Autor Tópico: Minha Trajetória no Linux  (Lida 363 vezes)

Offline Allanbane

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 71
    • Ver perfil
Minha Trajetória no Linux
« Online: 25 de Agosto de 2017, 11:04 »
Em 2009, eu tinha muita curiosidade pra conhecer o Linux. Na época tinha um site que voce escrevia pra eles e vinha de outro país um disco do Ubuntu 9.04 que era a versão da época, gratuito. Com uma linda capa ainda por cima. Aí começava minha aventura com o Linux. Gostei demais logo de cara e procurei usar o tempo todo, mas sempre voltava pro Windows. Os anos foram passando, eu usando o Windows no dia a dia, mas sempre baixando e testando alguma distro Linux, pois estava fascinado por esses SOs de código aberto. Só que não conseguia usar pra tudo e sempre tinha que recorrer ao Windows. Testei pelo menos umas 15 distros diferentes. Algumas eu usava bem durante um tempo, outras nem conseguia usar depois da instalação. E sempre lendo à respeito. Há um ano atrás eu resolvi tornar o Linux meu sistema definitivo e não balançar diante de algum problema, e me aprofundar um pouco mais. Hoje tô usando o Linux Mint 17.3 XFCE no meu notebook e o Ubuntu Mate 16.04 no desktop. Até agora estou conseguindo fazer tudo que fazia no Windows num sistema mais leve, bonito, eficiente e seguro. Me sentindo muito bem com essa decisão e realizado por usar um sistema aberto, gratuito e que supre todas minhas necessidades.
Valeuu!!!

Offline druidaobelix

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 5.068
    • Ver perfil
Re:Minha Trajetória no Linux
« Resposta #1 Online: 25 de Agosto de 2017, 14:27 »
Linux é tudo de bom em sistema operacional.

A menor das qualidades dele é ser gratuito, ele é intrinsecamente bom.

Mas evidentemente existem dificuldades, sobremodo porque há uma realidade de mercado monopolística.

O monopólio ou o quase monopólio, a concentração exagerada de domínio de mercado, como ocorre pelo menos na última metada de século com as crescentes fusões e incorporações, é a negação do próprio capitalismo, porque solapa a base dele que é a concorrência, assim, ficamos com um capitalismo manco, sem concorrência, o que só pode vir em prejuízo do consumidor e da sociedade e, no mais, do próprio mundo das ideias, da criatividade e do próprio avanço do conhecimento como característica inerente á humanidade.

Isso evidentemente se aplica não somente a uma questão de sistema operacional ou tecnologia computacional, mas sim a toda e qualquer atividade econômica.

Como reduto de resistência à pasteurização tecnológica computacional, que afinal de contas acabou produzindo o Android, então vivas ao Linux.  :D



www.arredondar.org.br
Vencedor Desafio de Impacto Social Google 2016!
Você também pode participar e fazer a diferença.

Offline lynxmedeiros

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 47
    • Ver perfil
Re:Minha Trajetória no Linux
« Resposta #2 Online: 26 de Agosto de 2017, 20:13 »
As distribuições linux hoje em dia fornece tudo que um usuário Windows pode precisar e usar no seu dia a dia.
Eu mesmo já uso Ubuntu há 5 anos, e não tenho que reclamar.
Ainda uso Windows mas só no trabalho.
Machine Dell:OptiPlex 7010 / Intel Core i5@ 3.20GHz / 4 Gb Ram
Graphics: Card: Intel Xeon E3-1200 Core processor Graphics Controller
Linux User  #616349

Offline Allanbane

  • Usuário Ubuntu
  • *
  • Mensagens: 71
    • Ver perfil
Re:Minha Trajetória no Linux
« Resposta #3 Online: 28 de Agosto de 2017, 05:07 »
No trabalho eu também uso Windows. Sou funcionário público da saúde. E até é bom não perder totalmente o contato com o sistema da MS, pois na minha segunda atividade trabalho com informática. As coisas que mais me faziam recorrer ao Windows era os trabalhos que faço no MS Office e produção de slideshows com música. Hoje faço tudo isso tranquilamente no Linux sem precisar recorrer ao PlayOnLinux. Uso o BrOffice 5 e posso salvar no formato que quiser, e o Imagination me supre muito bem quanto aos slideshow. Muito bons!