Autor Tópico: O Sistema e o Gparted Informam que não tem espaço em disco, mas tem  (Lida 694 vezes)

Offline ubunteiro2

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 9
    • Ver perfil
O Sistema e o Gparted Informam que não tem espaço em disco, mas tem
« Online: 13 de Setembro de 2017, 10:07 »
Bom dia pessoal. Não achei isso aqui no fórum e nem fora, deve ser uma situação não rotineira.
Ao tentar logar no ubuntu (tinha acabado de atualizar para o 16.04) voltava para a tela de login. Achei muito estranho porque este notebook é da minha irmã e quase ela não usa.
Entrei com o live (onde estou agora) e rodando o gparted acusa 0 de espaço, mas ao entrar no nautilus e montar a partição ele acusa 416 gigas de espaço livre.
O interessante é que eu pensei que uma das partições seria a swap e não achei.
por favor me ajudem pessoal.
« Última modificação: 14 de Setembro de 2017, 09:56 por ubunteiro2 »

Offline ubunteiro2

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 9
    • Ver perfil
Re:O Sistema e Gparted Informam que não tem espaço em disco, mas tem
« Resposta #1 Online: 13 de Setembro de 2017, 10:56 »
Vim para meu pc para procurar com mais calma algumas coisas. Este é o manual:

http://nbc.intersmartweb.com.br/PDF/E1-421-0622.pdf

E achei o erro (que procurava ontem no google) que aparece em tela preta depois de tentar logar e então volta para a tela de login: "lvmetad is not active yet, using direct activation during sysinit"
« Última modificação: 14 de Setembro de 2017, 09:58 por ubunteiro2 »

Offline galactus

  • Equipe Ubuntu
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 4.524
    • Ver perfil
Re:Nautilus e Gparted Informam que não tem espaço em disco, mas tem
« Resposta #2 Online: 13 de Setembro de 2017, 21:38 »
Qual o sistema de arquivos utilizado? 

Você ou outra pessoa instalou o Ubuntu em uma partição LVM?

OpenSuse  42.3 64bits / Windows 10 64bits - PC * CentOS 7 64bits Servidor Samba/DNS * MacOS High Sierra * Kbuntu 17.10 64bits - Note1 * Ubuntu 17.10 64bits - Note 2

Offline ubunteiro2

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 9
    • Ver perfil
Re:O Sistema e Gparted Informam que não tem espaço em disco, mas tem
« Resposta #3 Online: 14 de Setembro de 2017, 09:54 »
Galactus, aqui está o Gparted e nautilus abertos no dvd live

https://postimg.org/image/rpqdlsl05/
« Última modificação: 14 de Setembro de 2017, 09:57 por ubunteiro2 »

Offline galactus

  • Equipe Ubuntu
  • Usuário Ubuntu
  • *****
  • Mensagens: 4.524
    • Ver perfil
Re:O Sistema e o Gparted Informam que não tem espaço em disco, mas tem
« Resposta #4 Online: 14 de Setembro de 2017, 13:22 »
Bingo!

Não sei quem foi o autor da façanha, já que você não respondeu, mas alguém fez uma instalação nada usual para um Notebook de um usuário comum!

Partição LVM + FAT32 e ext2?

De qualquer maneira, o erro que você postou aqui é por causa do lvmetad, um serviço do sistema para quando se instala o Ubuntu numa partição LVM, ele checa a condição desta partição e serve para evitar  acesso desnecessário ao disco. 

Não vou ficar falando sobre o que é o LVM, mas geralmente é usado em ambiente de produção, em grandes servidores com muitos HDs.  Então não entendo o motivo de usar isso num Notebook!

Você vai ter que tentar seguir a dica da primeira resposta deste tópico: https://askubuntu.com/questions/767140/lvmetad-is-not-active-yet

Que seria entrar no arquivo /etc/lvm/lvm.conf e desligar o lvmetad.

Se eu fosse o dono do Notebook eu refaria a instalação do sistema sem LVM e usaria o ext4 ou xfs mesmo! Tudo mais simples e direto para este tipo de caso!
OpenSuse  42.3 64bits / Windows 10 64bits - PC * CentOS 7 64bits Servidor Samba/DNS * MacOS High Sierra * Kbuntu 17.10 64bits - Note1 * Ubuntu 17.10 64bits - Note 2

Offline druidaobelix

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 5.407
    • Ver perfil
Re:O Sistema e o Gparted Informam que não tem espaço em disco, mas tem
« Resposta #5 Online: 14 de Setembro de 2017, 13:32 »
Bingo!

Não sei quem foi o autor da façanha, já que você não respondeu, mas alguém fez uma instalação nada usual para um Notebook de um usuário comum!

Partição LVM  [...]

Essa foi bingo mesmo, de primeira, ou como se diz, "na veia".  ;)
www.arredondar.org.br
Vencedor Desafio de Impacto Social Google 2016!
Você também pode participar e fazer a diferença.

Offline ubunteiro2

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 9
    • Ver perfil
Re:O Sistema e o Gparted Informam que não tem espaço em disco, mas tem
« Resposta #6 Online: 17 de Setembro de 2017, 09:12 »
Não funcionou.   Ri muito quando li esse 'Bingo!' do Galactus.  ;D
Fui eu que instalei em 2013 ou 2012, mas de lá pra cá passou por alguns técnicos (problemas de detecção do wifi, etc.).
Galactus, esse tópico no askubuntu foi um dos primeiros que achei, mas o problema lá acontecia no boot. Neste caso tento logar, aparece o aviso por menos de um segundo e volta para a tela de login (só consegui ler o aviso tirando fotos repetitivas da tela ao tentar logar).
Uma coisa interessante que percebi vasculhando as pastas: não existe nenhuma pasta no /home.

Prazer em revê-lo druidaobelix, vc foi o primeiro a me ajudar neste fórum, lembra?
Obrigado senhores.
« Última modificação: 17 de Setembro de 2017, 09:28 por ubunteiro2 »

Offline druidaobelix

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 5.407
    • Ver perfil
Re:O Sistema e o Gparted Informam que não tem espaço em disco, mas tem
« Resposta #7 Online: 19 de Setembro de 2017, 21:26 »
Não funcionou.   Ri muito quando li esse 'Bingo!' do Galactus.  ;D

Então, @ubunteiro2,

A melhor solução aí, como o @galactus já havia adiantado, é simplesmente apagar todo o particionamento com o GParted e recriar tudo do zero.

Não faz sentido LVM em computador de uso pessoal e disco único, isso é perder tempo bom com coisa inútil, não vai levar a nada.

A ideia em si está errada, o conceito de uso para LVM é outro e certamente não se aplica ao caso presente.

Apague tudo e recrie a tabela de partição usando como ferramenta simples o GParted e crie uma nova usando a forma convencional.



Editando 21:50:

Só para complementar, repetindo aqui o que disse outro dia num outro tópico sobre LVM

Citar
Se bem entendi o que você tem é um notebook com um disco e pretende apenas adicionar um segundo disco nele. O uso do filesystem do tipo LVM à primeira vista não parece ser adequado ao seu caso, isto é, não é ao menos aparentemente a situação típica em que se faz uso disso, que é em situações onde realmente se pretenda incorporar vários outros discos ao sistema, onde então o LVM facilita o gerenciamento. No caso de um simples notebook não há razão razoável para manter LVM. Um sistema LVM cai bem, por exemplo, num servidor de uso profissional, que é uma outra arquitetura de trabalho, não sei se é o seu caso. Em condições normais não se usa isso, só complica, não ajuda em nada.

Num  servidor, por exemplo, a arquitetura física é a utilização de um rack onde se vai empilhando os discos adicionados ao sistema na medida em que surgem novas necessidades de aumento do espaço em disco.

O pressuposto que justifica LVM é a adição futura de vários discos adicionais, o que, salvo engano, não parece ser o seu caso.
« Última modificação: 20 de Setembro de 2017, 10:48 por druidaobelix »
www.arredondar.org.br
Vencedor Desafio de Impacto Social Google 2016!
Você também pode participar e fazer a diferença.