas pelo que eu saiba, palavras que têm sentidos diferentes não se alteraram, continuou a mesma coisa fato e facto.
Registrado
Páginas: 1 ... 3 4 [5] 6   Ir para o topo
  Imprimir  
 
Ir para:  

Powered by MySQL Powered by PHP Tema desenvolvido por FaBMak e n3t0
Powered by SMF 1.1.19 | SMF © 2006-2009, Simple Machines
© 2014 Canonical Ltd. Ubuntu e Canonical são marcas registradas da Canonical Ltd.
XHTML 1.0 válido! CSS válido!